Emiliano Queiroz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emiliano Queiroz
Emiliano em 2014, durante uma entrevista.
Nome completo Emiliano de Guimarães Queiroz
Nascimento 01 de janeiro de 1936 (81 anos)
Aracati,  Ceará
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator
Radialista
Locutor
Radioator
Autor
Diretor
Roteirista
Cônjuge Maria Letícia Queiroz (1972-1991)

Emiliano de Guimarães Queiroz (Aracati, Ceará, 01 de janeiro de 1936) é um ator, radialista, locutor, radioator, autor, diretor e roteirista brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Quando tinha 4 anos, seu pai o levou para assistir a O Mártir do Gólgota, peça de Henrique Perez Escrich, despertando definitivamente a sua vocação. Aos 10 anos, sua família se mudou para Fortaleza. Decidido a seguir a carreira artística, aos 14 anos entrou para o Teatro Experimental de Arte, uma importante companhia cearense. Pouco depois, começou a trabalhar na Ceará Rádio Clube. Aos 17 anos, pegou carona num caminhão e foi para São Paulo, onde chegou a fazer pequenos papéis em peças como O Pagador de Promessas, de Dias Gomes, no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC). Três anos mais tarde, voltou para Fortaleza, onde trabalhou por dois anos como ator, humorista, apresentador de programas, produtor, cenógrafo e contrarregra na TV Ceará.[1]

Fez parte da primeira turma de formandos do curso de Artes Dramáticas da Universidade Federal do Ceará[2]

A partir de 1964, Emiliano participou de inúmeras telenovelas, minisséries e filmes.

No cinema, atuou em Independência ou Morte (1972), dirigido por Carlos Coimbra; O Grande Mentecapto (1989) e Tiradentes (1999), no papel do poeta Cláudio Manuel da Costa, ambos dirigidos por Oswaldo Caldeira; O Xangô de Baker Street (2001), dirigido por Miguel Faria Júnior; Madame Satã (2002), dirigido por Karim Aïnouz; Casa de Areia (2005), dirigido por Andrucha Waddington, entre outros. Ganhou o Kikito de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante no Festival de Gramado por uma participação de três minutos no filme Stelinha (1990), de Miguel Faria Jr.[3]

Na televisão, foi um dos pioneiros que inaugurou a TV Ceará, depois passou pela TV Cultura e TV Paulista, até chegar à Rede Globo, onde foi convidado por Glória Magadan a escrever Anastácia, a Mulher sem Destino[4]. Entre as inúmeras novelas das quais participou, destacam-se: O Bem-Amado, tanto na novela (1973), quanto na série (1980), onde se consagrou com o personagem Dirceu Borboleta; Pai Herói (1979); Cambalacho (1986); As Filhas da Mãe (2001); Senhora do Destino (2004), entre outras. Em 2014 interpretou Padre Santo em Meu Pedacinho de Chão.[5]

O ator teve também significativas participações em minisséries como Tenda dos Milagres (1985), de Aguinaldo Silva e Regina Braga, baseada na obra de Jorge Amado; Abolição (1988), de Wilson Aguiar Filho e Walter Avancini; Tereza Batista (1992), de Vicente Sesso, a partir do romance de Jorge Amado; Um Só Coração (2004), de Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira; e Hoje é Dia de Maria (2005), de Luís Alberto de Abreu, como o diabo Asmodeu. Em Cinquentinha (2009) e sua série derivada, Lara com Z (2011), ambas de Aguinaldo Silva, interpretou o mordomo Sebastião Batista. Em 2014, o ator fez o Alfredinho no seriado Doce de Mãe.[6]

Emiliano Queiroz com a jornalista Vera Barroso (2012)


No teatro, destacam-se papeis como o travesti Geni em “Ópera do Malandro” (de 1979, cujo tema musical é a famosa “Geni e o Zepelim”, de Chico Buarque), Veludo em “A Navalha na Carne” (1969), de Plínio Marcos, e Tonho, um dos “Dois Perdidos Numa Noite Suja” (1971), também de Plínio Marcos.[7] [8]

Desde agosto de 2012, Emiliano está em cartaz no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea (RJ), com a peça autobiográfica "Na Sobremesa da Vida", que nasceu a partir de sua biografia publicada na série Aplauso (da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo).[9] [10]


Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
1964 Eu Amo Esse Homem Luciano Moura Rocha TV Paulista
1965 Chamas Que Não Se Apagam Armando Silva
A Sombra do Passado Otávio Lopes
Ilusões Perdidas Carlos Peixoto Medeiros Rede Globo
A Moreninha Fabrício Camargo
Paixão de Outono Luís Roque Peres (Roque)
Um Rosto de Mulher Mauro Batista Sampaio
1966 Eu Compro Esta Mulher Ariovaldo Castro Prado
O Sheik de Agadir Hans Stauber
1967 A Sombra de Rebecca Thomaz Aguiar
Anastácia, a Mulher sem Destino Pepe Le Coq
Autor Principal da Trama
O Homem Proibido Alessandro Braga (Chandrom)
1969 A Última Valsa Conde Hoyot
A Ponte dos Suspiros Bernardo Saboya (Bembo)
Véu de Noiva Tomas Cavalcanti
Verão Vermelho Irineu da Cunha Álves
1970 Irmãos Coragem Juca Sousa Cipó (Juca Cipó)
1971 O Homem Que Deve Morrer Victor Paulus (Dr. Paulus)
1972 Selva de Pedra Marcelo Gonzaga
1973 O Bem-Amado Dirceu Fonseca (Dirceu Borboleta)
1975 Roque Santeiro (Versão Censurada) José Ribamar de Aragão (Zé das Medalhas)
Pecado Capital Valdir de Oliveira Pontes
1976 Estúpido Cupido Almeirindo Bocaiuva (Padre Almeirindo)
1978 Maria, Maria João Felipe de Souza
Gina Fernando Ferreira Paiva
1979 Pai Herói Horácio Brandão
1980 O Bem-Amado Dirceu Fonseca (Dirceu Borboleta)
1984 Academia Malhação José Ricardo Arantes
1985 Ti Ti Ti Rodrigo Freitas (Seu Futuro)
Tenda dos Milagres Paulo Fontes (Professor Fontes)
1986 Cambalacho Claudionor Trancoso (Tio Biju)
1987 O Outro Antenor Tavares Amorim (Delegado Antenor)
Expresso Brasil Dirceu Fonseca (Dirceu Borboleta)
1988 O Pagador de Promessas Zélio de Oliveira (Zarolho)
Bebê a Bordo Carlos Aragão (Motorista Carlinhos)
Abolição Bernardo Osvaldo Lucena
1989 Que Rei Sou Eu? Pietro La Roche
O Sexo dos Anjos Julião Alcântara (Padre Julião)
Top Model Manfredo Camargo (Promotor Manfredo)
1990 Rainha da Sucata Flávio Leme Rocha
Barriga de Aluguel Eliseu Alencar Barroso (Dr. Barroso)
1992 Tereza Batista Altinor Peres
Anos Rebeldes Alcir Carvalho
Deus Nos Acuda Rodolfo Quaresma (Quaresma)
1993 Olho no Olho Antenor Jordão Pereira
1994 Escolinha do Professor Raimundo Dirceu Fonseca (Dirceu Borboleta)
1995 Irmãos Coragem Salvador Maciel (Dr. Maciel)
1996 Quem É Você? Honório Yunet Rangel
Caça Talentos Honoravél Kelvin (1996-1998)
1998 Hilda Furacão José Hindu (Profeta Hindu)
Era Uma Vez... Carlos Figueiredo (Catulo)
1999 Chiquinha Gonzaga Oswaldir Braga
Andando nas Nuvens Pedro da Silva (Motorista de Táxi)
2000 A Muralha Falcão Meirelles (Dom Falcão)
2001 As Filhas da Mãe João Alberto Medeiros
2004 Um Só Coração Juca do Amaral
Senhora do Destino Matusalém Leovegildo Pimentel (Padre Leovegildo)
Começar de Novo Ivan Mishkin
2005 Hoje É Dia de Maria Asmodeu (Velho)
Alma Gêmea Bernardo dos Santos (Tio Nardo)
Os Amadores Francisco de Assis (Chico)
2006 Sítio do Picapau Amarelo Merlin
2007 Eterna Magia Aguinaldo Pontes (Padre Aguinaldo)
2009 Tudo Novo de Novo César Cunha (Eps. ''Vende-se'')
Cinquentinha Jaime Sebastião Batista (James)
2010 Passione Nonno Benedetto
2011 Lara com Z Sebastião Batista (James)
Morde & Assopra Deodato de Aquino
2012 Dercy de Verdade Alberico Montes
Guerra dos Sexos Jorge Fragoso Arraes (Tabelião Jorge)
2014 Doce de Mãe Alfredo Leme (Alfredinho)
Meu Pedacinho de Chão Santo Moura (Padre Santo)
2016 Haja Coração José Barbosa (Seu Zé)
2017 Sob Pressão Seu Rivaldo

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]