Ti Ti Ti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Ti Ti Ti (desambiguação).
Ti Ti Ti
Logotipo da telenovela
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero comédia romântica
Duração 55 minutos
Criador(es) Cassiano Gabus Mendes
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Wolf Maya
Fred Confalonieri
Distribuição Rede Globo
Elenco
Tema de abertura "Ti Ti Ti", Metrô
Tema de encerramento "Ti Ti Ti", Metrô
Composto por Rita Lee e Roberto de Carvalho
Exibição
Emissora original TV Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 5 de agosto de 1985 - 8 de março de 1986
Episódios 185
Cronologia
Um Sonho a Mais
Cambalacho
Programas relacionados Ti Ti Ti (2010)

Ti Ti Ti é uma telenovela brasileira produzida pela TV Globo e exibida de 5 de agosto de 1985 a 8 de março de 1986 em 185 capítulos.[1] Substituiu Um Sonho a Mais e foi substituída por Cambalacho, sendo a 35ª "novela das sete" exibida pela emissora.

Escrita por Cassiano Gabus Mendes, com a colaboração de Luís Carlos Fusco, teve direção de Wolf Maya e Fred Confalonieri.

Conta com as atuações de Luis Gustavo, Reginaldo Faria, Sandra Bréa, Tânia Alves, Marieta Severo, Aracy Balabanian, Cássio Gabus Mendes e José de Abreu.

Produção[editar | editar código-fonte]

O cantor e compositor Roberto Carlos gravou a música A Atriz, para homenagear sua mulher, Myrian Rios, do elenco da novela. Na canção, ele revela o ciúme pelas cenas de Myrian com o ator Paulo Castelli. A canção não fez parte da trilha sonora da novela. Lima Duarte foi homenageado pelo seu amigo Cassiano Gabus Mendes, batizando o personagem de Luis Gustavo de Ariclenes (o verdadeiro nome de Lima Duarte é Ariclenes Venâncio Martins). A abertura foi criada pelo designer Hans Donner e sua equipe. Tesouras, lapiseiras, agulhas e fitas métricas ganhavam vida própria, comandadas por manipuladores que usavam ímãs e arames. Os títulos provisórios para a novela foram Troca-troca e Alta Costura.[carece de fontes?]

Adaptações[editar | editar código-fonte]

A novela foi vendida para o Chile e lá adaptado pelo Canal 13 como El amor está de moda, em 1995, perdendo para a concorrência. Em 2010 foi produzida uma nova versão da novela, com direção de Jorge Fernando e adaptação de Maria Adelaide Amaral. A trama central foi misturada com uma trama central e paralela de uma outra novela de Cassiano Gabus Mendes: Plumas e Paetês, que também tinha o mundo da moda como tema. Para viver os costureiros inimigos Victor Valentim e Jacques Leclair nesta nova versão, foram escalados Murilo Benício e Alexandre Borges, respectivamente.

Enredo[editar | editar código-fonte]

As rivalidades entre Ariclenes Almeida e André Spina, que vêm desde a infância, se tornam mais acirradas quando Ari resolve entrar no terreno profissional de André, um conceituado estilista da alta sociedade paulistana, conhecido como Jacques Leclair. Ari se infiltra no mercado da moda na pele do espanhol Victor Valentín, que vem ao Brasil para revolucionar o mundo da alta-costura. Ele é ex-marido da jornalista Suzana, que vive às turras com o ex-marido, e tenta em vão persuadi-lo a desistir de seu plano. Os modelos de Ari/Victor são idealizados por Cecília, conhecida como "Tia", uma senhora com problemas mentais que veste pequenas bonecas com classe e elegância. Só que Ari não sabe que a tal senhora é na verdade a mãe desaparecida de André. Em seus planos, Ari/Victor conta com a ajuda do fiel escudeiro Chico, e das costureiras Marta e Nicole. Já André/Jacques seduz a ingênua e extravagante Jacqueline Mendonça para melhorar seus croquis, enquanto vive um caso escondido com a secretária venenosa Clotilde, que o ajuda em seus planos contra Victor.

Para piorar essa competição, Walquíria, filha de André, se apaixona por Luti, filho de Ari, e faz de tudo para destruir o namoro do rapaz com Madu para conseguir ficar com o filho do rival do seu pai. No outro lado da história, destaca-se Gabriela, moça humilde que trabalha no ateliê de Jacques Leclair. Ela é seduzida e depois desprezada pelo filho do patrão, Pedro, um playboy com quem sua mãe, Marta, vizinha de Ari, tivera um envolvimento. Para se vingar, Gabriela finge-se de grávida, e a família do rapaz obriga-o a se casar. Ela passa meses afirmando a falsa gravidez e fazendo Pedro passar por muitas humilhações, até que ele se apaixona por ela.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator / Atriz Personagem
Luis Gustavo Ariclenes Almeida (Ari) / Victor Valentín
Reginaldo Faria André Spina / Jacques Leclair
Sandra Bréa Jacqueline Mendonça
Marieta Severo Suzana Azevedo
Tânia Alves Clotilde Assunção
Malu Mader Walkíria Spina (Wal)
Cássio Gabus Mendes Luís Otávio Azevedo Almeida (Luti)
Betty Gofman Maria Eduarda Macedo (Duda / Madu)
Aracy Balabanian Marta Morgado
Paulo Castelli Pedro Spina
Myrian Rios Gabriela
Nathalia Timberg Cecília Spina (Cecí)
Yara Cortes Júlia Spina
José de Abreu Francisco da Silva Torrão (Chico)
Thaís de Campos Ana Maria de Souza / Desirée
Lúcia Alves Nicole de Souza
Regina Restelli Sílvia dos Anjos / Miss Help Adams
Tato Gabus Mendes Alex
Rodolfo Bottino Roberto Lupercínio (Bob)
Adriano Reys Adriano Mendes de Morais
Older Cazarré Natalino Morgado
Cleyde Blota Lídia Moreira
Nestor de Montemar Leitinho
Maria Cristina Nunes Graça
Francisco Dantas Dr. Afonso
Rejane Goulart Mônica
Guilherme Fontes Carlos Mendes (Caco)
Karen Accioly Rosário
Nara de Abreu Ofélia
José Carlos Sanches Caio Cesar
Andréa Sândi Patrícia

Participação especiais[editar | editar código-fonte]

Ator / Atriz Personagem
Cláudia Jimenez Lazinha
Maria Isabel de Lizandra Madame Lacombe
George Otto amigo de Walkiria
Susana Vieira Madame Marcutti
Vera Gimenez Madame Cantanutti
Tânia Scher Madame Machado
Renata Fronzi Teodora Diniz
Beatriz Lyra Samantha
Maria Lúcia Dahl Georgia Stewart
Mila Moreira Ela mesma
André Chiarelli Paulo
Silvana Calabria Ivone
Chica Dutra Jandira
Júlia Lemmertz Cecília (jovem)
Sandra Barsotti Júlia (jovem)
Juliana Carneiro da Cunha Dona Mercedes
Eliana Ovalle Clara
Telmo Faria Leôncio
Keni Castro Maria Eugênia
Auricéia Araújo Aparecida
Danilo Barros Reges

Reprise[editar | editar código-fonte]

Foi reexibida pelo Vale a Pena Ver de Novo de 4 de abril a 21 de outubro de 1988, substituindo Amor com Amor Se Paga e sendo substituída por Gabriela, em 145 capítulos.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

Tititi Nacional
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 1985
Gênero(s) Vários
Formato(s) LP, K7
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de vários intérpretes
-
Tititi Internacional
  1. "Ti Ti Ti" - Metrô (tema de abertura)
  2. "Já Fui" - Joe (tema de Bob)
  3. "Não Diga Nada" - Prêntice (tema de Gabriela)
  4. "Lobo" - Absyntho (tema de Pedro)
  5. "Troca-Troca" - The Fevers (tema de Valquíria e Luti)
  6. "Nada Por Mim" - Marina Lima (tema de Jaqueline)
  7. "Dança das Horas" - Marcos Sabino (tema de Alex)
  8. "Manequim" - Ney Matogrosso (tema de Jacques Leclair)
  9. "A Vida é Dura" - Demônios da Garoa (participação de Benito Di Paula) (tema de Ari)
  10. "Doce Prisão" - Joanna (tema de Suzana)
  11. "Sintonia" - Tunai (tema de Luti)
  12. "Dança do Amor" - Tânia Alves (tema de Clotilde)
  13. "Lembranças" - Nélson Gonçalves (participação de Martinho da Vila) (tema de Marta)
  14. "Cidade Encantada" - César Camargo Mariano e Nélson Ayres (tema de Cecília)

Internacional[editar | editar código-fonte]

Tititi Internacional
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 1985
Gênero(s) Vários
Formato(s) LP, K7
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de vários intérpretes
Tititi Nacional
  1. "Lover Why" – Century (tema de Gabriela e Pedro)
  2. "Clouds Across the Moon" – The Rah Band (tema de Clotilde)
  3. "Body to Body" – George Valde (tema de Marta)
  4. "Hello Stranger" – Carrie Lucas (tema de Alex)
  5. "Good Times" – F.R. David (tema de Jaqueline)
  6. "Valentim" – Tito Velasquez (tema de Victor Valentim)
  7. "Rain Forest" – Paul Hardcastle (tema de Jacques Leclair)
  8. "Nothing Rhymed" – Gilbert O’Sullivan (tema de Ana Maria)
  9. "Hot Shot" – Jimmy Cliff (tema geral e tema de Bob e Eduarda)
  10. "Hang On to Your Love" – Sade (tema de Jacques Leclair)
  11. "The Reason Why" – Philippe Lawrence (tema de Suzana)
  12. "Give a Little Love for Love" – The Stylistics (tema de Valquíria e Luti)
  13. "Does Anybody Knows Me?" – Lipps Inc. (tema de Eduarda)
  14. "I've Been Alone" – David Bryan (tema de Jaqueline)

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.