Betty Gofman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Janeiro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Betty Gofman
Betty Gofman após a apresentação da peça "A Vingança do Espelho" em São Paulo, 2012.
Nome completo Betty Gofman
Nascimento 3 de março de 1965 (51 anos)
 Rio de Janeiro, Capital, Brasil
Nacionalidade  brasileira
Ocupação atriz
Atividade 1985-atualmente
Cônjuge Hugo Barreto (2003-presente)
IMDb: (inglês)

Betty Gofman (Rio de Janeiro, 3 de março de 1965) é uma atriz brasileira de teatro, cinema e televisão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Betty Gofman nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 3 de março de 1965. Começa a participar da vida artística ao acompanhar os trabalhos de sua irmã, a atriz Rosane Gofman. Betty é descendente de russos, austríacos e judeus.[1] Durante as décadas de 1980 e 1990 alcança seu lugar no cinema, na televisão e, sobretudo, no teatro – onde participa de montagens com a diretora Bia Lessa, como Orlando, e recebe prêmios importantes como no Festival de Teatro do Mundo, na Alemanha, e o Shell, no Brasil.

A primeira novela da qual participa, em 1985, em Ti Ti Ti. No cinema, seu primeiro filme vem dois anos depois, Os Trapalhões no Auto da Compadecida, de Roberto Farias. Depois de bom papel em Feliz Ano Velho, e de ser destaque em Até que a Vida nos Separe, longa de estreia do publicitário José Saragoza, tem seu grande personagem em Cronicamente Inviável, de Sérgio Bianchi, em 2000.

De formação teatral, estudou no Tablado, com Maria Clara Machado, e na Casa de Arte das Laranjeiras (CAL)[2]. Integrou a companhia teatral de Bia Lessa e participou de vários festivais internacionais de teatro. Dirigida por Lessa, atuou na peça Orlando, baseada em romance de Virginia Woolf. Foi protagonista da novela Cortina de Vidro, de Walcyr Carrasco.

Depois então de se preparar, estudando teatro, Betty Gofman participou de vários festivais internacionais de teatro. As principais peças de teatro em que atuou, foram: Cotidiano, baseada em romance de Virgínia Woolf, Casa de Bonecas, de Ibsen, A Megera Domada e Orlando. Quase todas peças clássicas.

A estréia no cinema foi em 1987, em Feliz Ano Velho, de Roberto Gervitz. Na televisão, participou de diversas telenovelas e minisséries, entre elas, Um Só Coração, da Rede Globo, onde interpretou a pintora Anita Malfatti.

É casada com o filósofo Hugo Barreto, com quem tem duas filhas as gêmeas Alice e Helena. Ela também é protetora dos animais, tem 3 Whippets e cuida de bichinhos temporariamente, seu sonho quando criança era ser veterinaria, mas quando a irmã Rosane Gofman seguiu carreira de atriz Betty decidiu acompanha-la.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1985 Ti Ti Ti Maria Eduarda Macedo (Duda)
1986 Selva de Pedra Monique [3]
1987 Direito de Amar Antonia Santana (Tonica)
1989 Que Rei Sou Eu? Princesa Ingrid Méril
Cortina de Vidro Branca
1991 O Dono do Mundo Gilda
1995 Decadência Suzana Tavares Branco
Engraçadinha Mariela
1996 A Comédia da Vida Privada Ceres (ep: O Mistério da Vida Alheia)
Você Decide ep: Um Mundo Cão
1999 Vila Madalena Lilica
2000 Garotas do Programa Vários Personagens[4]
2001 Os Normais Susy (ep: Um Dia Normal)
Sai de Baixo Graça (ep: Minha Vida de Cachorra)
2002 O Beijo do Vampiro Amélie Jolíe
Desejos de Mulher Nair Garcia
2004 Celebridade Ela Mesma
Começar de Novo Dra. Anita Estrela
Um Só Coração Anita Malfatti
2005 Sob Nova Direção Protagonista do Seriado (ep: Luz, Câmera, Fuscão)
América Professora Dadá
2006 A Diarista Angélica (ep: Faxinando com a Inimiga)
JK Abigail Fernandes
2007 O Sistema Greta
Amazônia Amelinha
A Diarista ep: Marinete Rouba Cena
2008 Casos e Acasos Mariana/Daniela
2009 Caminho das Índias Dayse
2010 Ti Ti Ti Miss Maria do Socorro Adams (Help)
2012 Salve Jorge Sarila
2014 Em Família Miss Lauren Vargas Dassoin [5]
2015 Nova Escolinha Dona Bela (2015-presente)[6]
2016 Haja Coração Vitória Miranda Rodrigues Maggione

Cinema[editar | editar código-fonte]

No Teatro[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Betty Gofman: Tempero judaico». Globo.com. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  2. «Betty Gofman». Museu da TV. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  3. «Dramaturgia > Novelas > Selva de Pedra (2a versão)» (html). Memória Globo. Consultado em 3 de setembro de 2012. 
  4. «GAROTAS DO PROGRAMA - FORMATO». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  5. «Em Família (elenco)». Teledramaturgia. Consultado em 11 de janeiro de 2014. 
  6. Flávio Ricco; José Carlos Nery (16 de outubro de 2015). «Conheça o elenco da nova "Escolinha do Professor Raimundo"». UOL TV e Famosos. Consultado em 7 de novembro de 2015. 
  7. «FILMOGRAFIA - OS TRAPALHÕES NO AUTO DA COMPADECIDA». Cinemateca brasileira. Ministério da Cultura. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  8. «FILMOGRAFIA - FELIZ ANO VELHO». Cinemateca. Ministério da Cultura. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  9. SILVA, Jane Pessoa da. Ibsen no Brasil. Historiografia, seleção de textos críticos e Catálogo Bibliográfico. São Paulo: USP, 2007. p. 615

Ligações externas[editar | editar código-fonte]