Cobras & Lagartos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cobras & Lagartos
Logotipo da telenovela
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Comédia romântica [1]
Duração 60 minutos
Autor(es) João Emanuel Carneiro
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Wolf Maya
Roteirista(s) Antônia Pellegrino
Denise Bandeira
Márcia Prates
Vincent Villari
Elenco
Tema de abertura "Alô Alô! Marciano", Elis Regina
Tema de encerramento "Alô Alô! Marciano", Elis Regina
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 24 de abril17 de novembro de 2006
N.º de episódios 179

Cobras & Lagartos é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo no horário das 19 horas, entre 24 de abril e 17 de novembro de 2006, em 179 capítulos,[3] substituindo Bang Bang e sendo substituída por Pé na Jaca. Foi a 70ª "novela das sete" exibida pela emissora. Escrita por João Emanuel Carneiro, com a colaboração de Antônia Pellegrino, Denise Bandeira, Vincent Villari e Márcia Prates, dirigida por Cininha de Paula, Cláudio Boeckel, Marco Rodrigo e Ary Coslov, sob a direção geral e núcleo de Wolf Maya.

Contou com as participações de Francisco Cuoco, Mariana Ximenes, Marília Pêra, Carolina Dieckmann, Daniel de Oliveira, Lázaro Ramos, Taís Araújo e Henri Castelli.[2]

Produção[editar | editar código-fonte]

O complexo de artigos de luxo Luxus foi inspirado na real Villa Daslu, de São Paulo.

Após o sucesso de Da Cor do Pecado, a Rede Globo encomendou ao autor João Emanuel Carneiro uma novela para o horário das 19h nos mesmos moldes, que misturasse romance e comédia.[4] A principal função da trama era recuperar a audiência espantada pelo baixo desempenho de Bang Bang, que chegou a perder a liderança para Prova de Amor, da RecordTV, pela primeira vez na história do horário.[4] Inicialmente a história teve o título Coração de Ouro, considerado muito melódico e mudado posteriormente para Cobras & Lagartos para expressar com exatidão a disputa de poder na trama central, além de seguir a tradição de dois nomes compostos das "novelas das sete" – como Plumas e Paetês, Brega & Chique, Cara & Coroa e Transas e Caretas.[5] O cineasta Walter Salles acusou o autor da novela de plagiar o roteiro de seu filme Linha de Passe, no qual um motoboy vive um romance com uma instrumentista de música clássica.[6]

O personagem Foguinho foi inspirado no anti-herói do livro Macunaíma.[7] O complexo de artigos de luxo da trama, a Luxus, foi inspirado na real Villa Daslu, de São Paulo, considerado a "Meca dos Estilistas" pela ostentação dos valores das marcas.[4] No capítulo 147, de 11 de outubro, a personagem de Taís Araújo teve que ficar careca devido a uma armação contra ela, porém a atriz não precisou raspar o cabelo.[8] Foram usadas três toucas de látex, e com uma cola especial, as extremidades delas eram coladas, sobrepostas com uma maquiagem do tom da pele.[9]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

O autor desejava Giovanna Antonelli como intérprete de Bel, porém a direção considerou a atriz velha demais para dar vida à personagem, convidando Mariana Ximenes.[10][11] Carolina Dieckmann interpretaria a protagonista de Sinhá Moça e chegou a ensaiar os primeiros capítulos, porém a direção avaliou que a personagem necessitava de um perfil naturalmente forte e remanejou-a para Cobras & Lagartos.[12]Bruno Gagliasso, apesar de ser anunciado como o protagonista, foi alvo de uma disputa interna entre João Emanuel Carneiro e Benedito Ruy Barbosa, na qual o segundo acabou ganhando e levando o ator para Sinhá Moça, sendo este substituído por Daniel de Oliveira.[13][14][15]

Carmo Dalla Vecchia ganhou seu primeiro papel de destaque após diversas pequenas participações e papeis centrais em tramas da RecordTV, SBT e Band.[16] O ator precisou emagrecer 10 quilos por causa da passagem de tempo que ocorre na trama.[17] Sérgio Marone fez uma participação nas últimas semanas da trama, entrando em 20 de outubro de 2006, interpretando Miguel, ex-namorado de Letícia.[18]

Gravações[editar | editar código-fonte]

Duas cidades cenográficas foram construídas para a novela no Projac: uma delas é inspirada no Saara, região de comércio popular no Rio de Janeiro. Nessa cidade encontrava-se desde lojas de brinquedos a camelódromos. Na segunda cidade foi erguido o prédio onde foi instalada a Luxus: com um pé direito de 15 metros e três andares, a construção seguiu o estilo greco-romano. A parte interna, que reproduzia a sessão de vendas, foi toda montada em estúdio. A novela teve o lixão como cenário de algumas cenas. No capítulo do dia 31 de outubro de 2006, o vilão Estevão (Henri Castelli) abandona Leona (Carolina Dieckmann) num grande depósito de lixo, e depois foge, deixando a vilã para trás. Uma cena parecida foi exibida em Da Cor do Pecado, do mesmo autor.[19]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O milionário Omar Pasquim (Francisco Cuoco) é dono da loja de departamentos Luxus, que vende desde roupas de grife até animais exóticos e jatinhos particulares para a aula sociedade paulistana. Sofrendo de uma grave doença que o matará em meses, o empresário – que nunca casou-se ou teve filhos – teria como herdeira direta sua irmã Milu (Marília Pêra), mãe de Leona (Carolina Dieckmann) e Tomás (Leonardo Miggiorin), um trio de interesseiros que trabalham na empresa e não vêem a hora dele morrer para ficar com todo o dinheiro. A única outra parente é a sobrinha Bel (Mariana Ximenes), uma violoncelista órfã que sempre renegou seu dinheiro por acreditar que vive suficientemente bem com o que os pais lhe deixaram. Omar começa se disfarçar de faxineiro para investigar os rodeiam, descobrindo não só a falsidade de Milu e seus filhos, como também que Bel era traída por seu noivo Estevão (Henri Castelli) com a prima Leona. Não tarda, porém, para Bel conhecer o verdadeiro amor com o office-boy Duda (Daniel de Oliveira), um rapaz generoso que passa a disputar seu coração. Acreditando que vão colocar as mãos no dinheiro, Leona, Estevão, Milu e seu amante Otaviano (Herson Capri), criam uma armadilha para mata Omar incendiado, sem imaginar que o empresário deixou toda a fortuna para Bel e Duda.

Por obra do destino, porém, a herança vai parar nas mãos do malandro Foguinho (Lázaro Ramos), que é confundido com Duda por também se chamar Daniel. Apesar de tentar desfazer o mau-entendido, o rapaz é convencido a continuar com a farsa por Ellen (Taís Araújo), vendedora da Luxus que só pensa em subir na vida e que nunca lhe deu uma chance até descobrir que ele está rico. Ludibriado pela ganância da moça, Foguinho se torna presidente da Lexus, tendo que enfrentar as armações e de Leona, Estevão e Milu, criando um divertido paralelo entre a alta sociedade e a periferia emergente. Há também Teresa (Cássia Kis Magro), mãe de Estevão e primeira mulher de Otaviano, que foi internada em um sanatório há anos após um surto psicótico e, após fugir de lá, mudou seu nome para Henriqueta, vivendo em completo sigilo sobre sua vida passada até descobrir as armações do filho e tentar confrontá-lo. Ocultamente, ela teve um caso com Omar no passado que gerou um fruto, Luciano (Carmo Dalla Vecchia), cujo ela nunca soube o paradeiro, contando com a ajuda de Letícia (Cleo) para desvendar seu passado.

Ainda há outras tramas, como da cômica Eva (Eliane Giardini), uma beata fervorosa casada com o malandro (Otávio Augusto) e disputada pelo policial Tufik (Walter Breda), que cria os quatro filhos rigorosamente na igreja temendo que eles puxem o pai. O que ela não imagina é que Jonas (Gustavo Falcão) não consegue controlar seus impulsos sexuais, Kika (Kika Kalache) é apaixonada por Foguinho, Madá (Nanda Costa) é uma devoradora de homens e Lurdinha (Bruna Marquezine) vasculha os segredos dos irmãos para chantageia-los. Os pais de Foguinho, Shirley (Elizângela) e Ramires (Aílton Graça), são dois pobretões que se comportam com soberba e acreditando que são superiores aos vizinhos, tendo ainda dois filhos: Sandrinha (Maria Maya), moça cafona que se atira para Tomás, e Téo (Iran Malfitano), que gastou todo dinheiro da faculdade e falsificou o diploma de economista, sendo amante de Ellen. Nikki (Tania Khalill) testemunhou um assassinato de Estevão nos Estados Unidos e ameaça ele com a gravação do crime, embora se torne fugitiva quando é incriminada pela morte de Omar. Já Silvana (Totia Meireles) criou Duda após a morte dos pais dele com seus filhos, Nicolas (Kayky Brito) e Geléia (Rafael Ciani), tendo que lidar com a volta de seu ex-marido, Orã (Luís Melo).

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Exibição[editar | editar código-fonte]

A Globo investiu pesado em Cobras & Lagartos por dois motivos: a novela que antecedeu o horário – Bang Bang – era um fracasso de audiência, e o crescimento da dramaturgia da Record, que preocupava a direção da emissora. Por conta disso, a rede chegou a apelar para a nudez no primeiro capítulo, com duas modelos com seios de fora, e também exibiu linguagem vulgar, insinuações de sexo e consumo de drogas lícitas, atos criminosos com lesões corporais ou contra a vida, além de conteúdo violento com presença de armas brancas ou de fogo.[20] Mediante isso, o Ministério da Justiça recebeu inúmeras reclamações de telespectadores e começou a monitorar a trama. Além disso, notificou a emissora para adequar a trama para o horário livre. [21] Após o fim da novela, o órgão moveu um processo contra a emissora, exigindo o pagamento de uma multa milionária, pela exibição de conteúdos inadequados em pleno horário livre. A trama também foi reclassificada para 12 anos.[22]

Depois de várias tentativas, no dia 19 de maio de 2014, a trama foi reclassificada como não adequada para menores de 10 anos, e finalmente pode ser exibida no Vale a Pena Ver de Novo, dando sequência no lugar de Caras & Bocas.[23]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Mariana Ximenes Maria Isabel Gonçalves Pasquim (Bel) [24][25]
Daniel de Oliveira Daniel Salgado Miranda (Duda) [26][27]
Carolina Dieckmann Leona Pasquim Montini[28][29]
Henri Castelli Estevão Pacheco [30]
Taís Araújo Ellen dos Santos[31][32]
Lázaro Ramos Daniel Miranda Café (Foguinho)[33]
Marília Pêra Maria Lúcia Pasquim Montini (Milu) [34][35]
Herson Capri Otaviano Pacheco[36]
Cleo Letícia Pacheco[37]
Carmo Dalla Vecchia Luciano Botelho / Martim
Cássia Kis Magro Teresa Botelho Pacheco / Henriqueta das Neves[38][39]
Ângela Vieira Celina Pacheco [40]
Iran Malfitano Téo Miranda Café[41]
Tania Khalill Nicole Ortega (Nikki) [42]
Elizângela Shirley Miranda Café [43][44]
Aílton Graça Ramires Miranda Café
Maria Maya Sandra Miranda Café (Sandrinha)
Leonardo Miggiorin Tomás Pasquim Montini [45]
Kayky Brito Nicolas Salgado Munhoz[46][47]
Eliane Giardini Eva Padilha [48][49]
Otávio Augusto Serafim Padilha
Walter Breda Tufik
Totia Meireles Silvana Salgado Munhoz [50]
Luís Melo Orã Munhoz
Stepan Nercessian Bandeira
Nanda Costa Maria Madalena Padilha (Madá)
Gustavo Falcão Jonas Padilha
Kika Kalache Francisca Padilha (Kika)
Cássio Reis Murilo Ortega
Luíza Mariani Júlia Pacheco [51]
Fafy Siqueira Valquíria
Mara Manzan Marilene
Felipe Camargo Sidney
Guilherme Winter Flu Melutti
Leonardo Jabbour Gus Melutti
Ken Kaneko Zao
Ricardo Pavão Delegado Sampaio
Victor Peralles Igor
Miguel Nader Cardoso
Renato Rabello DJ Macarrão
Bruna Marquezine Lurdes Padilha (Lurdinha)
Rafael Ciani Geraldo Salgado Munhoz (Geleia)
Matheus Costa Lucas das Neves (Sushi)
Lugui Palhares Neividson​
Renata Ghelli Magali
Giselle Batista Rafaela
Michelle Batista Gabriela

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Francisco Cuoco Omar Pasquim / Vicentino Pereira (Pereira)[52][53]
Milton Gonçalves Jair dos Santos[54]
Bianca Comparato Enfª. Rosimary
Sérgio Marone Miguel
Dudu Azevedo Rodrigo
Juliana Knust Teresa
Eri Johnson Búfalo
Rafaela Mandelli Fernanda
Odilon Wagner Alberto
Rita Guedes Cacá
Ernani Moraes Biscoito
Miguel Thiré Otaviano (jovem)
Pedro Garcia Netto Eustáquio
Alexia Deschamps Dorinha
Jacqueline Laurence Tidinha
Hilda Rebello Senhora que ajuda Luciano
Thaís Pacholek Katiele
Tina Kara Karina
Carolina Magalhães Diana
Dja Marthins Bernadete
Rômulo Estrela Caveira
Victor Pecoraro Robernilson
Castro Gonzaga Padre Gerson
Ivan Cândido Padre Valeriano
Hugo Resende Montanha
Camilo Beviláqua Raul
Antônio Fragoso Luís Mauro Sá Martino
Ellen Jabour Ela mesma
Beth Erthal Madre Agapita
Lionel Fischer Médico

Música[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

Trilha Nacional
Trilha sonora
Gravação 2006
Gênero(s)
Idioma(s) Português
Formato(s)
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Mariana Ximenes

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Pra Ser Sincero"  Marisa MonteBel e Duda 02:50
2. "O Sol"  Jota QuestLetícia 04:18
3. "Tiro Onda"  Jair OliveiraFoguinho 04:04
4. "Quando a Chuva Passar"  Ivete SangaloBel e Duda 04:06
5. "Outra Vez"  Ivo PessoaEva e Serafim 03:39
6. "Totalmente Demais"  PerllaEllen 03:04
7. "Muito Perigoso"  Preta GilNikki 03:33
8. "Erva Venenosa"  Rita LeeLeona 03:57
9. "Fullgás"  Marina LimaJúlia 03:59
10. "Vento No Litoral"  Legião UrbanaPereira e Silvana 06:05
11. "Alô! Alô! Marciano"  Elis ReginaAbertura 03:59
12. "The Frog"  Sergio MendesLuxus 03:50
13. "Porto Dos Sonhos"  Ricardo Ottoboni & Iuri CunhaHenriqueta 03:29

Internacional[editar | editar código-fonte]

Trilha Internacional
Trilha sonora
Lançamento 2006
Gênero(s)
Idioma(s) Inglês
Formato(s)
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Daniel de Oliveira

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Ooh La La"  GoldfrapGeral 03:18
2. "Incredible"  The ShapeshiftersFestas 03:50
3. "Stickwitu"  The Pussycat Dolls feat. AvantRomântico geral 03:32
4. "Story Of My Life"  Frankie J.Letícia e Luciano 04:44
5. "From The Bottom Of My Heart"  Stevie WonderBel e Duda 04:02
6. "Jerk It Out"  The CaesarsLagartos Voadores 03:23
7. "Advertising Space"  Robbie WilliamsLeona e Duda 04:50
8. "Bom Bom Bom"  Living ThingsMartim 03:06
9. "The World Is Mine"  David GuettaEllen 06:10
10. "Time 2 Love"  Ramada & GottshaGeral 03:53
11. "No Worries"  Simon WebbeLuciano e Celina 03:38
12. "Why Dont’t You Kiss Her?"  Jesse McCartneyNikki 03:32
13. "Young at Heart"  Barry Manilow  09:55
14. "Stormy Weather"  Etta JamesCelina 03:11
15. "So Deep"  House BrothersFestas 07:39

Saara[editar | editar código-fonte]

Trilha Saara
Trilha sonora
Lançamento 2006
Gênero(s)
Idioma(s) Português
Formato(s)
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Logotipo da telenovela

N.º TítuloMúsica Duração
1. "Show"  Mc Leozinho 03:19
2. "Meu Gol De Placa"  Latino 03:11
3. "Rap Do Real"  Pedro Luís e a Parede 03:38
4. "Vira De Ladinho"  Malha Funk 03:23
5. "Malandragem, Se Segure"  Wilson Sideral, Rogério Flausino e Motirô 04:53
6. "Pega Geral"  Dudu Nobre 03:14
7. "Cuidado Com O Negão"  Alexandre Pires 03:05
8. "Piriripiti"  Babado Novo 03:56
9. "Pega Leve"  Cariciar 03:42
10. "Eu Já De Você"  Gino & Geno 03:25
11. "Os Corações Não Iguais"  Hugo e Tiago 04:32
12. "Adio Mânei"  Gleison Túlio -
13. "Levanta a Mão"  Melody Gardot 02:43
14. "Lovin You"  Leilah Moreno 03:48
15. "Areia Pro Meu Caminhão"  The Originals 03:40

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

O capítulo de estreia de Cobras & Lagartos teve média de 35 pontos de audiência, com pico de 38.[55] Nos primeiros meses, a trama manteve uma audiência de razoável a baixa. No dia 12 de junho de 2006, a trama marcou 40 pontos de audiência, recorde até então. Sua maior audiência foi de 51 pontos, alcançado em 31 de julho de 2006.[56] Em seu último capítulo a novela conseguiu 46 pontos de média, uma audiência tão alta que se for comparar nos dias atuais é uma audiência difícil de chegar até mesmo no horário das nove.[57]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2006
Melhores do Ano[58]
Melhor Ator Lázaro Ramos Venceu
Melhor Atriz Taís Araújo Venceu
Melhor Atriz Coadjuvante Cléo Pires Venceu
Melhor Ator ou Atriz Mirim Rafael Ciani Venceu
Meus Prêmios Nick
Atriz Favorita Mariana Ximenes Venceu
Carolina Dieckmann Indicada
Ator Favorito Daniel de Oliveira Indicado
Troféu APCA
Melhor Ator Lázaro Ramos Venceu
Prêmio Faz Diferença - O Globo
Revista da TV Lázaro Ramos e Carolina Dieckmann Venceu
Prêmio Extra de Televisão[59]
Melhor Ator Lázaro Ramos Venceu
2007
Troféu Imprensa[60]
Melhor Novela João Emanuel Carneiro Indicado
Melhor Ator Lázaro Ramos Indicado
Melhor Atriz Taís Araújo Indicada
Troféu Internet
Melhor Ator Lázaro Ramos Indicado
Meus Prêmios Nick
Atriz Favorita Taís Araújo Venceu
Ator Favorito Lázaro Ramos Venceu
Prêmio Contigo! de TV[61]
Melhor Novela ou Minissérie João Emanuel Carneiro Indicado
Melhor Autor Indicado
Melhor Atriz Taís Araújo Indicada
Carolina Dieckmann Indicada
Melhor Ator Lázaro Ramos Venceu
Melhor Atriz Coadjuvante Cleo Pires Indicada
Marília Pêra Indicada
Melhor Atriz Revelação Nanda Costa Indicada
Melhor Atriz Infantil Bruna Marquezine Indicada
Melhor Ator Infantil Rafael Ciani Indicado
Matheus Costa Indicado
Melhor Par Romântico Taís Araújo e Lázaro Ramos Indicados
Cleo Pires e Carmo Dalla Vecchia Indicados
Melhor Diretor Wolf Maya Indicado
Prémio Emmy Internacional
Melhor Ator Lázaro Ramos Indicado

Reprise[editar | editar código-fonte]

Foi reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo de 28 de julho de 2014 a 23 de janeiro de 2015, substituindo Caras & Bocas e sendo substituída por O Rei do Gado, em 130 capítulos. Sua primeira semana foi exibida simultaneamente com a última semana de Caras & Bocas, de Walcyr Carrasco e suas últimas semanas foram exibidas simultaneamente com as primeiras semanas de O Rei do Gado, de Benedito Ruy Barbosa. Pela segunda vez uma trama dividiu o horário juntas, Cobras & Lagartos dividiu o horário com Caras & Bocas, o segundo fato inédito no horário pela emissora, Rede Globo. A primeira exibição de duas novelas simultaneamente foi com O Cravo e a Rosa e Caras & Bocas. Cobras & Lagartos teve apenas 20 minutos de duração, sem intervalos comerciais. Na Grande São Paulo, começou às 17h37 e terminou às 17h57, e mais cedo em outros Estados. O primeiro capítulo de da novela, em reapresentação no Vale a Pena Ver de Novo, rendeu à Globo a maior audiência de reestreia de uma novela desde 2009: 18,4 pontos na Grande São Paulo, segundo dados consolidados do Ibope. A reprise de Senhora do Destino, há cinco anos, começou com 20,0 pontos.[62][63] Na primeira semana, a audiência ficou oscilando entre 16 e 20 pontos na Grande São Paulo.

No oitavo capítulo, exibido na segunda semana, a novela registrou 10,7 pontos na Grande São Paulo, queda 42% em relação à segunda anterior, quando marcou 18,4.[64] Ainda sozinha e sem o apoio do sucesso de Caras & Bocas, a trama de João Emanuel Carneiro desabou a audiência da faixa vespertina e registrou uma das piores audiências do Vale a Pena Ver de Novo até então, no dia 8 de agosto registrou 9,3 pontos.[65] Um mês depois e audiência não aumentou, desabou mais ainda e registrou a pior audiência da sessão vespertina de reprises, no dia 3 de setembro duas horas mais cedo, o Vale a Pena Ver de Novo teve a pior audiência de todos os tempos: 7,5 pontos na Grande São Paulo, mas foi líder. O recorde negativo anterior, 9,3 pontos, havia sido registrado em 8 de agosto. Nesse dia a Rede Globo exibiu o amistoso entre Alemanha e Argentina, a Rede Globo escolheu sacrificar a Sessão da Tarde e exibiu a reprise de Cobras & Lagartos às 14h45.[66] Depois de três meses oscilando entre 9 e 12 pontos, a reprise de Cobras & Lagartos reagiu no Vale a Pena Ver de Novo e registrou a maior audiência em 84 dias: 14,4 pontos na Grande São Paulo. É o melhor desempenho desde 18 de agosto, quando marcou 13,6.[67] Depois de mais um centro de dias em baixa, a sessão Vale a Pena Ver de Novo bateu recorde dos últimos quatro meses, no dia 4 de dezembro de 2014, a reprise de Cobras & Lagartos registrou 15,2 pontos na Grande São Paulo, o melhor desempenho desde 30 de julho, quando marcou 15,7.[68]

Na reta final de sua reprise, Cobras & Lagartos começa surpreender a audiência. No dia 5 de janeiro de 2015, a trama bateu um recorde de 15,9 pontos no horário vespertino da Grande São Paulo.[69] No dia seguinte a trama vespertina continuou acima do que havia registrando, 12 pontos, e registrou 14,9 pontos de audiência na Grande São Paulo.[70] No penúltimo episódio, em 22 de janeiro de 2015, repetiu o recorde de audiência da novela no Vale a Pena Ver de Novo, com 24 pontos e 55% de participação no Rio de Janeiro. Já na Grande São Paulo, repetiu a segunda maior média, com 16 e 38% de share.[71] O último capítulo conseguiu uma boa audiência para os parâmetros da época. De acordo com os dados, Cobras & Lagartos terminou com 16,7 pontos de média, com pico de 18,5 pontos e 33,4% de participação. Durante o horário de exibição da novela, o SBT ficou na vice-liderança com 6,3 pontos. A Record atingiu a terceira colocação com 4,3 pontos e a Band a quarta com média de 3,0 pontos. Cada ponto representa 67 mil domicílios na Grande São Paulo. A trama superou a audiência do último capítulo de Caras & Bocas, que atingiu 14,7 (15) pontos, em 1 de agosto de 2014.[72][73][74]

Cobras & Lagartos encerrou sua primeira reprise com uma média geral de 12 pontos, sendo uma das audiências mais baixas da sessão de reprises vespertinas da Rede Globo ao lado de O Profeta.[73] A emissora não compreendeu o motivo da baixa audiência, até o motivo da emissora reprisar Cobras & Lagartos é que a novela liderou a lista das novelas mais pedidas para ser exibida na sessão. Um dos motivos mais justificados pela baixa audiência, foi a falta de divulgação da trama tanto em horários estratégicos como em horários “normais”. A obra de João Emanuel Carneiro é intitulada como uma das piores audiências do Vale a Pena Ver de Novo. O Cravo e a Rosa e Caras & Bocas foram tramas mais divulgadas em diversos horários, assim como outras reprises anteriores. Apenas 'obras & Lagartos que possuiu mais divulgação no horário da tarde.[75] A trama tambem foi muito cortada, cenas que mesmo assim, eram de classificação indicativa de "não recomendada para menores de 10 anos". Foi reapresentada no quadro Novelão da Semana do Vídeo Show entre 16 e 20 de julho de 2012, em 5 capítulos, substituindo Celebridade e sendo substituída por Estrela-Guia.

Referências

  1. Boletim de informação para publicitários Rede Globo, maio de 2006
  2. a b «Cobras & Lagartos – Galeria de personagem». Memória Globo. Consultado em 29 de outubro de 2015 
  3. Memória Globo. «Cobras & Lagartos - Ficha Técnica». Consultado em 21 de dezembro de 2008 
  4. a b c «Wolf Maya e Carneiro adiantam elenco de "Cobras e Lagartos"». Terra. 22 de dezembro de 2005. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  5. «Nova novela de João Emanuel Carneiro tem nome definido». Terra. 25 de novembro de 2005. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  6. «Walter Salles aponta plágio em "Cobras & Lagartos"». Folha Ilustrada. 27 de abril de 2006. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  7. «Anti-herói de "Macunaíma" inspira "Cobras & Lagartos"». Folha Ilustrada. 27 de abril de 2006. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  8. «Em "Cobras & Lagartos", Ellen fica careca». 10 de outubro de 2006. Consultado em 5 de agosto de 2014 
  9. «"Cobras & Lagartos": Figurino e Caracterização». 10 de outubro de 2006. Consultado em 5 de agosto de 2014 
  10. «GIOVANA ANTONELLI AINDA NÃO É CONFIRMADA NO ELENCO DE COBRAS E LAGARTOS». O Fuxico. 13 de janeiro de 2006. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  11. «Mariana Ximenes será protagonista de "Cobras e Lagartos", próxima novela da Globo». Área Vip. 15 de março de 2006. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  12. «"Rola receio de não convencer como vilã", diz Carolina Dieckmann». Terra. 10 de dezembro de 2005. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  13. «oração de ouro: Bruno Gagliasso será o motoqueiro Duda, na novela». Virgula. 25 de novembro de 2005. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  14. «CHEGA AO FIM A DISPUTA DE AUTORES POR BRUNO GAGLIASSO». O Fuxico. 21 de dezembro de 2005. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  15. «MESMO SEM PRÁTICA, DANIEL OLIVEIRA ESTÁ HABILITADO PARA VIVER MOTOBOY, EM COBRAS E LAGARTOS». O Fuxico. 12 de março de 2006. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  16. «Carmo Dalla Vecchia é uma das surpresas de Cobras & Lagartos». Terra. 6 de maio de 2006. Consultado em 11 de agosto de 2014 
  17. «Ator tem que emagrecer dez quilos para novela "Cobras & Lagartos"». UOL. 5 de outubro de 2006. Consultado em 11 de agosto de 2014 
  18. «Sérgio Marone faz participação especial em Cobras & Lagartos». Flogão. 11 de outubro de 2006. Consultado em 26 de agosto de 2014 
  19. «Em Cobras e Lagartos, Leona vai ser abandonada em um lixão». Babado IG. 20 de outubro de 2006. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  20. «"Cobras & Lagartos", a novela que enfrentou acusação de plágio, MJ, Record e fez história na Globo». 17 de julho de 2014. Consultado em 13 de agosto de 2014 
  21. «Ministério da Justiça vigia "Cobras & Lagartos"». Estadão. 11 de agosto de 2006. Consultado em 21 de agosto de 2015 
  22. «Ministério Público processa Globo por "Cobras & Lagartos"». Folha Ilustrada. 17 de novembro de 2006. Consultado em 22 de agosto de 2015 
  23. «Justiça libera e Globo irá reprisar a novela "Cobras & Lagartos"». Na Telinha. 20 de maio de 2014. Consultado em 22 de agosto de 2015 
  24. «Mariana Ximenes e Daniel de Oliveira são os protagonistas de Cobras & Lagartos». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  25. «Em Cobras & Lagartos, Mariana Ximenes viveu a doce e ingênua órfã Bel, única herdeira do milionário Omar». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  26. «Daniel de Oliveira é o protagonista Duda, em Cobras & Lagartos». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  27. «Daniel Oliveira viveu Duda, o jovem romântico e bom caráter que se apaixonou pela mocinha Bel». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  28. «Carolina Dieckmann interpreta a vilã Leona em 'Cobras & Lagartos'». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  29. «Carolina Dieckmann viveu a interesseira e dissimulada vilã Leona em Cobras & Lagartos». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  30. «Henri Castelli e Carolina Dieckmann interpretam os vilões Estevão e Leona». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  31. «Taís Araújo interpretou a vilã cômica Ellen em Cobras & Lagartos». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  32. «Taís Araújo deu vida à dissimulada e ambiciosa Ellen, que trabalhava como vendedora na Luxus». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  33. «Lázaro Ramos viveu o trapalhão e malandro Foguinho». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  34. «Marília Pêra posa como a divertida Milu, em Cobras & Lagartos». Pure People. 10 de junho de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  35. «A irmã interesseira e maldosa de Omar Pasquim, Milu, foi vivida por Marília Pêra em Cobras & Lagartos». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  36. «Em Cobras & Lagartos, Herson Capri viveu o mulherengo que vivia as custas da mulher, Otaviano». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  37. «Em Cobras & Lagartos, Cléo Pires viveu a jovem Letícia, filha do braço direito do todo poderoso chefão da Luxus». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  38. «Cássia Kis Magro viveu Henriqueta, uma mulher dada como desaparecida depois de fugir de um sanatório, em Cobras & Lagartos». Pure People. 10 de junho de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  39. «Cássia Kis Magro viveu Teresa, uma mulher dada como desaparecida depois de fugir de um sanatório, em Cobras & Lagartos». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  40. «Celina (Ângela Vieira) é a mãe de Letícia (Cléo Pires), em Cobras & Lagartos». Pure People. 6 de outubro de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  41. «Iran Malfitano trabalhou em Cobras & Lagartos, novela de João Emanuel Carneiro, na Rede Globo». Pure People. 5 de outubro de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  42. «Tânia Khalil e Felipe Camargo estão em Cobras & Lagartos». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  43. O Fuxico (25 de março de 2006). «Elizângela fica loura para Cobras & Lagartos». Extras - Cobras & Lagartos. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  44. O Fuxico (25 de março de 2006). «Elizângela se diverte em gravações de Cobras & Lagartos». Extras - Cobras & Lagartos. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  45. «Leonardo Miggiorin faz metrossexual em Cobras & Lagartos». Portal Terra. 22 de abril de 2006. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  46. «Em Cobras & Lagartos, Kayky Brito era Nicolas e contracena com Luís Melo (Orã) e Rafael Ciani, o Geléia». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  47. «Em Cobras & Lagartos, Silvana (Totia Meireles) e Pereira (Francisco Cuoco) ficam noivos e comemoram a data com um jantar na casa dela, com a presença de Duda (Daniel de Oliveira), Nicolas (Kayky Brito), Geléia (Rafael Ciani) e Foguinho (Lázaro Ramos)». Pure People. 6 de outubro de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  48. «Eva (Eliane Giardini), Jonas (Gustavo Falcío) e Madá (Nanda Costa) em Cobras & Lagartos: interpretou a cantora Esmeralda, personalidade alternativa da beata Eva». Pure People. 6 de outubro de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  49. «Em Cobras & Lagartos, Eliane Giardini viveu Carola Eva, que fazia de tudo para que seus filhos não seguissem o exemplo do pai marginal». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  50. «Totia Meireles e Francisco Cuoco também contracenaram na novela Cobras & Lagartos, de João Emanuel Carneiro». Pure People. 6 de outubro de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  51. «Cléo Pires e Luíza Mariani também estão no elenco de Cobras & Lagartos». Pure People. 19 de maio de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  52. «Em Cobras & Lagartos, Silvana (Totia Meireles) e Pereira (Francisco Cuoco) ficam noivos e comemoram a data com um jantar na casa dela, com a presença de Duda (Daniel de Oliveira), Nicolas (Kayky Brito), Geléia (Rafael Ciani) e Foguinho (Lázaro Ramos)». Pure People. 6 de outubro de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  53. «Em Cobras & Lagartos, Francisco Cuoco viveu Omar, milionário dono da sofisticada loja de departamentos Luxus, que decidiu se disfarçar de faxineiro ao descobrir que estava doente». Yahoo! TV. 25 de julho de 2014. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  54. «Milton Gonçalves foi o Jair dos Santos em Cobras & Lagartos, novela de João Emanuel Carneiro». Pure People. 9 de dezembro de 2013. Consultado em 28 de novembro de 2014 
  55. «Elenco comemora a ótima audiência do primeiro capítulo de Cobras & Lagartos em festa no Rio». Área Vip. 25 de abril de 2006. Consultado em 21 de outubro de 2013 
  56. «Cobrase Lagartos marca 51 pontos». Terra. Consultado em 21 de outubro de 2013 
  57. «Cobras & Lagartos marca 46 pontos em último capítulo.». O Fuxico. Consultado em 17 de novembro de 2006 
  58. Melhores do Ano: Confira todos os vencedores das 14 edições do prêmio
  59. Ganhadores do Prêmio Extra de TV 2006
  60. Lista de indicados e ganhadores do Troféu Imprensa de 2007
  61. Vencedores e indicados ao Prêmio Contigo de TV de 2007
  62. Vitor Piccoli (29 de julho de 2014). «Com Marcelo Rezende, "Cidade Alerta" se distancia do SBT; confira os consolidados desta segunda-feira (28/07/14)». TV Foco. Consultado em 30 de janeiro de 2015 
  63. «Senhora do Destino mantém boa audiência». Portal Meio Norte. 4 de março de 2009. Consultado em 30 de janeiro de 2015 
  64. Redação (6 de agosto de 2014). «Cobras & Lagartos perde 42% de audiência em uma semana». UOL. Notícias da TV. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  65. Redação (8 de agosto de 2014). «Vôlei derruba Globo, e Vale a Pena tem pior audiência da história». UOL. Notícias da TV. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  66. Redação (3 de setembro de 2014). «Mais cedo, Vale a Pena Ver de Novo tem a pior audiência da história». UOL. Notícias da TV. Consultado em 3 de setembro de 2014 
  67. Redação (11 de novembro de 2014). «Reprise de Cobras & Lagartos tem maior audiência em três meses». UOL. Notícias da TV. Consultado em 13 de novembro de 2014 
  68. Redação (4 de dezembro de 2014). «Reprise de Cobras & Lagartos tem maior audiência em quatro meses». UOL. Notícias da TV. Consultado em 5 de dezembro de 2014 
  69. Redação (6 de janeiro de 2015). «Under The Dome levanta audiência da Globo e supera Jô Soares e filmes». UOL. Notícias da TV. Consultado em 8 de janeiro de 2015 
  70. Redação (7 de janeiro de 2015). «Império bate maior audiência com confirmação de 'morte' de Zé Alfredo». UOL. Notícias da TV. Consultado em 8 de janeiro de 2015 
  71. Maísa Capobiango (23 de janeiro de 201). «'Cobras e lagartos' repete recorde de audiência no Rio». Kogut. O Globo. Consultado em 24 de janeiro de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  72. Silas Lima (23 de janeiro de 2015). «Reprise de "Cobras & Lagartos" termina com audiência superior a "Caras & Bocas"». Audiência. TV Foco. Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  73. a b Redação (23 de janeiro de 2015). «Reprise de Cobras & Lagartos termina sem recorde de audiência». Audiência da TV. O Planeta TV. Consultado em 24 de janeiro de 2015 
  74. Vitor (26 de janeiro de 2015). «"O Rei do Gado" supera novela das seis e fecha como terceira mais assistida; confira os consolidados da sexta-feira (23/01/15)». Cobras & Lagartos - Vale a Pena Ver de Novo. TV Foco. Consultado em 27 de janeiro de 2015 
  75. TV Foco News (27 de janeiro de 2015). «Globo pecou na divulgação de "Cobras & Lagartos"». Cobras & Lagartos - Vale a Pena Ver de Novo. TV Foco. Consultado em 27 de janeiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]