A Gata Comeu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Gata Comeu
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 40 minutos
Criador(es) Ivani Ribeiro[1]
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Herval Rossano[1]
José Carlos Pieri[1]
Elenco Christiane Torloni
Nuno Leal Maia
Bia Seidl
Fátima Freire
Mauro Mendonça
Anilza Leoni
José Mayer
Laerte Morrone
Cláudio Correia e Castro
Marilu Bueno
(Ver mais)[2]
Tema de abertura "Comeu" - Magazine[1]
Transmissão original 15 de abril de 1985[1]18 de outubro de 1985[1]
N.º de episódios 160 (original)
110(primeira reprise)
100(segunda reprise)
5 (Vídeo Show (1ª reprise)
5 (Vídeo Show) (2ª reprise)
Cronologia
Último
Último
Livre para Voar
De Quina pra Lua
Próximo
Próximo
Programas relacionados A Barba-Azul
Amor com Amor Se Paga
Mulheres de Areia
O Sexo dos Anjos
Hipertensão

A Gata Comeu é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo no tradicional horário das 18 horas, de 15 de abril a 18 de outubro de 1985, substituindo Livre para Voar e sendo substituída por De Quina Pra Lua, tendo 160 capítulos. Foi a 30ª "novela das seis" exibida pela emissora.

Escrita por Ivani Ribeiro com colaboração de Marilu Saldanha e direção de Herval Rossano e José Carlos Pieri. Com gerência de produção de Carlos Henrique de Cerqueira Leite e direção geral de Herval Rossano. É uma regravação da novela A Barba-Azul, escrita pela própria Ivani Ribeiro para a extinta Rede Tupi e exibida em 1974.[1]

Conta com Christiane Torloni, Nuno Leal Maia, José Mayer, Mauro Mendonça, Cláudio Correia e Castro, Fátima Freire, Marilu Bueno e Bia Seidl nos papéis principais.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Apesar de já ter ficado várias vezes noiva, Jô Penteado sempre acaba o noivado com seus pretendentes, o que lhe rende a alcunha de Lucrécia Bórgia. Rafael Benavente, ator de teatro, é seu oitavo noivo e todos esperam que, enfim, aconteça o casamento. Só que Jô, mais uma vez, percebendo que não ama o noivo, termina mais um compromisso. Jô sofre por nunca ter-se apaixonado verdadeiramente e não conhecer o amor. Até que ela se apaixona loucamente pelo professor de história Fábio Coutinho, pai de dois filhos e viúvo. Os dois se conhecem ao irem juntos para uma excursão. A lancha que os transportava quebra e eles ficam numa ilha deserta por dois meses, sendo dados como mortos. O romance de Jô e Fábio é atrapalhado por Gláucia, a invejosa irmã de Jô, e por Paula, até então noiva de Fábio.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Fonte: Memória Globo [2]

Ator Personagem
Christiane Torloni Joana "Jô" Penteado
Nuno Leal Maia Fábio Coutinho
José Mayer Edson
Bia Seidl Gláucia Brandão Penteado
Mauro Mendonça Horácio Penteado
Anilza Leoni Esther Brandão Penteado
Laerte Morrone Vitório Galhardi (Conde de Parma)
Fátima Freire Paula
Cláudio Correia e Castro Gugu (Gustavo Penaforte)
Marilu Bueno Tetê (Tereza Penaforte)
Nina de Pádua Ivete
Luís Carlos Arutin Oscar
Roberto Pirillo Tony Duarte
Dirce Migliaccio Conceição
Deborah Evelyn Lenita Brandão Penteado
Mayara Magri Babi (Beatriz Penaforte)
Eduardo Tornaghi Rafael Benavente
Élcio Romar Zé Mário (Braguinha)
Rogério Fróes Martim
Diana Morel Ofélia
Aracy Cardoso Zazá
Alberto Perez Diretor do colégio
Danton Mello Cuca
David Pinheiro Zé Bento
Germano Filho Vicente
Jayme Periard Tito Rosental
Jorge Luiz Porteiro
Juan Daniel Padre Aurélio
Juliana Martins Suely
Kléber Macedo Televina
Lajar Muzuris Policial Roney
Marina Miranda Nair
Monah Delacy Graziela Rosental
Norma Geraldy Dona Biloca
Oberdan Júnior Xande
Reinaldo Gonzaga Dr. Antônio
Rogério Cardoso Brandão
Sônia Regina Alice
Sylvio Perroni Nanato
Rafael Alvarez Cecéu
Juliana Lucas Verinha

Participações e elenco de apoio[editar | editar código-fonte]

Fonte: Memória Globo [2]

Ator Personagem
Arlete Salles
Carlos Freitas
Junior Prata Mauro
Cosme dos Santos
Danton Jardim Amigo de Jô
Doc Comparato
Eduardo Ribas
Ênio Santos Delegado de polícia
Eva Todor
Fernando Bastos
Fernando Lajes
Gonzaga Blota
Grande Otelo
Herval Rossano
João Signorelli Ladrão
Levy Salgado
Marcio Roubach
Milton Moraes
Neide Aparecida Enfermeira
Neuza Borges Empregada doméstica de Tony
Paulo Figueiredo
Regina Restelli Kátia
Rômulo Arantes Ex-noivo de Jô
Ronnie Von Idem
Sokram Sommar Pedrinho

Reprises[editar | editar código-fonte]

Foi reprisada no Vale a Pena Ver de Novo entre 27 de fevereiro e 28 de julho de 1989, em 110 capítulos, substituindo Gabriela e sendo substituída por Brega & Chique.

Foi novamente reprisada na faixa entre 23 de julho e 7 de dezembro de 2001, em 100 capítulos, substituindo Você Decide e sendo substituída por História de Amor. [3]

Também foi apresentada no quadro novelão do Video Show em duas ocasiões: a primeira entre 11 e 15 de junho de 2012 e a segunda entre 19 e 23 de janeiro de 2015, ambas em 5 capítulos.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora nacional[editar | editar código-fonte]

  1. "Sopra o Vento" - Ritchie
  2. "Choro" - Fábio Jr.
  3. "Amigo do Sol, Amigo da Lua" - Benito di Paula
  4. "Seu Nome" - Biafra
  5. "Canção de Búzios" - Sandra de Sá
  6. "Doce Pecado" - (Edinho) Santa Cruz
  7. "Comeu" - Magazine
  8. "Eu Queria Ter Uma Bomba" - Barão Vermelho
  9. "Sonho Blue" - Liliane
  10. "Tipo One Way" - Ciclone
  11. "Solidão Vai" - Hyldon
  12. "Fora de Prumo" - Sérgio Sá
  13. "Mania" - Lápis de Cor
  14. "Dama e Vagabundo" - Danilo

Trilha sonora internacional[editar | editar código-fonte]

Capa: Joana Medeiros

  1. "I Should Have Known Better" - Jim Diamond
  2. "The Heat Is On" - Glenn Frey
  3. "Crazy For You" - Madonna
  4. "Everything I Need" - Men at Work
  5. "Heaven" - Bryan Adams
  6. "Dillo Tu" - Fred Bongusto
  7. "Brasileiro Train" - Naima e Papagaio
  8. "I Was Born To Love You" - Freddie Mercury
  9. "Everytime You Go Away" - Paul Young
  10. "Just Another Night" - Mick Jagger
  11. "Forever By Your Side" - Manhattans
  12. "We Can Change The World" - Tremendo (canta Téo)
  13. "Lovely Love" - Terry Winter e Sylvia Massari
  14. "Caribe" - W. White
  • A trilha internacional foi lançada com duas versões: a primeira, com a música Crazy For You, da cantora Madonna; a segunda vinha com Smooth Operator, de Sade Adu.

Temas recorrentes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g Memória Globo. A Gata Comeu. Visitado em 4/06/2010.
  2. a b c Memória Globo. Ficha técnica. Visitado em 9/5/2015.
  3. Globo reapresenta novela "A Gata Comeu" a partir de segunda Folha Online Ilustrada (19 de julho de 2001). Visitado em 26 de julho de 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.