Amor Eterno Amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o filme de 1975 do diretor Peter Bogdanovich que recebeu este título no Brasil, veja At Long Last Love.
Amor Eterno Amor
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 50 minutos
Criador(es) Elizabeth Jhin
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Pedro Vasconcelos
Rogério Gomes
Roteirista(s) Denise Bandeira
Duba Elia
Eliane Garcia
Lílian Garcia
Renata Jhin
Elenco
Tema de abertura "Leva-me pra Lua", Ana Caram
Tema de encerramento "Leva-me pra Lua", Ana Caram entre outras
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 5 de março - 7 de setembro de 2012
N.º de episódios 161
Cronologia
Programas relacionados A Viagem
Escrito nas Estrelas
O Amor Está no Ar
Além do Tempo

Amor Eterno Amor é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida de 5 de março a 7 de setembro de 2012, no horário das 18h, em 161 capítulos, substituindo A Vida da Gente e sendo sucedida por Lado a Lado. Foi a 79ª "novela das seis" exibida pela emissora.

Escrita por Elizabeth Jhin, com Eliane Garcia, Lílian Garcia, Denise Bandeira, Duba Elia e Renata Jhin, conta com direção de Roberta Richard, Fábio Strazzer, Luciana Oliveira e Paulo Ghelli,[2] direção geral de Pedro Vasconcelos[3] e direção de núcleo de Rogério Gomes, é a 79ª "novela das seis" exibida pela emissora.[4]

Contou com as atuações de Gabriel Braga Nunes, Letícia Persiles, Carmo Dalla Vecchia, Reginaldo Faria, Osmar Prado, Pedro Paulo Rangel, Othon Bastos e Ana Lúcia Torre.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Aos 10 anos, Carlos fugiu do interior de Minas Gerais, cansado dos maus tratos do padrasto Virgílio, que o humilhava de todas as formas, e também explorava o seu dom especial de amansar os animais com um gesto ou olhar. Virgílio fez tudo isso para ganhar dinheiro.[5] Na fuga, sozinho e perdido na estrada, o menino conheceu Xavier, um caridoso caminhoneiro que o levou para a Ilha de Marajó, no Pará. Carlos passa a ser criado como filho desse caminhoneiro.[6]

Os anos se passaram. Carlos, isto é, Rodrigo, virou um homem atraente e conquistador, além de competente domador de búfalos.[6] Conhecido nas redondezas pelo apelido de Barão, por sua inteligência e postura, é respeitado por todos, e perseguido pela apaixonada Valéria, filha de comerciantes locais, que não se conforma em não ter sua paixão correspondida.

O coração de Carlos guarda a lembrança de um amor de infância. Antes de fugir de casa, Carlos se apaixonou por sua vizinha, Elisa. Brincando juntos, se apaixonaram, e viveram um amor de criança, inocente, cheio de magia, e prometeram se amar para sempre e se casar um dia, quando ficassem adultos. Mas o destino separou os dois e, quando se reencontrarem, perceberão que muita coisa mudou e que talvez não possam ou não queiram ficar juntos como sonhavam.

Na Cidade do Rio de Janeiro mora Verbena Borges, uma milionária bondosa, e viúva de um dos maiores empresários cariocas. Mesmo muito doente e perto de morrer, ela nunca desistiu de encontrar seu único filho, Rodrigo, que desapareceu há mais de 20 anos atrás.[7] Ela viveu em depressão esses anos todos, e por isso ficou muito mal de saúde.

Verbena nunca entendeu como o menino foi desaparecer, se foi sequestro ou se ele fugiu porque quis, e até hoje ela faz de tudo para achá-lo, e saber o motivo de seu desaparecimento, sem nem suspeitar que sua irmã, Melissa (Cássia Kis Magro) teve a ver com tudo isso.

Melissa não quer que Verbena reencontre o filho, por causa da herança, e também o cunhado interesseiro Dimas e o sobrinho mau-caráter Fernando.

Na procura pelo seu herdeiro, Verbena conta também com a ajuda das duas filhas do seu médico, Dr. Gabriel: Clara, uma menina sensível, com um poder telepático; e Miriam, uma bela jornalista, noiva de Fernando, que irá se encantar por Carlos assim que conhecê-lo, sem nem suspeitar que ele é Rodrigo Borges, filho desaparecido de Verbena.

Final da trama[editar | editar código-fonte]

Melissa morre com um tiro acidental que leva, quando está brigando pela arma com Dimas, seu próprio marido. Isso ocorreu porque a megera tentou matar Rodrigo e Miriam. Com isso a mãe de Fernando foi parar no umbral com Virgílio, que foi atropelado por um caminhão, Verbena, sua irmã, tentou ajudá-la a ir para o céu, ela porém, se recusou.

Fernando recebe no hospício, a visita de Priscila e Regina. Ele pergunta o porquê de seus pais não visitá-lo. Elas não contam sobre a morte de Melissa.

Rodrigo e Miriam se casam. Lexor celebra o casamento e seus pais, Verbena e Augusto, acompanham de longe a celebração.

O vaqueiro descobre que Miriam sempre foi a sua Elisa. Verbena confirma a informação e conta que ambos se conheceram em vidas passadas, mas não conseguiram viver o amor porque a garota morreu afogada em um lago. Ao assistir ao casamento, Lexor diz que em breve uma criança aparecerá na relação. "Verbena, essa criança será você. Se prepare para voltar a terra", declarou.

Por fim, Rodrigo e Miriam se divertem com a criança em uma praia.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Produção[editar | editar código-fonte]

A novela teve como títulos provisórios Marajó e Viajante das estrelas, sendo mudado posteriormente para Amor eterno amor[8].

As gravações da novela começaram em janeiro de 2012, nas cidades de Alter-do-Chão e Soure, no estado do Pará. Elas serviram de cenário para as cenas de Vila dos Milagres[9]. A trama também teve cenas rodadas na cidade de Carrancas, em Minas Gerais[10].

O ator Rodrigo Lombardi foi cotado para interpretar o protagonista da história[11]. Porém a autora perdeu o ator para Glória Perez[12]. Gabriel Braga Nunes acabou ficando com o personagem[13].

A atriz Carol Castro estava escalada para ser a protagonista. Porém ela foi substituída por Letícia Persiles[14]. Porém Carol ficou com outra personagem, que segundo a autora, foi escrito especialmente pra ela[15].

Outros atores que foram escalados pra novela, mas que depois foram cortados são Anderson Di Rizzi, Vanessa Giácomo e Marco Ricca[16].

É a segunda vez que Cássia Kis Magro e Carmo Dalla Vecchia interpretam mãe e filho em uma novela, a primeira foi em Cobras & Lagartos, em 2006.

A atriz Mayana Neiva interpretou uma das personagens principais, porém só entrou na trama no capítulo 80, que foi ao ar em 5 de junho de 2012.[17]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Gabriel Braga Nunes Rodrigo Prado Borges (Carlos de Souza "Barão"/Salvador Borges)[18][19]
Letícia Persiles Miriam Allende (Alice Borges/Elisa)[20]
Cássia Kis Magro Melissa Prado Sobral[21]
Carmo Dalla Vecchia Fernando Prado Sobral (Leôncio Borges)[22]
Ana Lúcia Torre Verbena Prado Borges
Osmar Prado Virgílio de Souza[23]
Mayana Neiva Maria do Amparo (Elisa Campos/Dolores Borges)
Luis Melo Dimas Sobral
Andréia Horta Valéria Ferreira do Carmo
Carol Castro Jacira da Silva
Erom Cordeiro Tobias da Silva
Klara Castanho Clara Allende (Adélia Borges)
Raphael Viana Josué (Joshua)
Felipe Camargo Gabriel Allende
Carolina Kasting Beatriz Mainardi Allende
Giulia Gam Laura Belize
Rosi Campos Teresa
Denise Weinberg Angélica de Souza
Sandra Corveloni Solange Campos
André Gonçalves Pedro Fonseca
Daniela Fontan Maria das Graças (Gracinha)
Othon Bastos Lexor
Carlos Vereza Francisco Chaves Mainardi
Marcelo Faria Kleber Gonçalves
Suzy Rêgo Jaqueline Menezes Gonçalves (Jáqui)
Rafael Gevú Otávio dos Reis Júnior (Júnior)
Vera Mancini Carmem Ferreira
Pedro Paulo Rangel José do Carmo (Zé da Carmem)
Tony Tornado Antonio
Laila Zaid Priscila Belize Sobral
Maria Clara Mattos Regina Ferraz
Suely Franco Zilda Allende
Olivia Torres Gabriella Allende (Gabi)
Hermylla Guedes Marlene
Jéssika Alves Laís
Miguel Rômulo Bruno Gonçalves
Marina Ruy Barbosa Juliana Pietrini
Murilo Grossi Henrique Pietrini
Mariana Molina Cristina Mainardi (Cris)
Nica Bonfim Deolinda
Rosane Gofman Valdirene
Lucci Ferreira Zenóbio
Otávio Martins Gilberto Menezes (Gil)
Bernardo Marinho Beto
Gilberto Torres Mauro Tavares
Nuno Leal Maia Ribamar
Flávia Reis Divina dos Reis
Lincoln Tornado Jair
Flávia Garrafa Gilda Tavares
Adelaide de Castro Tatiana Gonçalves (Tati)
Camila Amado Dona Olga
Flávio Bauraqui Hamilton
Paula Barbosa Débora
Chico Expedito Laudelino de Amorim
Igor Cosso Julio (Julinho)
Paula Loffler Flavinha
Bruno Pereira Robson
Gillray Coutinho Chico
José Bittencourt William
Larissa Vereza Kátia
Igor Paiva Branco
Luisa González Michelle Ferraz
Luís Augusto Formal João

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Reginaldo Faria Augusto Prado Borges
Chico Diaz Xavier Pessoa
Caio Manhente Rodrigo Prado Borges (Carlos de Souza) (criança)
Júlia Gomes Elisa Neves (criança)
Gabriel Kaufmann Fernando Prado Sobral (criança)
Camila Chiba Dra. Dulce[24]
Alexandre Rodrigues Seth
Alice Assef Ana
Ana Cecília Costa Vanessa
Anja Bittencourt Joana
Bebel Mesquita Neusinha
Bernardo Felinto Luis
Cleiton Echeveste Padre Nelson
Denise Milfont Ana Paula Pedreira
Fredy Monteiro Herison
Isabel Fillardis Maria (esposa de Hamilton)
Juliane Almeida Moradora do edifício São Jorge
Júlio Braga Juca
Julio Soutto Peão da Fazenda
Lionel Fischer Padre Orlando
Luciana Borghi vendedora que humilha Gracinha
Maria Mônica Passos freira do asilo onde Angélica vive
Michel Bercovitch Eduardo
Rafael Sieg Dr. Fabrício
Roberto Birindelli Delegado
Sérgio Stern Clóvis
Vanessa Bueno Danusa
Vinicius Soares Wal
Wal Schneider Léo

Classificação indicativa[editar | editar código-fonte]

Inicialmente a trama era exibida com classificação Livre para todos os públicos, podendo ser exibida em qualquer horário e ser vista por pessoas de todas as idades. Porém, em 17 de maio de 2012, o Ministério da Justiça interveio na novela e a reclassificou como não recomendada para menores de 10 anos. O órgão alegou que o folhetim exibe "conteúdos relacionados à angústia, linguagem depreciativa, ato violento e morte intencional". A Rede Globo não recorreu da decisão, pois a mudança da classificação indicativa não alterou o horário de exibição da trama.[25]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Amor Eterno Amor estreou em 5 de março de 2012, com média de 23 pontos e picos de 27, mesmo índice registrado por sua antecessora, A Vida da Gente, em seu capítulo de estreia.[26]

Sua maior audiência foi de 29 pontos, registrada no dia 15 de maio de 2012.[27]

Em seu penúltimo capítulo, exibido no dia 6 de setembro, registrou média de 21 pontos, abaixo da meta, que é de 25 pontos.[28]

Em seu último capítulo, exibido em 7 de setembro de 2012, feriado do Dia da Independência, dia em que o share é baixíssimo, Amor Eterno Amor atingiu 26 pontos de média, índice superior ao da sua antecessora, A Vida da Gente, que registrou 24 pontos.[29]

Na média geral, a novela fechou com 23 pontos. A trama bateu a sua antecessora, A Vida da Gente, que registrou 22 pontos, porém ficou abaixo de Cordel Encantado, que acumulou 26 pontos.[30]

Exibição[editar | editar código-fonte]

Exibição pelo mundo
País Canal Título local Estreia Final Horário semanal Hora Ref
Brasil Rede Globo Amor Eterno Amor 5 de março de 2012 7 de setembro de 2012 Segunda a Sábado 18:20
São Tomé e Príncipe TVS Amor Eterno Amor 12 de março de 2012 14 de setembro de 2012 Segunda a Sábado 15:30
Portugal Globo Portugal Amor Eterno Amor 4 de maio de 2015 6 de setembro de 2015 Segunda a Domingo 20:301 [31]

↑1 Exibida em capítulos de 30 minutos. Transferida para as 20:00 a partir do dia 18 de maio em capítulos simples.

Música[editar | editar código-fonte]

O tema de abertura de Amor Eterno Amor é a canção "Leva-me pra Lua", da cantora de MPB Ana Caram, sendo esta inspirada na clássica "Fly Me To The Moon", de Bart Howard e eternizada na voz de Frank Sinatra.[32]

Nacional[editar | editar código-fonte]

Amor Eterno Amor Nacional
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 2012
Gênero(s) Vários
Formato(s) CD
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de vários intérpretes
Amor Eterno Amor Internacional

Capa: Gabriel Braga Nunes como Rodrigo/Carlos

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Ainda Bem"  Marisa MonteMiriam (Letícia Persiles) e Rodrigo (Gabriel Braga Nunes) 03:36
2. "Leva-me pra Lua (Fly Me To The Moon)"  Ana CaramAbertura 04:13
3. "Sete Dias"  Roberta CamposLaura (Giulia Gam) 03:51
4. "Linha Tênue"  Maria GadúTema Geral 03:36
5. "Ai Menina"  Lia SophiaValéria (Andreia Horta) 03:32
6. "Presença"  Skank (Part. Emicida)Tema Geral 04:14
7. "O Silêncio das Estrelas"  LenineRodrigo (Gabriel Braga Nunes) 04:17
8. "Feliz"  Leila PinheiroTema Geral 04:13
9. "Adormecendo"  Cogumelo PlutãoTema Geral 04:06
10. "Se eu quiser falar com Deus"  Roberta SpindelVerbena (Ana Lúcia Torre) 04:33
11. "Pauapixuna"  Fafá de BelémJosué (Raphael Viana) e Valéria (Andreia Horta) 04:10
12. "Tô fazendo a minha parte"  Diogo NogueiraLocução: Edifício São Jorge 03:06
13. "Geminiano"  Lan LanClara (Klara Castanho) 03:23
14. "Na Moral"  Lincoln TornadoTema Geral 02:55
15. "Luz do Sol"  Caetano VelosoTema Romântico Geral 03:34

Internacional[editar | editar código-fonte]

Amor Eterno Amor Internacional
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 2012
Gênero(s) Vários
Formato(s) CD
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de vários intérpretes
Amor Eterno Amor Nacional

Capa: Letícia Persiles como Miriam

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Before I Let You Go"  Colbie CaillatBruno (Miguel Rômulo) e Juliana (Marina Ruy Barbosa) 03:38
2. "Laredo"  Band of HorsesGracinha (Daniela Fontan) e Pedro (André Gonçalves) 03:11
3. "I Won't Give Up"  Jason MrazKleber (Marcelo Faria) e Priscila (Laila Zaid) 03:17
4. "Achy Breaky Heart"  Billy Ray CyrusElisa/Amparo (Mayana Neiva) 03:55
5. "Ghost Riders"  Evan WesterlundJáqui (Suzy Rêgo) 05:10
6. "Solitary Man"  Dan TorresRodrigo (Gabriel Braga Nunes) 02:26
7. "For One More Day"  Donna ByrneMarlene (Hermila Guedes) 04:06
8. " El día que me quieras"  Julio IglesiasTema Geral 03:00
9. "Promises"  John LTTema Geral 05:27
10. "Everything I Own"  BreadBeatriz (Carolina Kasting) e Gabriel (Felipe Camargo) 03:03
11. "The Man I Love"  Bia SionTema Geral 04:51

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref
2012
Meus Prêmios Nick
Gata do Ano Marina Ruy Barbosa Indicado [33]
Prêmio Extra de Televisão
Melhor Novela Elizabeth Jhin Indicado [34]
Revelação Infantil Júlia Gomes Indicado
Revelação Daniela Fontan Indicado
Prêmio Quem de Televisão
Melhor Ator Gabriel Braga Nunes Venceu [35]
Melhor Atriz Letícia Persiles Indicado [36]
2013
Prêmio Emmy Internacional Digital
Melhor novela Elizabeth Jhin Indicado [37]
Prêmio Contigo! de TV
Indicado [38]
Melhor Autor de Novela Indicado [38]
Melhor Atriz Infantil Luiza Gonzales Indicado [38]

Referências

  1. a b «Amor Eterno Amor – Atores ordenados por personagem». GShow. Consultado em 18 de outubro de 2015.. Cópia arquivada em 2 de julho de 2015 
  2. «Amor Eterno Amor - Créditos» 
  3. Rogério Gomes: 'Foi importante respirarmos a atmosfera do Pará' - Bastidores - Amor Eterno Amor
  4. Redação Rede Globo (12 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: nova novela das 6 estreia em março; conheça o elenco» 
  5. Redação Rede Globo (19 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: Osmar Prado vive o vilão Virgílio nova na trama das seis» 
  6. a b «Amor Eterno Amor: Carlos (Gabriel Braga Nunes) ganha nova família». Globo.com. 2 de fevereiro de 2012. Consultado em 10 de fevereiro de 2012. 
  7. Carla Bittencourt (7 de janeiro de 2012). «'Inimigos' em 'Insensato coração', Ana Lucia Torre e Gabriel Braga Nunes serão mãe e filho em 'Amor eterno amor'». Extra 
  8. «Globo define título da próxima novela das seis». IG. 23 de dezembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  9. «Globo começa a gravar a nova novela das 18h, "Amor, Eterno Amor", a 1ª com locações no Pará». UOL. 25 de janeiro de 2012. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  10. «Elenco de Amor Eterno Amor grava em Carrancas, interior mineiro». O Fuxico. 28 de janeiro de 2012. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  11. «Rodrigo Lombardi é disputado por autores da Globo». Área Vip. 29 de junho de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  12. Patricia Kogut (29 de agosto de 2011). «Escalações: briga agora é para montar elenco das 18h». O Globo. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  13. «Gabriel Braga Nunes volta à Globo como mocinho». O Fuxico. 30 de setembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  14. «Carol Castro perde papel em novela das seis». R7. 12 de novembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  15. «Carol Castro vai participar de nova novela das 18h, diz jornal». Ego. 15 de novembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  16. «Atores da Globo são "desconvidados" de novela». R7. 11 de novembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  17. Patricia Villaba (4 de junho de 2012). «Elisa vai morar com Rodrigo em 'Amor Eterno Amor'». Veja. Consultado em 9 de julho de 2015. 
  18. Redação Rede Globo (20 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: confira o visual do protagonista Gabriel Braga Nunes». Consultado em 24 de maio de 2018. 
  19. ‘Amor eterno amor’: Elisa era espírito que Rodrigo via na infância e que reencarnou como Miriam
  20. Redação Rede Globo (17 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: conheça o par romântico de Gabriel Braga Nunes». Consultado em 24 de maio de 2018. 
  21. Na Telinha (10 de dezembro de 2011). «Cassia Kis Magro promete infernizar como terrivel vilã em trama das seis». UOL. Consultado em 24 de maio de 2018. 
  22. Redação Contigo! Online (12 de outubro de 2011). «Carmo Dalla Vecchia será vilão em trama de Elizabeth Jhin». Contigo!. Consultado em 24 de maio de 2018. 
  23. Na Telinha (10 de dezembro de 2011). «Cassia Kis Magro promete infernizar como terrivel vilã em trama das seis». UOL. Consultado em 24 de maio de 2018. 
  24. http://f5.folha.uol.com.br/televisao/1142703-sansei-de-morde--assopra-entra-na-fase-final-de-amor-eterno-amor.shtml
  25. Daniel Castro (19 de maio de 2012). «Governo reclassifica novela Amor Eterno Amor por conter 'angústia'». R7. Blog Daniel Castro. Consultado em 22 de maio de 2012. 
  26. Área Vip (6 de março de 2012). «'Amor Eterno Amor' marca 23 pontos de audiência em sua estreia». Consultado em 9 de julho de 2015. 
  27. Patricia Kogut (16 de maio de 2012). «'Amor eterno amor' e 'Profissão repórter' batem recordes». Consultado em 17 de maio de 2012. 
  28. «'Amor eterno amor' registra baixa audiencia em seu penúltimo capítulo». 7 de setembro de 2012. Consultado em 9 de julho de 2015. 
  29. Patrícia Kogut (10 de setembro de 2012). «Último capítulo de 'Amor eterno amor' marca 26 pontos». Consultado em 9 de julho de 2015. 
  30. “Amor Eterno Amor” supera “A Vida da Gente” em audiência - See more at: http://rd1.ig.com.br/televisao/amor-eterno-amor-supera-a-vida-da-gente-em-audiencia/133787#sthash.IxXU4q2Z.dpuf
  31. A esperança de um encontro que pode mudar a vida de duas pessoas
  32. «'Leva-me Pra Lua' embala abertura de Amor Eterno Amor». Gshow. 5 de março de 2012. Consultado em 26 de maio de 2018. 
  33. «Indicados ao Meus Prêmios Nick 2012» 
  34. «Prêmio Extra de TV 2012». 2 de novembro de 2012 
  35. «Gabriel Braga Nunes estreia novo visual durante Prêmio QUEM». 20 de março de 2013 
  36. «Indicados ao Prêmio Quem Acontece 2012». 20 de outubro de 2012 
  37. «Globo é indicada ao Emmy Digital Internacional por Malhação e Amor Eterno Amor» 
  38. a b c «Prêmio Contigo de TV! 2013». 20 de fevereiro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]