Saltar para o conteúdo

Amor Eterno Amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 Nota: Se procura o filme de 1975 do diretor Peter Bogdanovich que recebeu este título no Brasil, veja At Long Last Love.
Amor Eterno Amor
Amor Eterno Amor
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero drama
Duração 50 minutos
Criador(es) Elizabeth Jhin
Elenco
País de origem Brasil
Idioma original português
Episódios 161
Produção
Diretor(es) Rogério Gomes
Roteirista(s)
Tema de abertura "Leva-me pra Lua", Ana Caram
Tema de encerramento "Leva-me pra Lua", Ana Caram
Exibição
Emissora original TV Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 5 de março – 8 de setembro de 2012
Cronologia
A Vida da Gente
Lado a Lado

Amor Eterno Amor é uma telenovela brasileira produzida pela TV Globo e exibida de 5 de março a 8 de setembro de 2012 em 161 capítulos.[2] Substituiu A Vida da Gente e foi substituída por Lado a Lado, sendo a 79ª "novela das seis" exibida pela emissora.[3][4][5]

Escrita por Elizabeth Jhin, com a colaboração de Eliane Garcia, Lílian Garcia, Denise Bandeira, Duba Elia e Renata Jhin, teve direção de Roberta Richard, Fábio Strazzer, Luciana Oliveira e Paulo Ghelli.[6] A direção geral foi de Pedro Vasconcelos, com direção de núcleo de Rogério Gomes.[7]

Contou com as atuações de Gabriel Braga Nunes, Letícia Persiles, Carmo Dalla Vecchia, Reginaldo Faria, Osmar Prado, Pedro Paulo Rangel, Othon Bastos e Ana Lúcia Torre.[1]

Aos três anos, Rodrigo é sequestrado a mando de Melissa, sua tia, que planeja tornar seu filho Fernando, o herdeiro da irmã milionária Verbena. O garoto é levado por Zenóbio para o interior de Minas Gerais e entregue para o casal Angélica e Virgílio, que passam a criá-lo com o nome de Carlos. Enquanto Angélica cuida dele com amor e valores morais – aceitando a farsa por medo – Virgílio maltrata e explora o dom do menino em se comunicar com os animais de forma sensitiva. Aos dez anos, cansado das humilhações de Virgílio, o garoto foge de casa e é acolhido pelo caminhoneiro Xavier, que o leva para ser criado por sua família na Ilha de Marajó. Vinte e cinco anos se passam e Carlos se torna um respeitado domador de búfalos, sendo alvo das investidas da venenosa Valéria. Enquanto isso, no Rio de Janeiro, Verbena nunca deixou de procurar o filho, mesmo a contragosto da família e estando muito doente, contando com a ajuda da jornalista Miriam, noiva de seu sobrinho, e da irmã desta, Clara, uma menina que tem sonhos premonitórios.

Não tarda para que Miriam consiga encontrar Rodrigo – ou Carlos – e levá-lo até a mãe, a tempo de que que eles façam as pazes, perdoando-se sobre o passado antes dela morrer. Com toda herança deixada para Rodrigo, Melissa passa a planejar diversas situações para tentar matar o sobrinho e ficar com o dinheiro, contando com a ajuda do filho e do marido Dimas, embora eles nem desconfiem que o espírito de Verbena continua na terra protegendo o filho. Com o passar do tempo, Rodrigo e Miriam começam a se envolver amorosamente, embora o rapaz relute por nunca ter esquecido seu grande amor de infância, Elisa. Ao descobrir o segredo do sobrinho, Melissa contrata a golpista Maria do Amparo para se passar por Elisa e casar-se com ele para dividir o dinheiro futuramente. Entretanto, a moça se apaixona por ele e faz de tudo para conquistá-lo. Desconfiado, Rodrigo recorre a sessões de regressão e descobre que no passado Elisa, seu amor de infância, era um espírito que somente ele via, que reencarnou naquela época em Miriam, deixando-o em paz para viver o amor com a mulher de suas vidas passadas.

Em tramas paralelas, Juliana, uma garota moderna que faz de tudo para conquistar o tímido Bruno, tem que enfrentar a concorrência de Cris. O advogado Kleber, casado com Jaqui, mulher insegura e ciumenta, acaba se envolvendo com sua assistente Priscila. O viúvo Gabriel, pai de Miriam, não consegue viver o novo romance com Beatriz, uma vez que a ex-sogra Zilda vive implicando com o pai da moça, o rabugento Francisco. Na badalada revista Cena Contemporânea trabalham Miriam, Beto, Débora e Gilda, além da editora-chefe Laura, que vive entre os amores do diretor Otávio e do dono da publicação, Henrique. Também há dois espíritos lutando "pelo bem e pelo mal". Zenóbio, assassinado por Melissa como "queima de arquivo", que passa a infernizar a vida da assassina e cobrar por suas maldades, e Lexor, que protege Rodrigo e tenta fazê-lo seguir o caminho do bem.

Intérprete Personagem
Gabriel Braga Nunes Rodrigo Borges / Carlos de Souza (Barão)[2][8]
Salvador Borges[2][9]
Letícia Persiles Miriam Allende[2][10]
Alice Borges[2]
Cássia Kis Melissa Borges Sobral[2][11]
Carmo Dalla Vecchia Fernando Borges Sobral[2][12]
Leôncio Borges[2]
Mayana Neiva Maria do Amparo Vieira (Amparo) / Consuelo / Elisa Neves (falsa)[2]
Ana Lúcia Torre Verbena Borges[2][13]
Luís Melo Dimas Sobral[2]
Osmar Prado Virgílio de Souza[2][11]
Denise Weinberg Angélica de Souza[2]
Andreia Horta Valéria Ferreira Sobral[2]
Felipe Camargo Gabriel Allende[2]
Carolina Kasting Beatriz Mainardi[2]
Giulia Gam Laura Belize[2]
Laila Zaid Priscila Belize[2]
Marcelo Faria Kleber Gonçalves[2]
Suzy Rêgo Jaqueline Menezes Gonçalves (Jaqui)[2]
Murilo Grossi Henrique Pietrini[2]
Otávio Martins Gilberto Menezes (Gil)[2]
Lucci Ferreira Zenóbio[2]
Othon Bastos Lexor Moraes[2]
Raphael Viana Josué das Neves[2]
Carol Castro Jacira da Silva[2]
Erom Cordeiro Tobias da Silva[2]
Daniela Fontan Maria da Graça da Silva (Gracinha)[2]
André Gonçalves Pedro Fonseca[2]
Vera Mancini Carmem Ferreira Sobral[2]
Pedro Paulo Rangel José do Carmo Sobral (Zé da Carmem)[2]
Marina Ruy Barbosa Juliana Pietrini[2]
Miguel Rômulo Bruno Gonçalves[2]
Mariana Molina Cristina Mainardi (Cris)[2]
Jéssika Alves Laís Guimarães[2]
Igor Cosso Júlio Tavares (Julinho)[2]
Olivia Torres Gabriela Allende (Gabi)[2]
Bernardo Marinho Roberto (Beto)[2]
Adelaide de Castro Tatiana (Tati)[2]
Sandra Corveloni Solange Campos[2]
Rosi Campos Teresa Guimarães[2]
Tony Tornado Antônio[2]
Nica Bonfim Deolinda[2]
Suely Franco Zilda Mainardi[2]
Carlos Vereza Francisco Mainardi Chaves[2]
Flávio Bauraqui Hamilton[2]
Paula Barbosa Débora[2]
Larissa Vereza Kátia[2]
Hermila Guedes Marlene Guimarães[2]
José Bittencourt William (Uílha)[2]
Maria Clara Mattos Regina Ferraz[2]
Rosane Gofman Valdirene[2]
Flávia Garrafa Gilda Tavares[2]
Gilberto Torres Mauro Tavares[2]
Nuno Leal Maia Ribamar[2]
Camila Amado Dona Olga[2]
Paula Loffler Flavinha[2]
Bruno Pereira Robson[2]
Flávia Reis Divina[2]
Rafael Gevú Júnior[2]
Klara Castanho Clara Allende[2]
Adélia Borges
Luisa González Michelle[2]

Participações especiais

[editar | editar código-fonte]
Intérprete Personagem
Reginaldo Faria Augusto Borges[2]
Isabel Fillardis Maria[2]
Júlia Gomes Elisa (criança)[2]
Chico Diaz Xavier[2]
Alexandre Rodrigues Seth[2]
Júlio Braga Juca[2]
Michel Bercovitch Eduardo[2]
Vitor Thiré Carlos (jovem)
Caio Manhente Carlos (criança)[2]
Gabriel Kaufmann Fernando (criança)[2]
Ana Cecília Costa Vanessa[2]
Anja Bittencourt Joana[2]
Denise Milfont Ana Paula Pedreira[carece de fontes?]
Kelzy Ecard Madre
Roberto Birindelli Delegado[2]
Vanessa Bueno Danusa[2]
Lionel Fischer Padre Orlando[2]
Wal Schneider Léo[2]
Gillray Coutinho Chico[2]
Chico Expedito Laudelino[2]
Igor Paiva Branco[2]
Luís Augusto Formal João[2]
Lincoln Tornado Jair[2]
Camila Chiba[14] Drª. Dulce[carece de fontes?]
Alice Assef Ana[2]
Bebel Mesquita Neusinha[2]
Bernardo Felinto Luis[carece de fontes?]
Cleiton Echeveste Padre Nelson[2]
Fredy Monteiro Herison[carece de fontes?]
Julio Soutto Peão da Fazenda[carece de fontes?]
Maria Mônica Passos freira do asilo onde Angélica vive[2]
Rafael Sieg Dr. Fabrício[2]
Sérgio Stern Clóvis[2]
Vinicius Soares Wal[2]
Juliane Almeida moradora do edifício São Jorge[2]
Luciana Borghi vendedora que humilha Gracinha[2]

A novela teve como títulos provisórios Marajó e Viajante das Estrelas, sendo mudado posteriormente para Amor Eterno Amor[15] As gravações da novela começaram em janeiro de 2012, nas cidades de Alter-do-Chão e Soure, no estado do Pará. Elas serviram de cenário para as cenas de Vila dos Milagres.[16] A trama também teve cenas rodadas na cidade de Carrancas, em Minas Gerais[17]

Escolha do elenco

[editar | editar código-fonte]

Rodrigo Lombardi foi o primeiro convidado para interpretar o protagonista Rodrigo, porém decidiu aceitar o papel principal da "novela das nove" Salve Jorge.[18][19] Gabriel Braga Nunes, que havia sido contratado pela emissora após papéis de destaque na RecordTV, foi confirmado na sequência.[20] Marco Ricca e Anderson Di Rizzi chegaram a ser cogitados para o papel depois da desistência de Lombardi, porém o primeiro foi considerado velho demais, enquanto o segundo muito inexperiente.[21] Nathalia Dill, Carolina Dieckmann e Mariana Ximenes foram convidadas para interpretar a protagonista Miriam, porém decidiram aceitar papéis em outras tramas, além de temerem que a novela tivesse problemáticas similares às anteriores da autora – Eterna Magia e Escrito nas Estrelas sofreram fortes críticas do público e dos jornalistas especializados, além de passarem por reformulações durante a exibição em busca de melhor audiência, chegando a ter capítulos entregues no dia de gravação para os atores.[22] Carol Castro chegou a aceitar o cargo, porém foi remanejada para outra personagem, a artesã Jacira, e foi substituída por Letícia Persiles a pedido da autora, que acompanhava seu trabalho no teatro.[23] O papel da artesã seria de Vanessa Giácomo, mas ela preferiu participar de Gabriela.[24] Mayana Neiva entrou na trama em 5 de junho de 2012 para dar vida à antagonista Maria do Amparo, contratada pela vilã Melissa (Cássia Kis) para se passar por Elisa, o amor de infância do protagonista.[25] Foi a segunda vez que Cássia Kis e Carmo Dalla Vecchia interpretam mãe e filho em uma novela, repetindo o parceria de Cobras & Lagartos. Alexandre Rodrigues reviveu o personagem Seth, um anjo interpretado por ele na novela anterior da autora Escrito Nas Estrelas.[26]

Inicialmente a trama foi exibida com classificação "livre para todos os públicos", podendo ser exibida em qualquer horário e ser vista por pessoas de qualquer idade. Porém, em 17 de maio de 2012, o Ministério da Justiça interveio na novela e a reclassificou como não recomendada para menores de dez anos. O órgão alegou que o folhetim exibe "conteúdos relacionados a angústia, linguagem depreciativa, ato violento e morte intencional". A Globo não recorreu da decisão, pois a mudança da classificação indicativa não alterou o horário de exibição.[27]

Outras mídias

[editar | editar código-fonte]

Foi atualizada no Globoplay através do projeto Originalidade, em 20 de fevereiro de 2023, com todas as características da sua exibição original (qualidade de imagem Full HD, vinhetas de abertura, intervalo e encerramento).[28]

Exibição Internacional

[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a trama foi exibida pela Globo Portugal entre 4 de maio e 6 de setembro de 2015.[29] Entre 1 de fevereiro de 2022 e 20 de janeiro de 2023, foi emitida pela primeira vez em sinal aberto no país, através da SIC [30]. A sua emissão sofreu uma interrupção durante a transmissão dos jogos do Campeonato do Mundo de Futebol FIFA de 2022.

Amor Eterno Amor estreou com 23 pontos de médica e pico de 27, mesmo índice registrado por sua antecessora, A Vida da Gente.[31] No decorrer de sua exibição sua audiência foi caindo sucessivamente e, no primeiro mês, já acumulava apenas 21 pontos, a pior média da história das "novelas das seis".[32] Em decorrência disso, a novela passou por reformulações, tendo a trama acelerada devido ao pedido do público, que alegava que a história era lenta e sem grandes acontecimentos, além da sucessora Lado a Lado entrar em pré-produção antecipadamente, uma vez que se Amor Eterno Amor não se recuperasse seria cortada em até dois meses.[33][34] Após seguir tendo problemas para atingir audiências superiores a 21 pontos, a direção encomendou uma pesquisa pública, que apontou uma rejeição ao casal principal.[35] Na reta final a trama conseguiu recuperar a audiência ao mais nas vilanias de Melissa e outros personagens em sua reta final, sendo que seu último capítulo chegou marcou com 26 pontos.[36] Na média geral, Amor Eterno Amor fechou com 23 pontos, um a mais que a antecessora, mas ainda abaixo da meta de 25 pontos para o horário.[37]

Prêmios e indicações

[editar | editar código-fonte]
Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2012
Meus Prêmios Nick
Gata do Ano Marina Ruy Barbosa Indicado [38]
Prêmio Extra de Televisão
Melhor Novela Elizabeth Jhin Indicado [39]
Revelação Infantil Júlia Gomes Indicado
Revelação Daniela Fontan Indicado
Prêmio Quem de Televisão
Melhor Ator Gabriel Braga Nunes Venceu [40]
Melhor Atriz Letícia Persiles Indicado [41]
2013
Prêmio Emmy Internacional Digital
Melhor novela Elizabeth Jhin Indicado [42]
Prêmio Contigo! de TV
Indicado [43]
Melhor Autor de Novela Indicado [43]
Melhor Atriz Infantil Luiza Gonzales Indicado [43]

O tema de abertura de Amor Eterno Amor é a canção "Leva-me pra Lua", da cantora de MPB Ana Caram, sendo esta inspirada na clássica "Fly Me to the Moon", de Bart Howard e eternizada na voz de Frank Sinatra.[44]

Amor Eterno Amor Nacional
Amor Eterno Amor
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 2012
Formato(s) CD
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Gabriel Braga Nunes como Rodrigo/Carlos

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Ainda Bem"  Marisa MonteMiriam (Letícia Persiles) e Rodrigo (Gabriel Braga Nunes) 03:36
2. "Leva-me pra Lua (Fly Me to the Moon)"  Ana CaramAbertura 04:13
3. "Sete Dias"  Roberta CamposLaura (Giulia Gam) 03:51
4. "Linha Tênue"  Maria GadúTema Geral 03:36
5. "Ai Menina"  Lia SophiaValéria (Andreia Horta) 03:32
6. "Presença"  Skank (Part. Emicida)Tema Geral 04:14
7. "O Silêncio das Estrelas"  LenineRodrigo (Gabriel Braga Nunes) 04:17
8. "Feliz"  Leila PinheiroTema Geral 04:13
9. "Adormecendo"  Cogumelo PlutãoTema Geral 04:06
10. "Se eu quiser falar com Deus"  Roberta SpindelVerbena (Ana Lúcia Torre) 04:33
11. "Pauapixuna"  Fafá de BelémJosué (Raphael Viana) e Valéria (Andreia Horta) 04:10
12. "Tô fazendo a minha parte"  Diogo NogueiraLocução: Edifício São Jorge 03:06
13. "Geminiano"  Lan LanClara (Klara Castanho) 03:23
14. "Na Moral"  Lincoln TornadoTema Geral 02:55
15. "Luz do Sol"  Caetano VelosoTema Romântico Geral 03:34

Internacional

[editar | editar código-fonte]
Amor Eterno Amor Internacional
Amor Eterno Amor
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 2012
Formato(s) CD
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Letícia Persiles como Miriam

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Before I Let You Go"  Colbie CaillatBruno (Miguel Rômulo) e Juliana (Marina Ruy Barbosa) 03:38
2. "Laredo"  Band of HorsesGracinha (Daniela Fontan) e Pedro (André Gonçalves) 03:11
3. "I Won't Give Up"  Jason MrazKleber (Marcelo Faria) e Priscila (Laila Zaid) 03:17
4. "Achy Breaky Heart"  Billy Ray CyrusElisa/Amparo (Mayana Neiva) 03:55
5. "Ghost Riders"  Evan WesterlundJáqui (Suzy Rêgo) 05:10
6. "Solitary Man"  Dan TorresRodrigo (Gabriel Braga Nunes) 02:26
7. "For One More Day"  Donna ByrneMarlene (Hermila Guedes) 04:06
8. "El día que me quieras"  Julio IglesiasTema Geral 03:00
9. "Promises"  John LTTema Geral 05:27
10. "Everything I Own"  BreadBeatriz (Carolina Kasting) e Gabriel (Felipe Camargo) 03:03
11. "The Man I Love"  Bia SionTema Geral 04:51

Referências

  1. a b «Amor Eterno Amor – Atores ordenados por personagem». GShow. Consultado em 18 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 2 de julho de 2015 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay az ba bb bc bd be bf bg bh bi bj bk bl bm bn bo bp bq br bs bt bu bv bw bx by bz ca cb cc cd ce cf cg ch ci cj ck cl cm Amor Eterno Amor Teledramaturgia
  3. Redação Rede Globo (19 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: Osmar Prado vive o vilão Virgílio nova na trama das seis» 
  4. «Amor Eterno Amor: Carlos (Gabriel Braga Nunes) ganha nova família». Globo.com. 2 de fevereiro de 2012. Consultado em 10 de fevereiro de 2012 
  5. Redação Rede Globo (12 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: nova novela das 6 estreia em março; conheça o elenco» 
  6. «Amor Eterno Amor - Créditos» 
  7. Rogério Gomes: 'Foi importante respirarmos a atmosfera do Pará' - Bastidores - Amor Eterno Amor
  8. Redação Rede Globo (20 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: confira o visual do protagonista Gabriel Braga Nunes». Consultado em 24 de maio de 2018 
  9. ‘Amor eterno amor’: Elisa era espírito que Rodrigo via na infância e que reencarnou como Miriam
  10. Redação Rede Globo (17 de janeiro de 2012). «Amor Eterno Amor: conheça o par romântico de Gabriel Braga Nunes». Consultado em 24 de maio de 2018 
  11. a b Na Telinha (10 de dezembro de 2011). «Cassia Kis Magro promete infernizar como terrivel vilã em trama das seis». UOL. Consultado em 24 de maio de 2018. Arquivado do original em 17 de fevereiro de 2012 
  12. Redação Contigo! Online (12 de outubro de 2011). «Carmo Dalla Vecchia será vilão em trama de Elizabeth Jhin». Contigo!. Consultado em 24 de maio de 2018 [ligação inativa]
  13. Carla Bittencourt (7 de janeiro de 2012). «'Inimigos' em 'Insensato coração', Ana Lucia Torre e Gabriel Braga Nunes serão mãe e filho em 'Amor eterno amor'». Extra 
  14. Sansei de "Morde & Assopra" entra na fase final de "Amor Eterno Amor"
  15. «Globo define título da próxima novela das seis». IG. 23 de dezembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  16. «Globo começa a gravar a nova novela das 18h, "Amor, Eterno Amor", a 1ª com locações no Pará». UOL. 25 de janeiro de 2012. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  17. «Elenco de Amor Eterno Amor grava em Carrancas, interior mineiro». O Fuxico. 28 de janeiro de 2012. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  18. «Rodrigo Lombardi é disputado por autores da Globo». Área Vip. 29 de junho de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  19. Patricia Kogut (29 de agosto de 2011). «Escalações: briga agora é para montar elenco das 18h». O Globo. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  20. «Gabriel Braga Nunes volta à Globo como mocinho». O Fuxico. 30 de setembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  21. «Atores da Globo são "desconvidados" de novela». R7. 11 de novembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  22. «Carol Castro vai participar de nova novela das 18h, diz jornal». Ego. 15 de novembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  23. «Carol Castro perde papel em novela das seis». R7. 12 de novembro de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  24. «Marcelo Faria conta sobre seu personagem em "Amor Eterno Amor"». Conta Mais. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  25. Patricia Villaba (4 de junho de 2012). «Elisa vai morar com Rodrigo em 'Amor Eterno Amor'». Veja. Consultado em 9 de julho de 2015. Arquivado do original em 30 de setembro de 2015 
  26. XAVIER, Nilson. «Amor Eterno Amor. Bastidores. Elenco». Teledramaturgia. Consultado em 21 de maio de 2023 
  27. Daniel Castro (19 de maio de 2012). «Governo reclassifica novela Amor Eterno Amor por conter 'angústia'». R7. Blog Daniel Castro. Consultado em 22 de maio de 2012 
  28. «Destaques de fevereiro no Globoplay». Globo Imprensa. 31 de janeiro de 2023. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  29. A esperança de um encontro que pode mudar a vida de duas pessoas
  30. [1]
  31. Área Vip (6 de março de 2012). «'Amor Eterno Amor' marca 23 pontos de audiência em sua estreia». Consultado em 9 de julho de 2015 
  32. UOL. «Novela das 6 "Amor Eterno Amor" tem a pior média de audiência até o décimo capítulo». Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  33. Área VIP. «Baixa audiência pode encurtar a novela 'Amor Eterno Amor'». Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  34. Clic RBS. «Amor Eterno Amor pode ser encurtada por baixa audiência». Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  35. «'Amor eterno amor' registra baixa audiencia em seu penúltimo capítulo». 7 de setembro de 2012. Consultado em 9 de julho de 2015 [ligação inativa]
  36. Patrícia Kogut (10 de setembro de 2012). «Último capítulo de 'Amor eterno amor' marca 26 pontos». Consultado em 9 de julho de 2015 
  37. «"Amor Eterno Amor" supera "A Vida da Gente" em audiência - See more at: rd1.ig.com.br/televisao/amor-eterno-amor-supera-a-vida-da-gente-em-audiencia/133787#sthash.IxXU4q2Z.dpuf». Consultado em 30 de outubro de 2013. Arquivado do original em 1 de novembro de 2013 
  38. «Indicados ao Meus Prêmios Nick 2012». Consultado em 22 de abril de 2013. Arquivado do original em 13 de novembro de 2013 
  39. «Prêmio Extra de TV 2012». 2 de novembro de 2012 
  40. «Gabriel Braga Nunes estreia novo visual durante Prêmio QUEM». 20 de março de 2013 
  41. «Indicados ao Prêmio Quem Acontece 2012». 20 de outubro de 2012 
  42. «Globo é indicada ao Emmy Digital Internacional por Malhação e Amor Eterno Amor» 
  43. a b c «Prêmio Contigo de TV! 2013». 20 de fevereiro de 2013. Consultado em 1 de abril de 2013. Arquivado do original em 1 de abril de 2013 
  44. «'Leva-me Pra Lua' embala abertura de Amor Eterno Amor». Gshow. 5 de março de 2012. Consultado em 26 de maio de 2018 

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]