Negócio da China

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Negócio da China
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 50 minutos
Criador(es) Miguel Falabella
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Mauro Mendonça Filho
Roberto Talma
Câmera multicâmera
Roteirista(s) Flávio Marinho
Antônia Pellegrino
Elenco
Tema de abertura "Lig-Lig-Lig-Lé", Ney Matogrosso
Exibição
Emissora original Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 6 de outubro de 2008 – 13 de março de 2009
Episódios 136

Negócio da China é uma telenovela brasileira produzida e exibida originalmente pela Globo de 6 de outubro de 2008 a 13 de março de 2009 em 136 capítulos,[3] com a reexibição do último capítulo em 14 de março.[2] Substituiu Ciranda de Pedra e foi substituída por Paraíso, sendo a 72ª "novela das seis" exibida pela emissora.

Escrita por Miguel Falabella, com colaboração de Flávio Marinho e Antônia Pellegrino, teve direção de Tande Bressane, Flávia Lacerda e Marco Rodrigo. A direção geral foi de Mauro Mendonça Filho, e a direção de núcleo foi de Roberto Talma.

A história teve como cenários, as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, além de Macau e Hong-Kong, na China, e Lisboa, em Portugal.

Contou com as atuações de Grazi Massafera, Ricardo Pereira, Natália do Valle, Herson Capri, Thiago Fragoso, Bruna Marquezine, Jui Huang e Ney Latorraca[2]

Produção[editar | editar código-fonte]

Originalmente, a novela recebeu o título de Muralha da China, sendo alterado logo após.[4] A história teve, como cenário, as cidades brasileiras de São Paulo e do Rio de Janeiro, além das chinesas Macau e Hong-Kong bem como a capital portuguesa Lisboa.[5] Miguel Falabella fez uma homenagem a Dercy Gonçalves. A personagem Violante Gonçalves, interpretada por Claudia Jimenez, é uma vigarista que estrelou um filme nos anos 60 em que se chamava Violante ("Dona Violante Miranda").

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

A novela teve suas cenas iniciais gravadas em Hong Kong, na China, e em Lisboa, em Portugal.

Flávia Alessandra foi convidada para interpretar Lívia, porém recusou por ter acabado de emendar três novelas e precisar de férias.[6] Alinne Moraes foi convidada logo após, porém acabou recusando o papel também, uma vez que estaria em Viver a Vida, novela das oito que estrearia no ano seguinte.[7] Angélica foi a terceira opção dos autores, visando reabilitar sua carreira de atriz na televisão, a qual não tinha dado continuidade desde a novela Um Anjo Caiu do Céu, em 2001, porém a apresentadora recusou, uma vez que ainda estava de licença-maternidade.[8] Após esgotar-se as opções originais, Juliana Baroni, Guilhermina Guinle e Grazi Massafera fizeram os testes, sendo que a terceira ficou como papel.[9]

Anderson Lau interpretaria originalmente o protagonista Liu Chuang, porém o ator quebrou o pé nos ensaios e acabou sendo substituído por Jui Huang. Anderson foi incluído na trama como o antagonista principal, Wu Chuang, entrando após se recuperar do acidente.[10] Reynaldo Gianecchini foi convidado para interpretar Diego, porém recusou por estar viajando o Brasil com a peça teatral Doce Deleite, sendo substituído por Thiago Fragoso.[11] Para interpretar o personagem, Thiago começou a fazer aulas de Kung Fu e artes marciais.[12] Thiago Lacerda foi anunciado como Otávio, porém como ele também estava selecionado para um dos personagens centrais de Viver a Vida a direção preferiu afastá-lo para poupar sua imagem, dando o personagem para Dalton Vigh.[13] Maria Rueff foi convidada para interpretar Cremilda, porém teve que recusar devido a compromissos no teatro, sendo substituída por Carla Andrino.[14] A atriz Claudia Jimenez recusou um papel garantido na novela das oito da emissora, Caminho das Índias, de Glória Perez, como a secretária Wal (interpretada por Rosane Gofman). Duas semanas depois do acontecido, Cláudia aceitou o papel de Violante Gonçalves na novela de Falabella, com quem tinha trabalhado anteriormente, mais precisamente, em 1996, na série Sai de Baixo. As primeiras cenas da personagem foram ao ar no dia 12 de dezembro de 2008.[15] Na trama, Fernanda Rodrigues interpretou sua primeira vilã, Stelinha. As primeiras cenas da personagem foram ao ar em 25 de dezembro de 2008.[16][17]

Temáticas[editar | editar código-fonte]

A trama abordou o atletismo por meio dos praticantes de kung fu, praticados por Liu, Flor de Lys, Théo, Wu Chuang, Edilza, Jasão, Suyan, Diego, Stelinha, Tamuz, Tozé e Heraldinho. As doenças abordadas foram as de corpo (como o tumor Cardíaco do personagem Théo)[18] e as mentais como psicopatia e loucura, por meio dos personagens Denise e Ramiro. Vários tipos de romances foram mostrados, incluindo romance entre pessoas de diferentes classes sociais,[19] diferença racial,[20] relacionamentos entre pessoas de diferentes idades,[21] triângulo amoroso,[22] inseminação artificial,[23] traição,[24] e obsessão compulsiva.[25] Além disso, a história abordou diversos tipos de crimes, incluindo roubo milionário, sequestro, maus tratos, falsidade ideológica, assassinato, máfia Chinesa, vandalismo, tentativa de homicídio e agressão física.[26][27]

Saída de Fábio Assunção[editar | editar código-fonte]

Em 14 de novembro, após faltar em diversas gravações e complicar-se por problemas decorrentes do uso de drogas, a direção remove Fábio Assunção da novela apenas um mês depois da estreia.[28] Na época, Fábio foi internado em uma clínica de reabilitação de narcóticos no Rio de Janeiro para tratar de sua dependência química, sendo pago pela emissora.[29] Para explicar o retiramento de seu personagem, que era um dos centrais da trama, Miguel Falabella escreveu cenas em que Heitor descobria os planos da máfia chinesa e era morto por eles.[30] Para suprir a falta do personagem no triângulo amoroso principal, o personagem de Rodrigo Mendonça foi alçado à antagonista, e Dalton Vigh entrou na trama em 17 de janeiro de 2009, para fazer um contrapeso no relacionamento de Lívia e João.[30]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O jornalista Fábio Costa elogiou o desempenho de Grazi Mazzafera na novela afirmando que a atriz "demonstrou segurança e não comprometeu o resultado", e que o público havia aprovado o casal formado por ela e Ricardo Pereira. Elogiou ainda o bom empenho de outros atores, como os portugueses Joaquim Monchique, Carla Andrino e Maria Vieira, e os trabalhos de Luciana Braga e Bruna Marquezine. Por outro lado, o jornalista criticou a trama, que considerou "confusa, hesitante entre o drama e a comédia".[31] Em 2022, o site Mensagens com Amor, para comemorar os setenta anos de telenovelas no Brasil, listou Negócio Da China entre as 50 Melhores Novelas da Globo, elogiando a trama, como sendo "uma comédia romântica que traz em seus capítulos muito romantismo e ação, com cenas de muito kung fu".[32]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Na China, Liu roubou um bilhão de euros de um cassino – sem saber que pertencia à máfia chinesa – através de uma transação digital, cujos dados foram gravados em um pen drive. Perseguido, ele foge para Portugal e o dispositivo acaba na mala João, que está se mudando para o Brasil, fazendo com que o rapaz também tenha que viajar ao país para tentar recuperá-lo. Ele vai morar no Parque das Nações, subúrbio do Rio de Janeiro, onde se apaixona pela lutadora de artes marciais Flor de Lys, mas os dois tem que enfrentar Wu, um mercenário chinês que também quer o dinheiro e dar um fim no hacker. Além disso, há também Stelinha, que volta ao país após anos morando na Ásia, onde se uniu a uma outra facção chinesa que também deseja e fortuna, além de rivalizar com Flor no tatame.

Enquanto isso, João se apaixona por Lívia, que batalha para criar sozinha, o filho Théo, fruto de um casamento conturbado com Heitor, cujas mães Luli e Suzete infernizaram os dois até se separarem. Após Heitor ser assassinado – por descobrir sobre o pen drive –, a moça passa a viver o romance com João, mas também é assediada e perseguida pelo psicótico Ramiro. Na reta final, o relacionamento fica abalado com a aproximação de Lívia com o médico Otávio, que se encanta por ela. Filho de Julia em uma inseminação artificial, Diego passou a vida tentando descobrir quem é seu pai e, aos poucos, chega até Adriano. O rapaz namora Antonella, mas o casal enfrenta as armações de Celeste, moça ambiciosa que vê a chance de sair do subúrbio, sendo modelo e foi o primeiro amor de Diego, não admitindo perdê-lo.

Exibição[editar | editar código-fonte]

Com o horário de verão, a Rede Globo resolveu mudar o horário de transmissão das novelas, deixando a trama de Miguel Falabella para ser exibida às 18h30 a partir da segunda-feira, dia 27 de outubro.[33] A abertura de Negócio da China é feita diferentemente das tramas normais. Jui Huang, que é o protagonista que movimenta a trama, é creditado apenas no final, enquanto Anderson Lau é creditado no meio, sendo que ele é o antagonista principal. O ator Ricardo Pereira é creditado como coadjuvante após Thiago Fragoso e Herson Capri, sendo que ele também é protagonista da novela e os dois são co-protagonistas. A abertura mostra cenas de Liu Chuang, personagem de Jui Huang, lutando pelo pen-drive com vários chineses a mando de Wu, personagem de Lau, embalado pela música "Lig Lig Lig Lé", de Oswaldo Santiago e Paulo Barbosa (já interpretada por Adriana Calcanhotto), na voz do cantor Ney Matogrosso.[34]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Grazi Massafera Lívia Noronha
Ricardo Pereira João Viegas
Rodrigo Mendonça Ramiro Veláquez
Jui Huang Liu Chuang
Anderson Lau Wu Chuang
Bruna Marquezine Flor de Lys Silvestre
Fernanda Rodrigues Stela Falcão (Stelinha)
Thiago Fragoso Diego Dumas Fontanera
Fernanda de Freitas Antonella Bertazzi
Juliana Didone Maria Celeste Moreira
Natália do Valle Júlia Dumas Fontanera
Herson Capri Adriano Fontanera
Luciana Braga Denise Dumas
Oscar Magrini Mauro Bertazzi
Vera Zimmerman Joelma Bertazzi
Ney Latorraca Edmar Silvestre
Leona Cavalli Maralanis Silvestre
Yoná Magalhães Suzete Noronha
Nathalia Timberg Augusta Dumas
Francisco Cuoco Evandro Fontanera
Bia Nunnes Matilde Fontanera
Cláudia Jimenez Violante Gonçalves
Xuxa Lopes Abigail
Déborah Kalume Edilza
Raoni Carneiro Heraldo Alonso (Heraldinho)
Dudu Pelizzari Antônio José Moreira (Tozé)
Élida Muniz Natália
Zezeh Barbosa Semiramís
Maria Gladys Lucivone
Débora Olivieri Aldira
Jandir Ferrari Alaor
Izabella Bicalho Zuleika
Eliana Rocha Luli Maria Alonso
Joaquim Monchique Belarmino Moreira
Carla Andrino Carminda Moreira
Luciana Mizutani Suyan
Maria Vieira Aurora Viegas
Bruce Gomlevsky Nereu
Élida L'Astorina Vera
Frederico Reuter Zé Boneco
Cláudia Netto Dalva Falcão
Sandro Christopher Odilon Falcão
Luca de Castro Donato
Isaac Bardavid Homero
Thelma Reston Olímpia
Duse Nacaratti Tia Saudade
Luciana Mivitami Suy-Na
Chao Chen Zedong Yao
Ernesto Xavier Tamuz Moreira
Eike Duarte Théo Noronha Alonso

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Fábio Assunção Heitor Alonso
Dalton Vigh Dr. Otávio Della Riva
Antônio Fagundes Ernesto Dumas Fontanera
Sérgio Loroza Detetive Adílson
Débora Lamm Mariete Gonçalves
Cacau Hygino Pedro
Victor Pecoraro Felisberto[35]
Ellen Roche Laura[36]
Alexandre Zacchia Zeílson[37]
Inez Vianna Dóris
Bruno Fagundes Jander[38]
Luca de Castro Donato
Chico Tenreiro Juiz de Paz
Nil Neves Isidoro
Murilo Grossi Othon
Alby Ramos Avelino
Amélia Bittencourt Clarice
Josie Antello Lausanne
Renata Vilela Dra. Myrna
Elder Gatelli Jasão

Audiência[editar | editar código-fonte]

O primeiro capítulo marcou uma média de 30 pontos com picos de 32 e share de 67,7%, representando um aumento de 5 pontos em relação à estreia da trama anterior, Ciranda de Pedra, que marcara 25 pontos.[39] Uma semana após a estreia, Negócio registrava média de 18 pontos, perdendo no total de 43% de sua audiência.[40] Ao longo da exibição a audiência continuou caindo, ficando entre 15 e 20 pontos, representando uma queda pela metade dos índices.[41] Seu último capítulo marcou 23 pontos.[42] Teve uma média geral de 20 pontos, sendo o pior desempenho de novelas das seis da emissora até então.[43][44].

Música[editar | editar código-fonte]

Negócio da China
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 13 de novembro de 2008
Duração 40:13
Idioma(s) Português
Formato(s)
Gravadora(s) Som Livre

Negócio da China é uma trilha sonora condizente à novela de mesmo título, exibida pela Rede Globo.[45] O álbum foi lançado em 13 de novembro de 2008.[46]

Lista de faixas
N.º TítuloArtista Duração
1. "Xi Shua Shua" (Tema de Liu)The Flowers 3:43
2. "Samba da Zona" (Tema geral)Mariana Baltar 3:25
3. "Eu Amo Você" (Tema de Lívia e João)Tim Maia 3:31
4. "Lugar Comum" (Tema de Joelma)Sérgio Mendes e Jovanotti 3:16
5. "Ainda Gosto Dela" (Tema de Diego e Celeste)Skank e Negra Li 3:42
6. "Tempo de Estio" (Tema de Liu e Flor de Lys)Jammil e Uma Noites e Caetano Veloso 3:20
7. "Deixa Quieto" (Tema de Denise)Gabriel o Pensador 3:47
8. "Devaneio" (Tema de Júlia e Adriano)Jorge Vercillo 3:45
9. "Mais Alguém" (Tema de Diego e Antonella)Roberta Sá 3:45
10. "Vidro Fumê" (Tema de Edmar e Maralanis)Ricky Vallen 3:20
11. "De Volta Pro Amor" (Tema de Lívia e João)Yahoo 3:24
12. "Burguesinha" (Tema de Abigail)Seu Jorge 3:15
13. "Alguém como Tu" (Tema de Luli e Zé Boneco)Dick Farney 3:31
14. "Simples Carinho" (Tema de Lívia e Otávio)Gal Costa 3:38
15. "O Moço Velho" (Tema de Evandro)Toni Platão 3:27
16. "Lig Lig Lig Lé" (Tema de abertura)Ney Matogrosso 3:31

Referências

  1. Começam as gravações de Negócio da China no Rio de Janeiro
  2. a b c «Negócio da China». Teledramaturgia 
  3. «Negócio da China – Galeria de personagem». Memória Globo. Consultado em 27 de novembro de 2015 
  4. Ferreira, Leonardo (26 de janeiro de 2010). «De 'Vale tudo' a 'Cama de gato': quando as novelas tiveram outro nome». Redação Jornal EXTRA. Consultado em 31 de janeiro de 2011 
  5. «Jornal Tribuna de Macau». Consultado em 9 de novembro de 2008 [ligação inativa]
  6. «Flávia Alessandra diz que vai sentir inveja de Grazi em 'Negócio da China'». EGO. 10 de julho de 2008. Consultado em 26 de agosto de 2019 [ligação inativa]
  7. «Alinne Moraes volta à TV para fazer rir em novela de Miguel Falabella». Globo. Consultado em 26 de agosto de 2016 [ligação inativa]
  8. «Angélica não vai ser protagonista da novela de Miguel Falabella». Globo. 3 de julho de 2008. Consultado em 26 de agosto de 2016 
  9. «Grazi Massafera conquista papel principal em novela Global». Bahia Notícias. Consultado em 26 de agosto de 2016 
  10. «Clubes têm mil musas - Patrícia Kogut: O Globo». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  11. «Thiago Fragoso será o protagonista em nova novela». Quem. 4 de julho de 2008. Consultado em 13 de agosto de 2017 
  12. «Negócio da China - Diário de Produção». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  13. «Canal 1: Globo desiste de colocar Thiago Lacerda em "Negócio da China"». UOL Televisão. 22 de dezembro de 2008. Consultado em 9 de janeiro de 2009 
  14. «Dalton Vigh estréia hoje em Negócio da China». Folha Ilustrada. 17 de janeiro de 2009. Consultado em 9 de abril de 2015 
  15. «Cláudia Jimenez entra em 'Negócio da China' na sexta-feira». Extra. 9 de dezembro de 2008. Consultado em 9 de abril de 2015 
  16. «Fernanda Rodrigues viverá sua primeira vilã em "Negócio da China"». UOL. 21 de novembro de 2008. Consultado em 13 de agosto de 2017 
  17. «'Negócio da China': Stelinha volta ao País com boneco chinês». Terra. 23 de dezembro de 2008. Consultado em 13 de agosto de 2017 
  18. «Novela: Ramiro descobre que Theo tem um tumor no coração em "Negócio da China"». Folha Online Ilustrada. 15 de janeiro de 2009. Consultado em 8 de agosto de 2015 
  19. «Negócio da China > Fique por Dentro - NOTÍCIAS - Matilde e Alaor passam noite juntos». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  20. «Negócio da China > Personagens - BIOGRAFIA - Heraldinho». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  21. «Globo Vídeos - VIDEO - Carminda e Zé Boneco se beijam». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  22. «O DIA Online - Triângulo amoroso em 'Negócio da China'». Consultado em 9 de novembro de 2008 [ligação inativa]
  23. «Negócio da China - Diário de Produção » Júlia». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  24. «Negócio da China > Fique por Dentro - NOTÍCIAS - Saia justa entre Denise e Mauro». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  25. «Negócio da China > Capítulos - NOTÍCIAS - Liu salva Flor de Lys». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  26. «Celeste sente cíumes de Antonella». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  27. «Negócio da China: Luli Maria tem sonho romântico com Zé Boneco:: NaTelinha». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  28. «Thiago Lacerda confirma entrada em "Negócio da China" e diz que Assunção é "insubstituível"». UOL Televisão. 14 de novembro de 2008. Consultado em 8 de agosto de 2015 
  29. «Fábio Assunção deixa "Negócio da China" e será substituído por Thiago Lacerda». UOL Televisão. 13 de novembro de 2008. Consultado em 19 de novembro de 2008 
  30. a b «Fábio Assunção espera voltar a tempo de terminar Negócio da China». Na Telinha. 14 de novembro de 2008. Consultado em 8 de agosto de 2015 
  31. «Negócio da China: há 10 anos, terminava a única novela de Miguel Falabella às 18h». Mensagens com Amor. 13 de março de 2019. Consultado em 29 de julho de 2022 
  32. «50 MELHORES NOVELAS DA GLOBO». Mensagens com Amor. 14 de Março de 2022. Consultado em 8 de agosto de 2022 
  33. «Audiência das novelas da Globo sobe no Ibope com mudança de horário». Na Telinha - UOL. 28 de outubro de 2008. Consultado em 21 de novembro de 2008 
  34. «Making da abertura de Negócio da China». Globo Videos. Consultado em 8 de agosto de 2015 
  35. «Victor Pecoraro: galã fecha 'Negócio da China' com chave de ouro». Globo. Consultado em 26 de agosto de 2016 
  36. «"O importante é participar", diz Ellen Roche sobre a Globo». UOL. Consultado em 26 de agosto de 2016 
  37. «BIOGRAFIA DE ALEXANDRE ZACCHIA PARA O MUSEU VIRTUAL DA TELEVISÃO BRASILEIRA». Museu da TV. Consultado em 26 de agosto de 2016. Arquivado do original em 27 de agosto de 2016 
  38. «Revelação: Bruno Fagundes filho do ator Antonio Fagundes». Rondônia Dinâmica. Consultado em 26 de agosto de 2016 
  39. «"Negócio da China" estréia com 30 pontos de audiência». 7 de outubro de 2008. Consultado em 30 de março de 2015 
  40. «Novela das 18h da Globo tem pior ibope da história». UOL Notícias - Ooops!. 13 de outubro de 2008. Consultado em 8 de agosto de 2015 
  41. «Relembre 10 novelas que foram um fracasso de audiência». MSN. Consultado em 1 de abril de 2018 
  42. «Último capítulo de "Negócio da China" dá 23 pontos no Ibope». 16 de março de 2009. Consultado em 30 de março de 2015 
  43. «Negócio da China». Direção Geral de Comercialização. Consultado em 19 de janeiro de 2009 
  44. «As audiências - Patrícia Kogut: O Globo». Consultado em 9 de novembro de 2008 
  45. «Trilha Sonóra da novela Negócio da China». Músicas de Novelas. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  46. «Trilha sonora». Globo. Consultado em 1 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]