Zezeh Barbosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zezeh Barbosa
A atriz em maio de 2015.
Nome completo Maria José Barbosa e Silva
Outros nomes Zezeh Barbosa
Nascimento 19 de março de 1963 (53 anos)
Osasco, São Paulo
Nacionalidade  brasileira
Ocupação atriz
Atividade 1986 - atualmente
Outros prêmios
IMDb: (inglês)

Zezeh Barbosa (Osasco, São Paulo - 19 de março de 1963) é uma atriz brasileira. Começou a carreira como atriz em teatro em 1986, na peça Aurora da Minha Vida, seu desempenho lhe rendeu prêmio de Melhor Atriz pelo circuito estudantil. Em 1988 formou-se pela  Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo. Em 1990 entra no elenco da novela Brasileiras e Brasileiros, do SBT. Foi repórter do programa Vídeo Show, da Rede Globo. Mais tarde, atuou em muitas novelas da emissora, como Salsa e Merengue, A Lua Me Disse, O Profeta, Negócio da China, Aquele Beijo, Lado a Lado e I Love Paraisópolis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria José Barbosa e Silva, nasceu em Osasco, São Paulo, em 19 de março de 1963. Filha de uma dona de casa e um serralheiro, convenceu a mãe que podia ser atriz inventando cenas teatrais.

Deixou a casa de sua família aos 17 anos. Estudou na Escola de Arte Dramática da USP e antes de começar a carreira de atriz profissionalmente, trabalhou como secretária, operadora de telemarking e atendente de cantina. Dormia pouco e ganhava mal, más estava sempre feliz conta a atriz.

Vida artística[editar | editar código-fonte]

Participou do Circo Grafitti, grupo paulistano fundado por ela ao lado de Rosi Campos, Gerson de Abreu, Helen Helene e Pedro Paulo Bogossian. Estudou e se formou na Escola de Arte Dramática na Universidade de São Paulo, EAD-USP.

No cinema fez em 1998 o filme Paixão Perdida. Em 2000, fez o filme Cronicamente Inviável. Em 2004, Bendito Fruto e O diabo A Quatro. Em 2007, participou de Primo Basílio.

Zezeh fez sua estreia em telenovelas ao interpretar a personagem Edilaine em Brasileiras e Brasileiros, de Carlos Alberto Soffredini no SBT.

Em 1996, transferiu-se para a Rede Globo, onde continua atualmente. Interpretando a secretária cômica Jacinta, na telenovela Salsa e Merengue de Miguel Falabella.

Em 1998 fez a minissérie Hilda Furacão, pequenas participações em episódios do Você Decide e rodou o longa Paixão Proibida.

No ano 2000, virou repórter do programa de entretenimento Vídeo Show permanecendo até 2001. Em 2004 protagonizou o filme Bendito Fruto, sua atuação a consagrou no cinema com o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Brasília.

Seu maior papel na televisão foi na telenovela A Lua me Disse, em 2005, com a personagem Latoya. Depois de sua atuação na trama de Miguel Falabella, tornou requisitada somente para papéis complexos em tramas globais.

Participou ainda em 2006 de O Profeta com a personagem Dedé, uma sofrida cozinheira que sua filha a esconde das amigas pelo fato de ser negra. Em 2007 participou do filme Primo Basílio.

Em 2008 interpretou a balconista de padaria Semíramis, que tinha um caso com o dono da padaria em que trabalhava, na telenovela Negócio da China, de Miguel Falabella.

Em 2011, interpretou a ex-prostituta e rica Deusa, em Aquele Beijo de Miguel Falabella. Zezeh é uma das atrizes preferidas do autor Miguel Falabella, atuou em todas as novelas do autor, como: Salsa e Merengue, A Lua me Disse, Negócio da China e Aquele Beijo. Também sempre faz participações nos programas humorísticos de Miguel, como Toma Lá Dá Cá, A Vida Alheia e Pé na Cova.

Em 2012, outro papel de destaque, interpretou a vendedora de acarajé Jurema em Lado a Lado, novela vencedora do Emmy de melhor novela.

Recentemente esteve na novela I Love Paraisópolis de Alcides Nogueira, como a microempresária divertida Dália, dona da loja de roupas Dalíssima. Na trama Dália se envolveu com Jávai (Babu Santana), com quem casou e teve filho, e teve cenas hilárias com a divertida Danda, interpretada por Tatá Werneck.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1990 Brasileiras e Brasileiros Edilaine
1991 Mundo da Lua Heloísa (ep: A Pluma da Princesa Isabel)
1993 Mulheres de Areia Suzane
1996 Salsa e Merengue Jacinta
1998 Hilda Furacão Guiomar
Você Decide episódio: Madame Sussu
1999 Você Decide episódio: Ligeiramente Grávida
2000 Vídeo Show Repórter
Telecurso Ela mesma (Vários Personagens)
2003 Zorra Total Valdete (participação especial)
2005 A Lua me Disse Anastácia da Mata (Latoya)
2006 O Profeta Deolinda Cardoso (Dedé)
2007 Decisiones de Famosos Gloria (Episódio: Nada por la Vida)
2008 Malhação Conceição Maciel
Negócio da China Semíramis
2009 Toma Lá, Dá Cá Célia (Episódio: A Gravidez das Coisas)
2010 A Vida Alheia Lena
2011 Zorra Total Naná
Aquele Beijo Condessa Deusa de Villiers [2]
2012 Lado a Lado Jurema Nascimento
Criança Esperança Ela mesma
2013 As Canalhas Marilyn
Pé na Cova Paulina (Episodio: O Céu que nos Espera)
2014 Segunda Dama Ditinha [3]
2015 I Love Paraisópolis Dália Oliveira da Silva[4]
Os Suburbanos Dirce de Souza dos Santos [5]
2016 Mister Brau Cíntia Regina
Malhação Consuelo Tavares de Oliveira

Filmes[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1986 - Aurora da Minha Vida
  • 1987 - A Capital Federal
  • 1989 - Você Vai Ver o que Você Vai Ver
  • 1993 - Ifigônia, de Mário Viana
  • 1996 - O Mambembe
  • 1997 - As Sereias Da Zona Sul
  • 2002 - Eles Preferem as Loiras, texto de Zezeh Barbosa e Betina Boop, direção de Zezeh Barbosa
  • 2007 - A Mulher Invisível
  • 2007 - Vem Buscar-me que Ainda Sou Teu
  • 2008 - Cada Um a Seu Modo
  • 2008 - Otelo
  • 2010 - A Valsa Número Seis, de Nelson Rodrigues
  • 2010 - Ninguém Ama Ninguém... Por Mais De Dois Anos[6]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Festival Categoria Trabalho Resultado
2004 Festival de Brasília Melhor Atriz Bendito Fruto Venceu
2007 Grande Prêmio Cinema Brasil Melhor Atriz Venceu

Referências

  1. Zezeh Barbosa Isto é Gente (Visitado em 25 de outubro de 2015)
  2. «Video Show faz matéria sobre personagens desaparecidos da TV». 
  3. «A Segunda dama de Heloísa Périssé tem elenco e equipe definidos». Consultado em 22 de janeiro de 2014. 
  4. Janaína Castro (09 de maio de 2015). «Puro luxo: Zezeh Barbosa vai inventar moda, em I Love Paraisópolis». Gshow - RPC. Consultado em 10 de maio de 2015. 
  5. Regina Rito (07 de abril de 2015). «Em 'Alto Astral', Marcos dá a volta por cima e reassume o Hospital Bittencourt». O Dia. Consultado em 11 de abril de 2015. «Veja o subtítulo A sogra e a mãe 
  6. «Ninguém Ama Ninguém... Por Mais De Dois Anosno IMDB». 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.