Daniel Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2017). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Daniel Filho
Nome completo João Carlos Daniel Filho
Nascimento 30 de setembro de 1937 (81 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator, diretor, produtor e cineasta
Atividade 1955-presente
Cônjuge Dorinha Duval (1961-1972)
Betty Faria (1973-1977)
Regina Duarte (1978-1979)
Márcia Couto (1986-2008)
Olivia Byington (2009-presente)

João Carlos Daniel, mais conhecido como Daniel Filho (Rio de Janeiro, 30 de setembro de 1937) é um ator, cineasta, diretor de televisão, produtor de cinema e de televisão brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho único do ator e cantor catalão Joan Daniel Ferrer e da atriz argentina María Irma López (conhecida como Mary Daniel), é de família circense. Nasceu e cresceu no meio artístico e teve contato com grandes nomes do espetáculo brasileiro desde tenra idade. Como ator, chamou a atenção no início de sua carreira contracenando com Jece Valadão em dois dos mais conhecidos filmes brasileiros da década de 60: Os Cafajestes (1962) e Boca de Ouro (1963).

Trabalhou anos na Rede Globo como ator e diretor. Quando Boni foi para a Globo, Daniel Filho foi contratado como diretor de A Rainha Louca, de Gloria Magadan. Dirigia simultaneamente duas telenovelas, uma com o nome trocado, para não parecer que o cast da Globo era fraco. Foi ele quem levou para a Globo Janete Clair. Daniel dirigiu simultaneamente Rosa Rebelde e A cabana do Pai Tomás. Fez Irmãos Coragem, dirigiu O primeiro baile, e inúmeras outras como: “Pecado Capital”, “O Astro”, “Dancing Days”. Foi ele também quem criou as “Séries brasileiras”, como: Malu Mulher, Plantão de Polícia, Carga Pesada, Confissões de Adolescente, A Justiceira, Mulher. Todas séries de imenso sucesso, sem contar “Grande Sertão: Veredas”, que ele dirigiu ao lado de Walter Avancini. Daniel também é o criador de A Grande Família.

Entre seus projetos recentes de cinema merecem destaque os filmes A Partilha, Se Eu Fosse Você e Se Eu Fosse Você 2, maior bilheteria do chamado "cinema de retomada" e Chico Xavier. Para a televisão criou recentemente as séries As Cariocas e As Brasileiras.

Foi casado com Dorinha Duval, com quem tem uma filha, a também atriz Carla Daniel; com Betty Faria, com quem teve João de Faria Daniel, e com Márcia Couto. Em 2009, casou-se com a cantora Olivia Byington, com quem vive e trabalha atualmente. Recebeu o prêmio homenagem no 15º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2016.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Como dublador
Como ator
Como diretor
Como supervisor artístico
Como produtor

Televisão[editar | editar código-fonte]

Como ator
Como diretor
Como produtor
Como supervisor de direção

Referências

  1. FABIANO RISTOW (4 de outubro de 2016). «Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2016 consagra 'Que horas ela volta?'». O Globo. Consultado em 17 de janeiro de 2017 
  2. Patrícia Kogut (1 de setembro de 2014). «Daniel Filho grava participação em 'A grande família'». O Globo. Consultado em 1 de setembro de 2014 
  3. Adoro Cinema (13 de setembro de 2017). «Elenco, autores,equipe técnica, produção'». Adoro Cinema 
  4. Patrícia Kogut (7 de maio de 2018). «Daniel Filho participará como ator do filme 'Sai de Baixo'». O Globo. Consultado em 24 de novembro de 2018 
  5. Keila Jimenez (8 de junho de 2010). «Sônia Braga e Daniel Filho voltam à Globo». AdNews. Consultado em 8 de junho de 2010 
  6. «Cris D'Amato e Daniel Filho revelam novo filme estrelado por Klara Castanho e Kéfera Buchmann=ExtraOGlobo». Consultado em 17 de dezembro de 2015 
  7. «Klara Castanho e Kéfera Buchmann começam ensaio e pré-produção do filme "É Fada", produzido por Daniel Filho e direção de Cris D'Amato=ExtraOGlobo». Consultado em 17 de dezembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Daniel Filho
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.