Daniel Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Daniel Filho (desambiguação).
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde janeiro de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Daniel Filho
Nome completo João Carlos Daniel Filho
Nascimento 30 de setembro de 1937 (79 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator, Diretor, Produtor e Cineasta
Atividade 1955-presente
Cônjuge Dorinha Duval (1961-1972)
Betty Faria (1973-1977)
Regina Duarte (1978-1979)
Márcia Couto (1986-2008)
Olivia Byington (2009-presente)
IMDb: (inglês)

João Carlos Daniel, mais conhecido como Daniel Filho (Rio de Janeiro, 30 de setembro de 1937) é um ator, cineasta, diretor de televisão, produtor de cinema e de televisão brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho único do ator e cantor catalão Joan Daniel Ferrer e da atriz argentina María Irma López (conhecida como Mary Daniel), é de família circense. Nasceu e cresceu no meio artístico e teve contato com grandes nomes do espetáculo brasileiro desde tenra idade. Como ator, chamou a atenção no início de sua carreira contracenando com Jece Valadão em dois dos mais conhecidos filmes brasileiros da década de 60: Os Cafajestes (1962) e Boca de Ouro (1963).

Trabalhou anos na Rede Globo como ator e diretor. Quando Boni foi para a Globo, Daniel Filho foi contratado como diretor de A Rainha Louca, de Gloria Magadan. Dirigia simultaneamente duas novelas, uma com o nome trocado, para não parecer que o cast da Globo era fraco. Foi ele quem levou para a Globo Janete Clair. Daniel dirigiu simultaneamente Rosa Rebelde e A cabana do Pai Thomás. Fez Irmãos Coragem, dirigiu O primeiro baile, e inúmeras outras como: “Pecado Capital”, “O Astro”, “Dancing Days”. Foi ele também quem criou as “Séries brasileiras”, como: Malu Mulher, Plantão de Polícia, Carga Pesada, Confissões de Adolescente, A Justiceira, Mulher. Todas séries de imenso sucesso, sem contar “Grande Sertão: Veredas”, que ele dirigiu ao lado de Walter Avancini. Daniel também é o criador de A Grande Família.

Entre seus projetos recentes de cinema merecem destaque os filmes A Partilha, Se Eu Fosse Você e Se Eu Fosse Você 2, maior bilheteria do Cinema de Retomada e Chico Xavier. Para a televisão criou recentemente as séries As Cariocas e As Brasileiras.

Foi casado com Dorinha Duval, com quem tem uma filha, a também atriz Carla Daniel; com Betty Faria, com quem teve João de Faria Daniel, e com Márcia Couto. Em 2009, casou-se com a cantora Olivia Byington, com quem vive e trabalha atualmente. Recebeu o prêmio homenagem no 15º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2016. [1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Como dublador
Como ator


Como diretor
Como supervisor artístico
Como produtor

Televisão[editar | editar código-fonte]

Como ator
Como diretor
Como produtor
Como supervisor de direção

Referências

  1. FABIANO RISTOW (04 de outubro de 2016). «Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2016 consagra 'Que horas ela volta?'». O Globo. Consultado em 17 de janeiro de 2017  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. Patrícia Kogut (01 de setembro de 2014). «Daniel Filho grava participação em 'A grande família'». O Globo. Consultado em 01 de setembro de 2014  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  3. Keila Jimenez (8 de junho de 2010). «Sônia Braga e Daniel Filho voltam à Globo». AdNews. Consultado em 8 de junho de 2010 
  4. «Cris D'Amato e Daniel Filho revelam novo filme estrelado por Klara Castanho e Kéfera Buchmann=ExtraOGlobo». Consultado em 17 de dezembro]] de 2015 
  5. «Klara Castanho e Kéfera Buchmann começam ensaio e pré-produção do filme "É Fada", produzido por Daniel Filho e direção de Cris D'Amato=ExtraOGlobo». Consultado em 17 de dezembro]] de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Daniel Filho
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.