A Partilha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela peça teatral, veja A Partilha (teatro).
A Partilha
 Brasil
2002 •  cor •  96 min 
Direção Daniel Filho
Roteiro João Emanuel Carneiro
Elenco Glória Pires
Andréa Beltrão
Lília Cabral
Paloma Duarte
Dênis Carvalho
Género Comédia dramática
Lançamento 8 de junho de 2001[1]
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

A partilha é um filme brasileiro de 2001, do gênero comédia dramática, dirigido por Daniel Filho e com roteiro baseado em peça teatral de Miguel Falabella. A música é de Nelson Motta e Ed Motta.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após muito tempo afastadas, quatro irmãs se reencontram durante o enterro da mãe, para fazer um levantamento dos bens da família e rediscutir suas próprias vidas. As divergências são inevitáveis, pois elas seguiram caminhos muito diferentes: Selma, a irmã mais conservadora, está casada com um militar e leva uma vida disciplinada na Tijuca; Regina, é liberada, esotérica, não costuma se reprimir e tem uma visão "alto astral" da vida; Lúcia abandonou um casamento convencional e o filho para viver um grande amor em Paris; e Laura, a caçula, revela-se uma intelectual sisuda e surpreende as irmãs com suas atitudes, sobretudo quando se assume homossexual. Durante o encontro, elas discutem e brigam mas, ao mesmo tempo, relembram os bons tempos passados e descobrem muitas novidades sobre elas mesmas. Ao lado de Bá Toinha, a empregada da família, elas vivem intensamente suas afinidades, seus problemas e suas diferenças.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Daniel Filho comprou os direitos de adaptação da peça para o cinema em 1990, pouco após a sua estreia. As filmagens de A partilha foram concluídas em cinco semanas, entre os meses de novembro e dezembro de 2000.[carece de fontes?]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio BR de Cinema 2002 (Brasil)

  • Recebeu duas indicações na categoria de melhor atriz, para Andréa Beltrão e Glória Pires.

Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2002 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor roteiro.
  • Recebeu o Prêmio da Audiência.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «A Partilha estréia em 50 salas do país». Estadão. 7 de junho de 2001. Consultado em 28 de maio de 2015