Paloma Duarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paloma Duarte
Paloma na peça teatral Espelhos Paralelos, em 2013.
Nome completo Paloma Marcos Sanches Silva
Nascimento 21 de maio de 1977 (40 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1986–presente
Cônjuge Renato Lui (c. 1993–95)
Marcos Winter (c. 1997–2003)
Oswaldo Montenegro (c. 2003–09)
Bruno Ferrari (c. 2012)
IMDb: (inglês)

Paloma Marcos Sanches Silva (São Paulo, 21 de maio de 1977), conhecida como Paloma Duarte, é uma atriz brasileira.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

1986–04: Primeiros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Em 1986, aos nove anos, realizou sua primeira peça teatral, Zé Adulto, Zé Criança, e dois anos depois participou de um episódio de Armação Ilimitada.[2] Em 1991 estreou oficialmente na televisão no seriado Grande Pai, do SBT, no qual interpretava uma pré-adolescente cheia de conflitos internos.[3] Durante a produção, Paloma se desentendeu com o diretor Walter Avancini e pediu seu afastamento à Silvio Santos, que o substituiu por Antonino Seabra.[3] Em 1993 assinou com a Rede Globo e interpretou uma gama de personagens adolescentes em Renascer, Tropicaliente, O Fim do Mundo e Anjo de Mim, ganhando notoriedade com o público jovem.[4] Em 1996, aos dezoito anos, fez um ensaio fotográfico nua para a revista Playboy, sendo uma das mais jovens a aparecer na publicação. Em 1998 interpretou sua primeira personagem adulta na minissérie Hilda Furacão, a cômica e inocente Leonor, que popularizou o corte de cabelo curto e cacheado da personagem.[5]

No mesmo ano viveu a baladeira Vilminha na segunda versão de Pecado Capital, personagem que havia sido interpretada por sua mãe na exibição original.[6][7] Em 1999 interpretou a sofredora Angélica em Terra Nostra, que vivia o contraste entre o sonho de se tornar freira e ter se apaixonado.[8] Em 2001 esteve em Porto dos Milagres como a professora Dulce.[9] Em 2003 ganhou destaque ao interpretar a mimada e ciumenta Marina em Mulheres Apaixonadas, vivendo um triângulo amoroso, ao lado de Rodrigo Santoro e Camila Pitanga.[10] Apesar de não ser antagonista, a personagem se tornou uma das mais detestadas por atrapalhar o principal casal jovem da trama.[11] Após a grande exposição de seu trabalho, porém, Paloma integrou o elenco de Começar de Novo, em 2004, com uma personagem de pouco destaque, sendo seu último trabalho da emissora.[12]

2005–presente: Amadurecimento[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2005 assina com a RecordTV.[13] Neste mesmo ano esteve no elenco do filme 2 Filhos de Francisco interpretando Zilu Camargo, pelo qual recebeu o prêmio de melhor atriz no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.[14] Em 13 de março de 2006 estrela sua primeira protagonista em Cidadão Brasileiro, sua personagem de maior maturidade por abordar a época da Ditadura militar no Brasil e ir envelhecendo conforme a passagem de tempo até a atualidade sob caracterização.[15] Paloma foi aclamada pela imprensa pela construção e desenvolvimento de sua personagem no decorrer da trama.[16] Em 2007 co-protagonizou a novela Luz do Sol, interpretando a cômica viúva Verônica, dona de uma agência de casamentos, embora nunca tenha conseguido um relacionamento estável, e que vive uma relação de amor e ódio com um advogado especializado em divórcios.[17] Em 2009 esteve em seu papel de maior destaque em Poder Paralelo, como a atriz amargurada Fernanda, amante do protagonista e de seu maior rival.[18] A personagem foi multifacetada, passando desde um romance lésbico, até ao fato de ser espancada por um dos amantes.[19][20] Pelo trabalho, Paloma foi indicada pela primeira vez a dois dos maiores prêmios de televisão, o Prêmio Extra de Televisão e o Prêmio Qualidade Brasil.[21][22]

Paloma foi considerada a principal atriz da emissora, sendo nomeada pela imprensa como a "primeira-dama" da teledramaturgia da Record.[23] Nesta época seu salário foi apurado em torno de R$ 90 mil, o maior do canal, condizente com o de grandes veteranos da Rede Globo.[24] Em 2012 esteve protagonizou Máscaras, interpretando uma personagem misteriosa e sem nome, conhecida apenas como Nameless, trabalhando como agente secreta.[25] Apenas na reta final da novela, apesar de ser uma personagem dúbia, revelou-se que esta chamava Eliza e não fazia parte dos antagonistas, finalizando a trama em um romance.[26] Em 2013 Paloma estrelou o seriado Se Eu Fosse Você: A Série, na Fox Brasil, inspirado pela franquia de filmes de mesmo título.[27] No mesmo ano esteve em sua primeira personagem que não foi protagonista na emissora, Dorotéia, uma bicheira cômica e ninfomaníaca em Pecado Mortal.[28] Em 2015, após dez anos de contrato, Paloma desligou-se da emissora.[29]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Paloma é filha da atriz Débora Duarte e do cantor e compositor Antônio Marcos, sendo neta da atriz Marisa Sanches e do ator Lima Duarte, além de meia-irmã da cineasta Daniela Duarte e da cantora Aretha Marcos. Paloma frequentou um colégio interno alemão em São Paulo, porém, por sua rebeldia, acabou parando de estudar aos 14 anos, finalizando apenas o oitavo ano do Ensino fundamental.[30] Nesta época começou a fumar escondida dos pais.[30] Em 1992, aos 15 anos, devido a diversos conflitos com sua mãe, decidiu sair de casa, se emancipando.[30] Em 1993 se casou com o cantor Renato Lui, com quem ficou por apenas dois anos, até 1995.[31] Em 1994 deu a luz a sua primeira filha, Maria Luiza, com apenas 17 anos.[32] Em 1996 começou a namorar o ator Marcos Winter, com quem se casou em 1997, mesmo ano em que teve sua segunda filha, Ana Clara.[33] O casamento durou até março de 2003.[33] Em setembro começa a namorar o cantor Oswaldo Montenegro, 22 anos mais velho que ela, com quem se casou em dezembro daquele ano.[34] O casal se separou em janeiro de 2009.[35]

Em dezembro de 2009 começou a namorar o ator Gabriel Braga Nunes, com quem contracenava em Poder Paralelo, ficando junto até abril de 2011.[36] No mesmo mês começou a namorar o ator Bruno Ferrari, que terminou seu casamento de sete anos para ingressar no relacionamento.[37] Os dois se casaram em agosto de 2012.[38] Em 28 de abril de 2016 nasce o terceiro filho da atriz, Antônio.[39]

Política[editar | editar código-fonte]

A atriz contrapôs sua colega Regina Duarte durante a campanha eleitoral à presidência da república em 2002. No programa de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, Paloma contestou as afirmações feitas por Regina de que com a eleição do petista "o Brasil corria o risco de perder toda a estabilidade que já fora conquistada".[40] "Um candidato que precisa aterrorizar a população brasileira não merece o meu respeito, a minha confiança e não mereceria jamais ser presidente da República", disse Paloma durante o programa do PT. Ela afirmou ainda que se sentiu "revoltada" com a declaração de Regina Duarte.[41]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1988 Armação Ilimitada Joana[42] Episódio: "18 de agosto de 1988"
1991–93 Grande Pai Ana Galvão
1993 Renascer Teresa Cristina (Teca)
1994 Tropicaliente Amanda Velasquez
1996 O Fim do Mundo Letícia Socó
1996 Anjo de Mim Maria Elvira
1998 Hilda Furacão Leonor
1998 Você Decide Cátia Episódio: "A Volta Por Cima"
1998 Pecado Capital Vilma Lisboa (Vilminha)
1999 Terra Nostra Angélica Telles de Aranha
2001 Porto dos Milagres Dulce Ferraço
2001 Os Normais Roberta Episódio: "Grilar é Normal"
2003 Mulheres Apaixonadas Marina Ferreira Lobo
2004 Começar de Novo Carmem Nóbrega
2006 Cidadão Brasileiro Luíza Sales Jordão
2007 Luz do Sol Verônica Mendonça
2009 Poder Paralelo Fernanda Lira
2012 Máscaras Nameless / Luiza / Eliza / Liz
2013–15 Se Eu Fosse Você: A Série Clarice
2013 Pecado Mortal Dorotéia Samira Ashcar
2018 Eu, Ela e um Milhão de Seguidores Luísa Goldenberg (Luli)[43]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1999 Zoando na TV Aurora / Monique
2001 A Partilha Laura[44]
2003 Deus É Brasileiro Madá
2005 2 Filhos de Francisco Zilu Camargo
2006 Muito Gelo e Dois Dedos d'Água Suzana
2010 Léo e Bia Marina
2011 Teus Olhos Meus Ama Leila

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1986 Zé Adulto, Zé Criança[45] Zé Criança
2011 O Gato Branco[46] Luciana
2013 Espelhos Paralelos[47]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
2006 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Atriz Coadjuvante 2 Filhos de Francisco Venceu [14]
2009 Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz Poder Paralelo Indicado [21]
Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz [22]
2010 Cine PE Melhor Atriz Léo e Bia Venceu [48]
2011 Festival de Cinema de Los Angeles Melhor Atriz Teus Olhos Meus [49]

Referências

  1. «Conheça os nomes reais dos famosos». UOL. Consultado em 20 de maio de 2017 
  2. «Bate-papo com Paloma Duarte - Arquivo». UOL. Consultado em 20 de maio de 2017 
  3. a b «Grande Pai». InfanTV. Consultado em 20 de maio de 2017 
  4. «RENASCER (VAMOS RECORDAR)». Mundo Novelas. Consultado em 20 de maio de 2017 
  5. «Paloma Duarte não renova com Record e faz pausa na carreira: 'Precisava'». Pure People. Consultado em 20 de maio de 2017 
  6. «Garota da hora: Paloma Duarte». Folha de S.Paulo. Consultado em 20 de maio de 2017 
  7. «PECADO CAPITAL – 1ª VERSÃO». Globo. Consultado em 20 de maio de 2017 
  8. «Confira o antes e o depois do elenco de Terra Nostra». Estrelando. Consultado em 20 de maio de 2017 
  9. «PORTO DOS MILAGRES». Globo. Consultado em 20 de maio de 2017 
  10. «Santoro e Paloma Duarte se estapeiam em Mulheres Apaixonadas». Terra. Consultado em 20 de maio de 2017 
  11. «Em "Mulheres Apaixonadas", nova trama global, o escritor Manoel Carlos vai denunciar os problemas da terceira idade». UOL. Consultado em 20 de maio de 2017 
  12. «COMEÇAR DE NOVO». Globo. Consultado em 20 de maio de 2017 
  13. «Paloma Duarte protagoniza Cidadão Brasileiro, na Record». O Fuxico. Consultado em 20 de maio de 2017 
  14. a b «'Cinema, aspirinas e urubus' é o maior vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro». O Globo. 23 de abril de 2007. Consultado em 30 de março de 2017 
  15. «Paloma Duarte protagoniza Cidadão Brasileiro, na Record». O Fuxico. Consultado em 20 de maio de 2017 
  16. «Trama envolve o público nas histórias do herói». TV Pesquisa. Consultado em 20 de maio de 2017 
  17. «Estréia hoje Luz do Sol, a nova novela da Record». Jornal A Tarde. Consultado em 20 de maio de 2017 
  18. «Adriana Garambone vive mulher obsessiva em 'Poder Paralelo'». Terra. Consultado em 20 de maio de 2017 
  19. «Paloma Duarte comenta sobre envolvimento gay de sua personagem em 'Poder Paralelo'». Área VIP. Consultado em 20 de maio de 2017 
  20. «Paloma Duarte é espancada na novela 'Poder paralelo'». eXTRA. Consultado em 20 de maio de 2017 
  21. a b «Paloma Duarte concorre a prêmio que elege os melhores da TV». Folha Vitória. 11 de novembro de 2009. Consultado em 30 de março de 2017 
  22. a b «Categoria Televisão - 2009 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2009. Consultado em 30 de março de 2017 
  23. «Um "Pecado Mortal" é perder Paloma Duarte». RD1. Consultado em 20 de maio de 2017 
  24. «Paloma Duarte pede para sair de "Máscaras"». Jornal do Brasil. Consultado em 20 de maio de 2017 
  25. «Paloma Duarte interpreta mulher misteriosa em 'Máscaras', nova trama da Record». Extra. Consultado em 20 de maio de 2017 
  26. «Final de Máscaras: o que vai rolar nos últimos capítulos da novela». Abril. Consultado em 20 de maio de 2017 
  27. «'Se eu fosse Você 2', a série, estreia em 17/7». Cultura Estadão. 23 de maio de 2015. Consultado em 30 de março de 2017 
  28. Daniel Castro. «Paloma Duarte se despede das mocinhas com mafiosa 'tarada'». R7. Consultado em 4 de abril de 2013 
  29. «Após uma década, Paloma Duarte não renovará seu contrato com a Record». NaTelinha. Consultado em 24 de março de 2015 
  30. a b c «Assunto de família no camarim». Isto É Gente. Consultado em 20 de maio de 2017 
  31. «Tatuadora, filha mais velha de Paloma Duarte nega ser parecida com a mãe». IG. Consultado em 20 de maio de 2017 
  32. «O engajado Marcos Winter». Terra. Consultado em 20 de maio de 2017 
  33. a b «Casamento da atriz com Marcos Winter chega ao fim, no momento em que ela faz sucesso como par de Rodrigo Santoro em Mulheres Apaixonadas». Terra. Consultado em 20 de maio de 2017 
  34. «Paloma Duarte assume paixão». Terra. Consultado em 20 de maio de 2017 
  35. «Paloma Duarte e Oswaldo Montenegro terminam casamento». UOL. Consultado em 20 de maio de 2017 
  36. «Gabriel Braga Nunes e Paloma Duarte terminam namoro». Globo. Consultado em 20 de maio de 2017 
  37. «Graziella Schmitt e Bruno Ferrari terminam casamento de sete anos». Extra. Consultado em 20 de maio de 2017 
  38. «Bruno Ferrari e Paloma Duarte estão casados há dois meses». UOL. Consultado em 20 de maio de 2017 
  39. «Nasce Antônio, filho de Paloma Duarte com Bruno Ferrari: 'Antes do esperado'». Pure People. Consultado em 20 de maio de 2017 
  40. «Correio Braziliense - 17 de outubro de 2002». Consultado em 24 de janeiro de 2008 
  41. «Polêmica entre Regina e Paloma Duarte domina horário eleitoral». Folha Ilustrada. 16 de outubro de 2002. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  42. «Armação Ilimitada marcou a estréia na TV de Paloma Duarte, aos 12 anos interpretando "Joana", namorada de Bacana». Uol. Consultado em 30 de março de 2017 
  43. «Youtuber em série de Rafinha Bastos, Paloma Duarte elogia: "É um cara culto"». Observatório da Televisão. Consultado em 5 de julho de 2017 
  44. Cinemateca Brasileira, A Partilha [em linha]
  45. «Paloma Duarte estreou no teatro aos 9 anos, no infantil Zé Adulto, Zé Criança». Terra. 20 de dezembro de 1999. Consultado em 30 de março de 2017 
  46. «Paloma Duarte estreia 'O Gato Branco' ao lado de Bruno Ferrari». Caras. 24 de outubro de 2011. Consultado em 30 de março de 2017 
  47. «Atrizes Daniela Galli e Paloma Duarte, na peça Espelhos Paralelos, de Lauro César Muniz com direção de Bárbara Bruno». R7. 19 de novembro de 2013. Consultado em 30 de março de 2017 
  48. «Paloma Duarte recebeu o prêmio de melhor atriz pelo musical Léo e Bia, de Oswaldo Montenegro (RJ)». Correio Brazilense. 3 de maio de 2010. Consultado em 30 de março de 2017 
  49. «Noite de premiação do 4º Los Angeles Brazilian Film Festival». Jornal Agora. 23 de abril de 2011. Consultado em 30 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Paloma Duarte