Marcos Winter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Marcos Winter
Marcos Winter em Brasília, 2005.
Nome completo Marcos César Simarelli Winter
Nascimento 31 de agosto de 1966 (55 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator
Atividade 1984–presente
Cônjuge Paloma Duarte (c. 1997; div. 2003)

Marcos César Simarelli Winter (São Paulo, 31 de agosto de 1966) é um ator brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Descendente de alemães e italianos,[1] cursou o ensino fundamental na Escola Estadual Santos Dumont e o ensino médio na Escola Estadual Nossa Senhora da Penha, ambos no bairro da Penha, em São Paulo. É formado em Artes Cênicas pela Universidade São Judas Tadeu, de São Paulo. Filho de um funcionário de uma firma de engenharia e de uma dona de casa, Marcos começou a trabalhar como metalúrgico, fabricando pirâmides esotéricas, na adolescência. Com esforço, cursou a Faculdade de Artes Cênicas e se tornou ator.

Winter estreou no Teatro aos 17 anos, em 1984, com Pic-Nic no Front, de Fernando Arrabal, (Grupo Pauapique - Claudio de Lima, Rita Celentano, Fatima Bertone, Washington Felipe dos Santos e outros...)sob a direção de Antônio Janô. Desde esta época vem trabalhando com diretores como Ulisses Cruz e Aderbal Freire Filho, em espetáculos consagrados, como Pedido de Casamento, de Tchekov; O Despertar da Primavera, de Frank Wedekind; O Anjo Negro, de Nelson Rodrigues; e Sonho de Uma Noite de Verão, de Shakespeare. O ator ficou em cartaz desde abril de 2010 com a peça de teatro Monólogos de marijuana, que aborda o assunto da descriminalização da maconha, dirigida por Emílio Gallo.

Na televisão desde o final dos anos 80, foi em 1990, ao interpretar Joventino em Pantanal, da extinta Rede Manchete, que o ator deu novo impulso à sua carreira, sendo considerado um dos maiores galãs dos anos 90. Em 2009, assinou contrato com o SBT, para viver seu primeiro o vilão na TV, Homero Reis, da telenovela Vende-se Um Véu de Noiva de Janete Clair adaptada por Iris Abravanel. Em 2010 o ator reclamou de falta de espaço em novelas, onde atualmente, o campo de teledramaturgia está muito grande e disse estar vivendo um dos piores momentos de sua vida, passando por dificuldades financeiras. Em agosto de 2010, integrou o elenco de Malhação, no papel do professor de história Odilon. Idealizou a criação do Movimento Humanos Direitos.[2] Em 2014, grava a série da HBO Brasil, Magnífica 70, como o censor Vicente que após se apaixonar pela atriz de pornochanchada Dora Dumar (Simone Spoladore) se torna um diretor de filmes do gênero.[3][4][5][6][7][8]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1988 Vida Nova Antoninho Acioly (Toninho)
1989 Tieta Osnar dos Santos (jovem) Episódio: "14 de agosto"
1990 Desejo Dinorah de Assis
1990 Pantanal Joventino Leôncio Neto (Jove)
Fronteiras do Desconhecido Pretty Boy Floyd Episódio: "Inimigos Públicos"
1991 Floradas na Serra Flávio Guerra
Felicidade José Diogo Cabral (Zé Diogo)
1993 Agosto Cláudio Aguiar
1993 Você Decide Patrick Episódio: "Máscara Negra"
Jeremias Episódio: "O Juramento"
1994 Léo Episódio: "Amor e Morte"
1994 Fera Ferida Cassy Jones de Azevedo
1995 Irmãos Coragem Eduardo Coragem (Duda)
1996 O Fim do Mundo Arnaldo Mendonça (Nado)
1997 A Indomada Hércules Pedreira de Mendonça e Albuquerque
1998 Corpo Dourado Arthur Moreira de Barros (Artuzinho)
Pecado Capital Virgílio Lisboa
1999 Você Decide Túlio Episódio: "O Dilema de Rosane"
Vila Madalena Roberto Lopes Couto
2001 Estrela-Guia Paulo Roberto Macedo / Hanumam Episódios: "12–16 de março"
Brava Gente Quincas Episódio: "Armas e Corações"
2003 Agora É que São Elas Heitor Siqueira Ramos Episódios: "18–19 de julho"
2004 Um Só Coração Luís Martins Gonçalves Episódios: "6–7 de janeiro"
Sítio do Picapau Amarelo João Talho Episódio: "O Pequeno Samurai"
2005 Essas Mulheres Eduardo Abreu
2006 Avassaladoras: A Série Alexandre Episódio: "Insegurança"
2007 Pé na Jaca Luchino Episódios: "17 de janeiro–21 de fevereiro"
Amazônia Lourival Neto Alencar (Neto)
Mandrake Lourenço Episódio: "Alma"
Duas Caras Deputado Narciso Tellerman
2008 Casos e Acasos Fábio Mariano Junqueira Episódio: "O Encontro"
Afonso Lopes Episódio: "Quem Passou a Noite Comigo?"
2008 Dicas de um Sedutor Juca Episódio: "O Borogodó"
2009 Vende-se um Véu de Noiva Dr. Homero Reis
2010 As Cariocas Élber Müller Episódio: "A Internauta da Mangueira"
Malhação Odilon Gusmão dos Santos Temporada 18
2013 Flor do Caribe Reynaldo Fonseca
2015–18 Magnífica 70 Vicente Flausino
2016 A Terra Prometida Merodaque
2017 Apocalipse Oswaldo Santero Episódios: "2 de janeiro–6 de fevereiro"
2018 Jesus Herodes Antipas
2019 Segunda Chamada Alberto Freitas
2021 Gênesis Massá
2022 Reis Aitofel[9]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Barcellos, Luciana (11 de maio de 2012). «Marcos Winter: "Minha situação hoje é de sentar, gritar e dar risada"». Revista Quem. Consultado em 28 de abril de 2022 
  2. Humanosdireitos Arquivado em 10 de agosto de 2011, no Wayback Machine. Página visitada em 03 de Junho de 2011.
  3. Gshow (8 de maio de 2013). «Personagem de Marcos Winter vai atormentar o namoro de Natália e Juliano». Por Trás das Câmeras - Flor do Caribe. Consultado em 15 de agosto de 2014 
  4. Fernando Oliveira (8 de agosto de 2014). «Marcos Winter e Simone Spoladore estão em série da HBO sobre a Boca do Lixo». R7. Mundo da TV. Consultado em 15 de agosto de 2014 
  5. Renato Damião (1 de agosto de 2014). «HBO retoma Boca do Lixo para contar romance de censor da ditadura com atriz». UOL Televisão. Consultado em 15 de agosto de 2014 
  6. «Confira o elenco da novela "A Terra Prometida"» 
  7. Paulo Ricardo Moreira (23 de maio de 2015). «Série retrata a produção de pornochanchadas no país nos anos 70». O Dia. Consultado em 23 de maio de 2015 
  8. Julia Baptista (18 de maio de 2015). «"Fui criado de forma ditatorial", conta Marcos Winter, que vive censor na série Magnífica 70». UOL. Portal Vírgula. Consultado em 23 de maio de 2015 
  9. «Marcos Winter é convocado para elenco de nova novela daRecord». R7.com. 20 de dezembro de 2021. Consultado em 20 de dezembro de 2021 
  10. Cinemateca Brasileira, Barrela [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.