Marisa Orth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marisa Orth
Marisa Orth em 2014.
Nascimento 21 de outubro de 1963 (55 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz, cantora e apresentadora
Atividade 1983–presente
Parentesco João Antônio (filho)
IMDb: (inglês)

Marisa Domingos Orth (São Paulo, 21 de outubro de 1963) é uma atriz, cantora, humorista e apresentadora brasileira.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Marisa Orth é formada em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e em interpretação pela Escola de Arte Dramática (EAD-USP), tendo cursado as duas ao mesmo tempo, uma pela manhã e a outra à noite.[1] Marisa tem um filho chamado João Antônio, com seu ex-marido e empresário Evandro Pereira. Quando criança fez balé clássico e foi nadadora do Clube Pinheiros de São Paulo, conquistando o Campeonato Paulista duas vezes.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Integrou o grupo de teatro Vento Forte e estreou nos palcos em 1983 na peça Una Serata Al Sugo, de Miroel Silveira. Fez parte do conjunto musical Luni (1986), um coletivo de artistas que compunham canções e faziam performances. Em setembro de 1988 Marisa estreou a peça Fica Comigo Esta Noite, de Flávio de Souza vivendo a personagem Laura, contracenando com Carlos Moreno no papel de Edu. Em 2007 voltou a viver a mesma personagem em uma nova montagem da peça, desta vez contracenando com Murilo Benício. Em 22 de janeiro de 2010, Marisa estreou a peça O Inferno Sou Eu, no "Teatro Jaraguá" (Bela Vista - SP), sobre a vida da filósofa francesa Simone de Beauvoir. A peça foi prolonga até o final de 2010 e levada para fora da cidade de São Paulo. Tem curadoria de Beto Amaral e Pedro Igor Alcântara, que comemoram o sucesso do filme "Insolação", um retrato de histórias de amores impossíveis. A atriz estreou, em 2 de março de 2012 no "Teatro Abril", o musical: A Família Addams; ao lado do ator e cantor, Daniel Boaventura. Marisa viveu Mortícia Addams na versão do musical da Broadway. Daniel Boaventura interpretou Gomez.[2] Em 21 de março de 2014, Marisa Orth estreou ao lado de seu parceiro de longa data, Miguel Falabella, a peça teatral O Que o Mordomo Viu?, com versão brasileira e direção do próprio Miguel Falabella. A peça é ambientada em uma clínica psiquiátrica. O reencontro entre os dois atores no palco ocorreu de maneira inesperada. Marisa Orth veio substituir a atriz Arlete Salles, afastada por problemas de saúde. "O convite foi fruto de uma situação emergência. Fiz um intervenção de 10 dias, então ela [a peça] já veio com uma dose de adrenalina", explicou emergência, em entrevista.[3]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Marisa Orth em 2015.

Sua primeira personagem de telenovela foi Nicinha, em Rainha da Sucata. Seu personagem de maior sucesso na televisão foi Magda, no programa de comédia Sai de Baixo.[1] Em 1997, Marisa Orth posou nua para a Playboy. A capa da edição dizia: "Marisa Orth, a Magda de 'Sai de Baixo'". Logo depois, Marisa interpretou Cleópatra no video-game infantil Gustavinho e o Enigma da Esfinge.

Em 2006, a personagem Magda, que Marisa Orth interpretou no sitcom Sai de Baixo da Rede Globo, foi eleita pelo site "Top Of Business Brasil" como a melhor personagem de humor da televisão brasileira. Na votação (que recebeu aproximadamente 1,5 milhão de votos), Magda recebeu 15% dos votos do público. Em segundo lugar ficou Barbosa, personagem interpretado por Ney Latorraca no extinto TV Pirata, com 13%. Em terceiro, aparecia Caco Antibes, personagem de Miguel Falabella, também do Sai de Baixo, com 9% dos votos. Na votação, participavam mais de 50 personagens de humor da televisão brasileira. No segundo semestre de 2007, Marisa Orth entra para o elenco do sitcom Toma Lá, Dá Cá. Marisa encerrou com a personagem assim que a série teve o seu término, dois anos e meio mais tarde, em dezembro de 2009. No primeiro semestre de 2010 ela estreia na nova série, S.O.S. Emergência, intrepretando a Dra. Michele, uma médica pra lá de maluca. Em menos de quatro meses, Marisa Orth volta para a TV, interpretando a Dra. Michele, no seriado S.O.S. Emergência, que teve sua estreia em 4 de abril de 2010. A série conta a história da inusitada rotina dos profissionais do "Hospital Isaac Rosenberg", trazendo humor às relações entre médicos e pacientes. Os personagens da série trabalham no hospital e recebem, a cada episódio, pacientes variados. Em 2011, Marisa tinge os cabelos de louro para viver sua nova personagem, Valéria, no seriado Macho Man, que com sua primeira temporada, teve estréia em 8 de abril de 2011 e seu término em 8 de julho de 2011. A segunda temporada teve início em 4 de novembro de 2011. Sua personagem é uma ex-gorda que aprende a se adaptar ao novo corpo, na mesma medida que seu amigo Nelson (Jorge Fernando) procura se adaptar a nova sexualidade, garantindo boas risadas ao público. Em 2013, Marisa volta às telas na nova (8ª) temporada do sitcom, Sai de Baixo, onze anos após a última. Logo após, integra o elenco da telenovela Sangue Bom, que teve estreia no dia 29 de abril de 2013. Sua personagem é Damáris, uma perua brega e dissimulada que fará de tudo para reconquistar o ex-marido Wilson (Marco Ricca). [4] Em 2014, interpreta Silvia, esposa de um senador em Dupla Identidade. [5] [6]

Em 2016, participa da novela Haja Coração, um reboot de Sassaricando [7], no horário das sete, como a italiana Francesca, mãe da personagem Tancinha (Mariana Ximenes). [7] [7], interpretando a italiana Francesca. [7]

Cinema[editar | editar código-fonte]

No dia 4 de dezembro de 2009, estreou nos cinemas, com o filme É Proibido Fumar, em que há participação de Marisa. O filme conta a história de uma professora de violão fumante que começa a namorar seu vizinho, um músico de churrascaria e por ele larga o cigarro. Mas a sua crise de abstinência será apimentada pelas saudades que ele sente da ex-mulher, uma carioca que é modelo de mão. Há também uma participação da cantora Pitty no longa. Marisa Orth concorre ao 5º Prêmio Contigo! de Cinema na categoria Melhor Atriz Coadjuvante em É Proibido Fumar.

Cantora[editar | editar código-fonte]

Marisa Orth em 2009.

Como cantora, foi integrante das bandas Luni nos anos 80 e Vexame entre 1989 e 2007. Em 1990, ganhou o prêmio APCA de Melhor Revelação Feminina pela interpretação da personagem Nicinha, na telenovela Rainha da Sucata.

Já em 2009, Marisa lança o álbum solo, Romance Vol. II, que foi resultado do show de mesmo nome, o musical Romance Volume II (realizado com 60 concertos), da atriz e cantora Marisa Orth, e que, de tanto sucesso do musical, acabou virando disco e considerada como sua primeira turnê. O álbum foi lançado em 13 de agosto de 2009. (Obs.: Não existe o álbum ou o musical chamado "Romance Volume 1") Dona de voz quente e sensual (o tipo vocal é mezzo-soprano), Marisa mostra repertório eclético que vai de Tom Jobim ("Demais") a banda de soft rock 10cc (I'm Not in Love), passando por Roberto e Erasmo Carlos ("Minha Fama de Mau"), Rita Lee ("Fruto Proibido"), Tim Maia ("Sofre") e Secos & Molhados ("Amor"). O CD tem participações de Edgard Scandurra, Natália Barros, Théo Werneck e Fernando Figueiredo, estes três últimos, seus companheiros do Luni, grupo paulistano dos anos 1980, que ela revive cantando dois sucessos deles "Oi" e "The Best". Quase com dois anos com a turnê Romance Volume II, só agora, depois de seis meses do lançamento de de seu álbum Romance Vol. II, que Marisa Orth trabalha em um vídeo clipe. Já com três singles de seu CD, a canção Insanidade Temporária, foi o quarto single e primeiro videoclipe da cantora.

No final de 2014 e 2015, Marisa Orth volta com o Romance Volume III – "Agora Vai!", que apresenta uma abordagem um pouco mais "a fundo" do que a montagem anterior, passando pela leveza do namoro até os relacionamentos mais profundos, como casamentos, noivados e amizades de longa data. O título sugere que todos os conflitos amorosos são únicos, mas quando olhados de longe são absolutamente iguais. Além disso, espera comunicar como o tema do casamento é atualmente tratado pelas pessoas, volume três, pois o primeiro e o segundo romance já não deram certo.[8][9][10]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota
1990 Rainha da Sucata Eunice Moreiras (Nicinha)
1991 Mundo da Lua Monalisa Episódio: "Bye, Bye, Big Bad Boys"
1992 TV Pirata Arafatima
Deus Nos Acuda Valquíria Silveira Bueno
1994 Vida ao Vivo Show
1995 Comédia da Vida Privada Beatriz Episódio: "Sexo na Cabeça"
Você Decide Episódio: "A Herança"
1996–02 Sai de Baixo Magda Eugênia Luciana Mathias Salão Antibes
2001 Brava Gente Vanda / Antonieta Episódio: "O Tocador de Tuba"
Os Normais Nina Episódio: "Mal-entendido é Normal"
2002 Big Brother Brasil Apresentadora
Os Normais Maria Sílvia Episódio: "Divertimento Normal e Sadio"
2003 A Diarista Aline Episódio: "A Diarista"
Agora É que São Elas Vaneide Ramos Zabelheira (Vanvan)
2004 Saia Justa Apresentadora
Os Aspones Anete
2005 Sob Nova Direção Dra. Melanie Episódio: "Dormindo com a Inimiga"
Bang Bang Ursula McGold Lane
2006 Minha Nada Mole Vida Charlene Episódio: "Olha o Carnavalzeta Aí, Gente!"
A Diarista Comissária Jaqueline Episódio: "Aquele do Avião"
2007 A Grande Família Val Episódio: "Será Que Ela É?"
2007–09 Toma Lá, Dá Cá Rita Moreira
2010 S.O.S. Emergência Dra. Michele T.S.
2011 Macho Man Valéria dos Santos
2013 Sai de Baixo Magda Eugênia Luciana Mathias Salão Antibes
Sangue Bom Damáris Rabelo / Gladys do Cabuçu
2014 Almanaque Musical com Marisa Orth Apresentadora
Dupla Identidade Sílvia Veiga
2015 Odeio Segundas Valéria Honório
2016 Haja Coração Francesca Rigoni Di Marino[11]
2017 Edifício Paraíso Soraya Rodrigues
Tempo de Amar Mafalda Torres Correia Guedes (Celeste Hermínia)
2018 Pais de Primeira Rosa Zanini[12][13][14]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Nota
1987 A Mulher Fatal Encontra O Homem Ideal Curta-metragem
1991 Não Quero Falar Sobre Isso Agora Bárbara
1992 Tanta Estrela por Aí… Meg Curta-metragem
1992 O Bilhete Premiado Curta-metragem
1993 3 X 4 Curta-metragem
1993 A Má Criada Curta-metragem
1994 Como fazer um filme de Amor Lilith
1994 Capitalismo Selvagem Diana Assis
1995 A Origem dos Bebês Segundo Kiki Cavalcanti Celeste Cavalcanti Curta-metragem
1995 Nelson Curta-metragem
1997 Doces poderes Beatriz Campos Jordão (Bia)
1998 Boleiros Mulher sedutora
1999 Por Trás do Pano Laís
2000 Almas em Chamas Curta-metragem
2002 Durval discos Elisabeth
2003 Os Normais - O Filme Martha
2004 Como Fazer um Filme de Amor Lilith
2008 Maré, nossa história de amor Fernanda
2009 É Proibido Fumar Pop
2011 Família Vende Tudo Bispa Marisa
2014 The Book of Life Catrina Dublagem
2015 Estro Mulher, uma cantora de blues Curta-metragem
2016 De Onde eu te Vejo[15] Olga
2018 Sai de Baixo - O Filme Magda Eugênia Luciana Mathias Salão Antibes

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Peça Papel
1983 Una Serata Al Sugo
1984 Fausto
1985 Doze Atos de Nelson Rodrigues
1986 Criança Enterrada
1988 Fica Comigo Esta Noite Laura
1991 Algemas do Ódio
1993 Palmas Para O Senhor Diretor
1994 Fascinação
1995 Três Mulheres Altas C
2000 A Megera Domada Catarina
2004 O Caso Da Rua Ao Lado
2005 Misery Annie Wilkes
2007–08 Fica Comigo Esta Noite Laura
2009 A Capa
2008–13 Romance Volume II
2010 O Inferno Sou Eu Simone de Beauvoir
2012–13 A Família Addams Mortícia Addams
2014 O Que o Mordomo Viu?
2014–atual Romance Volume III - Agora Vai
2015–16 Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos Pepa
2018 Coisas Estranhas Acontecem Nesta Casa Co-direção da peça

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbum de Estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Sobre o álbum
2009 Romance Vol. II
  • Lançamento: 13 de Agosto de 2009
  • Formato: CD, download digital
  • Gravadora: Lua Music

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Videoclipe
2009 Minha Fama de Mau Não
2009 Amor Não
2009 I'm Not in Love Não
2010 Insanidade Temporária Sim
2010 As Dores do Mundo Não

Turnês[editar | editar código-fonte]

Ano Título
2008-2013 Romance Volume II
2014-atual Romance Volume III - "Agora Vai"

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado
1990 Prêmio APCA Revelação Feminina Rainha da Sucata Venceu
1991 Festival de Gramado Melhor Atriz Não Quero Falar Sobre Isso Agora
1996 Melhores do Ano Melhor Comediante Sai de Baixo
2006 Top Of Business Brasil Melhor Atriz
2009 Prêmio Qualidade Brasil[16] Melhor Atriz de Programa Humorístico Toma Lá, Dá Cá
2010 Prêmio Contigo! de Cinema Nacional[17] Melhor Atriz Coadjuvante É Proibido Fumar Indicado
2010 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Seriado ou Projeto Especial S.O.S. Emergência Indicado
2011 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz de Série ou Minissérie
2011 Prêmio Qualidade Brasil[18] Melhor Atriz Seriado ou Projeto Especial Macho Man
2012 Prêmio Quem Melhor Atriz de Teatro A Família Addams Venceu
2013 Prêmio Botequim Cultural[19] Melhor Atriz Músical Venceu
2013 Prêmio Bibi Ferreira de Teatro[20] Melhor Atriz Indicado
2014 Prêmio Qualidade Brasil[21] Melhor Atriz Comédia O Que o Mordomo Viu? Indicado
2015 Prêmio Aplauso Brasil de Teatro[22] Melhor Atriz Venceu
2015 Prêmio Bibi Ferreira de Teatro[23] Melhor Atriz Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos Indicado
2016 Prêmio Qualidade Brasil[24] Melhor Atriz Musical Indicado
2017 Prêmio Extra de Televisão[25] Melhor Atriz Coadjuvante Tempo de Amar Indicado

Referências

  1. a b c Biografia de Marisa Orth na Revista Contigo!
  2. Daniel Boaventura e Marisa Orth apresentam A Família Adams para a imprensa, Contigo! Online, 27/02/2012.
  3. Miguel Falabella e Marisa Orth apresentam a Peça para a imprensa. 21/03/2014
  4. Gshow (26 de abril de 2013). «Giulia Gam e Marisa Orth vão aprontar como as megeras Bárbara Ellen e Damáris!». Fique por dentro - Sangue Bom. Consultado em 25 de setembro de 2014 
  5. Louise Soares (24 de setembro de 2014). «Fora do humor, Marisa Orth vira 'mulher bomba de político' em seriado policial». F5 - televisão. Consultado em 25 de setembro de 2014 
  6. Vadho Junyor (27 de setembro de 2014). «No ar em 'Dupla Identidade', Marisa Orth diz que sofre com 'efeito sanfona', mas não pensa em fazer plástica». Extra. Consultado em 4 de outubro de 2014 
  7. a b c d «Novela Haja Coração: Malvino Salvador e José Loreto são destaques da nova produção da Globo». Consultado em 7 de junho de 2016. Arquivado do original em 19 de junho de 2016 
  8. «Atriz Marisa Orth apresenta show 'Romance' no teatro da Ufes». G1 Espírito Santo. 14 de março de 2015. Consultado em 15 de junho de 2016. Cópia arquivada em 2 de abril de 2015 
  9. Jony Clay Borges (22 de fevereiro de 2015). «Amores, risos e canções com Marisa Orth no espetáculo 'Romance Vol. III - Agora vai!'». Acritica (+ UOL). Consultado em 15 de junho de 2016. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2015 
  10. Luiza Piffero (28 de novembro de 2014). «Marisa Orth apresenta "Romance Vol. III" neste sábado». ZH Entretenimento. Consultado em 15 de junho de 2016. Cópia arquivada em 15 de junho de 2016 
  11. Gshow (22 de fevereiro de 2016). «Mariana Ximenes será filha de Marisa Orth em 'Haja Coração'». Gshow - Bastidores. Consultado em 28 de fevereiro de 2016 
  12. Patrícia Kogut (20 de agosto de 2018). «Marisa Orth e Daniel Dantas farão 'Pais de primeira', série da Globo». O Globo. Consultado em 20 de agosto de 2018 
  13. Redação (20 de agosto de 2018). «Globo define os protagonistas da série Pais de Primeira». Oplaneta TV. Consultado em 20 de agosto de 2018 
  14. Redação (12 de setembro de 2018). «Marisa Orth e George Sauma celebram reencontro na TV: 'Um karma maravilhoso'». Gshow. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  15. «De Onde eu te Vejo». Globo Filmes 
  16. "Você escolheu e Aqui estão os ganhadores do PRÊMIO ARTE QUALIDADE BRASIL 2009". Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2009. Consultado em 14 de Janeiro de 2017.
  17. «Atores levam a família para festa dedicada ao cinema nacional». Uol. Consultado em 5 de agosto de 2017 
  18. "Categoria Televisão - 2011 - Prêmio Arte Qualidade Brasil". Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2011. Consultado em 14 de Janeiro de 2018.
  19. "2º Prêmio Botequim Cultural - Vencedores das Categorias Teatro ". Botequim Cultural. 2014. Consultado em 14 de Janeiro de 2018.
  20. "Conheça o Prêmio Bibi Ferreira de Teatro Musical". Cena Musical. 2014. Consultado em 14 de Janeiro de 2018.
  21. "http://premioartequalidade.org.br/categoria-teatro-2015/ Categoria Teatro - 2014 - Prêmio Arte Qualidade Brasil]". Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2014. Consultado em 14 de Janeiro de 2018.
  22. «3º Prêmio Aplauso Brasil: homenagem a Laura Cardoso e Edwin Luisi». favodomellone. Consultado em 11 de março de 2018 
  23. "4º Prêmio Bibi Ferreira anuncia seus indicados". Cena Musical. 2014. Consultado em 14 de Janeiro de 2018.
  24. "http://www.acessocultural.com/2016/10/premio-arte-qualidade-brasil-2016.html Prêmio Arte Qualidade Brasil 2016]". A cesso Cultural. 2016. Consultado em 14 de Janeiro de 2018.
  25. «Conheça os indicados ao Prêmio Extra de TV e vote em seus preferidos de 2017». Extra. Consultado em 11 de março de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Marisa Orth
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.