Sthefany Brito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sthefany Brito
Nome completo Sthefany Fernandes de Brito
Nascimento 19 de junho de 1987 (28 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1999-presente
Cônjuge Alexandre Pato (2009—2010)

Sthefany Fernandes de Brito (São Paulo, 19 de junho de 1987) é uma atriz brasileira,[1] irmã do também ator Kayky Brito.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A partir de 1995, passou a estudar teatro. Fez vários comerciais de brinquedos e produtos infantis até que, em 1999, passou a integrar o elenco da telenovela Chiquititas, telenovela do SBT, como Hannelore, indo morar na Argentina nesse período.

Em 2001 foi contratada pela Rede Globo, e interpretou a Dorinha na telenovela Um Anjo Caiu do Céu. Ainda em 2001 atuou em O Clone, no papel de Samira, uma menina muçulmana que queria ser como suas amigas ocidentais. Em 2003, apresentou o programa TV Globinho. A seguir, Sthefany interpretou Elis, em Agora É que São Elas, de Ricardo Linhares.

Em 2004 viveu Dandara em Começar de Novo. Já em 2006, interpretou a personagem Kelly na telenovela Páginas da Vida.

No teatro, foi protagonista da peça A noviça rebelde, no Rio de Janeiro, em 2002. No ano seguinte voltou ao teatro junto com seu irmão Kayky Brito, na peça É o bicho - A ordem natural das coisas. Em 2005, atuou no musical Léo & Bia, de Oswaldo Montenegro.

Em 7 de julho de 2009, casou-se com o jogador de futebol do Milan e da Seleção Brasileira de Futebol, Alexandre Pato, casamento que durou somente até abril de 2010.[2] No processo de divórcio litigioso, ela conseguiu, em primeira instância, uma pensão de R$ 130 mil mensais, equivalente a cerca de 20% do salário de Pato. A decisão foi revertida e ela voltou a ganhar R$ 5 mil, o oferecido inicialmente por Pato, mas continua com o processo na Justiça.[3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1999 Chiquititas Hanne (Hannelore)
2001 Um Anjo Caiu do Céu Dorinha
2001 O Clone Samira El Adib Rachid
2003 TV Globinho Apresentadora
2003 Agora É que São Elas Elis
2004 Começar de Novo Dandara Gautama Silveira
2006 Páginas da Vida Kelly Toledo Mattos
2007 Carga Pesada Elisa
2007 Desejo Proibido Dulcina Botiquário
2011 A Vida da Gente Alice[4]
2012 Dança dos Famosos 9 Ela mesma
2013 Flor do Caribe Edwiges Cristina (Amaralina)

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2005 As Vidas de Maria Mária
2006 O Senhor dos Ladrões Vespa (dublagem)
2007 Mistéryos Jucélia Ramos
2008 Remissão Camila

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título
2002 A Noviça Rebelde
2003 É o bicho – A ordem natural das coisas
2005 Léo & Bia

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Stephany Brito