Nitócris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Nitócris
Nascimento século XXIII a.C.
Morte 2192 a.C.
Sepultamento Medinet Habu
Progenitores
Cônjuge Merenré II
Irmão(s) Merenré II
Ocupação estadista
Título faraó, rainha
Religião religião no Antigo Egito

Nitócris seria, segundo Heródoto, a única mulher a reinar no Egito.[Nota 1] Sua existência, no entanto, é questionada, pois referências a ela seriam, na verdade, sobre o faraó Netjerkare com nome corrompido.[1]

Heródoto, em suas investigações[Nota 2] no Antigo Egito, recebeu dos sacerdotes uma lista de 330 faraós, dos quais 18 eram etíopes, e apenas uma era mulher, uma egípcia nativa.[2] Esta rainha teria o mesmo nome da rainha da Babilônia,[2] que fez grandes obras na Babilônia,[3] e foi mãe do seu último rei.[4]

Nitócris teria tornado-se rainha após o assassinato, pelos egípcios, do faraó, seu irmão.[2] Ela teria se vingado dos assassinos, construindo uma câmara subterrânea, chamando-os para um banquete, e fazendo-os morrerem afogados, por uma entrada de água.[2] Para escapar da punição, ela teria se suicidado jogando-se no fogo.[2]

Segundo Manetão, citado por Eusébio de Cesareia, ela seria da VI dinastia egípcia, a mais nobre e bela mulher de sua época, e teria construído a terceira pirâmide. Sua dinastia, da qual apenas ela é mencionada, teria reinado por duzentos e três anos.[5]

Notas e referências

Notas

  1. Cleópatra, a mais famosa rainha do Egito, viveu cerca de 400 anos depois de Heródoto.
  2. A palavra História significa pesquisa, investigação.

Referências

  1. Ryholt, Kim Steven Bardrum. 2000. "O Último Reino Antigo na Lista de Reis de Turim e a Identidade de Nitócris." Zeitschrift für ägyptische Sprache und Altertumskunde 127:87–100.
  2. a b c d e Heródoto, Histórias, Livro II, Euterpe, 100 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  3. Heródoto, Histórias, Livro I, Clio, 186 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  4. Heródoto, Histórias, Livro I, Clio, 188 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  5. Eusébio de Cesareia, Crônica, Os Egípcios, Dos registros egípcios de Manetão, que compôs em três livros comentários sobre os deuses, semi-deuses, espíritos e reis mortais que governaram o Egito, até os tempos de Dario, rei dos persas [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]