Amenemopé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amenemopé
Faraó da Egito
Reinado 993-984 a.C.[1]
Antecessor(a) Psusenés I
Sucessor(a) Osocor
 
Dinastia XXI dinastia
Morte 984 a.C.
Religião Politeísmo egípcio

Amenemopé foi o quarto faraó da XXI dinastia. Governou o Egito durante o Terceiro Período Intermediário entre 993 e 984 a.C..

Pensa-se que seria filho de Psusenés I, o seu antecessor. A sua mãe teria sido a rainha Mutnedjemete.

Embora fosse faraó, assumiu o título de sumo sacerdote de Amon, o que seria uma tentativa de evitar a influência sacerdotal no estado.

Foi sepultado num pequeno túmulo em Tânis, mas mais tarde a sua múmia foi movida pelo faraó Siamom para um túmulo mais digno, originalmente pensado para a rainha Mutnedjemete. A sua múmia foi encontrada num caixão de madeira colocado num sarcófago de quartzito amarelo.

Titulatura[editar | editar código-fonte]

Nome de Sa-Rá
Hieroglifo
G39N5
Z1
<
M17Y5
N35
G17Aa15
O45
>
Transliteração Jmn-m-(ỉ)pt
Transliteração (ASCII) Imn-m-ipet
Transcrição Imenemapet
Tradução "Amon na celebração de Apet."
Nome de Nesut-bity
Hieroglifo
M23
X1
L2
X1
<
N5F12H6M17Y5
N35
U21
N35
>
Transliteração Wsr-Mȝˁt-Rˁ stp-n-mry-Jmn
Transliteração (ASCII) wsr-MAat-ra stp-n-mry-Imn
Transcrição Wasermaat-rá Setepen Meriamun
Tradução "Poderosa é a justiça de . O eleito e amado de Amon."

Referências

  1. Shaw 1995, p. 311.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Shaw, Ian; Nicholson, Paul (1995). Harry N. Abrams, ed. The Dictionary of Ancient Egypt (em inglês). Nova Iorque: Princeton University Press. ISBN 0810932253 
Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.