Amenemnesu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Amenemnesu foi o segundo faraó da XXI dinastia egípcia tendo governado entre aproximadamente 1043 e 1039 a.C., no Terceiro Período Intermediário. O seu nome significa "Amon é o rei". Teve como nome de coroação Neferkaré ("Belo é o ka de "), nome que foi comum a alguns faraós do Império Antigo, o que pode sugerir uma tentativa de regressar à glória do passado.

Antigamente julgava-se que Amenemnesu era filho do rei Smendes e de Tentamon, mas os estudos mais recentes sugerem que eram filho do sumo sacerdote de Amon Herihor e de Nedjemet.

Pouco se sabe do seu curto reinado. Amenemnesu foi contemporâneo do poderoso sumo sacerdote de Amon Menkheperré.

Teria mais de sessenta anos quando faleceu, tendo sido sucedido por Psusennes I, que se julga ser o seu irmão mais novo.

Titulatura[editar | editar código-fonte]

Nome de Sa-Rá
Hieroglifo
G39N5
Z1
<
M17Y5
N35
G17M23
>
Transliteração Jmn m nswt
Transliteração (ASCII) Imn-m-nswt
Transcrição Imenem-nesut
Tradução "Amon é o soberano."
Nome de Nesut-bity
Hieroglifo
M23
X1
L2
X1
<
N5F35D28S38R19
>
Transliteração Nfr-Kȝ-Rˁ Ḥqȝ Wȝs.t
Transliteração (ASCII) nfr-kA-ra hqA-wAst
Transcrição Neferka-rá Hekawaset
Tradução "O de é perfeito. O principe de Tebas"


Precedido por
Smendes
Faraó
XXI dinastia
Sucedido por
Psusennés I


Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.