Kate Hansen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kate Hansen
Nome completo Kate Hansen
Nascimento 13 de agosto de 1952 (70 anos)
São Paulo, SP
Ocupação Atriz
Atividade 1969–1993
2019–presente

Kate Hansen (São Paulo, 13 de agosto de 1952) é uma atriz brasileira.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filha de imigrantes dinamarqueses,[1] foi casada com o ator Ricardo Petraglia com quem teve um filho, Lucas Margutti. É viúva do geólogo Nilson Pinto Teixeira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
1991 O Portador Delegada Rose Rede Globo
1989 Cortina de Vidro Cíntia SBT
1988 Fera Radical Marinês Rede Globo
1984 Transas e Caretas Fernanda Rede Globo
1983 Razão de Viver Olívia SBT
1982 Paiol Velho Suzana TV Cultura
Casa de Pensão Lúcia
Maria Stuart Maria Stuart
1981 O Resto É Silêncio Marina
O Vento do Mar Aberto Camila
1979 O Todo-Poderoso Paula Rede Bandeirantes
1978 Roda de Fogo Adélia TV Tupi
1977 Cinderela 77 Cassandra
1976 Os Apóstolos de Judas Katherine
1975 A Viagem Carlota
Ovelha Negra Suzana
1974 A Barba Azul Paula
Hospital Helga
1972 O Leopardo Marília Rede Record
1970 Simplesmente Maria Paula TV Tupi
As Bruxas Verinha
1969 Super Plá

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1981 Eros, o deus do amor Escultora[2]
1978 Mulher Desejada Luíza [3]
1976 Aleluia Gretchen Helke [4]
Excitação Helena
A Noite das Fêmeas Ivone[5]
Tiradentes, O Mártir da Independência Viscondessa de Barbacena
1975 O Desejo Laura
As Secretárias... que Fazem de Tudo Dóris
1972 Independência ou Morte Dona Leopoldina
As Deusas Ana
Os Machões Ana
Maridos em Férias Maria Luíza

Teatro[6][editar | editar código-fonte]

Ano Título Direção
2022 Sexo dos Anjos[7] Jairo Mattos
2021 Clarice e os Corações Selvagens[8] Marcelo Drummond
2019 O Filho
1994 Sua Excelência, o Candidato Bibi Ferreira
1987 Tu Dirás Que É a Morte, Eu Direi Que É a Vida José Antônio de Souza
1984 Boca Molhada de Paixão Calada Myriam Muniz
1979 Sinal de Vida Oswaldo Mendes
1978 Caixa de Sombras Emílio Di Biasi
1973 Fala Baixo Senão Eu Grito Sylvio Zilber
1972 As Três Irmãs Zé Celso Martinez Correa

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Troféu APCA

  • 1982: Melhor atriz (O Resto É Silêncio)
  • 1977: Melhor revelação (Os Apóstolos de Judas)

Prêmio Air France

  • 1982: Prêmio especial (As Deusas)

Referências

  1. «Kate Hansen promete voltar» 
  2. «Eros, o Deus do Amor». Cinemateca Brasileira. Consultado em 14 de novembro de 2016 
  3. Cinemateca Brasileira, Mulher Desejada [em linha]
  4. Cinemateca Brasileira, Aleluia, Gretchen [em linha]
  5. «A Noite das Tentações». Cinemateca Brasileira. Consultado em 16 de março de 2017 
  6. «Espetáculos de Kate Hansen». enciclopedia.itaucultural.org.br. Consultado em 9 de maio de 2022 
  7. «Sesc Pinheiros recebe o espetáculo "Sexo dos Anjos"». dicadeteatro.com.br. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  8. «Lutando contra o câncer, Kate Hansen volta aos palcos com peça inspirada em caso de músico assassinado pela Polícia Militar». observatoriodoteatro.uol.com.br. Consultado em 9 de maio de 2022 


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.