Os Apóstolos de Judas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Os Apóstolos de Judas
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 minutos aprox.
Criador(es) Geraldo Vietri
País de origem Brasil Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Geraldo Vietri
Duarte Gil
Elenco Jonas Mello
Márcia Maria
Berta Zemmel
Sadi Cabral
Laura Cardoso
(ver mais)
Tema de abertura "Tardes de Lindóia", Orquestra Continental
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Tupi
Transmissão original 31 de maio de 1976 - 27 de novembro de 1976
N.º de episódios 156
Cronologia
Um dia, o Amor
Tchan, a Grande Sacada

Os Apóstolos de Judas é uma telenovela brasileira produzida pela extinta Rede Tupi e exibida de 31 de maio a 27 de novembro de 1976, substituindo Um dia, o Amor e sendo substituída por Tchan, a Grande Sacada.[1]

Escrita por Geraldo Vietri e dirigida por Geraldo Vietri e Duarte Gil Gouveia.

Trama[editar | editar código-fonte]

O feirante Judas sofre com o desprezo da mulher que ama, Marina, e não percebe o amor de Berenice. O enriquecimento de Judas, ao receber grande fortuna de Tomé, um velho solitário, tal como o próprio título alude, faz com que ele agora tenha muitos "amigos", e até mesmo Marina, interesseira, aproxima-se de Judas. Berenice continua a sofrer com seu amor. Depois de travar luta com milionários ingleses, muito sofrer e de notar o amor de Berenice, Judas toma uma decisão marcante: dá uma lição em Marina, abandonando-a no altar.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Trilha Sonora Nacional[editar | editar código-fonte]

  1. Branca - Orquestra Continental
  2. Cretina - Tom & Dito
  3. Saudade de Amar - Célia
  4. Tardes de Lindóia - Orquestra Continental
  5. Mentiras - Márcio Prado
  6. Amar é Viver - Carlos Lyra
  7. Meu Mundo de Esperança - Joelma
  8. Abismo de Rosas - Orquestra Continental
  9. Recordações - Sílvio Brito
  10. Rapaziada do Brás - Orquestra Continental
  11. Prelúdio Em Contra-canto - Paulinho Nogueira
  12. Choro de Saudade - Déo Rian
  13. As Histórias de Amor São Sempre Iguais - Denilson
  14. Você Tem - Márcio Prado

Trilha Sonora Internacional[editar | editar código-fonte]

  1. Pardonne-moi - Gilbert
  2. Y Te Vas - Jose Luis Perales
  3. Everything Is Love - Mighty Clouds of Joy
  4. Inhibition - Guido e Maurizio de Angelis
  5. Volando (Sailing) - I Dik Dik
  6. I'm Gonna Love You To The Max - The Dramatics
  7. Why - Curly White
  8. Save Your Kisses For Me - Bobby Vinton
  9. Non Ne Te Andare - Luciano Rossi
  10. Olho Pra Não Ver Ninguém - Antônio Mourão
  11. I Hope We Get To Love In Time - Marilyn McCoo & Billy Davis Jr.
  12. Triangolo - Franco Simone
  13. Une Femme… (Avec Toi) - Nicole Croiselle
  14. I'll Sing This Love - Mitch Miller

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref.
1976
Troféu APCA
Melhor Atriz Laura Cardoso Venceu
Revelação Kate Hansen Venceu

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Os Apóstolos de Judas». Teledramaturgia. Consultado em 23 de abril de 2016