Pollyana Moça (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pollyana Moça
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 30 minutos
Criador(es) Tatiana Belinky
Baseado em Pollyanna Moça, de Eleanor H. Porter
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Júlio Gouveia
Elenco
Tema de abertura "Pollyana Moça", Wilma Bentivegna
Exibição
Emissora de televisão original Rede Tupi
Formato de exibição PAL-M
Transmissão original 8 de julho – 16 de dezembro de 1958
N.º de episódios 45
Cronologia
Programas relacionados Pollyana
As Aventuras de Poliana

Pollyana Moça é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Tupi, entre 8 de julho e 16 de dezembro de 1958, em 45 capítulos.[1] É uma continuação de Pollyana (1956), sendo a primeira vez na história da televisão brasileira que uma novela ganhava uma continuação devido ao sucesso da primeira.[2] Assim como a primeira novela, foi baseada na obra da escritora estadunidense Eleanor H. Porter, Pollyanna Moça, de 1915, sendo adaptada por Tatiana Belinky e dirigida por Júlio Gouveia.[3]

Por ser exibida ao vivo, uma vez que ainda não existia um método de gravação na época, Pollyana Moça era exibida apenas às terças e quintas-feiras. A maior parte do elenco da primeira novela foi mantida, porém em outros papeis, uma vez que a obra se passava em outro país e apenas a personagem Pollyana continuava, sendo ainda interpretada por Verinha Darcy.[4]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Quatro anos depois do acidente que sofreu, já adolescente e recuperada, Pollyana se muda temporariamente para Boston, nos Estados Unidos, quando Dr. Chilton – agora casado com sua tia Polly – vai para a Alemanha com a esposa fazer uma especialização. Em Boston ela vai morar com uma amiga da família, Ruth Carew, uma mulher triste, amarga e que quase não fala com ela, embora a menina encontre amizade em sua irmã, a adorável senhorita Della. Pollyana descobre que senhora Carew ficou assim após seu sobrinho Jamie desaparecer aos 4 anos, quando a irmã mais nova dela faleceu e o pai da criança fugiu com ele. Logo a menina relaciona que o Jamie desaparecido é o mesmo menino de rua que ela conheceu no bairro e que lhe desperta uma inocente paixão.

Ao longo da história Pollyana tenta aproximar Jamie da senhora Carew e fazê-los descobrir se são realmente da mesma família, enquanto paralelamente também descobre a beleza do primeiro amor com o rapaz e cria laços de amizade com as meninas locais. Ao final da história, mesmo sem ter certeza se Jamie é realmente seu sobrinho, a senhora Carew decide adota-lo, deixa de lado seu coração frio e faz as pazes com a irmã Della, enquanto Pollyana retorna à Inglaterra amadurecida e pronta para encarar a juventude com outros olhos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Verinha Darcy Pollyanna Whittier
David José Jamie
Suzy Arruda Ruth Carew
Lúcia Lambertini Della Carew
Beatriz Segall Nina
Dulce Margarida Luna
Ileana Saska Cissy

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Amandio Silva Filho Dr. Tom Chilton
Wilma Camargo Polly Harrigton

Referências

  1. «Novelas de 1958». Tudo Sobre TV. Consultado em 30 de dezembro de 2019 
  2. «A triste história da primeira "Poliana" da TV brasileira». Não Deixe. Consultado em 30 de dezembro de 2019 
  3. «NOVELAS ANTIGAS – PARTE 13». Nerds Diferentes. Consultado em 30 de dezembro de 2019 
  4. «Pollyana Moça». InfanTV. Consultado em 30 de dezembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]