O Velho, o Menino e o Burro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Velho, o Menino e o Burro
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 minutos aprox.
Criador(es) Carmem Lídia
País de origem Brasil Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Antônio Moura Mattos
Elenco ver elenco
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Tupi
Transmissão original 14 de abril de 1975 - 10 de janeiro de 1976
N.º de episódios 184
Cronologia
Último
Canção para Isabel
Próximo

O Velho, o Menino e o Burro foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela extinta TV Tupi entre 14 de abril de 1975 e 10 de janeiro de 1976[1] .

Foi escrita por Carmem Lídia e dirigida por Antônio Moura Mattos

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A novela contava as incursões sem destino de um velho e um garoto, sempre acompanhados de um burrinho falante.

Elenco[editar | editar código-fonte]

e
  • Zé Luiz Pinho - a voz do burro

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • A TV Tupi tentava investir num horário dedicado às crianças.
  • Ainda que realizada com simplicidade, essa história agradou, chegando a ser prolongada; por este motivo, Dionísio Azevedo (o Velho do título) foi substituído por Sadi Cabral no decorrer da novela.

Referências

  1. «O velho, o menino e o burro». Teledramaturgia. Consultado em 29 de abril de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]