Paulo Hesse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paulo Hesse
Nome completo Paulo César Boeta
Nascimento 1 de abril de 1942 (76 anos)
Caçapava, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação ator
Atividade 1966 - presente
Outros prêmios
APCT - 1970
Ator revelação em teatro pelo conjunto de trabalhos
Teatro

Prêmio Grife - 1973
Melhor Ator do Festival de Curta Metragem
Filme O Quintal
Cinema
APCA - Revelação masculina - 1974
Ator Coadjuvante na Novela O Machão
Televisão

Paulo César Boeta, mais conhecido como Paulo Hesse (Caçapava, 1 de abril de 1942), é um ator brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Paulo Hesse apareceu primeiramente em 1966 no espetáculo de teatro profissional, no Teatro Municipal de São Paulo, com a peça Antígona, de Sófocles, com direção de Benjamin Cattan, no papel (personagem do Côro).

E como ator em teatro e televisão na década de 1970, e no cinema, em 1973, com o filme A Super Fêmea.[2]

Em 1973 interpretou, na TV Record, Venha Ver o Sol Nascer na Estrada. A seguir, na TV Tupi, fez O Machão e, mais tarde, Cinderela 77, Salário Mínimo e Gaivotas. Em 1980, fez, na TV Bandeirantes, Dulcinéa vai à guerra e, na TV Cultura, As Cinco Panelas de Ouro. Em 1982 participou do filme O Homem do Pau Brasil.

Em 1984, esteve no SBT em Meus Filhos, Minha Vida e, na TV Globo, Rabo de Saia; na sequência, novamente no SBT, participou da novela Jerônimo. Voltou para a Rede Globo em 1984, onde participou de Anarquistas Graças a Deus e Selva de Pedra em 1986.

Novamente no SBT, participou das novelas Éramos Seis em 1994, e Razão de Viver em 1996. Retornando a TV Record em 1997, fez a novela Direito de Vencer e, na TV Manchete, da novela Mandacaru.

Em 2000, retornou para a TV Globo em O Cravo e a Rosa, e participou, ainda, de Desejos de Mulher. Em 2007 fez uma participação especial na novela Paraíso Tropical, da TV Globo, e no teatro, apresentou-se com a peça O Inimigo do Povo.

Em 2008 participou, na Bandeirantes, de Água na Boca.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Formação[editar | editar código-fonte]

Formou-se na Escola de Arte Dramática, atuando como aluno, ator e diretor; em uma dezena de peças, tais como:

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]