Jerônimo (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jerônimo
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 minutos aprox.
Criador(es) Moysés Weltman
País de origem Brasil Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Antonino Seabra
Crayton Sarzy (supervisão)
Elenco ver elenco
Exibição
Emissora de televisão original Brasil SBT
Transmissão original 5 de novembro de 1984 - 2 de março de 1985

Jerônimo foi uma telenovela brasileira exibida pelo SBT entre 5 de novembro de 1984 e 2 de março de 1985, às 18h[1].

Foi escrita por Moysés Weltman, dirigida por Antonino Seabra e supervisionada por Crayton Sarzy.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Cerro Bravo, uma cidade do interior paulista, é dominada pelo Coronel Saturnino Bragança, rico fazendeiro que toma terras e obriga outros fazendeiros a entregarem suas propriedades, com a ajuda de seus capangas, alegando que suas escrituras são falsas. Todos temem o coronel, inclusive o prefeito. Por isso, apenas um misterioso cavaleiro escondido na mata é capaz de ajudar a população da cidade.

Esse cavaleiro é Jerônimo que, ao lado da noiva Aninha e do Moleque Saci, enfrenta as injustiças sociais, pondo os inimigos a correr a toque de bala.

No meio da história Jerônimo descobriu que o Coronel na verdade era membro de uma organização conhecida por "Mão Negra", cujo comandante só teria a identidade revelada no último episódio.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

  1. Jerônimo
  2. Varandas
  3. Mensageiro d'alegria
  4. Acalanto
  5. Moleque Saci
  6. Curió
  7. Meu doce herói
  8. A menina dos meus olhos
  9. Doce herói
  10. A canção de Jerônimo
  11. Nesse mato tem coelho
  12. Seu moço

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • Teve como abertura a música homônima "Jerônimo" interpretada por Gilberto Santamaria
  • Remake da novela escrita por Moysés Weltman para a TV Tupi em 1972, com Francisco Di Franco novamente como protagonista. O personagem é originário do rádio, cuja versão fez sucesso na década de 1950.
  • Mas foi um fracasso, ao contrário da versão original. A fragilidade de mostrar na TV o que foi exibido no rádio foi muito forte.
  • Silvio Santos avaliou o erro e exibiu apenas a primeira história, "Laços de Sangue", que contou a origem do herói do sertão. Vale ressaltar o empenho de produção e direção, utilizando cenas externas, um procedimento raro no SBT na época.
  • Estas cenas externas eram gravadas na cidade de Cabreúva (São Paulo)
  • Foi reprisada entre janeiro e março de 1991, às seis horas da tarde.

Referências

  1. «Jerônimo». Teledramaturgia. Consultado em 5 de junho de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]