Marcos Caruso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Marcos Caruso
Nascimento 22 de fevereiro de 1952 (63 anos)
São Paulo - SP, Brasil
Ocupação autor, ator
Cônjuge Jussara Freire (divorciado)
IMDb: (inglês)

Marcos Vianna Caruso (São Paulo, 22 de fevereiro de 1952) é um autor, diretor e ator brasileiro. Autor de telenovelas, peças teatrais e roteiros para cinema. Diretor de teatro e televisão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É formado em Direito pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. É autor de diversas peças de teatro escritas em parceria com a atriz e autora Jandira Martini.

Foi casado, durante vinte anos, com a atriz Jussara Freire, mãe dos seus dois filhos: Caetano Caruso e Mari Caruso.

Seu primeiro trabalho como autor, foi uma adaptação de uma obra de Monteiro Lobato para um programa da TV Globo.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

No Cinema[editar | editar código-fonte]

No teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1973 – REI MOMO de Cesar Vieira (Grupo União e Olho Vivo
  • 1973 - O CARRASCO DO SOL de Peter Shaffer
  • 1974 – PERI E CECI de Jurandyr Pereira
  • 1974 - TOME CONTA DE AMÈLIE de Georges Feydeau
  • 1974 - ADEUS FADAS E BRUXAS de Ronaldo Ciambroni
  • 1974 - MAROQUINHAS FRÚ-FRÚ de Maria Clara Machado
  • 1975 - ALEGRO DESBUM de Oduvaldo Vianna Filho
  • 1976 - OS PARCEIROS de Marcos Rey
  • 1977 - O DIÁRIO DE ANNE FRANK de Goodrich e Hachett
  • 1978 a 80 -CAMAS REDONDAS, CASAIS QUADRADOS de Cooney e Chapman
  • 1982 - MORRE O REI de Eugène Ionesco
  • 1982 - VIVA SEM MEDO SUAS FANTASIAS SEXUAIS de John Tobias
  • 1983 - AMANTE S/A de Chapman e Freeman
  • 1984 - O PERÚ de Georges Feydeau
  • 1985 - O AVESSO DO AVESSO
  • 1986/87 - SUA EXCELÊNCIA O CANDIDATO de Jandira Martini e Marcos Caruso
  • 1987 - O VISON VOADOR de Ray Cooney
  • 1988 - TUDO NO ESCURO de Peter Shaffer
  • 1989 - JOGO DE CINTURA de Jandira Martini e Marcos Caruso
  • 1993 a 96 - PORCA MISÉRIA de Jandira Martini e Marcos Caruso
  • 1997 - OS REIS DO IMPROVISO de Jandira Martini e Marcos Caruso
  • 1998 - PORCA MISÉRIA de Jandira Martini e Marcos Caruso
  • 1999/2001- HONRA de Joana Murray Smith
  • 2001/2005 - INTIMIDADE INDECENTE de Leilah Assunção
  • 2006/2008 – OPERAÇÃOABAFA de Jandira Martini e Marcos Caruso
  • 2009 – AS PONTES DE MADISON de Robert James Waller
  • 2012 - EM NOME DO JOGO de Antony Shaffer

Autor[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

No Cinema[editar | editar código-fonte]

No teatro[editar | editar código-fonte]

  • Trair e coçar é só começar 1979 - Recorde Brasileiro de um texto em cartaz desde 1986 até hoje
  • Sua excelência o candidato - em parceria com Jandira Martini 1984
  • Jogo de cintura - em parceria com Jandira Martini 1988
  • Porca Miséria - em parceria com Jandira Martini 1992
  • Os Reis do Improviso - em parceria com Jandira Martini 1998
  • Operação Abafa - em parceria com Jandira Martini 2004

[editar | editar código-fonte]

Diretor de Teatro[editar | editar código-fonte]

• BRASIL S/A de Antonio Ermirio de Moraes

• S.O.S. BRASIL de Antonio Ermirio de Moraes

• ESTORIAS ROUBADAS de John Margullies

• MAMBO ITALIANO

• AGORA de Jose Scavazzini

• AINDA de Jose Scavazzini

• SELFIE de Dani Ocampo

• THE LIONS de Nicky Silver

Diretor de Televisão[editar | editar código-fonte]

PROGRAMA FALA DERCY - SBT

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

por Sua Excia o Candidato - melhor Autor 1993 Premio Shell por Porca Miséria - melhor Autor Premio Mambembe por Porca Miséria - Melhor Autor

Ano 1986 Prêmio !Premio Moliére! Categoria Indicação Resultado

2007

Troféu Imprensa Troféu Imprensa de melhor ator em 2006 Alexandre "Alex" Flores em Páginas da Vida Venceu
2011 Prêmio Extra de TV Melhor ator coadjuvante Patácio Peixoto em Cordel Encantado Indicado[5]
2012 Prêmio Extra de TV Melhor ator coadjuvante Leleco em Avenida Brasil Indicado[6]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Marcos Caruso