Lícia Manzo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lícia Manzo
Nascimento 28 de março de 1965 (51 anos)
Rio de Janeiro, RJ[1]
Nacionalidade brasileira
Ocupação Autora e roteirista
Influências
Principais trabalhos A Vida da Gente (2011)
Sete Vidas (2015)

Lícia Manzo (Rio de Janeiro,[1] 28 de março de 1965[3]) é uma atriz, produtora, autora, roteirista e diretora brasileira.[1][2] Foi atriz durante 15 anos e parou de atuar aos 30 anos.[2][1]

Em 1984, o grupo teatral Além da Lua, fundado por ela, conquistou o prêmio Molière de melhor grupo teatral para crianças.[3]

Em 2013, entregou à Rede Globo, uma novela intitulada Sete Vidas, que inicialmente estava cotada para ser exibida no horário das 23 horas, porém a trama agradou a direção da emissora, sendo adiada para março de 2015, no horário das 18 horas, substituindo Boogie Oogie, de Rui Vilhena, que por sua vez substituiu Meu Pedacinho de Chão [4][5][6]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Ano Título Notas Ref.
1996 Sai de Baixo [3]
2003 Malhação Autora [3]
2004 Malhação Autora [3]
A Diarista Autora [3]
2008 Três Irmãs Colaboradora [3]
2009 Tudo Novo de Novo Autora e roteirista titular [3]
2011 A Vida da Gente Autora principal [3][1]
2015 Sete Vidas Autora principal [7]

Referências

  1. a b c d e f g Leo Pinheiro (14 de setembro de 2011). «Autora de 'A Vida da Gente' vai explorar os 'bastidores da vida'». Veja. Consultado em 29 de setembro de 2011 
  2. a b c Regina Rito (21 de agosto de 2011). «Lícia Manzo é a nova aposta da Globo para a novela das 18h». Terra. Consultado em 29 de setembro de 2011 
  3. a b c d e f g h i Nilson Xavier. «Lícia Manzo - Teledramaturgia». Teledramaturgia. Consultado em 29 de setembro de 2011 
  4. Patrícia Kogut (25 de junho de 2013). «Lícia Manzo prepara novela para a faixa das 23h da Globo». O Globo. Consultado em 5 de abril de 2014 
  5. Patrícia Kogut (5 de abril de 2014). «Globo aposta em novela de Lícia Manzo para elevar ibope às 18h». O Globo. Consultado em 5 de abril de 2014 
  6. Patrícia Kogut (29 de novembro de 2013). «Rui Vilhena escreverá novela que sucederá 'Meu pedacinho de chão'». O Globo. Consultado em 5 de abril de 2014 
  7. O Globo (10 de fevereiro de 2015). «Nova novela das 18h, 'Sete vidas', de Lícia Manzo, é apresentada à imprensa». Revista da TV. Consultado em 17 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]