Ricardo Hofstetter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ricardo Hofstetter (Rio de Janeiro, 28 de março de 1960) é um premiado escritor, dramaturgo, roteirista de TV e mestre em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-RJ.

Trabalhos em televisão[editar | editar código-fonte]

2013-2014 Além do Horizonte (Colaborador)

2009-2010 Malhação ID (Autor Principal)

2008 Beleza Pura (Colaborador)

1998-2005 Malhação (Autor e Supervisor de Texto)

1999 Chico Anysio Show (Roteirista)

1998-1999 O Belo e as Feras (Roteirista)

1996-1997 Chico Total (Roteirista)

1993 Escolinha do Professor Raimundo (Roteirista)

Trabalhos em teatro[editar | editar código-fonte]

  • Sub-way (com o nome de Estações)
  • Geraldo Pereira, um escurinho brasileiro
  • A besta do marido
  • As armas e o homem de chokolathe
  • Pirandello nunca mais
  • As aventuras de Pedro Malazartes
  • Quando o coração recebe visita
  • Por um triz
  • A árvore que fugiu do quintal

Livros[editar | editar código-fonte]

  • A Transilvânia é o Catete
  • Tá falando grego?
  • A verdadeira história de Bimba, o bambambã do colégio
  • As aventuras, venturas e desventuras de Genoyno Urbano Arroyos y Arroyos, El rey del rock
  • Os escolhidos do Stanislaw
  • Folhetim Voador
  • Antologia Mitavaí
  • Exercícios em Prosa e Verso

Prêmios e Indicações:[editar | editar código-fonte]

  • Indicação ao Jabuti (2013) com o Livro Tá falando grego?
  • Indicação ao Jabuti (2007) com o Livro A verdadeira história de Bimba, o bambambã do colégio.
  • Prêmio Shell de melhor autor em 2004 com a peça "Geraldo Pereira, um escurinho brasileiro".
  • Bolsas RioArte 2001: Para a escrita de um musical baseado na vida do genial e turbulento sambista Geraldo Pereira.
  • Sub-way: Menção honrosa no concurso Prêmios Literários Cidade do Recife, categoria teatro - Recife - novembro de 2.000
  • As aventuras de Pedro Malazartes: Primeiro lugar no concurso Nacional de Dramaturgia do IBAC - 1993.
  • Cena de sangue num bar da Avenida São João: Primeiro lugar no concurso de esquetes Calouste Gulbenkian - 1998.
  • A verdadeira história de Bimba, o bambambã do colégio: Finalista do Prêmio Jabuti, categoria Livro Juvenil - 2007.
  • Aquele estranho brilho no olho de Maria: Primeiro lugar do Prêmio Cataratas, Contos - Foz do Iguaçu - 2000.
  • Heloísa Canga Amarela: Menção Honrosa Stanislaw Ponte Preta - 1992.
  • Menção Honrosa do Prêmio MídiaQ . - Qualidade e responsabilidade em programação infanto-juvenil, Midiativa - pelo programa de TV Malhação 2004.
  • IV Prêmio Jovem Brasileiro da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer do Governo do Estado de São Paulo - pelos temas abordados no programa de TV Malhação em 2004.
  • Malhação 2001: 4º Prêmio Contigo de novelas de melhor programa infanto-juvenil, Rio de Janeiro, 2002.
  • Malhação 2000: Prêmio Nickelodeon de melhor programa de TV para crianças e adolescentes, Rio de Janeiro, 2001.