Daniel Más

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Daniel Más
Nome completo Daniel Más Gonzalez
Nascimento 9 de maio de 1943
Valência, Espanha
Morte 4 de fevereiro de 1989 (45 anos)
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Nacionalidade espanhol, brasileiro
Ocupação jornalista, dramaturgo
Causa da morte complicações devido a Aids

Daniel Más Gonzalez[1] (Valência, 9 de maio de 1943Rio de Janeiro, 4 de fevereiro de 1989) foi um jornalista e dramaturgo espanhol, naturalizado brasileiro.

Trabalhou durante quase toda sua carreira em jornais cariocas, como O Globo e Última Hora, como colunista social, tendo também assinado matérias nas revistas Vogue e Status.[1]

A partir da década de 1980, escreveu telenovelas e minisséries para a televisão, todas para a Rede Globo. Ele tinha um estilo ferino e foi sempre um mordaz crítico da sociedade brasileira.

Morreu em 4 de fevereiro de 1989 aos 45 anos, devido a complicações causadas pela AIDS.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g «O escritor de novelas Daniel Más morre com Aids aos 45». Folha de S.Paulo. 6 de fevereiro de 1989. Consultado em 13 de dezembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.