Marcílio Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Marcílio Moraes (Petrópolis, 1944) é autor-roteirista de telenovelas brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou Letras na antiga Faculdade Nacional de Filosofia, tendo participado ativamente do movimento estudantil a partir de 1965, como vice-presidente do Diretório Acadêmico Livre e depois como membro da diretoria da União Nacional dos Estudantes.  Foi professor, tradutor, jornalista, crítico de teatro, publicitário, revisor, dicionarista e assessor técnico da 'Fundação Nacional de Arte' (Funarte).

Publicou seu primeiro conto na revista ‘Cardernos Brasileiros”, 1968. Em 1974, começou a escrever para teatro. Entre suas peças estão 'A Vaca Metafísica' - encenada por Flávio Rangel, no Rio de Janeiro, Silnei Siqueira, em São Paulo e vários outros diretores por todo o Brasil -, 'Sonata sem dó', 'Aracelli'. Ganhou prêmios do antigo Serviço Nacional de Teatro e prêmio de “Revelação de Autor”, da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Em televisão, ganhou o “Troféu Imprensa”.

Na década de 1980 passou a escrever para televisão, iniciando sua carreira na Rede Globo, onde escreveu telenovelas, minisséries e especiais. Em 2002 desliga-se da emissora. No ano seguinte publica "O Crime na Gávea", seu primeiro romance policial.[1]

Contratado pela Rede Record em 2005, obteve grande êxito nesta emissora com as telenovelas “Essas Mulheres”, escrita em parceria de Rosane Lima, e sendo inspirada na obra homônima de José de AlencarVidas Opostas[2] e “Ribeirão do Tempo”,[3] além das séries “A Lei e o Crime” e “Fora de Controle” Ocupou o cargo de presidente da Associação dos Roteiristas, AR, durante vários anos, até 2011.

Em 2013, iniciou a produção do filme 'O Crime na Gávea', baseado no seu romance policial homônimo.

Em 2014, escreveu a minissérie política Plano Alto, em que retrata três gerações de uma mesma família envolvida na política.[4][5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Ano Trabalho Emissora Escalação Parceiros Titulares
1985 Roque Santeiro Rede Globo Colaborador Dias Gomes
Aguinaldo Silva
1986 Roda de Fogo Lauro César Muniz
1987 Mandala Dias Gomes
1990 Mico Preto Autor principal Euclydes Marinho
Leonor Bassères
1993 Sonho Meu
1995 Irmãos Coragem Colaborador Dias Gomes
2005 Essas Mulheres RecordTV Autor principal Rosane Lima
2006 Vidas Opostas
2010 Ribeirão do Tempo

Séries e Minisséries[editar | editar código-fonte]

Ano Trabalho Emissora Escalação Parceiros titulares Notas
1986 Tele Tema Rede Globo Roteirista Episódio: "Laércio É Nosso Rei"
1986 A Grande Família Roteirista Episódio: "Especial de Natal"
1992 As Noivas de Copacabana Colaborador Dias Gomes
1998 Dona Flor e Seus Dois Maridos Colaborador Dias Gomes
2009 A Lei e o Crime RecordTV Autor Principal
2012 Fora de Controle Gustavo Reiz
2014 Plano Alto

Referências

  1. Moura, Amanda (27 de fevereiro de 2013). «Marcílio Moraes escala Pedra Bonita para rodar primeiro filme». Globo.com. O Globo. Consultado em 19 de abril de 2014 
  2. «Marcílio Moraes comenta momentos finais de "Vidas Opostas"». O Planeta TV. Consultado em 19 de abril de 2014 
  3. Oliveira, Fábio (27 de abril de 2014). «"Para fazer outra novela, a Record vai ter que correr atrás de mim", diz o autor Marcílio Moraes». UOL. Consultado em 19 de abril de 2014 
  4. Paulo Ricardo Moreira (25 de junho de 2014). «'Plano Alto', de Marcílio Moraes, deve estrear em setembro na Record». O Dia. Consultado em 17 de agosto de 2014 
  5. Zean Bravo (17 de agosto de 2014). «Marcílio Moraes prepara minissérie com temática política e afirma: 'As novelas estão em declínio'». O Globo. Revista da TV. Consultado em 17 de agosto de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.