Caso Especial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Caso Especial foi faixa de programação produzida e exibida pela Rede Globo entre 10 de setembro de 1971 e 5 de dezembro de 1995, com dia, horário e periodicidade de exibição variados, tendo totalizado 172 episódios. Cada episódio tinha duração média de uma hora.

Programa[editar | editar código-fonte]

Os "casos especiais" eram modernizações do antigo formato do teleteatro, com cenas em estúdio, apresentando uma história completa por episódio. Como diziam as propagandas da época, "Os maiores astros de novela numa história completa". Os textos podiam ser inéditos ou adaptações de filmes, peças teatrais, contos e romances, e a direção ficou a cargo de diversos profissionais ao longo do tempo. O primeiro programa gravado e exibido totalmente a cores da televisão brasileira foi um "caso especial". O episódio, chamado Meu Primeiro Baile, foi transmitido em 31 de março de 1972. Em 1979, o programa abandonou a grade de programação de Rede Globo, tendo sido substituído por Aplauso, que apresentava teleteatros. Nos dois anos seguintes foram exibidos apenas três episódios, até que, em 1983, a atração voltou a ser transmitida com regularidade. Entre 1984 e 1987, houve uma nova "interrupção" no programa, que só teve dois episódios exibidos. De 1988 até 1995, ano no qual o programa encerrou definitivamente, passou novamente a ser emitido com período regular, integrando a Quarta Nobre.

Episódios[editar | editar código-fonte]

"Casos especiais"[editar | editar código-fonte]

Entre os "casos especiais" que se tornaram antológicos, pode-se destacar os seguintes:

A denominação Caso Especial prosseguiu até a década de 80, quando passaram a ser usados outros títulos como Quarta Nobre Especial, Brasil Especial, e Terça Nobre Especial, mas a essência e o formato dos programas permaneceu a mesma.

Vários "casos especiais" foram reapresentados em diversas ocasiões e nos festivais de aniversário da emissora, como os de quinze, vinte e cinco e trinta anos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]