Dupla Identidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a série que se chama Dupla Identidade em Portugal, veja Spooks.
Dupla Identidade
Informação geral
Formato Série
Gênero Drama Criminal
Ação
Suspense
Duração 45 minutos
Criador(es) Glória Perez
Desenvolvedor(es) Rede Globo
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Mauro Mendonça Filho
René Sampaio
Editor(es) André Leite[1]
Editor(es) da história André Leite
Câmera Multicâmera
Roteirista(s) Glória Perez
Elenco Bruno Gagliasso
Débora Falabella
Luana Piovani
Marcello Novaes
Marisa Orth
Aderbal Freire Filho
Luana Tanaka
Mariana Nunes
ver mais
Tema de abertura "Instrumental"
Compositor da música tema Andreas Kisser [2]
Empresa(s) de produção Projac
Localização Rio de Janeiro
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 19 de setembro19 de dezembro de 2014
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 13[3]
Cronologia
Programas relacionados Dexter
As Noivas de Copacabana
A Próxima Vítima
The Fall
Criminal Minds
Hannibal
The Following
True Detective
The Mentalist

Dupla Identidade é uma série de televisão brasileira produzida pela Rede Globo e exibida de 19 de setembro a 19 de dezembro de 2014, em 13 episódios. Escrita por Glória Perez, com direção geral de René Sampaio e Mauro Mendonça Filho, sendo o último também diretor de núcleo.[4][5]

Contou com Bruno Gagliasso, Débora Falabella, Aderbal Freire Filho, Marisa Orth, Bernardo Mendes, Mariana Nunes, Paulo Tiefenthaler, Thiaré Maia, Luana Tanaka, Felipe Hintze, Marcello Novaes e Luana Piovani nos papéis principais da história.[6]

Em 2015 é lançada em DVD.[7]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Edu (Bruno Gagliasso) um "bom rapaz" irá se envolver com a Ray (Débora Falabella). A bela tem seu lado independente: trabalha e cria sozinha a filha, Larissa (Maria Eduarda Miliante). Mas quando o assunto é o namoro, a coisa muda de figura e a jovem se desespera com qualquer falta de atenção do amado. O que Ray ainda nem desconfia é que Edu tem um lado muito diferente do que parece. Além das aparências, ele é um assassino em série. Dias (Marcello Novaes) sempre quis o cargo de Secretário de Segurança e sabe que um grande caso como o do "serial killer" pode ajudar e muito na sua promoção. Mas não vai ser nada fácil solucionar o problema e colocar Edu atrás das grades. Para piorar, o delegado precisa lidar com a volta de Vera (Luana Piovani) em sua vida. Psicóloga forense, ela promete dedicar-se a este caso dia e noite, mas não consegue esquecer o grande amor que viveu com Dias. Hoje, os dois precisam focar na investigação na qual estão envolvidos, fora o fato de o delegado ser casado. Como eles vão conseguir?

O cenário não poderia ser mais preocupante para o senador Oto (Aderbal Freire Filho). Tudo com o que ele se preocupa são as eleições e em resolver de uma vez por todas os problemas que esse "serial killer" vem causando. Quando conhece Edu, o político se deixa levar pelas incríveis ideias do rapaz e o aceita em sua equipe. Já Silvia (Marisa Orth) é a esposa ideal do senador, sempre disposta a apoiá-lo. Até que a perua descobre mais uma traição do marido e decide pedir o divórcio. Parece que um escândalo se anuncia! Mas, com a volta de Júnior (Bernardo Mendes), o filho do casal, muita coisa pode mudar.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Papel
Bruno Gagliasso Edu (Eduardo Borges)/Brian Borges[8][9][10]
Luana Piovani Vera Müller[11][12]
Débora Falabella Ray (Rayane Gurgel) [13][14][15]
Marcello Novaes Delegado Alexandre Dias[16][17]
Marisa Orth Silvia Veiga[18]
Aderbal Freire Filho Senador Otto Veiga[19]
Mariana Nunes Dina[20][21]
Bernardo Mendes Junior (Oto Veiga Junior) [22]
Luana Tanaka Elda[23]
Paulo Tiefenthaler Nelson Pereira[24][25]
Igor Angelkorte Ivan[26]
Glaucio Gomes Assis[27][28]
Felipe Hintze Cícero[29]
Thiaré Maia Claudia[30]
Brenda Sabryna Tati (Tatiana Dias) [31][32]
Maria Eduarda Miliante Larissa Gurgel[33]

Participação Especial[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Papel
Mouhamed Harfouch Lucas[34][35]
Cris Nicolotti Stella[36]
Bárbara Paz Ana[37]
Yanna Lavigne Mariana Lima[38][39]
Valéria Monteiro jornalista[40]
Thiago Justino Diego
Dedina Bernardelli Celina[41]
Patrícia Elizardo Angela Pacheco[42]
Ana Barroso Elenice Borges[43][44]
Henrique Taxman Emerson
Bela Carrijo Vítima[45]
Alexandre Mofati Daniel
Renata Rocha Isa[36]
Rogério Fabiano Rodrigo
Thaísa Machado Mil Repórter do último capítulo
Adriano Luzzano Xavier
Rafaela Ferreira Vítima
Zé Mário Farias João
Laís Pinho Mila
Selma Lopes vizinha de Edu
Vivian Nespoti Célia
Bruno Torres Marcello
Heslaine Vieira amiga de Mila
Leonardo Franco juíz

Produção[editar | editar código-fonte]

Inicialmente Amora Mautner iria dirigir a série, mas devido ao seu compromisso com a nova novela de João Emanuel Carneiro, teve de deixar o projeto.[46] A série é gravada com a tecnologia 4K, mas devido à pouca quantidade de televisores nesse formato, à emissora converte o conteúdo gravado em 4K, para a alta definição.[47][48][49][50] Glória Perez pretendia contar com a atriz brasileira radicada nos Estados Unidos, Morena Baccarin; mas devido ao compromisso da atriz, com a série Warriors, Luana Piovani ficou com a personagem.[51][52][53] Bruno Gagliasso, foi a primeira opção de Glória Perez para viver o serial killer da história, mas o considerou novo demais para o papel, pois preferia um ator mais velho. Quando soube, Bruno pediu ao diretor Mauro Mendonça Filho, para fazer um teste, que ao final o fez ser aplaudido por todos os avaliadores.[54][55][56][57]

Para fazer a série, Glória trabalha com base em conversas com psiquiatras e especialistas em perfis psicológicos.[58][59] Além disso criou um blog, em que publica o que pesquisa para a série.[60][61] A maior parte da série foi gravada em Copacabana, e cerca de 95% da produção foi gravada em cenas fora do estúdio.[62][63][64]

Segunda temporada[editar | editar código-fonte]

Após especulações da imprensa dizerem que a série não teria continuidade, Glória Perez através de sua conta no Twitter, confirmou uma segunda temporada da série, porém apenas como supervisora e com outro autor em seu lugar, em razão preparar a sinopse de sua nova novela das 21h.[65][66][67][68][31] Entretanto, a emissora não garante a segunda temporada.[69]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Nilson Xavier do UOL disse: "As referências às séries americanas que exploram o gênero são evidentes. Entretanto, “Dupla Identidade” exibe um Rio de Janeiro atual e carregado nas sombras da fotografia, que escondem o céu e o mar azuis da praia. O Rio sem máscara confere brasilidade ao tema para quem acha que este é privilégio apenas da TV americana. [...] O texto de Glória Perez é bom, apesar do didatismo na boca de Luana Piovani – explicando com frases de efeito – nas primeiras cenas. Com tomadas de câmera criativas, a direção (de núcleo) de Mauro Mendonça Filho valoriza o produto. A quase ausência de trilha sonora, contrastando com luz escura que esconde o rosto dos atores, cria o clima tenso que a produção tem a pretensão de passar." [70]

Fernando Oliveira do R7 comentou: "[...] A julgar pelo primeiro episódio, "Dupla Identidade" peca por certo didatismo nos diálogos. Tudo é explicadinho, racionalizado, para não sobrar dúvidas no espectador. Talvez seja costume vindo das muitas novelas que a autora escreveu, mas num gênero como seriado, a pressuposição às vezes funciona melhor. Ainda assim, este passa longe de ser um empecilho para acompanhar a produção, que se destaca, principalmente pelo elenco. [...] Bruno Gagliasso mostrou porque abocanhou o posto de protagonista dentre tantos testados. Está possuído, parece mergulhado na mente do psicopata, a extensa pesquisa que provavelmente fez está toda ali, em sua expressão carregada. Bruno é, de longe, o melhor ator de sua geração na TV neste momento. E, na pele de Edu, caminha para consolidar esta posição." [71]

Raphael Scire do Notícias da TV falou: "É curioso que em Dupla Identidade não há tanto sangue escorrendo nas imagens. A frieza com que Edu comete os crimes, estrangulando suas vítimas, é tão surpreendente quanto a atuação de Gagliasso, que consegue imprimir as nuances diversas do personagem principalmente com o olhar. Luana Piovani, sua antagonista direta, também revela um amadurecimento em sua carreira: está firme na medida certa e, por que não?, sedutora. [...] Valem destaque, também, a trilha sonora rock'and'roll e a fotografia soturna, que contribuem, ainda, para a recriação do clima macabro que dá o tom da história. " [72]

Exibição[editar | editar código-fonte]

Exibição pelo mundo
País Canal Título local Estreia Final Horário semanal Hora Ref
Brasil Rede Globo Dupla Identidade 19 de setembro de 2014 19 de dezembro de 2014 Sexta 23:15
Portugal Globo Premium Dupla Identidade 3 de outubro de 2014 26 de dezembro de 2014 Sexta 21:45 [73]
Portugal SIC Dupla Identidade 31 de outubro de 2015 6 de fevereiro de 2016 Sábado 23:45 [74]
Costa Rica Teletica Ojos sin Culpa 18 de fevereiro de 2016 4 de março de 2016 Segunda a Sexta 00:30 [75]
Portugal Globo Portugal Dupla Identidade 11 de abril de 2016 27 de abril de 2016 Segunda a Sexta 23:00 [76]
Coreia do Sul TeleNovela 머슬러스 5 de agosto de 2016 2 de setembro de 2016 Sexta a Domingo 17:00 [77]
China Canal Macau Dupla Identidade 9 de agosto de 2016 25 de agosto de 2016 Segunda a Sexta 22:10
Estados Unidos Azteca América Ojos sin Culpa 10 de outubro de 2016 31 de outubro de 2016 Segunda a Quinta 22:00 [78]
Inglaterra Channel 4 Merciless 18 de junho de 2017 presente Domingo 22:15 [79]
Irlanda do Norte Channel 4 Merciless 18 de junho de 2017 presente Domingo 22:15 [79]
Escócia Channel 4 Merciless 18 de junho de 2017 presente Domingo 22:15 [79]
País de Gales Channel 4 Merciless 18 de junho de 2017 presente Domingo 22:15 [79]
Honduras VTV Ojos sin Culpa 20 de julho de 2017 7 de agosto de 2017 Segunda a Sexta 22:00 [80]
Coreia do Sul TeleNovela 머슬러스 29 de julho de 2017 presente Sábado 03:001

↑1 Exibida em capítulos duplos. O primeiro capítulo foi emitido as 04:00 e não foi duplo.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2014 Prêmio Extra de Televisão Melhor Série Glória Perez Indicada [81]
Troféu APCA
Melhor Ator Bruno Gagliasso Indicado [82]
Melhor Direção Mauro Mendonça Filho Indicado
Melhores do Ano
Melhor Ator de Série ou Minissérie Bruno Gagliasso Venceu [83]
Melhor Atriz de Série ou Minissérie Luana Piovani Indicada
Prêmio F5
Série ou Minissérie Glória Perez Indicada [84]
Ator de Série/Minissérie Bruno Gagliasso Venceu [85][86]
Ator Coadjuvante de Série/Minissérie Marcello Novaes Indicado [87]
Atriz Coadjuvante de Série/Minissérie Débora Falabella Venceu [88][86]
Retrospectiva UOL
Melhor Ator Bruno Gagliasso Venceu [89]
Melhor Atriz Débora Falabella Venceu
2015
Prêmio Contigo! de TV
Melhor Série ou Minissérie Glória Perez Indicado [90][91]
Melhor Atriz de Série ou Minissérie Débora Falabella Indicado
Melhor Ator de Série ou Minissérie Bruno Gagliasso Venceu

Audiência[editar | editar código-fonte]

O primeiro episódio registrou 14 pontos na Grande São Paulo.[92] Seu recorde negativo seu deu no dia 10 de outubro, quando registrou 11,8 pontos na Grande São Paulo.[93] No dia 31 de outubro registrou até então, a maior audiência desde a estreia, 14,5 pontos.[94]

No dia 7 de novembro marcou recorde, com 14,7 pontos.[95] Na semana seguinte (14 de novembro), bateu um novo recorde com 16,6 pontos.[96][97] No dia 21 de novembro, bateu recorde no Rio de Janeiro com 18 pontos.[98] O penúltimo episódio registrou 16,2 pontos.[99][100] O último episódio registrou 15 pontos em São Paulo e, 19 no Rio de Janeiro.[101][102]

Referências

  1. «Créditos de Dupla Identidade». O Programa - Dupla Identidade. 22 de setembro de 2014. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  2. Perelló, Danilo (2 de outubro de 2014). «Sepultura na trilha de 'Dupla identidade': para Andreas Kisser, a música é capaz de 'revelar a verdadeira alma de cada um'». Extra. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  3. Moreno, Vitor (4 de setembro de 2014). «Globo procura estética visual de TV fechada em 'Dupla Identidade'». Folha de S. Paulo. Ilustrada. Consultado em 28 de novembro de 2014. 
  4. Villalba, Patrícia (5 de setembro de 2014). «Maldade 'made in Brazil' conduz 'Dupla Identidade'». VEJA.com. Quanto Drama. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  5. «Conheça toda a trama do seriado "'Dupla Identidade"». NaMira. 6 de setembro de 2014. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  6. «Além das aparências! Saiba quem é quem em 'Dupla Identidade'». Gshow. 2 de setembro de 2014. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  7. Falcheti, Fabrício (23 de maio de 2015). «Globo lança DVD de "Dupla Identidade" com material inédito». UOL. NaTelinha. Consultado em 30 de maio de 2015. 
  8. Gshow (2 de setembro de 2014). «'Dupla Identidade' mergulha no universo dos serial killers; entenda o assunto!». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  9. Bittencourt, Carla (9 de setembro de 2014). «Em 'Dupla identidade', Bruno Gagliasso será serial killer sedutor». Extra. Telinha. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  10. Carauta, Nilton (19 de setembro de 2014). «'Tenho nojo', diz Bruno Gagliasso sobre serial killer de 'Dupla identidade'». O Globo. Revista da TV. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  11. Carauta, Nilton (14 de setembro de 2014). «'Dupla identidade': Luana Piovani diz não querer intimidade com Bruno Gagliasso». O Globo. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  12. Soares, Louise (3 de outubro de 2014). «Psicóloga forense em série, Luana Piovani se diz 'louca pela mente humana'». F5 - televisão. Consultado em 3 de outubro de 2014. 
  13. Gshow (2 de setembro de 2014). «Personagem de Débora Falabella sofre de transtorno e namora um assassino». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  14. Bittencourt, Carla (16 de setembro de 2014). «Débora Falabella diz que nunca chorou tanto como em 'Dupla identidade': 'Ray vai sofrer demais'». Extra. Telinha. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  15. Andrade, Naiara (18 de setembro de 2014). «Em 'Dupla identidade', Débora Falabella é namorada de assassino». Extra. Consultado em 3 de outubro de 2014. 
  16. Gshow (4 de setembro de 2014). «Longe dos esportes por lesão, Marcello Novaes lamenta: 'Não estou no ápice'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 4 de setembro de 2014. 
  17. Soares, Louise (17 de outubro de 2014). «'Não existe crime perfeito e sim má investigação', diz Marcello Novaes sobre 'Dupla Identidade'». F5 - televisão. Consultado em 19 de outubro de 2014. 
  18. Ribeiro, Marcela (26 de setembro de 2014). «Marisa Orth brinca com convite para "Dupla Identidade": "Acho que beberam"». UOL Televisão. Consultado em 30 de setembro de 2014. 
  19. Gshow (2 de setembro de 2014). «Aderbal Freire Filho tem experiência inédita em 'Dupla Identidade'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  20. Bittencourt, Carla (14 de dezembro de 2014). «Mariana Nunes, a Dina de 'Dupla identidade': 'Fico com medo do que o Bruno Gagliasso faz'». Extra. Telinha. Consultado em 15 de dezembro de 2014. 
  21. Carauta, Nilton (12 de dezembro de 2014). «Mariana Nunes fala sobre seus papéis nas séries 'Dupla identidade' e 'Motel'». O Globo. Revista da TV. Consultado em 15 de dezembro de 2014. 
  22. Passi, Clara (3 de agosto de 2014). «Ex-'Malhação' faz série e vai parar na delegacia por pichação». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  23. Gshow (4 de setembro de 2014). «Elenco e equipe se reúnem para coletiva de imprensa de Dupla Identidade». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 6 de setembro de 2014. 
  24. Kogut, Patrícia (9 de agosto de 2014). «Paulo Tiefenthaler será policial em série de Gloria Perez». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  25. Gshow (4 de outubro de 2014). «Destaque na TV a cabo, Paulo Tiefenthaler interpreta investigador». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 6 de outubro de 2014. 
  26. Gomes, Giulia (18 de outubro de 2014). «Mudança radical! Igor Angelkorte troca a comédia pelo suspense: 'É o meu forte!'». O Programa - Dupla Identidade. Consultado em 19 de outubro de 2014. 
  27. Bittencourt, Carla (19 de junho de 2014). «Gláucio Gomes será assessor de senador em 'Dupla identidade', nova série de Gloria Perez». Extra. Telinha. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  28. Bittencourt, Carla (9 de novembro de 2014). «Advogado Assis de 'Dupla identidade', Glaucio Gomes, não ouve Sepultura à noite». Extra. Telinha. Consultado em 15 de dezembro de 2014. 
  29. Martinho, Anahi (19 de setembro de 2014). «Hacker ajudará a polícia a seguir passos de serial killer em 'Dupla Identidade'». F5 - televisão. Consultado em 19 de setembro de 2014. 
  30. Gshow (16 de setembro de 2014). «Mãos ao alto! Time de investigadores caça serial killer em 'Dupla Identidade'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  31. a b Bittencourt, Carla (15 de outubro de 2014). «A nova vítima de Bruno Gagliasso em 'Dupla identidade' é menor de idade». Extra. Telinha. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  32. Couto, Hellen; Dau, Rodrigo (1 de novembro de 2014). «Aos 16, atriz define personagem: 'Gosta do Edu porque sente esse perigo'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 3 de novembro de 2014. 
  33. Gshow (2 de setembro de 2014). «Além das aparências! Saiba quem é quem em 'Dupla Identidade'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  34. Kogut, Patrícia (25 de setembro de 2014). «Mouhamed Harfouch grava 'Dupla identidade' com Bruno Gagliasso». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 26 de setembro de 2014. 
  35. Gshow (27 de setembro de 2014). «Drama! Mouhamed Harfouch comenta história de Lucas: 'Comovente'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 30 de setembro de 2014. 
  36. a b Couto, Hellen (2 de novembro de 2014). «'Adoro ter uma coisa maternal da Stella com o Edu' diz Cris Nicolotti». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 3 de novembro de 2014. 
  37. Dau, Rodrigo (27 de outubro de 2014). «Bárbara Paz vira vítima de Edu e diz: 'Hoje as pessoas são muito solitárias'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 3 de novembro de 2014. 
  38. Gshow (5 de setembro de 2014). «Yanna Lavigne vive garota de programa que será a primeira vítima de serial killer». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 6 de setembro de 2014. 
  39. Gshow (16 de setembro de 2014). «Yanna Lavigne surge na pele de vítima de serial killer. Veja as primeiras fotos!». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 28 de novembro de 2014. 
  40. Couto, Hellen (31 de outubro de 2014). «A arte imita a vida! Valéria Monteiro participa de seriado como âncora de TV». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 3 de novembro de 2014. 
  41. Gshow (8 de novembro de 2014). «Dedina Bernardelli defende personagem: 'Raiva é maior que a dor'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 11 de novembro de 2014. 
  42. Gshow (26 de setembro de 2014). «Nova vítima! Patrícia Elizardo vive jovem morta por Edu no segundo episódio». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 26 de setembro de 2014. 
  43. Dau, Rodrigo (13 de dezembro de 2014). «Mãe de Gagliasso na trama admite que entenderia o filho: 'Ninguém tem culpa'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 15 de dezembro de 2014. 
  44. Bittencourt, Carla (11 de dezembro de 2014). «Mãe de Edu aparece em 'Dupla identidade'». Extra. Telinha. Consultado em 15 de dezembro de 2014. 
  45. Gshow (17 de outubro de 2014). «Bela Carrijo comenta cenas com Bruno Gagliasso: 'Fiquei apavorada'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  46. Kogut, Patrícia (28 de fevereiro de 2014). «Mauro Mendonça Filho vai dirigir série de Glória Perez». O Globo. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  47. Gshow (2 de setembro de 2014). «TV do futuro! Conheça nova tecnologia usada em 'Dupla Identidade'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 2 de setembro de 2014. 
  48. Ghivelder, Débora (12 de agosto de 2014). «Bruno Gagliasso estrela 'Dupla identidade', na pele de um frio psicopata». O Globo. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  49. Castro, Daniel (7 de julho de 2014). «'Minha função é criar problemas', diz 'serial killer' Bruno Gagliasso». UOL. Notícias da TV. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  50. Bonjoch, Eduardo (18 de setembro de 2014). «Globo grava série em altíssima definição, mas ninguém vai ver». UOL. Notícias da TV. Consultado em 19 de setembro de 2014. 
  51. Kogut, Patrícia (20 de fevereiro de 2014). «Atriz de 'Homeland' é convidada por Glória Perez para série da Globo». O Globo. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  52. Castro, Daniel (6 de março de 2014). «Globo vacila e perde brasileira de Homeland para série americana». UOL. Notícias da TV. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  53. Pereira Jr., Alberto (2 de abril de 2014). «Sem Morena Baccarin, Luana Piovani vai protagonizar série de Gloria Perez». F5 - televisão. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  54. Gshow (3 de setembro de 2014). «Gagliasso revela como assumiu papel de serial killer: 'Conquistei o Edu'». Extras - Dupla Identidade. Consultado em 4 de setembro de 2014. 
  55. Andrade, Naiara (7 de setembro de 2014). «Bruno Gagliasso precisou ser aprovado em teste para viver assassino na série 'Dupla identidade'». Extra. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  56. Gomes, Camila (5 de setembro de 2014). «Bruno Gagliasso foi atrás do papel de psicopata em 'Dupla Identidade'». F5 - Colunistas. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  57. Padiglione, Cristina (19 de setembro de 2014). «Serial killer de 'Dupla Identidade' atacará às sextas-feiras». Estadão. Consultado em 19 de dezembro de 2014. 
  58. Kogut, Patrícia (9 de outubro de 2013). «Gloria Perez prepara seriado de ação». O Globo. Consultado em 4 de junho de 2014. 
  59. Kogut, Patrícia (14 de maio de 2014). «Série de Gloria Perez sobre 'serial killer' estreia em setembro». O Globo. Consultado em 24 de maio de 2014. 
  60. Kogut, Patrícia (13 de junho de 2014). «Gloria Perez cria blog e publica o que pesquisa para série policial». O Globo. Consultado em 13 de junho de 2014. 
  61. Padiglione, Cristina (24 de agosto de 2014). «Mentes criminosas». Estadão. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  62. Castro, Natalia (19 de setembro de 2014). «'Dupla identidade': Gloria Perez diz que série inova ao trazer serial killer falando português». O Globo. Revista da TV. Consultado em 1 de dezembro de 2014. 
  63. «"Dupla Identidade" pega carona nas séries policiais estrangeiras». Gazeta do Povo. Viver Bem - TV. 14 de setembro de 2014. Consultado em 16 de setembro de 2014. 
  64. Rosemback, Isabela (19 de dezembro de 2014). «'Dupla Identidade' vence a adversidade do horário e encerra com boa audiência». F5 - Colunistas. Consultado em 19 de dezembro de 2014. 
  65. Jimenez, Keila (9 de outubro de 2014). «Com audiência decepcionante, 'Dupla Identidade' não deve ter novas temporadas». F5 - televisão. Outro Canal. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  66. Kogut, Patrícia (14 de outubro de 2014). «Gloria Perez prepara novela das 21h e supervisionará 2ª temporada de série». O Globo. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  67. Oliveira, Fernando (10 de outubro de 2014). «Apesar de audiência abaixo do esperado, 'Dupla Identidade' ganhará segunda temporada». R7. Mundo da TV. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  68. «'Dupla Identidade' pode ter nova temporada sem Glória Perez – e apesar de Luana Piovani». VEJA.com. Televisão. 10 de outubro de 2014. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  69. Ricco, Flávio; José Carlos Nery (15 de novembro de 2014). «Globo não garante segunda temporada de "Dupla Identidade"». UOL Televisão. Consultado em 29 de novembro de 2014. 
  70. Xavier, Nilson (20 de setembro de 2014). «Com boa estreia, "Dupla Identidade" promete nos próximos episódios». UOL Televisão. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  71. Oliveira, Fernando (20 de setembro de 2014). «Apesar de didática, 'Dupla Identidade' explora bem o suspense e prova que Bruno Gagliasso é melhor de sua geração». R7. Mundo da TV. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  72. Scire, Raphael (20 de setembro de 2014). «Crível, Dupla Identidade faz boa estreia, mas derruba audiência». UOL. Notícias da TV. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  73. [1]
  74. "Dupla Identidade" chega à SIC
  75. ¿Puede el "hombre perfecto" convertirse en una pesadilla para la policía?
  76. Drama, crime e suspense marcam a estreia de 'Dupla Identidade'
  77. La serie de Globo llega por primera vez al pais asiatico
  78. Hoy es el gran estreno de la serie Ojos sin Culpa
  79. a b c d Merciless - Channel 4 18 June 10:15pm
  80. Desde hoy el publico hondureño podrá seguir la saga de Edu
  81. Prêmio Extra de TV 2014: vote nos melhores da televisão
  82. «APCA divulga finalistas de prêmio de televisão». Folha de S. Paulo. Ilustrada. 21 de novembro de 2014. Consultado em 25 de novembro de 2014. 
  83. Gshow (9 de novembro de 2014). «Melhores do Ano 2014: conheça todos os indicados nas 15 categorias». Melhores do Ano - Domingão do Faustão. Consultado em 21 de novembro de 2014. 
  84. «Prêmio F5 - Série ou Minissérie do Ano». F5 - televisão. 1 de dezembro de 2014. Consultado em 6 de dezembro de 2014. 
  85. «Prêmio F5 - Ator do Ano (série ou minissérie)». F5 - televisão. 1 de dezembro de 2014. Consultado em 6 de dezembro de 2014. 
  86. a b «'Amores Roubados' e 'Dupla Identidade' dividem atenções no Prêmio F5». F5 - televisão. 17 de dezembro de 2014. Consultado em 17 de dezembro de 2014. 
  87. «Prêmio F5 - Ator Coadjuvante do Ano (série ou minissérie)». F5 - televisão. 1 de dezembro de 2014. Consultado em 6 de dezembro de 2014. 
  88. «Prêmio F5 - Atriz Coadjuvante do Ano (série ou minissérie)». F5 - televisão. 1 de dezembro de 2014. Consultado em 6 de dezembro de 2014. 
  89. «Retrospectiva: Vote nos melhores de 2014». 2 de dezembro de 2014 
  90. Confira a lista de ganhadores do 17º. Prêmio Contigo!
  91. A lista completa de indicados ao Prêmio Contigo!
  92. Redação (22 de setembro de 2014). «Globo cresce 17% no horário nobre com estreia de Dupla Identidade». UOL. Notícias da TV. Consultado em 26 de setembro de 2014. 
  93. Redação (13 de outubro de 2014). «Dupla Identidade cai 16% desde estreia e bate recorde negativo». Notícias da TV. Consultado em 15 de outubro de 2014. 
  94. Redação (3 de novembro de 2014). «Gagliasso 'mata' Bárbara Paz, e Dupla Identidade bate recorde». UOL. Notícias da TV. Consultado em 3 de novembro de 2014. 
  95. Redação (10 de novembro de 2014). «Resultado de DNA rende a Império segunda maior audiência às sextas». UOL. Notícias da TV. Consultado em 18 de novembro de 2014. 
  96. Redação (17 de novembro de 2014). «Sem assassinato, série Dupla Identidade explode e bate recorde». Notícias da TV. Consultado em 18 de novembro de 2014. 
  97. Santos, Rafaela (17 de novembro de 2014). «'Dupla identidade' tem recorde de audiência com 17 pontos». Patrícia Kogut. Consultado em 25 de novembro de 2014.. A série registrou 16,6 pontos, mas arredondando-se, registrou-se 17. 
  98. Santos, Rafaela (24 de novembro de 2014). «'Dupla identidade' registra recorde no Rio com 18 pontos». Patrícia Kogut. Consultado em 25 de novembro de 2014. 
  99. Capobiango, Maisa (15 de dezembro de 2014). «'Dupla identidade' registra segunda maior audiência em São Paulo e marca 16 pontos». Patrícia Kogut. Consultado em 19 de dezembro de 2014. 
  100. «Especial da Record com velhinhas perde para reprise do Pânico». UOL. Notícias da TV. 15 de dezembro de 2014. Consultado em 19 de dezembro de 2014. 
  101. Redação (22 de dezembro de 2014). «Programa do Jô se despede de 2014 com derrota para Danilo Gentili». UOL. Notícias da TV. Consultado em 28 de dezembro de 2014. 
  102. Santos, Rafaela (22 de dezembro de 2014). «Último capítulo de 'Dupla identidade' registra recorde no Rio com 19 pontos». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 28 de dezembro de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]