Channel 4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Channel 4
Channel Four Television Corporation
Tipo Canal de televisão aberta
País  Reino Unido
Fundação 2 de novembro de 1982 (34 anos)
Pertence a Channel Four Television Corporation
Presidente Lord Burns
David Abraham (CEO)
Cidade de origem Londres
Sede 124 Horseferry Road, Westminster, Londres
Canais irmãos 4seven, Film4, E4, More4, 4Music, Heat, Kerrang!, Kiss, Magic, Smash Hits, The Box
Página oficial channel4.com

Channel 4 é uma rede de televisão britânica de perfil de utilidade pública, criada por um ato do Parlamento, iniciando suas transmissões em 2 de novembro de 1982. Ainda que comercialmente auto-suficiente em grande medida, o Channel 4 é de propriedade estatal; originalmente uma subsidiária da Independent Broadcasting Authority, o canal é atualmente administrado pela Channel Four Television Corporation, organização pública fundada em 1990, começando suas operações em 1993. A origem do Channel 4 pode ser traçada até um outro ato parlamentar, o Television Act de 1954, que criaria canais comerciais para quebrar o monopólio da BBC.[1]

A rede é a quarta maior emissora de televisão do Reino Unido em termos de audiência, atrás apenas da ITV, BBC One e BBC Two.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Como uma emissora de TV de serviço público, o Channel 4 tem obrigações para com o governo de exibir conteúdo diversificado e de qualidade, mas ao contrario de outras redes de televisão públicas europeias, não recebe financiamento público. Seu orçamento anual de quase US$ 1,98 bilhão vem de anúncios e patrocinadores. Quando o canal foi lançado, seu único rival para anúncios televisivos era a ITV, a primeira e – ainda hoje – maior rede comercial do Reino Unido.[3] Em 1990, a estação foi transferida para a administração da Channel Four Television Corporation [4][5], de cunho público.

No Brasil, é conhecida por ser a produtora do documentário Beyond Citizen Kane, que aborda sobre a Rede Globo de Televisão de uma maneira crítica.[carece de fontes?]

Ver artigo principal: Beyond Citizen Kane

Referências

  1. nationalarchives.gov.uk/. «Radio, television and the BBC». Consultado em 29 de julho de 2015. 
  2. WAGNER ARAUJO (17 de março de 1997). «Inglaterra ganha novo canal este mês». Folha de S.Paulo. Consultado em 29 de julho de 2015. 
  3. The New York Times (26 de junhro de 2007). «Um canal britânico em conflito de identidade». Observatório da Imprensa. Consultado em 29 de julho de 2015. 
  4. Dafydd Hancock (11 de setembro de 2005). «A Channel for Wales». Electromusications. Consultado em 22 de outubro de 2013. 
  5. "Twenty years of Channel 4". Página acessada em 22 de outubro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.