Andrew Cuomo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrew Cuomo
56º Governador de Nova Iorque Nova Iorque (estado)
Período 1 de janeiro de 2011
em exercício
Vice-governador Robert Duffy (2011-2015)
Kathy Hochul (desde 2015)
Antecessor(a) David Paterson
64º Procurador-geral de Nova Iorque
Período 1 de janeiro de 2007
a 31 de janeiro de 2010
Governador Eliot Spitzer
David Paterson
Antecessor(a) Eliot Spitzer
Sucessor(a) Eric Schneiderman
11º Secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano dos
Estados Unidos
Período 29 de janeiro de 1997
a 20 de janeiro de 2001
Presidente Bill Clinton
Antecessor(a) Henry Cisneros
Sucessor(a) Mel Martinez
Vida
Nome completo Andrew Mark Cuomo
Nascimento 6 de dezembro de 1957 (58 anos)
Nova Iorque, Nova Iorque,
 Estados Unidos
Progenitores Mãe: Mario Cuomo
Pai: Matilda Raffa
Dados pessoais
Alma mater Universidade Fordham
Albany Law School
Esposa Kerry Kennedy (1990–2005)
Partido Democrata
Religião Catolicismo Romano
Profissão Advogado
Website andrewcuomo.com

Andrew Mark Cuomo (Nova Iorque, 6 de dezembro de 1957) é um político norte-americano membro do Partido Democrata de Nova Iorque, sendo o atual e 56º governador de Nova Iorque.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cuomo nasceu no Queens, em Nova Iorque, é o filho mais velho de Mario Cuomo, e Raffa Matilda, filha de Charlie Raffa.[1] [2] Ele é o irmão mais velho do jornalista Chris Cuomo.[3] Cuomo graduou-se em Fordham University em 1979, e na Albany School em 1982.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Cuomo participou diretamente da campanha de seu pai ao governo do estado em 1982. Durante o governo de Bill Clinton atuou como secretário de desenvolvimento urbano e habitacional dos Estados Unidos entre 1997 a 2001. Seu primeiro cargo eletivo foi o de procurador do estado de Nova Iorque, ocupou o cargo entre 2007 a 2010. Cuomo foi escolhido candidato ao governo com unanimidade, em 2 de novembro de 2010, com 62,6% dos votos, foi eleito o novo governador do estado.

Assumiu o governo em 12:01 do dia 1 de janeiro de 2011, sucedendo o governador David Paterson.[4] [5]

Referências

  1. Blauner, Peter (February 13, 1989). "All Star Family Feud: The Governor's In-Laws Battle Over a Father's Legacy". New York Magazine [S.l.: s.n.] Consult. 2010-12-06. 
  2. Barbaro, Michael (November 23, 2010). "All That Time Serving the Public? Very Sexy". New York Times [S.l.: s.n.] Consult. 2010-12-06. 
  3. O'Shaughnessy, Patrice (September 27, 2009). "Andrew Cuomo: From Horror on the Hudson to Democrats' chosen son". New York Daily News [S.l.: s.n.] Consult. 2010-12-06. 
  4. Hakim, Danny (December 31, 2010). "Cuomo Is Sworn In as New York’s Governor". New York Times [S.l.: s.n.] Consult. January 1, 2011. 
  5. Gershman, Jacob (January 2, 2011). "Cuomo Takes Office, Calls New York State's Reputation a 'National Joke'". Wall Street Journal [S.l.: s.n.] Consult. January 11, 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrew Cuomo
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.