Andrew Cuomo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Andrew Cuomo
Cuomo em 2019
56º Governador de Nova Iorque
Período 1 de janeiro de 2011
a 23 de agosto de 2021
Vice-governador Robert Duffy (2011-2015)
Kathy Hochul (2015-2021)
Antecessor(a) David Paterson
Sucessor(a) Kathy Hochul
64º Procurador-geral de Nova Iorque
Período 1 de janeiro de 2007
a 31 de janeiro de 2010
Governador Eliot Spitzer
David Paterson
Antecessor(a) Eliot Spitzer
Sucessor(a) Eric Schneiderman
11º Secretário de Habitação e
Desenvolvimento Urbano dos Estados Unidos
Período 29 de janeiro de 1997
a 20 de janeiro de 2001
Presidente Bill Clinton
Antecessor(a) Henry Cisneros
Sucessor(a) Mel Martinez
Dados pessoais
Nome completo Andrew Mark Cuomo
Nascimento 6 de dezembro de 1957 (63 anos)
Nova Iorque, Nova Iorque,
Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Progenitores Mãe: Matilda Raffa
Pai: Mario Cuomo
Alma mater Universidade Fordham
Albany Law School
Cônjuge Kerry Kennedy (1990–2005)
Sandra Lee (2005–presente)
Filhos 3
Partido Democrata
Religião Catolicismo Romano
Profissão Advogado, político, autor
Website andrewcuomo.com

Andrew Mark Cuomo ( /ˈkwm/; Italiano: [ˈkwɔːmo]; nascido em 6 de dezembro de 1957) é um advogado, escritor e político americano que serviu como governador de Nova Iorque de 2011 a 2021. Um membro do Partido Democrata, ele seguiu a mesma carreira do pai, Mario Cuomo, que foi governador do mesmo estado também por três mandatos.[1]

Nascido no Queens, na cidade de Nova Iorque, Cuomo se formou na Universidade Fordham e na Faculdade de Direito de Albany. Ele começou sua carreira trabalhando como gerente de campanha de seu pai e, em seguida, como promotor público assistente em Nova Iorque antes de entrar no direito privado. Ele fundou uma organização sem fins lucrativos de habitação e foi nomeado presidente da Comissão de Desabrigados da Cidade de Nova Iorque, cargo que ocupou de 1990 a 1993.[2]

Cuomo serviu como Secretário assistente do Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano de 1993 a 1997. De 1997 a 2001, ele foi apontado para servir no gabinete do Presidente Bill Clinton como o 11º Secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano. Em 2006, Cuomo foi eleito como Procurador-Geral do Estado de Nova Iorque. Em 2010, foi eleito para seu primeiro mandato como Governador de Nova Iorque e foi reeleito duas vezes depois de vencer as primárias contra adversários progressistas como Zephyr Teachout (em 2014) e Cynthia Nixon (em 2018).[3]

Durante seu período como governador, Cuomo supervisionou a passagem do Marriage Equality Act em 2011 que legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo no estado, assinou o Compassionate Care Act em 2014 que legalizou o uso de cannabis para fins medicinais e o Marijuana Regulation and Taxation Act em 2021 que legalizou o uso de maconha para fins recreativos. Em resposta ao Tiroteio na escola primária de Sandy Hook, Cuomo aprovou a passagem do NY SAFE Act de 2013, uma das leis de controle de armas mais estritas do país. Ele co-fundou a Aliança Climática dos Estados Unidos, um grupo de estados comprometidos com o combate às mudanças climáticas, seguindo os termos do Acordo de Paris.[4] Ele também expandiu o programa Medicaid, sob o Affordable Care Act. Em 2011, ele aprovou um novo código tributário estadual, que aumentou impostos para o mais ricos e diminuiu para as classes mais baixas; também apoiou a criação da licença familiar paga de doze semanas para trabalhadores, juntamente com um aumento gradual do salário mínimo estadual para US$ 15 dólares[5] e ainda leis que promoviam igualdade nos salários, especialmente quanto ao gênero.[6] Ele também aprovou medidas fiscais para atrair empresas para Nova Iorque e estimular a economia no estado.[7]

Cuomo recebeu atenção nacional por sua resposta a Pandemia de COVID-19 em Nova Iorque. Embora ele tenha sido inicialmente elogiado por seus esforços para combater a pandemia, recebendo o prêmio International Emmy Founders Award por seus briefings diários,[8] ele enfrentou duras críticas e uma investigação federal depois que foi descoberto que sua administração encobriu informações relativas às mortes de COVID-19 entre residentes de lares de idosos.[9][10]

Desde o final de 2020, Cuomo enfrentou uma série de alegações de assédio e agressão sexual. Em abril de 2021, onze mulheres já o haviam denunciado por comportamento impróprio e assédio.[11][12] Em um relatório publicado em 3 de agosto de 2021, a Procuradora-Geral do Estado de Nova York, Letitia James, afirmou que as acusações de assédio contra Cuomo feita por onze mulheres era crível e anunciou que a investigação iria se aprofundar.[13] Várias figuras da mídia e autoridades políticas começaram a pedir por sua renúncia, incluindo o Presidente Joe Biden, a líder da Câmara Nancy Pelosi, o líder do Senado Chuck Schumer e a senadora Kirsten Gillibrand. O governador enfrenta investigações criminais em Manhattan e nos condados de Nassau, Westchester e Albany.[14][15] Frente a pressão pública e política, em 10 de agosto de 2021, Cuomo formalmente anunciou que ele renunciaria ao cargo de governador em 14 dias, em 23 de agosto.[16][17]

Referências

  1. «Who is Andrew Cuomo? About the NY governor leading coronavirus response in state». syracuse (em inglês). 23 de março de 2020. Consultado em 7 de maio de 2020 
  2. Blauner, Peter (13 de fevereiro de 1989). «All Star Family Feud: The Governor's In-Laws Battle Over a Father's Legacy». New York. Consultado em 6 de dezembro de 2010 
  3. «Andrew Cuomo: A timeline of the New York governor's life and political career». Democratandchronicle.com. Consultado em 6 de agosto de 2021 
  4. «Inslee, New York Governor Cuomo, and California Governor Brown announce formation of United States Climate Alliance | Governor Jay Inslee». governor.wa.gov (em inglês). 1 de junho de 2017. Consultado em 2 de junho de 2017 
  5. «Governor Cuomo Signs $15 Minimum Wage Plan and 12 Week Paid Family Leave Policy into Law». Governor.ny.gov. 4 de abril de 2016. Consultado em 1 de novembro de 2020 
  6. Walker, Jabari (8 de outubro de 2019). «Governor Cuomo's new pay equity laws go into effect». WSTM. Consultado em 6 de agosto de 2020 
  7. «Governor Cuomo Launches "New York Open for Business" Marketing Initiative». Governor.ny.gov. 24 agosto de 2011. Consultado em 1 de novembro de 2020 
  8. Dwyer, Colin (21 de novembro de 2020). «Andrew Cuomo To Receive International Emmy For 'Masterful' COVID-19 Briefings». NPR.org (em inglês). Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  9. «The lighter days of CNN's Cuomo Brothers show are long gone». AP NEWS. 19 de fevereiro de 2021. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  10. McKinley, Jesse; Ferré-Sadurní, Luis. «New Allegations of Cover-Up by Cuomo Over Nursing Home Virus Toll». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  11. Ferré-Sadurní, Luis; McKinley, Jesse (11 de março de 2021). «Aide Says Cuomo Groped Her, as New Details of Account Emerge». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de março de 2021 
  12. Sommerfeldt, Chris. «Seventh Cuomo accuser alleges he 'verbally and mentally abused' her after getting hired for her looks». nydailynews.com. Consultado em 12 de março de 2021 
  13. Vielking, Jimmy. «New York Gov. Cuomo Sexually Harassed Multiple Women, Investigation Finds». New York Gov. Cuomo Sexually Harassed Multiple Women, Investigation Finds - WSJ. The Wall Street Journal. Consultado em 3 de agosto de 2021 
  14. McEvoy, Jemima. «Cuomo Now Under Criminal Investigation For Sexual Misconduct In Manhattan, Albany And Westchester». Forbes (em inglês). Consultado em 4 de agosto de 2021 
  15. Bolger, Timothy (4 de agosto de 2021). «Nassau Acting DA Investigating Cuomo's Alleged Misconduct at Belmont Racetrack». Long Island Press. Consultado em 6 de agosto de 2021 
  16. «New York Gov. Andrew Cuomo resigns». NBC News (em inglês). Consultado em 10 de agosto de 2021 
  17. Reyes, Yacob. «Kathy Hochul sworn in as New York's first female governor». Axios. Consultado em 24 de agosto de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Andrew Cuomo
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.