Mario Cuomo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mario Cuomo
Nascimento 15 de junho de 1932
Jamaica
Morte 1 de janeiro de 2015 (82 anos)
Manhattan
Cidadania Estados Unidos
Cônjuge Matilda Cuomo
Filho(s) Margaret Cuomo, Andrew Cuomo, Chris Cuomo, Maria Cuomo Cole
Alma mater St. John's University, St. John's University School of Law
Ocupação advogado, político, jogador de beisebol
Religião Catolicismo
Causa da morte Insuficiência cardíaca
Assinatura
Mario Cuomo Signature.svg

Mario Matthew Cuomo (15 de junho de 1932 - 1 de janeiro de 2015)[1] foi o 52.º governador de Nova Iorque, entre 1983 e 1995 e também foi secretário do estado de Nova York entre 1975 e 1978. É pai de Andrew Cuomo, atual governador nova-iorquino que foi empossado para seu segundo mandato poucas horas antes da morte.

Durante os seus 12 anos como Governador conseguiu com que se criassem mais de 500.000 novos postos de trabalho. Promoveu um dos maiores planos de desenvolvimento económico da história de Nova Iorque, conhecido como 'New York, New York'. Esse plana incluía o investimento de 32.000 milhões de dólares para fortalecer o crescimento do sector privado, e a criação numa década de 300.000 novos empregos adicionais.

Mario veio a falecer no primeiro dia do ano de 2015 em decorrência de problemas cardíacos.

Referências

  1. La Vanguardia (2 de janeiro de 2015). «Muere Mario Cuomo, exgobernador de Nueva York». Consultado em 2 de janeiro de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.