Wikipédia:AFI para inglês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Wikipédia:IPA para inglês)
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg Esta página ou seção está a ser traduzida de «Help:IPA for English» na Wikipédia em inglês (desde abril de 2017). Ajude e colabore com a tradução.
Atalho:
WP:AFIen

A pronúncia de palavras em língua inglesa na Wikipédia é dada através alfabeto fonético internacional (AFI).

Para uma chave mais completa para o IPA, ver Wikipedia:IPA, que inclui sons que não ocorrem em Inglês. Se os símbolos IPA não são exibidos corretamente no seu navegador, consulte os links na parte inferior desta página.

Entendendo a chave
Esta chave acomoda a Received Pronunciation com as pronúncias do inglês americano, do inglês canadense, do inglês sul-africano, inglês australiano e do inglês neozelandês. Portanto, nem todas as distinções mostradas aqui será relevante para o seu dialeto. Se, por exemplo, você pronuncia cot /ˈkɒt/ e caught /ˈkɔːt/ o mesmo, você pode simplesmente ignorar a diferença entre os símbolos /ɒ/ e /ɔː/, assim como você ignora a distinção entre as vogais escritas o e au quando pronunciá-las.

Em muitos dialetos /r/ só ocorre antes de uma vogal; se você fala como um dialeto, simplesmente ignore /r/ nos manuais de pronúncia onde você não pronunciá-lo, como em cart /ˈkɑrt/. Em outros dialetos, /j/ (um som y) não pode ocorrer após /t/, /d/, /n/ etc. na mesma sílaba; se você fala como um dialeto, ignorar o /j/ em transcrições, como new /njuː/.

Por exemplo, New York é transcrito /njuː ˈjɔrk/. Para a maioria das pessoas da Inglaterra, e para alguns nova-iorquinos, o /r/ em /ˈjɔrk/ não é pronunciado e pode ser ignorado; para a maioria das pessoas dos Estados Unidos, incluindo alguns nova-iorquinos, o /j/ em /njuː/ não é pronunciado e pode ser ignorado.

Por outro lado, há algumas distinções que você pode fazer, mas que essa chave não codifica, como eles raramente são refletidos nos dicionários usados ​​como fontes para artigos da Wikipédia. Exemplos incluem a diferença entre as vogais de fir, fur e fern no inglês escocês e no inglês irlandês, as vogais de bad e had em muitas partes da Austrália e o leste dos Estados Unidos, e as vogais de spider e spied her em algumas partes da Escócia e América do Norte.

Outras palavras podem ter vogais diferentes, dependendo do falante. Bath, por exemplo, originalmente tinha a /æ/ vogal de cat, mas para muitos falantes ele agora tem o /ɑː/ vogal de father. Tais palavras são transcritas duas vezes, uma para cada pronúncia: /ˈbæθ, ˈbɑːθ/.

A marca de estress IPA (ˈ) vem antes a sílaba que tem a tensão, em contraste com o stress de marcação em chaves de pronúncia de alguns dicionários publicados nos Estados Unidos.

Chave (Key)[editar código-fonte]

(Palavras em small capitals são o padrão conjunto léxico. Palavras em conjuntos léxicos bath e cloth são dadas duas transcrições respectivamente, uma com /ɑː/ e uma com /æ/, e com /ɒ/ e /ɔː/).

Consoantes
IPA Exemplos
b buy, cab
d dye, cad, do
ð thy, breathe, father
giant, badge, jam
f phi, caff, fan
ɡ (ɡ)[1] guy, bag
h high, ahead
j yes, yacht
k sky, crack
l lie, sly, gal
m my, smile, cam
n nigh, snide, can
ŋ sang, sink, singer
ŋɡ finger, anger
θ thigh, math
p pie, spy, cap
r rye, try, very[2]
s sigh, mass
ʃ shy, cash, emotion, machine
t tie, sty, cat, atom
China, catch
v vie, have
w wye, swine
hw why[3]
z zoo, has
ʒ equation, pleasure, vision, beige[4]
Marginal consonants
x ugh, loch, Chanukah[5]
ʔ uh-oh /ˈʌʔoʊ/
vogais
IPA Vogais completas ... seguida por R[6][7]
ɑː palm, father, bra ɑr start, bard, barn, snarl, star (also /ɑːr./)
ɒ lot, pod, John[8] ɒr moral, forage
æ trap, pad, shall, ban ær barrow, marry
price, ride, file, fine, pie[9] aɪər Ireland, sapphire (/aɪr./)[7]
mouth, loud, foul, down, how aʊər hour (/aʊr./)[7]
ɛ dress, bed, fell, men[10] ɛr error, merry[10]
face, made, fail, vein, pay ɛər square, scared, scarce, cairn, Mary (/eɪr./)[11][7]
ɪ kit, lid, fill, bin ɪr mirror, Sirius
fleece, seed, feel, mean, sea ɪər near, beard, fierce, serious (/iːr./)
ɔː thought, Maud, dawn, fall, straw[12] ɔr north, born, war, Laura (/ɔːr./)
ɔɪ choice, void, foil, coin, boy ɔɪər loir, coir (/ɔɪr./)[7]
goat, code, foal, bone, go[13] ɔər force, boar, more, oral (/oʊr./)[14]
ʊ foot, good, full, woman ʊr courier
goose, food, fool, soon, chew, do ʊər boor, moor, tourist (/uːr./)[15]
juː cued, cute, mule, tune, queue, you[16] jʊər cure
ʌ strut, mud, dull, gun[17] ʌr borough, hurry
ɜr nurse, word, girl, fern, furry (/ɝː/)[18]
Vogais reduzidas
ə Rosa’s, a mission, comma ər letter, perform (also /ɚ/)[18]
ɨ roses, emission[19] (either ɪ or ə) ən button
ɵ omission[20] (either or ə) əm rhythm
ʉ beautiful, curriculum ([jʉ])[21] (either ʊ or ə) əl bottle
i happy, serious[22] (either ɪ or ) ᵊ, ⁱ (vowel is frequently dropped: nasturtium)
 
Stress (linguística)|Stress Silabificação
IPA Exemplos IPA Exemplos
ˈ intonation /ˌɪntɵˈneɪʃən/,[23]
battleship /ˈbætəlʃɪp/[24]
. shellfish /ˈʃɛl.fɪʃ/, selfish /ˈsɛlf.ɨʃ/
nitrate /ˈnaɪ.treɪt/, night-rate /ˈnaɪt.reɪt/
hire /ˈhaɪər/, higher /ˈhaɪ.ər/
moai /ˈmoʊ.aɪ/, Windhoek /ˈvɪnt.hʊk/
Vancouveria /væn.kuːˈvɪəriə/[25]
ˌ

Ver também[editar código-fonte]

Notas

  1. Se os dois caracteres ‹ɡ› e ‹Opentail g.svg› não coincidem e se o primeiro parece um ‹γ›, então você tem um problema com sua fonte-padrão. Ver Problemas de renderização.
  2. Embora o símbolo IPA [r] represente um trill, /r/ é amplamente utilizado em vez de /ɹ/ em transcrições amplas de Inglês.
  3. /hw/ não é distinguido de /w/ em dialetos com o wine–whine merger, como RP e mais variedades de GenAm.
  4. Um certo número de palavras em Inglês, como genre e garage, são pronunciadas como seja /ʒ/ ou /dʒ/.
  5. Na maioria dos dialetos, /x/ é substituído por /k/ em loch e por /h/ em Chanukah.
  6. In non-rhotic accents like RP, /r/ não é pronunciado, a não ser seguido por uma vogal. Em alguns artigos da Wikipédia, /ɪər/ etc. não pode ser distinguido de /ɪr/ etc. Quando eles são distinguidos, as vogais longas são, por vezes, transcrita /iːr/ etc. por analogia com as vogais não seguidas por /r/. Estes deveriam ser fixadas para corresponder com a tabela aqui.
  7. a b c d e Note que muitos falantes distinguem triphthongs monossilábicas com R e realizações dissilábicas: hour /ˈaʊər/ from plougher /ˈplaʊ.ər/, hire /ˈhaɪər/ from higher /ˈhaɪ.ər/, loir /ˈlɔɪər/ from employer /ɨmˈplɔɪ.ər/, mare /ˈmɛər/ from mayor /ˈmeɪ.ər/.
  8. /ɒ/ não é distinguido de /ɑː/ em dialetos com o father–bother merger tal como GenAm.
  9. Muitos falantes, por exemplo, na maior parte do Canadá e grande parte dos Estados Unidos, têm uma vogal diferente em price e ride. Geralmente, um [aɪ] é usado nos fins das palavras e antes de sons vocais, como em ride, file, fine, pie, enquanto um [ʌɪ] é usado antes de sons sem voz, como em price e write. Devido /t/ e /d/ freqüentemente confundidas no meio de palavras nestes dialetos, derivados destas palavras, como rider e writer, podem ser distinguidas apenas pela sua vogal: [ˈɹʷɾəɹ], [ˈɹʷʌɪɾəɹ]. No entanto, embora o valor de /aɪ/ não é previsível em algumas palavras, como spider [ˈspʌɪɾəɹ], dicionários geralmente não o grava, por isso não tenha sido atribuída uma transcrição separada aqui.
  10. a b Transcrito como /e/ por muitos dicionários.[1]
  11. Pronunciado o mesmo que /ɛr/ em acentos com o Mary–marry–merry merger. Muitas vezes transcrito como /eə/ por dicionários ingleses e como /er/ por outros americanos. O OED usa /ɛː/ para BrE e /ɛ(ə)r/ para AmE.[2]
  12. /ɔː/ não é distinguido de /ɑː/ (exceto antes /r/) em dialetos com o cot–caught merger como algumas variedades de GenAm.
  13. Comumente transcrito /əʊ/ ou /oː/.
  14. /ɔər/ não é distinguido de /ɔr/ in dialects with the horse–hoarse merger, which include most dialects of modern English.
  15. /ʊər/ não é distinguido de /ɔr/ in dialects with the pour–poor merger, including many younger speakers.
  16. In dialects with yod dropping, /juː/ is pronounced the same as /uː/ after coronal consonants (/t/, /d/, /s/, /z/, /n/, /θ/, and /l/) in the same syllable, so that dew /djuː/ is pronounced the same as do /duː/. In dialects with yod coalescence, /tj/, /dj/, /sj/ and /zj/ are pronounced /tʃ/, /dʒ/, /ʃ/ and /ʒ/, so that the first syllable in Tuesday is pronounced the same as choose.
  17. Este fonema não é usado na metade do norte da Inglaterra, algumas regiões fronteiriças do País de Gales, and some broad eastern Ireland accents. Estas palavras levariam a vogal ʊ: there is no foot–strut split.
  18. a b In some articles /ɜr/ is transcribed as /ɝː/, and /ər/ as /ɚ/, when not followed by a vowel.
  19. Pronounced [ə] in Australian and many US dialects, and [ɪ] in Received Pronunciation. Many speakers freely alternate between a reduced [ɪ̈] and a reduced [ə]. Many phoneticians (vd. Olive & Greenwood 1993:322) and the OED use the pseudo-IPA symbol ɪ [3], and Merriam–Webster uses ə̇.
  20. Pronounced [ə] in many dialects, and [ɵw] or [əw] before another vowel, as in cooperate. Sometimes pronounced as a full /oʊ/, especially in careful speech. (Bolinger 1989) Usually transcribed as /ə(ʊ)/ (or similar ways of showing variation between /əʊ/ and /ə/) in British dictionaries.
  21. Pronounced [ʊ] in many dialects, [ə] in others. Many speakers freely alternate between a reduced [ʊ̈] and a reduced [ə]. The OED uses the pseudo-IPA symbol ʊ [4].
  22. Pronounced /iː/ in dialects with the happy tensing, /ɪ/ in other dialects. British convention used to transcribe it with /ɪ/, but the OED and other influential dictionaries recently converted to /i/.
  23. It is arguable that there is no phonemic distinction in English between primary and secondary stress (vd. Ladefoged 1993), but it is conventional to notate them as here.
  24. Full vowels following a stressed syllable, such as the ship in battleship, are marked with secondary stress in some dictionaries (Merriam-Webster), but not in others (the OED). Such syllables are not actually stressed.
  25. Syllables are indicated sparingly, where necessary to avoid confusion, for example to break up sequences of vowels (moai) or consonant clusters which an English speaker might misread as a digraph (Vancouveria, Windhoek).