Sob Pressão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para o filme estadunidense de 1997, veja Bad Day on the Block. Para o filme brasileiro de 2016, veja Sob Pressão (filme).
Sob Pressão
Informação geral
Formato série
Gênero Drama médico
Duração 45 minutos
Criador(es) Luiz Noronha
Claudio Torres
Renato Fagundes
Jorge Furtado
Baseado em Sob Pressão: A Rotina de Guerra de Um Médico Brasileiro, de Marcio Maranhão
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es)
Diretor(es) de criação Andrucha Waddington
Produtor(es)
Roteirista(s)
Elenco
Tema de abertura Instrumental
Tema de encerramento Instrumental
Empresa(s) produtora(s) Conspiração Filmes
Localização Rio de Janeiro
Exibição
Emissora original TV Globo
Formato de exibição 4K (UHDTV)
Transmissão original 25 de julho de 2017 (2017-07-25) – presente
Temporadas 4
Episódios 37 (lista de episódios)
Cronologia
Programas relacionados Sob Pressão (filme)

Sob Pressão é uma série de televisão brasileira de drama médico exibida pela TV Globo numa coprodução com a Conspiração Filmes desde 25 de julho de 2017.[1]

Criada por Luiz Noronha, Claudio Torres, Renato Fagundes e Jorge Furtado e escrita por Lucas Paraizo com a colaboração de Márcio Alemão, André Sirangelo, Pedro Riguetti e Flavio Araujo, é uma obra derivada do filme de mesmo título (2016), que por sua vez foi livremente inspirado no livro Sob Pressão: A Rotina de Guerra de Um Médico Brasileiro, do cirurgião torácico Marcio Maranhão em depoimento à jornalista Karla Monteiro e em uma premissa da diretora Mini Kerti.[2] Conta com a direção geral e artística de Andrucha Waddington.[3]

É estrelada por Júlio Andrade, Marjorie Estiano, Stepan Nercessian, Bruno Garcia, Pablo Sanábio, Josie Antello e Drica Moraes.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A sirene da ambulância anuncia mais um dia de desafios para a equipe médica de um hospital público do Rio de Janeiro. Entre um paciente e outro, eles tentam superar os obstáculos constantes do ambiente caótico de uma emergência do subúrbio carioca e ultrapassam todos os limites para manter os pacientes vivos em um hospital onde tudo falta. À flor da pele estão as próprias angústias e os dramas pessoais daqueles que chegam em busca de ajuda. O desejo de salvar vidas é o que move os profissionais de saúde. Em meio à batalha diária, duas vidas atormentadas por fantasmas do passado encontram, uma na outra, a cura para suas almas doentes: o cirurgião-chefe, Dr. Evandro (Júlio Andrade) e a cirurgiã vascular, Drª Carolina (Marjorie Estiano).

Episódios[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Exibição original
Estreia da temporada Final da temporada
1 9 25 de julho de 2017 19 de setembro de 2017
2 11 8 de outubro de 2018 18 de dezembro de 2018
3 14 2 de maio de 2019 25 de julho de 2019
Covid 2 6 de outubro de 2020 13 de outubro de 2020
4 11 12 de agosto de 2021 Em exibição

Temporada 1 (2017)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Sob Pressão (1.ª temporada)

No subúrbio da Zona Norte do Rio de Janeiro, encontra-se o cético Dr. Evandro (Júlio Andrade), cirurgião-chefe da equipe médica de um hospital público, um profissional de talento incomparável, viciado no trabalho e em remédios. Deprimido, ele ainda não superou a perda da esposa que morreu no seu turno, em uma cirurgia de emergência. A companheira de trabalho do cirurgião, a religiosa e eficiente Drª Carolina (Marjorie Estiano), cirurgiã vascular que busca na fé o antídoto contra toda miséria que enfrenta no dia a dia. Ela, que acredita na bondade e na solidariedade humana, carrega feridas que nunca cicatrizam. São marcas que ela mesma faz no corpo e que a lembram diariamente dos traumas que a acompanham desde a infância.

Ao lado da dupla de médicos, outros profissionais se juntam no desafio pesado do cotidiano da equipe. Décio (Bruno Garcia), o clínico-geral, é comprometido com seu trabalho, mas revela pouco sobre si. Diferente dele, o anestesista Amir (Orã Figueiredo) não consegue esconder o romance duplo em que se meteu. Charles (Pablo Sanábio) é o médico residente da equipe, Rafael (Tatsu Carvalho), o neurocirurgião, Jaqueline (Heloisa Jorge), a enfermeira, e Kelly (Talita Castro), a técnica de enfermagem. Juntos, são responsáveis pela ordem do lugar e a segurança de todos.

A administração do local e a coordenação desses profissionais que vivem sob pressão não são fáceis. Samuel (Stepan Nercessian), o diretor do hospital, precisa “dançar conforme a música”. Há quem diga que ele é conivente com a corrupção, mas seu principal desafio é garantir o material e a infraestrutura necessária para manter o funcionamento da unidade, custe o que custar. Apesar de sua desenvoltura nas negociações e das limitações que ele precisa superar, nem sempre consegue fornecer o suficiente para a sobrevivência dos doentes e a sanidade da sua equipe.

Temporada 2 (2018)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Sob Pressão (2.ª temporada)

Além da rotina mega agitada na emergência de um hospital público, Evandro foi sequestrado por bandidos e acabou sendo salvo por Carolina. A médica surpreende o rapaz com um pedido de casamento. É a partir da chegada da nova diretora, Renata (Fernanda Torres) - que chega ao hospital para ocupar o cargo de diretora no lugar de Samuel (Stepan Nercessian) - que a corrupção se enraíza de vez. Acostumada com o setor privado, Renata se depara com uma realidade diferente da qual está habituada e, a partir de tantas melhorias prometidas, ela cria esquemas em benefício próprio que podem ser fatais.

Temporada 3 (2019)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Sob Pressão (3.ª temporada)

Com o fechamento do Macedão, Evandro, Carolina e Keiko vão trabalhar no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU. Uma emergência em um dia em que faltam vagas nos hospitais públicos da cidade os leva a recorrer ao hospital São Tomé Apóstolo, onde Décio atua como clínico-geral e Rosa, como recepcionista. A madre superiora responsável pelo local convida Evandro para reativar o centro cirúrgico e tornar-se seu diretor, porém, ao longo da temporada, o médico mostra-se melhor cirurgião do que gestor, e Décio acaba assumindo em seu lugar. Novamente, os dramas pessoas da equipe voltam a dar o tom da trama, com novas turbulências na relação entre Evandro e Carolina, e a entrada da epidemiologista Vera (Drica Moraes), que, como os dois protagonistas, convive com um trauma do passado. Além disso, a equipe precisa lidar com as consequências da violência urbana em uma zona dominada por milícias.

Especial: Plantão Covid (2020)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Sob Pressão: Plantão Covid

Após um período em missão humanitária no interior do Brasil, Carolina (Marjorie Estiano) e Evandro (Júlio Andrade) são convocados a voltar ao Rio de Janeiro. É urgente. A dupla de médicos é chamada às pressas pelo doutor Décio (Bruno Garcia) para trabalhar em um hospital de campanha montado para atender aos pacientes infectados pela COVID-19.[5] Evandro acaba sendo infectado pelo vírus e precisa ser entubado pelos seus companheiros de trabalho, enquanto Carolina fica totalmente abalada ao ver o marido lutar contra a morte. No hospital, pacientes e equipe médica lutam pela vida. Evandro se revê jovem. Os motivos que o fizeram se tornar médico são mostrados.[6]

Temporada 4 (2021)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Sob Pressão (4.ª temporada)

A equipe medica passa a integrar a equipe do Edith de Magalhães, hospital que é referência na capital fluminense e cujo nome é uma homenagem à enfermeira Edith de Magalhães Fraenkel, pioneira da saúde e enfermagem que ajudou a combater a gripe espanhola no Brasil. Em paralelo ao trabalho médico, as vidas pessoais de Carolina (Marjorie Estiano) e Evandro (Júlio Andrade) são abaladas pela chegada de um bebê ao hospital, Francisco, causando um turbilhão de emoções na vida do casal, que precisa enfrentar novas questões relacionadas à famíia.[7]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem Temporadas
1
(2017)
2
(2018)
3
(2019)
Covid
(2020)
4
(2021)
Principal
Júlio Andrade Dr. Evandro Moreira Principal
Marjorie Estiano Drª. Carolina Alencar Principal
Stepan Nercessian Dr. Samuel Oliveira Filho Principal Participação
Bruno Garcia Dr. Décio Guedes Principal
Pablo Sanábio Dr. Charles Garcia Principal
Josie Antello Rosa Principal
Tatsu Carvalho Dr. Rafael Albertini Principal
Orã Figueiredo Dr. Amir Salgado Principal
Heloísa Jorge Enfª. Jaqueline Vaz Principal
Talita Castro Enfª. Kelly Cristina Ribeiro Principal
Fernanda Torres Drª. Renata Gomes Principal
Humberto Carrão Dr. Henrique Figueira Principal
Julia Shimura Enfª. Keiko Yamada Principal
Drica Moraes Drª. Vera Lúcia Veiga Principal
Marcelo Batista Dr. Gustavo Lemos Principal Principal
Jana Guinond Enfª. Simone Ramos Principal
David Junior Dr. Mauro Principal
Roberta Rodrigues Enfª. Marisa Principal
Bárbara Reis Enfª. Lívia Principal
Recorrente
Cridemar Aquino Paulo Recorrente
Thelmo Fernandes Capitão Botelho Participação Recorrente Recorrente
Alexandre David Cabo Adalberto Santos Recorrente
Luciano Vidigal Barão Recorrente
Ângela Rabelo Dona Dercília Recorrente
Luís Melo José Luiz Almeida Recorrente Participação
Ângela Leal Dona Noêmia Recorrente Participação
Natália Lage Madalena Moreira Recorrente
Emiliano Queiroz Seu Rivaldo Recorrente
Carla Ribas Dona Eugênia Recorrente
Kiko Mascarenhas Armando Recorrente
Pedro Lamin Téo Recorrente
Letícia Isnard Violeta Recorrente
Renata Gaspar Liliana Recorrente
Marcelo Serrado Roberto Recorrente
Roberta Santiago Geise Recorrente
Ana Flávia Cavalcanti Diana Recorrente Recorrente
Perfeito Fortuna João da Silva Recorrente
Therla Duarte Cabo Cindy Recorrente
João Vitor Silva Leonardo Veiga Participação Recorrente
Claudia di Moura Dona Maria Recorrente
Grace Passô Selma Recorrente
Peter Brandão William Recorrente
Nathalia Fabris Karen Recorrente
Luciano Quirino Gilson Recorrente
Cyria Coentro Nilce Recorrente

Produção[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, a 1ª temporada da série consistiria em 12 episódios,[8] mas a TV Globo encurtou o primeiro ano para apenas 9 episódios por conta da Copa Libertadores, embora o segundo ano, em 2018, tivesse uma encomenda completa de 12 episódios.[9] Os episódios se encontram disponíveis no Globoplay, sendo exclusivos da plataforma de streaming uma semana antes de sua exibição oficial na TV.[10] No dia 26 de maio de 2017, mesmo antes da estreia da 1ª temporada, Patrícia Kogut, de O Globo, anunciou que a Globo já havia encomendado uma segunda temporada com 12 episódios escritos por Jorge Furtado, Lucas Paraizo, Antonio Prata e Marcio Alemão.[9]

Em janeiro de 2018, foi confirmada a adição da atriz Fernanda Torres ao elenco regular da série como Renata Veiga, nova administradora do hospital.[11] Para a nova temporada, foi anunciado que os roteiristas pretendem se aprofundar na corrupção na saúde pública.[12] No dia 18 de maio de 2018, antes da estreia da 2ª temporada da série, a TV Globo anunciou que já aprovou os textos de uma terceira temporada com 14 episódios encomendados para 2019.[13] Em outubro de 2018 foi anunciada a renovação da série para uma quarta temporada, porém em dezembro do mesmo ano a emissora decidiu encerrar a série para liberar os protagonistas para telenovelas, de onde estavam sendo solicitados há anos.[14][15]

Em agosto de 2019, após diversos protestos do público, a decisão foi revertida e uma quarta temporada foi confirmada para 2021.[16] Em agosto de 2020, foi anúnciado que dois episódios especiais abordando a pandemia de COVID-19 seriam produzidos, sendo exibidos nos dias 6 e 13 de outubro de 2020.[17] A quinta temporada foi confirmada em 4 de agosto de 2021 durante a coletiva de imprensa da estreia da quarta temporada pelo roteirista Lucas Paraizo.[18]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As gravações da primeira e da segunda temporada foram feitas, em sua maioria, em partes desativadas do Hospital Nossa Senhora das Dores, em Cascadura, na Zona Norte do Rio de Janeiro.[19] A locação é a mesma do filme que inspirou a trama.[20] O hospital, à época das gravações, funcionava com 20% de sua capacidade, e as filmagens não alteraram sua rotina.[19] A direção de arte é assinada por Rafael Targat.[21]

A segunda temporada acrescentou mais locações externas, explorando um pouco o contexto de chegada dos pacientes ao hospital.[19] Destaque para a cena do acidente sofrido por Carolina (Marjorie Estiano), gravada com um ônibus de verdade, e o içamento de um paciente obeso em sua casa.[19] Para a caracterização do ator Xando Graça, foram usados aproximadamente 15 quilos de material em próteses à base de silicone.[22] A produção das peças, encabeçada pelo caracterizador especializado em efeitos especiais Pietro Schlager, foram produzidas em cerca de 40 dias.[19] Já o içamento, foi todo real, feito de uma varanda, na altura de 15 metros.[19]

Para ambientar o hospital São Tomé Apóstolo, foi preciso mudar de set na terceira temporada.[23] O cenário foi montado em uma construção no bairro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro, adaptada para criar uma ambiência similar a de um hospital no subúrbio carioca.[23] Dos quatro mil metros quadrados do espaço, cerca de 2,5 metros quadrados foram cenografados.[23]

Na quarta temporada foram escolhidos seis andares do prédio do Jockey Clube, no Centro do Rio de Janeiro como cenário principal da locação.[24]

Exibição[editar | editar código-fonte]

Depois de quatro temporadas sendo exibidas pela TV Globo, em 2021 a quinta temporada foi confirmada com estreia exclusiva pelo serviço de streaming Globoplay.[25]

Internacional[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a série estreou em 1 de dezembro de 2017 no canal RTP1.[26] A série foi exibida em festivais em Berlim e Toronto. Foi selecionada para o SeriesFest, maior festival exclusivo de séries dos Estados Unidos. A série também começou a trilhar seu caminho por países da América Latina; a rede Teleamazonas, do Equador, exibiu a série em setembro de 2018 e a argentina Telefe a estreou no horário nobre desde o dia 1 de janeiro de 2019, sendo constantemente um dos programas mais vistos do país.[27]

A série foi estreada por Teledoce no Uruguai no dia 15 de janeiro de 2019 às 22:15 horas, após a telenovela brasileira O Outro Lado do Paraíso. A primeira temporada de Sob Pressão foi substituída por outra série da TV Globo, Carcereiros.

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

O desempenho na atuação e a química entre Marjorie Estiano e Júlio Andrade, receberam aclamação generalizada.

Contando com grande aclamação de jornais e sites especializados, no portal AdoroCinema, a série atualmente tem uma avaliação de 4,1/5 estrelas.[28] No portal IMDb, atualmente a série tem uma avaliação de 8,7/10.[29]

Numa avaliação para o portal Observatório do Cinema da UOL, João Felipe Marques destacou a atuação de Marjorie Estiano, dizendo: "[Marjorie] entrega o que pode muito bem ser visto como seu melhor trabalho, tanto na TV quanto no cinema". Raphael Scire, do portal de entretenimento Notícias da TV, fez uma crítica positiva a série, dizendo: "[Sob Pressão] é boa porque transborda o simples entretenimento ao expor a chaga da saúde pública no Brasil através do caos que assola nossos hospitais. É atual ao abrir espaço para escancarar a corrupção sistêmica que ronda as instituições e corrompe a (quase) todos".[30] Scire elogiou a atuação da atriz Fernanda Torres – conhecida por interpretar personagens cômicos, desta vez em um personagem dramático –, afirmando: "[Fernanda] está em um de seus melhores momentos na televisão" e também elogiou a fotografia de Fernando Young e Lula Cerri, dizendo: "há uma crueza estética que deixa as cenas ainda mais reais (...) a fotografia não é exagerada, dispensa aquela plasticidade quase publicitária de filtros que preenchem a imagem das produções atuais".[30]

Para Janda Montenegro do portal CinePop, Sob Pressão é a melhor série brasileira da atualidade, sobre o especial Plantão Covid, ela destacou: "em uma acertada decisão, roteiristas, produção e elenco se uniram para um lindo especial de dois episódios em que, mais que nunca, a realidade foi retratada na telona e os profissionais da saúde mais uma vez foram enaltecidos com o respeito que merecem".[31] Montenegro ainda aclamou o elenco dizendo que: "[o elenco] entregou atuações impecáveis, extremamente vivas e palpáveis, que imediatamente nos leva a ter a certeza de que dessa vez o Emmy Internacional vai vir", dando destaque para a atuação de Marjorie Estiano que: "com seu jeitinho meigo e cheio de fé, conseguindo sorrir e dar esperança mesmo nos momentos de maior desespero (...) Marjorie reina absoluta, culminando em uma última cena que arranca lágrimas e arrasa o coração de qualquer um".[31]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Temp. Estreia de temporada Final de temporada Média
geral
Horário Data Audiência Data Audiência
1 Terça-Feira — 22h30 25 de julho de 2017 28,2[32] 19 de setembro de 2017 27,3[33] 27,4
2 9 de outubro de 2018 22,5[34] 18 de dezembro de 2018 20,6[35] 21,3
3 Quinta-Feira — 22h45 2 de maio de 2019 19,8[36] 25 de julho de 2019 25,0[37] 22,3
Covid Terça-Feira — 22h30 6 de outubro de 2020 18,6[38] 13 de outubro de 2020 18,0[39] 18,0
4 Quinta-Feira — 22h30 12 de agosto de 2021 20,4[40]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref.
2017
Temporada 1
Prêmio APCA Melhor Série Venceu [41]
[42]
Melhor Ator Júlio Andrade (também por 1 Contra Todos) Venceu
Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicado
Melhor Diretor Andrucha Waddington e Mini Kerti Indicado
Melhores do Ano Ator de Série Júlio Andrade Venceu [43]
Atriz de Série Marjorie Estiano Venceu
Prêmio F5 Melhor Série Venceu [44]
Melhor Atriz de Série Marjorie Estiano Venceu
Prêmio Contigo! Online Melhor Série Indicado [45]
[46]
Melhor Ator de Série Júlio Andrade Venceu
Melhor Atriz de Série Marjorie Estiano Venceu
Prêmio Extra de Televisão Melhor Série Venceu
Melhor Ator Júlio Andrade Indicado
Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicado
2018
Temporada 2
Festival Internacional de Programas
Audiovisuais da França
Melhor Série Venceu [47]
Melhor Roteiro Jorge Furtado, Lucas Paraizo, Antonio Prata e Marcio Alemão Venceu
Melhor Ator de Série Júlio Andrade Venceu
Melhor Atriz de Série Marjorie Estiano Venceu
Prêmio Extra de Televisão Melhor Série Venceu [48]
Melhor Ator Júlio Andrade Indicado
Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicada
Prêmio ABRA de Roteiro Série de TV – Ficção/Drama Venceu [49]
[50]
Roteirista do Ano Lucas Paraizo (também por Divinas Divas e Gabriel e a Montanha) Venceu
Jorge Furtado (também por Quem é Primavera das Neves) Indicado
Prêmio APCA Dramaturgia Indicado [51]
[52]
Melhor Ator Júlio Andrade (também por 1 Contra Todos) Indicado
Melhor Atriz Marjorie Estiano Venceu
Prêmio Estúdios Globo Melhor Produto de Dramaturgia Venceu [53]
2019 Emmy Internacional Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicada [54]
Temporada 3
Prêmio APCA Melhor Série Indicado [55]
Melhor Diretor Andrucha Waddington Venceu
Melhor Ator Júlio Andrade Indicado
Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicada
Melhores do Ano Ator de Série Júlio Andrade Venceu [56]
Atriz de Série Marjorie Estiano Indicada
Prêmio F5 Melhor Série Dramática Venceu [57]
Melhor Atriz de Série Dramática Marjorie Estiano Venceu
Melhor Ator de Série Dramática Júlio Andrade Venceu
Melhores do Ano NaTelinha Melhor Dramaturgia Além das Novelas Venceu [58]
[59]
Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicada
Melhor Ator Júlio Andrade Indicado
2020
Especial: Plantão Covid
Prêmio The Brazilian Critic Melhor Série de Drama Indicado [60]
Melhor Atriz em Série de Drama Marjorie Estiano Venceu
Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama Roberta Rodrigues Indicada
Melhor Direção em Série de Drama Andrucha Waddington Venceu
Melhor Roteiro em Série de Drama Lucas Paraizo, Marcio Alemão, Flavio Araujo e Pedro Riguetti Venceu
Melhor Direção de Arte Rafael Targat Indicado
Prêmio Contigo! Online Melhor Série Indicado [61]
Melhor Ator de Série Júlio Andrade Indicado
Melhor Atriz de Série Marjorie Estiano Indicada
Melhor Ator Coadjuvante de Novela ou Série Bruno Garcia Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante de Novela ou Série Roberta Rodrigues Indicada
Josie Antello Indicada
Melhores do Ano NaTelinha Melhor Dramaturgia Geral Venceu [62]
Melhor Atriz Marjorie Estiano Venceu
Melhor Ator Júlio Andrade Venceu
Prêmio APCA Dramaturgia Indicado [63]
Melhor Ator Júlio Andrade Indicado
Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicada
Prêmio Notícias da TV Série Nacional da TV e do Streaming Venceu [64]
2021 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Série Ficção TV Aberta Pendente [65]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

A série foi criticada pelo Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) por ser centrada no papel dos médicos. A história retratada impacta ao contribuir para o entendimento equivocado presente na sociedade de que o atendimento de emergência em saúde seja feito imediatamente por um médico, quando há procedimentos necessários próprios aos profissionais de enfermagem, tal como a classificação de risco para priorizar os casos mais graves.[66]

Referências

  1. «'Sob Pressão': entenda a trama da série médica genuinamente brasileira». Gshow. Consultado em 9 de junho de 2017 
  2. «Sob Pressão - Filme 2016». AdoroCinema. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  3. «Ficha Técnica – Sob Pressão – Memória». Memória Globo. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  4. «Saiba tudo sobre a nova série da Globo 'Sob Pressão'». Spotlife. Consultado em 9 de julho de 2017 
  5. «'Sob Pressão - Plantão Covid': 5 motivos para não perder o especial». Gshow. 6 de outubro de 2020. Consultado em 8 de janeiro de 2021 
  6. «'Sob Pressão - Plantão Covid': conheça o elenco do especial». Gshow. 21 de agosto de 2020. Consultado em 14 de julho de 2021 
  7. «Globo bate o martelo para início de gravações de 4ª temporada de Sob Pressão». Notícias da TV. 23 de janeiro de 2021. Consultado em 2 de março de 2021 
  8. «'Sob Pressão' estreia nesta terça-feira». O Dia 
  9. a b «'Sob pressão' tem segunda temporada garantida na Globo - Patrícia Kogut, O Globo». Patrícia Kogut 
  10. Sob Pressão | Assista aos vídeos pelo Globo Play, consultado em 18 de agosto de 2017 
  11. «Fernanda Torres estará na nova temporada de 'Sob pressão' - Patrícia Kogut, O Globo». Patrícia Kogut 
  12. OFuxico. «Sob Pressão vai abordar a corrupção na saúde pública» 
  13. Patrícia Kogut (18 de maio de 2018). «'Sob Pressão' terá terceira temporada na Globo». O Globo. Consultado em 18 de maio de 2018 
  14. «"Sob Pressão" estreia 2ª temporada, grava a 3ª e ganha luz verde para a 4ª». Blog do Maurício Stycer. 9 de outubro de 2018. Consultado em 21 de dezembro de 2018 
  15. «"Sob Pressão" vai terminar após a terceira temporada, em 2019». Blog do Maurício Stycer. 9 de dezembro de 2018. Consultado em 21 de dezembro de 2018 
  16. «'Sob pressão' terá mais duas temporadas - Patrícia Kogut, O Globo». Patrícia Kogut. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  17. Pernambuco, Diario de; Pernambuco, Diario de (23 de julho de 2020). «Sob pressão retorna em 2020 com episódios sobre a pandemia». Diario de Pernambuco. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  18. «Lucas Paraizo confirma 5ª temporada de 'Sob Pressão'». Gshow. 4 de agosto de 2021. Consultado em 6 de agosto de 2021 
  19. a b c d e f «'Sob Pressão': segunda temporada terá grandes cenas de ação em locações externas». Gshow. 26 de setembro de 2018. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  20. «"Sob Pressão" vai mostrar o cotidiano caótico de um hospital». Gazeta Online. 26 de junho de 2017. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  21. «Locação, enredo e os maestros de 'Sob Pressão'». Globo. 23 de julho de 2021. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  22. «Julio Andrade vibra com cena de ação em 'Sob Pressão': 'Foi demais! Adoro altura'». Gshow. 17 de outubro de 2018. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  23. a b c «Saiba tudo sobre a terceira temporada de 'Sob Pressão'». Tribuna Hoje. 23 de abril de 2019. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  24. «'Sob Pressão': elenco, trama, data de estreia, vídeos e mais; saiba tudo sobre a quarta temporada». Gshow. 13 de julho de 2021. Consultado em 14 de julho de 2021 
  25. Cristina Padiglione (31 de julho de 2021). «A partir da 5ª temporada, 'Sob Pressão' será vista antes pelo GloboPlay». TelePadi - Folha de S. Paulo. Consultado em 2 de agosto de 2021 
  26. «Série brasileira «Sob Pressão» estreia em dezembro na RTP1». Quinto Canal. Consultado em 29 de novembro de 2017 
  27. «Sob Pressão tem ótima estreia na Argentina». Todo TV News. Consultado em 4 de janeiro de 2019 
  28. «Sob Pressão — Adoro Cinema». AdoroCinema. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  29. «Sob Pressão — IMDb». IMDb. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  30. a b «Com dramas fortes e realistas, Sob Pressão é a melhor produção atual da Globo». UOL. 17 de novembro de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  31. a b «Crítica: Sob Pressão Plantão Covid – Especial prova que é a Melhor Série Brasileira da Atualidade». CinePop. 7 de outubro de 2020. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  32. «Série médica da Globo estreia com mais ibope do que três anos de Mister Brau». Notícias da TV. 26 de julho de 2017. Consultado em 19 de maio de 2018 
  33. «Filhos da Pátria derruba audiência da Globo e repete estreia de Supermax». Notícias da TV. 20 de setembro de 2017. Consultado em 19 de maio de 2018 
  34. «Amor & Sexo reestreia com pior ibope da história e perde para a Record». Notícias da TV. 10 de outubro de 2018. Consultado em 10 de outubro de 2018 
  35. «Amigo secreto da Record tem pior ibope em 4 anos, mas bate parças de Neymar». Notícias da TV. 19 de dezembro de 2018. Consultado em 19 de dezembro de 2018 
  36. «Estreia de "Sob Pressão" mantém audiência de "Se Eu Fechar os Olhos Agora"». NaTelinha. 3 de maio de 2019. Consultado em 28 de julho de 2019 
  37. «Aclamada e com sobrevida, Sob Pressão bate recorde em final de temporada». Notícias da TV. 26 de julho de 2019. Consultado em 28 de julho de 2019 
  38. «Especial de Sob Pressão aumenta audiência da Globo e Marjorie Estiano é destaque na web». UOL. 7 de outubro de 2020. Consultado em 8 de janeiro de 2021 
  39. «'Sob pressão' especial chega ao fim com 18 pontos no Rio e SP». O Globo. 14 de outubro de 2020. Consultado em 8 de janeiro de 2021 
  40. «Volta de Sob Pressão marca melhor audiência que estreia da temporada passada». UOL. 13 de agosto de 2021. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  41. «A Força do Querer e Sob Pressão lideram as indicações ao prêmio APCA de TV». UOL. 24 de novembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  42. «APCA escolhe os melhores de 2017». Folha de S.Paulo. 11 de dezembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  43. «'Troféu Domingão - Melhores do Ano': veja os vencedores de 2017». Gshow. 10 de dezembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  44. «Prêmio 'F5': Conheça os vencedores de 2017». Folha de S.Paulo. 3 de janeiro de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  45. «Vote no Prêmio CONTIGO! Online 2017». Contigo!. 20 de dezembro de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  46. «Conheça os vencedores do Prêmio CONTIGO! Online». Contigo!. 12 de janeiro de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  47. «'Sob Pressão' leva quatro prêmios em festival na França». Gshow. 29 de janeiro de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  48. «Juliana Paes é eleita a melhor atriz do Prêmio Extra de TV: veja todos os vencedores». Extra Online. 29 de abril de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  49. «Conheça os finalistas do II Prêmio ABRA de Roteiro». ABRA. 5 de agosto de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  50. «II Prêmio ABRA revela seus vencedores». ABRA. 20 de agosto de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  51. «Séries ultrapassam novelas e lideram indicações da APCA aos melhores da TV». UOL. 30 de novembro de 2018. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  52. «Amor e Sexo, Adnet, Fabio Assunção: veja os melhores do ano na TV pela APCA». UOL. 11 de dezembro de 2018. Consultado em 12 de dezembro de 2018 
  53. «Sob Pressão desbanca novelas em premiação da Globo». O Canal. 14 de dezembro de 2018. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  54. Marjorie Estiano e 'Se Eu Fechar os Olhos Agora' são indicados ao prêmio Emmy Internacional
  55. APCA elege os melhores da Televisão em 2019
  56. «'Troféu Domingão – Melhores do Ano 2019': veja a lista oficial dos indicados ao prêmio e VOTE». Gshow. Consultado em 10 de novembro de 2019 
  57. «Prêmio F5: 'Sob Pressão' leva todos os troféus da categoria série dramática». Folha de S.Paulo. 18 de dezembro de 2019. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  58. «Melhores do Ano NaTelinha 2019». NaTelinha. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  59. «Conheça os vencedores do Melhores do Ano NaTelinha 2019». NaTelinha. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  60. «The Brazilian Critic 2020: indicados anunciados». The Brazilian Critic. Consultado em 5 de dezembro de 2020 
  61. «PRÊMIO CONTIGO! 2020: Veja a lista completa de vencedores». UOL. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  62. «Confira o resultado da Votação dos Melhores do Ano 2020 do NaTelinha». NaTelinha. Consultado em 8 de janeiro de 2021 
  63. «Confira os finalistas do prêmio da APCA de melhores do ano na televisão». Folha. 21 de dezembro de 2020 
  64. «Prêmio Notícias da TV 2020: Conheça os vencedores nas 13 categoria». Uol. 21 de dezembro de 2020 
  65. «Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2021: Indicados». Cenas de Cinema. Consultado em 29 de setembro de 2021 
  66. Fábio, André Cabette (7 de agosto de 2017). «Por que enfermeiros criticam a série 'Sob Pressão', da Globo». Nexo Jornal. Consultado em 10 de agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]