Altas Horas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Altas Horas
Logotipo do programa
Informação geral
Formato Programa de auditório
Gênero Variedades
Duração 100 minutos
Criador(es) Serginho Groisman
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Serginho Groisman (geral)
Adriana Ferreira [1]
Apresentador(es) Serginho Groisman
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)[nota 1]
Transmissão original 14 de outubro de 2000 (18 anos) – presente
Cronologia
Programas relacionados Programa Livre

Altas Horas é um programa de televisão brasileiro apresentado por Serginho Groisman e transmitido pela Rede Globo.

Formato[editar | editar código-fonte]

Os assuntos abordados no programa incluem música, dança, entrevistas, comentários e arte; tendo a presença de uma banda formada apenas por mulheres: Nanny Soul (vocal), Jamah (vocal), Graça Cunha (vocal), Vera Figueiredo (bateria), Daniela Spielmann (sax), Gê Cortes (baixo), Guta Menezes (trompete e gaita), Ilca Leanza (teclado) e Lui Rabello (guitarra).O programa também e reprisado em horário alternativo no canal pago Multishow, geralmente uma semana após a exibição original. A plateia do Altas Horas é formada totalmente por adolescentes, os quais, muitas vezes, interagem com o apresentador e as atrações. Essa é uma das principais características do programa, que aposta na participação ativa e crítica do público, distribuído em uma arena circular. A partir de 2007 o programa passou a contar com a presença da sexóloga Laura Müller, autora do livro 500 Perguntas Sobre Sexo, que tira dúvidas de forma bem-humorada da plateia e dos convidados do programa.

Especiais[editar | editar código-fonte]

Todos os anos são exibidos programas especiais no aniversário da atração e no aniversário de Serginho. Geralmente, no aniversário de Serginho, a produção faz surpresas quanto a pauta do programa até mesmo para ele. Entre os momentos memoráveis do programa, pode-se citar o encontro ao vivo do coronel Erasmo Dias, um oficial da polícia militar durante a ditadura brasileira, com as vítimas da invasão por ele liderada na PUC-SP nos anos 1970, e também a gravação do aniversário do programa na então recém inaugurada Sala São Paulo, onde cantores de música popular brasileira se apresentaram acompanhados pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.

Produção[editar | editar código-fonte]

O programa é gravado nos estúdios da Rede Globo de São Paulo e dirigido por Serginho Groisman e Adriana Ferreira.[3][1] Desde o dia 15 de junho de 2013 o programa troca de horário com Supercine, em virtude dos altos índices de audiência recebidos quando era exibido mais cedo por causa do UFC, sendo exibido as 23h15min.[4] Em fevereiro de 2016, a banda do Altas Horas é demitida, após 10 anos no programa. O canal justificou que a atração terá um novo conceito artístico em 2016. [5]
No mesmo ano, o programa ganha um recesso de três semanas (de 6 a 20 de agosto) devido à exibição das Olimpíadas 2016 pela Rede Globo. [6] Também é exibido desde 2008 no Multishow só que reprisado aos domingos.[7]

Apresentador[editar | editar código-fonte]

Serginho Groisman apresentou programas na TV Gazeta e na TV Cultura até ir para o SBT, em 1991, para apresentar o Programa Livre, voltado para os jovens onde obteve grande sucesso. Em 2000 foi para a Rede Globo onde estreou com o "Festival da Música Popular Brasileira". Atualmente, na Globo, comanda o Altas Horas, de formato parecido com o Programa Livre e no Canal Futura, entrevista personalidades sobre a época da escola.

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref.
2016 Troféu Imprensa Melhor Programa de Auditório Altas Horas Indicado [8]
Troféu Internet Programa de Auditório Indicado [8]
Programa de Entrevistas Indicado [8]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Em sua estreia alcançou 18 pontos. No último sábado de 2017 bate seu recorde marcando 17 pontos.[9] Nos dias 6 e 13 de janeiro de 2018 alcançou 16 pontos.[10] Bateu recorde histórico da maior audiência da história do programa em 10 de março ao alcançar 19 pontos.[11]

Banda[editar | editar código-fonte]

Durante a concepção do programa, Serginho decidiu incluir uma banda própria formada originalmente por seis integrantes escolhidas pessoalmente por ele após diversos testes, as quais tocavam entre a ida e volta dos comerciais e acompanhavam os convidado caso algum cantasse sem levar os próprios instrumentistas.[12][13] Em 2004 a banda ganhou três vocalistas, Graça Cunha, Leilah Moreno e Jackeline Ribas.[14] Em 2010 Jackeline deixa a banda e é substituída por Nanny Soul; já em 2011 é a vez de Leilah deixar o posto para seguir a carreira como atriz e Jamilly Silva entra em seu lugar.[15] Em 2016, após dezesseis anos, a banda é demitida do programa sob alegação de contenção de custos.[16]

Integrantes
  • Graça Cunha - vocalista (a partir de 2004)
  • Leilah Moreno - vocalista (2004–11)
  • Jackeline Ribas - vocalista (2004–10)
  • Nanny Soul - vocalista (a partir de 2010)
  • Jamilly Silva - vocalista (a partir de 2011)
  • Louise Rabello - guitarra
  • Gê Mineira - baixo
  • Vera Figueiredo - bateria
  • Ilca Leanza - teclado
  • Daniela Spielmann - saxofone e flauta
  • Guta Menezes - trompete e gaita

Notas

  1. Exibido em HDTV desde 16 de fevereiro de 2013.[2]

Referências

  1. a b Rede Globo. «Altas Horas - Ficha Técnica». Memória Globo. Consultado em 18 de maio de 2014. 
  2. Cristina Padiglione (13 de fevereiro de 2013). «Reportagem HD chega à Globo ainda este ano». O Estado de S. Paulo. Consultado em 13 de fevereiro de 2013. 
  3. Cassia Dian (s/d). «Altas Horas». IstoÉ Gente. Diversão & Arte. Consultado em 10 de fevereiro de 2018. 
  4. «"Altas Horas" e "Super Cine" trocam de horário por seis semanas na Globo» 
  5. «Crise? Globo demite banda do "Altas Horas" após 10 anos» 
  6. «Na Globo, "Altas Horas" deixará de ser exibido por três semanas» 
  7. «Programas "Altas Horas" e "Som Brasil" estréiam no Multishow». Uol. 19 de abril de 2008. Consultado em 27 de outubro de 2016. 
  8. a b c «Conheça os ganhadores do Troféu Imprensa 2016» 
  9. «As audiências consolidadas de sábado, 30 de dezembro». O Planeta TV 
  10. «Altas Horas monopoliza audiência nas madrugadas de sábado». O Planeta TV 
  11. «As audiências consolidadas de sábado, 10 março». O Planeta TV 
  12. «Globo confirma estréia do programa "Altas Horas"». Folha de S.Paulo. Consultado em 31 de agosto de 2018. 
  13. «As meninas do Serginho». Terra. Consultado em 31 de agosto de 2018. 
  14. «Leilah Moreno: "namoro o Fábio Jr, mas não é para casar"». O Fuxico. Consultado em 31 de agosto de 2018. 
  15. «LEILAH MORENO SE DESPEDE DO 'ALTAS HORAS' PARA ENTRAR NA NOVELA DE MIGUEL FALABELLA». Extra. Consultado em 31 de agosto de 2018. 
  16. «Banda do "Altas Horas" é demitida após mais de 10 anos Veja mais em: https://natelinha.uol.com.br/noticias/2016/02/19/banda-do-altas-horas-e-demitida-apos-mais-de-10-anos-96646.php». UOL. Consultado em 31 de agosto de 2018.  Ligação externa em |título= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]