Balão Mágico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde outubro de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Balão Mágico
Informação geral
Formato Programa de variedades
Gênero Infantil
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Elenco Simony
Orival Pessini
Castrinho
Luciana Benelli
Vimerson Cavanillas
Michael Biggs
Jair Oliveira
Ricardo Batista
Ticiane Pinheiro
Luciana Mello
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Transmissão original 7 de março de 1983 - 28 de junho de 1986
'
Cronologia
Xou da Xuxa

Balão Mágico foi um programa infantil da Rede Globo apresentado pelos membros do grupo musical infantil brasileiro Turma do Balão Mágico entre 7 de março de 1983 e 28 de junho de 1986. Teve como primeira diretora Rose Nogueira. A apresentação do programa começou com Simony, Fofão (Orival Pessini) e Cascatinha (Castrinho), logo acompanhados de Tob (Vimerson Cavanillas), Mike (Michael Biggs, filho de Ronald Biggs), Jairzinho (Jair Oliveira) e Luciana Benelli(prima de Simony).

Em janeiro de 1986, Simony entrou de férias; quando iria retornar, não houve acordo entre sua mãe, Maricleusa Dantas Benelli, mãe da menina, com a Rede Globo; por isso, a mãe da garota a tirou do programa. Meses depois, Simony assinou com a TV Manchete, onde estreou, ao lado da prima Luciana, o programa A Nave Da Fantasia. Em Março de 1987 a gravadora Sony Music decidiu transformar o grupo em dupla, ficando Jairzinho & Simony, daí a garota saiu da emissora, se voltando para a música. Com o fim da dupla em Junho de 1988, Simony foi para o SBT, onde ficou de Agosto (1988) a 21 de Abril de 1990. Ticiane Pinheiro assumiu a apresentação do programa depois que Simony não renovou com a emissora carioca.[1] Em junho de 1986 o programa saiu do ar, sendo substituído no horário pelo Xou da Xuxa. O programa também foi responsável pela exibição de boa parte dos desenhos animados da década de 80. (Veja Lista de séries de animação#Década de 1980)

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

O grupo A Turma do Balão Mágico lançou 5 álbuns homônimos, sendo uma das maiores bandas infantis da história do Brasil. Emplacou muitas músicas de sucesso, sendo as mais famosas Amigos do Peito, Superfantástico e Ursinho Pimpão. Outras músicas que ficaram na lembrança foram Galinha Magricela, É Tão Lindo, Se Enamora, Tia Josefina, Barato Bom é da Barata e Tic-Tac. Os cinco discos venderam, ao todo, dez milhões de cópias. O sucesso do grupo fez outras gravadoras arriscarem cada uma montando o seu grupo musical infantil, então surgiram TREM DA ALEGRIA e OS ABELHUDOS, os concorrentes mais famosos.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Uma dos principais destaques do Balão Mágico foram as participações especiais, Djavan (Superfantástico), Baby Consuelo e Pepeu Gomes (Juntos, Mãe, Me Dá Um Dinheirinho e Um Raio de Sol), Roberto Carlos (É Tão Lindo), Erasmo Carlos (Barato Bom É Da Barata), Metrô (banda) (Não Dá pra Parar a Música) e Fábio Jr (Somos Amigos (Amigos do Peito) entre outros. Além disso, participaram parcialmente personagens do elenco do programa Balão Mágico da TV Globo, como: Fofão (Orival Pessini - Dia de Festa) e Cascatinha (Castrinho - Tic Tac).

Pós Balão Mágico[editar | editar código-fonte]

  • Simony - (Simony Benelli Galasso) Com o fim do Balão Mágico, lançou um álbum ao lado de Jairzinho. Buscou carreira-solo, mas nunca conseguiu repetir o mesmo sucesso da época do grupo infantil. Simony também posou nua para duas revistas masculinas e apresentou dois programas infantis no SBT.
  • Tob (Vimerson Cavanillas Benedicto) - Foi forçado a deixar o Balão Mágico ao completar 14 anos. Gravou um LP de menor repercussão, e aos poucos se afastou da carreira musical. Hoje é ator, e viajou para fora do país com as peças Antígona e O Canto do Gregório, de Antunes Filho.
  • Jairzinho (Jair Mello Rodrigues de Oliveira) - Depois do Balão Mágico, seguiu uma breve carreira com Simony mas depois largou a vida artística para estudar nos EUA. De volta à música, tem uma consistente carreira de cantor, compositor e produtor, especialmente ligado à gravadora Trama.
  • Mike (Michael Biggs) - Depois do Balão Mágico, trabalhou como músico no Brasil e em 2001 mudou-se para Londres, quando seu pai, Ronald Biggs, resolveu se entregar às autoridades inglesas e foi preso pelo Assalto ao Trem Pagador. Na capital inglesa conseguiu nacionalidade britânica e tocou músicas brasileiras em bares. Hoje trabalha como especialista em reflorestamento e administra seu site.
  • Fofão (Orival Pessini) Com o fim do Balão Mágico, Orival criou, idealizou e apresentou a TV Fofão na Rede Bandeirantes e CNT Gazeta, teve passagens pelo SBT e pela Record. Faleceu em 14 de outubro de 2016, aos 72 anos, após ser internado no Hospital São Luiz, em São Paulo, para fazer tratamento contra um câncer no baço.
  • Ricardinho (Ricardo Batista) - Ninguém sabe sobre seu paradeiro após o Balão Mágico. Hoje mora em Piracicaba.
  • Luciana (Luciana Benelli) - Prima de Simony, após o Balão Mágico, largou a carreira artística.

A Nova Turma do Balão Mágico[editar | editar código-fonte]

Em 1988 surgia uma nova formação do grupo, intitulada A Nova Turma do Balão Mágico, com as gêmeas Natanna e Tuanny (filhas da cantora Adriana) e Rodrigo, irmão de Vanessa, do grupo Trem da Alegria, que gravou ainda dois discos e foi bem nas vendagens; mas em 1991 os grupos infantis foram perdendo força e todas as gravadoras acabaram com os seus. Quem mais durou foi Trem da Alegria, indo até 1992.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.