Paradão da Xuxa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paradão da Xuxa
Informação geral
Formato Programa de auditório
Duração 180 Minutos
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Apresentador(es) Xuxa Meneghel
Elenco
Metralhas
Tema de abertura Instrumental
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 25 de abril de 199226 de dezembro de 1992
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 36
Cronologia
Bobeou Dançou
(1989)
Xuxa
(1993)

Paradão da Xuxa foi um programa de televisão brasileiro apresentado por Xuxa Meneghel, dirigido por Marlene Mattos e exibido pela Rede Globo entre 25 de abril e 26 de dezembro de 1992.[1] O programa é um derivado do Xou da Xuxa, pois surgiu como um quadro deste, no entanto devido ao sucesso tornou-se independente.

Ocupando as manhãs de sábado, a atração dava espaço para os destaques da música popular, sertaneja, novos cantores e os melhores do mês.[2]

O programa[editar | editar código-fonte]

Paradão da Xuxa surgiu como programa independente devido ao sucesso do quadro de mesmo nome apresentado no Xou da Xuxa (1986) durante o ano de 1991. Nesse ano, Paradão da Xuxa substituiu o Xou da Xuxa (1986) aos sábados.

Paradão da Xuxa tinha três horas de duração, e diferentes cantores e grupos musicais se apresentavam no programa. A seleção musical ia do samba ao rock, passando pela música sertaneja. No último sábado de cada mês, era exibido o Super Paradão, com destacando as músicas de maior sucesso do período.

Ao contrário do Xou da Xuxa, poucas crianças ficavam no palco do Paradão. Para auxiliar a apresentadora durante o programa, Xuxa contava com as Irmãs Metralha, interpretadas pelas gêmeas Mariana e Roberta Richard.

Entre alguns dos músicos que passaram pelo palco do Paradão da Xuxa estavam Zé Ramalho, Emílio Santiago, Alcione, Baby Consuelo, Wanderléa, Chitãozinho e Xororó.

Paradão da Xuxa Especial[editar | editar código-fonte]

Em 1991, ainda como um quadro do Xou da Xuxa, o Paradão ganhou um especial de fim de ano, que realmente seria o seu episódio piloto. As quinze canções selecionadas para o especial foram escolhidas por meio de votação de crianças e adultos que participaram do Xou da Xuxa entre os meses de outubro e novembro de 1991. Entre as canções vencedoras estavam Aguenta Coração, com José Augusto, Evidências, com Chitãozinho & Xororó, Todas as Manhãs, com Roberto Carlos, e Lua de Cristal, sucesso na voz de Xuxa.

Xuxa fazia um breve resumo da carreira do artista antes de cada apresentação. O Troféu Paradão 91 - uma pequena estatueta da Rainha, em bronze - foi entregue aos músicos por crianças vestidas com trajes de gala. A única exceção foi o Rei Roberto Carlos: ele recebeu o troféu das mãos da Rainha dos Baixinhos, que declarou ser a sua maior fã. Em seguida o Rei, entregou a Xuxa outro troféu, e os dois cantaram juntos a canção We Are the Champions, do grupo inglês Queen.[3]

Produção[editar | editar código-fonte]

O Paradão da Xuxa surgiu como um quadro do Xou da Xuxa em 1991, devido ao grande sucesso, a emissora o transformou em um especial de fim de ano, sendo este o piloto para entrar em sua grade de programação no ano seguinte. O programa estreou em 25 de abril de 1992, substituindo o Xou da Xuxa nas manhãs de sábado.

Ao contrário do Xou da Xuxa, poucas crianças ficavam no palco do Paradão. Para auxiliar a apresentadora durante o programa, Xuxa contava com as Irmãs Metralha, interpretadas pelas gêmeas Mariana e Roberta Richard.

O palco do Paradão da Xuxa contava com um palco giratório com um enorme "X" ao fundo.[4]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O Paradão foi o segundo quadro do Xou da Xuxa a ganhar vida própria, o primeiro foi o Bobeou Dançou, em 1989.[5]

Notas e referências

  1. «Paradão da Xuxa». TV História. Consultado em 28 de junho de 2016 
  2. «Paradão da Xuxa». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Paradão da Xuxa Especial». Mémoria Globo. Consultado em 28 de junho de 2016 
  4. «Paradão da Xuxa, Mémoria Globo». Consultado em 06 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Xuxa estreia nesta segunda na Record após longa história, relembre:». Bonito Informa. 17 de agosto de 2015. Consultado em 28 de junho de 2016