Adnight Show

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adnight Show
Informação geral
Também conhecido(a) como Adnight
Formato Programa de variedades
Duração 45 minutos
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es)
  • Fernanda Telles
  • Emerson Muzeli (dir. geral)
Roteirista(s)
  • Maurício Cid
  • Pedro HMC
  • André Brandt
  • Juliano Enrico
  • Alessandra Colassanti
  • Marceu Vieira
Apresentador(es) Marcelo Adnet
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 25 de agosto de 2016 (2016-08-25) – presente
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 22 (lista de episódios)
Cronologia
Programas relacionados Adnet ao Vivo

Adnight Show (inicialmente conhecido apenas por Adnight, uma palavra-valise entre Adnet e night)[1] é um programa de televisão brasileiro produzido e exibido originalmente pela Rede Globo desde o dia 25 de agosto de 2016.[2] O programa é o segundo talk show apresentado por Marcelo Adnet, que teve a sua primeira experiência com um programa do gênero na extinta MTV Brasil, com o Adnet ao Vivo, exibido durante o ano de 2011 na programação da emissora.[2][3]

O programa foi definido como sendo um late show, referindo-se ao gênero late-night talk show, um tipo de talk show cômico exibido nos finais de noite que é muito popular na televisão norte-americana, sendo que lá há inúmeros programas do gênero em exibição, também em vários horários e em diferentes redes de TV ao mesmo tempo.[2][4][5][6] Diferentemente dos similares norte-americanos, que são diários, o Adnight é exibido semanalmente.[6][2]

Assim como nos outros late-night talk shows, o programa conta com uma banda em seu elenco, porém diferencia-se por não se focar nas entrevistas, dando mais importância para brincadeiras com os convidados e esquetes.[2] Porém, todos os itens de um tradicional late-night talk shows estão no cenário do programa, como a presença da banda, a mesa, a cortina e a plateia, com a exceção do sofá, justamente pelo programa não se focar em entrevistas.[2]

Formato[editar | editar código-fonte]

Chamado de late show ante talk show, o programa não terá como foco principal a entrevista, como nos tradicionais talk shows.[2] Um exemplo disso é a ausência do sofá no cenário do programa.[2] Porém, a entrevista terá presença no programa, que contará também com uma banda, além de diferentes situações e brincadeiras com cada convidado.[2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Durante o ano de 2011, quando ainda fazia parte do casting da extinta MTV Brasil, Marcelo Adnet ganhou o seu primeiro talk show, chamado de Adnet ao Vivo, criado para substituir o 15 Minutos, programa no qual ganhou destaque em rede nacional.[3][7] Como o título sugere, o programa era exibido ao vivo, e além de receber convidados a cada semana, também tinha esquetes e improvisações feitas por Adnet, e interatividade com o público através do Twitter, Facebook, telefone e fax.[7]

Em 2012, o programa Comédia MTV, no qual fazia parte do elenco, substituiu o Adnet ao Vivo na grade da emissora e passou a ser apresentado ao vivo, com o título de Comédia MTV ao Vivo.[8][9] Com as incertezas sobre o futuro do canal, que passava por uma crise, Adnet rescindiu o contrato com a emissora e acabou aceitando uma proposta da Rede Globo.[10][11][12] O Comédia MTV acabou sendo cancelado no final de 2012.[13][14] Já na Globo, o seu primeiro foi a série O Dentista Mascarado, seguido de um quadro na revista eletrônica Fantástico.[15][16] Nenhum desses trabalhos obtiveram a repercussão esperada pela Globo, fazendo com que eles fossem cancelados, saíram definitivamente do ar.[17][18]

No ano seguinte, um novo projeto criado por Adnet, junto com Marcius Melhem e Mauricio Farias, foi aprovado pela emissora.[19][20] O Tá no Ar: a TV na TV estreou em abril do mesmo ano e conseguiu obter o sucesso esperado pela emissora. O programa faz uma sátira da televisão brasileira, algo que relembra em parte o que fazia no Comédia MTV.[21][22] Devido ao sucesso do humorístico, a direção da Globo aprovou a gravação de um piloto do projeto de talk show semanal de Adnet.[23]

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Com a anúncio de que o novo projeto de Adnet seria um talk show, as especulações feitas pela imprensa sobre que ele iria substituir o Programa do Jô começaram a se espalhar, principalmente após a confirmação de que Jô Soares iria apresentar a última temporada de seu programa no mesmo ano em que Adnet estrearia o seu talk show.[24] Após grande repercussão desses fatos, a direção da Globo e o próprio Adnet anunciaram que o seu programa não iria substituir o de Jô, sendo que o projeto de talk show de Adnet é distinto ao que é apresentado por Jô Soares.[25][26]

Dias antes da estreia de Adnight, a Rede Globo anunciou que o jornalista Pedro Bial iria ocupar o horário de ocupado pelo programa de Soares a partir de 2017.[27] Dessa forma, Bial teve que deixar de apresentar o reality show Big Brother Brasil, onde esteve desde a estreia do programa em 2002.[27] Sua vaga no programa passará a ser ocupada por Tiago Leifert, que deixará outro programa, o É de Casa, após deixar o departamento de jornalismo e esporte para entrar no entretenimento.[27]

Exibição[editar | editar código-fonte]

A estreia do programa ocorreu no dia 25 de agosto de 2016, sendo exibido semanalmente nas noites de quinta-feira em sua primeira temporada.[28] O programa tem duração de 45 minutos e encerrará a linha de shows da Globo, sendo precedido pelo Jornal da Globo.[2][28]

Recepção e audiência[editar | editar código-fonte]

Em 26 de agosto de 2016, O Estado de S.Paulo destacou: "Sem graça, 'Adnight' faz a audiência da Globo despencar e recebe críticas do público".[29] Em 31 de outubro de 2016, Endrigo Annyston, do Observatório da Televisão informou que mesmo com baixa audiência o programa foi renovado para uma nova temporada em 2017.[30] Nelson de Sá, da Folha de S.Paulo, comparou o mau desempenho do talk show com o Programa do Porchat, dizendo que os dois apresentadores estão em locais "inóspitos".[31]

Referências

  1. Felipe Brandão (15 de setembro de 2017). «"Adnight" muda de nome e ganha nova data de estreia». RD1. Consultado em 22 de setembro de 2017. 
  2. a b c d e f g h i j Mauricio Stycer (22 de julho de 2016). «Adnet promete "desconstruir positivamente" convidados de seu novo programa». Blog do Mauricio Stycer. UOL. Consultado em 21 de agosto de 2016. 
  3. a b «MTV estreia programação nesta terça-feira». Veja.com. Abril.com. 14 de março de 2011. Consultado em 21 de agosto de 2016. 
  4. «Plano comercial Adnight» (PDF). Depto. Comercial. Rede Globo. Consultado em 21 de agosto de 2016. 
  5. Elizabeth Diffin; Megan Lane (22 de janeiro de 2010). «Why do Americans care about late night TV?» (em inglês). BBC. Consultado em 21 de agosto de 2016. 
  6. a b Isabel de Luca; Márcia Abos (1 de junho de 2014). «Talk-shows se renovam e atraem jovens aqui e nos EUA». O Globo. Consultado em 21 de agosto de 2016. 
  7. a b Renata Sofia (16 de março de 2011). «MTV: Marcelo Adnet vai comandar programa ao vivo». Extra. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  8. Tony Goes (17 de março de 2012). «"Comédia MTV ao Vivo": um mini "Saturday Night Live"». F5. Folha de S.Paulo. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  9. Mauricio Stycer (16 de março de 2012). «"Comédia MTV" estreia ao vivo com "Mulheres Falidas" e piada com Rafinha Bastos». Blog do Mauricio Stycer. UOL. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  10. Sara Paixão (15 de janeiro de 2013). «Dani Calabresa, de saída da MTV com Marcelo Adnet, fala dos planos do casal: 'Também queremos comprar a Disney'». Extra. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  11. Renato Damião (5 de abril de 2013). «Adnet diz que saída da MTV para a Globo foi "passo necessário"». UOL. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  12. «Marcelo Adnet é o mais novo contratado da TV Globo». Fantástico. G1. 3 de fevereiro de 2013. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  13. Mauricio Stycer (13 de dezembro de 2012). «Marcelo Adnet e turma se despedem do "Comédia MTV Ao Vivo"». Blog do Mauricio Stycer. UOL. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  14. Fernando Oliveira (14 de dezembro de 2012). «Fim do 'Comédia MTV' denuncia prenúncio de crise na emissora musical». Na TV. iG. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  15. «O Dentista Mascarado: elenco lança novo seriado de humor para imprensa». Vem Aí. Rede Globo. 18 de março de 2013. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  16. «Marcelo Adnet vira comentarista de futebol no 'Fantástico'». Veja.com. Abril.com. 7 de junho de 2013. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  17. Nilson Xavier (21 de junho de 2013). «A Globo foi do céu ao inferno com "Pé na Cova" e "O Dentista Mascarado"». Blog do Nilson Xavier. UOL. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  18. «Após fiasco, Marcelo Adnet deve deixar o "Fantástico"». F5. Folha de S.Paulo. 6 de setembro de 2013. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  19. Beatriz Inhudes (10 de abril de 2014). «'Tá no Ar: a TV na TV' será uma nova chance para o humor de Marcelo Adnet». O Dia. iG. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  20. Florença Mazza (21 de março de 2014). «Marcelo Adnet e Marcius Melhem gravam novo humorístico». Coluna da Patrícia Kogut. O Globo. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  21. Vanessa Scalei (24 de maio de 2014). «"Vibro assistindo ao programa", diz Adnet de "Tá no Ar: a TV na TV"». Zero Hora. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  22. Mauricio Stycer (11 de abril de 2014). «"Tá no Ar" faz crítica rápida, mas certeira dos absurdos da TV». Blog do Mauricio Stycer. UOL. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  23. Patrícia Kogut (3 de setembro de 2015). «Marcelo Adnet gravará com Solano piloto de talk-show». Coluna da Patrícia Kogut. O Globo. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  24. Daniel Castro (22 de fevereiro de 2016). «Programa do Jô acaba no final deste ano: 'Foi um belo caminho', diz». Notícias da TV. UOL 
  25. Thiago Forato (22 de fevereiro de 2016). «Adnet garante que não irá substituir Jô Soares na Globo: "projetos distintos"». NaTelinha. UOL. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  26. «'Programa do Jô' acaba em dezembro de 2016, anuncia TV Globo». G1. Globo.com. 22 de fevereiro de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016. 
  27. a b c «Pedro Bial celebra novo talk show e Tiago Leifert comemora desafio ao assumir o 'BBB17'». Gshow. Globo.com. 23 de agosto de 2016. Consultado em 26 de agosto de 2016. 
  28. a b «Plano comercial Adnight» (PDF). Depto. Comercial. Rede Globo. Consultado em 22 de julho de 2016. 
  29. «Sem graça, 'Adnight' faz a audiência da Globo despencar e recebe críticas do público». emais.estado.com.br. 26 de agosto de 2016. Consultado em 10 de novembro de 2016. 
  30. Endrigo Annyston (31 de outubro de 2016). «Apesar da baixa audiência, Adnight terá nova temporada em 2017». observatoriodatelevisao.bol.uol.com. Consultado em 10 de novembro de 2016. 
  31. Nelson de Sá (27 de agosto de 2016). «Sem brilharem, Adnet e Porchat se valem de personalidade de palco». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 10 de novembro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikidata Base de dados no Wikidata