O Dentista Mascarado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Dentista Mascarado
Informação geral
Formato Série
Gênero Comédia
Duração 50 minutos
Criador(es) Fernanda Young
Alexandre Machado
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) José Alvarenga Jr.
Elenco Marcelo Adnet
Leandro Hassum
Taís Araújo
Helena Fernandes
Otávio Augusto
Diogo Vilela
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 5 de abril de 2013 - 21 de junho de 2013
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 12

O Dentista Mascarado foi uma série de televisão brasileira produzida pela Rede Globo, dirigida por José Alvarenga Jr., tendo sua primeira e única temporada exibida entre 5 de abril a 21 de junho de 2013.[1]

A série recebeu no geral, críticas negativas, fazendo com que não fosse renovada para uma nova temporada.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Paladino é um dentista que durante o dia combate as cáries e durante a noite, o crime. Para isso ele terá o apoio do atrapalhado Sérgio, que durante o dia faz próteses dentárias e de Sheila, sua secretária de caráter duvidoso, dona de muitas facetas, conhecida na praça por seus diversos nomes.

O vilão da série é o detetive Miller, que fará de tudo para descobrir a identidade dos heróis. Isso porquê o trio acabará cometendo crimes e quebrando tudo mais que ajudando a sociedade. Por conta disso a advogada Vera terá que cortar um dobrado para defender os anti-heróis.

Ainda no seriado tem Eurico, policial aposentado e pai sensacionalista de Paladino. O herói teve uma relação turbulenta na infância e tenta superar o pai, que trabalhava como delegado, no combate ao crime.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Marcelo Adnet interpretou Doutor Paladino.
Taís Araújo interpretou Sheila.
Leandro Hassum interpretou Sérgio.
Helena Fernandes interpretou Doutora Vera.
Diogo Vilela interpretou o Investigador Miller.
Ator Personagem
Marcelo Adnet Adalberto Paladino "Doutor Paladino" (Paladino Justiceiro)
Leandro Hassum Sérgio (Paladino Justiceiro)
Taís Araújo Sheila (Sharon/Shaly/Shay/Paladina Justiceira)
Helena Fernandes Doutora Vera
Otávio Augusto Eurico Paladino
Diogo Vilela Investigador Miller
Participações especiais
Ator Personagem Notas
Adriano Bolshi Bibelô 3º episódio
Aiman Hammoud policial amigo de Eurico 1º episódio
Alejandro Claveaux Maxuel 10º episódio
Alinne Moraes Trintona Bonita Tá 6º episódio
Anderson Cunha 2º episódio
Andrea Buzato repórter 1º episódio
Andrea Nery 12º episódio
André Martins 5º episódio
Antônio Fragoso recepcionista do hotel 7º e 8º episódios
Antônio Rodrigo Nogueira homem que bate em Paladino e em Sérgio 1º episódio
Ataíde Arcoverde cliente do Doutor Paladino 1º episódio
Bia Guedes cliente do Doutor Paladino 4º episódio
Breno Nina Cléber (Josuelson) 4ª episódio
Brígida Menegatti 5º episódio
Bruno Rodrigues policial que persegue Paladino, Sérgio e Sheila 3º episódio
Carla Guapyassu 2º episódio
Carolina Virguez 2º episódio
Cassiano Ricardo Joca Menendez 4º episódio
Cesar Miranda 2º episódio
Christiano Torreão 1º episódio
Cláudia Abreu Leona Marquetinni 9º episódio
Cláudio Caparica 4º episódio
Crispim Junior Dr. Alfredo Flores Lomiranda 8º episódio
Diego Becker penitenciário 2º episódio
Edmilson Silva 5º episódio
Elisa Brites 8º episódio
Esperança Mota 12º episódio
Felipe Herzog 5º e 12º episódios
Gerson Steves Ivo Hernandes "Gordão" 2º episódio
Giovanna Ewbank mulher no quiosque com Sérgio 8º episódio
Henrique Britto 1º episódio
Holdira Oliveira Martins 1º episódio
Hugo Resende acompanhante gay do Dr. Alfredo 8º episódio
Ieltxu Ortueta 4º episódio
Jonatas Faro Breno Trambelhini 9º episódio
Jorge Vasconcelos 1º episódio
José de Abreu Gerôncio Do Rego Durão 6º episódio
Juliano Antunes 2º episódio
Karen Coelho 12º episódio
Lázaro Ramos assassino profissional que finge ser Lázaro Ramos 11º episódio
Leandro Santana 2º episódio
Leda Ribas 2º e 5º episódios
Léo Castro policial que persegue Paladino, Sérgio e Sheila 3º episódio
Léo Xavier 2º episódio
Lis Fortinguerra 8º episódio
Lucianna Magalhães 3º episódio
Luis Lobianco 5º episódio
Marcelo Aquino 4º episódio
Márcia Fialho 4º episódio
Maria Eduarda psicóloga 12º episódio
Maurício Diniz 2º episódio
Maxwell Pinheiro policial que prende o Doutor Paladino 4º episódio
Milena Toscano enfermeira que atende Sérgio 5º episódio
Nelson Freitas Péricles 3º e 10º episódios
Pamela Star 4º episódio
Paulo Mathias Jr. 7º episódio
Pedro Paulo Rangel Lucien 9º episódio
Rafa Durand 10º episódio
Raphael Logan 2º episódio
Raphael Véles Igor 12º episódio
Ricardo Romão cliente do Doutor Paladino 2º episódio
Rodrigo Rangel cliente do Doutor Paladino 3º episódio
Roney Facchini Confeiteiro Maluco 12º episódio
Sefora Rangel 7º e 8º episódios
Tamara Ribeiro 5º episódio
Vicentini Gomez Beto Goldenboy 1º episódio
Zedu Neves Pedreira 7º e 8º episódios
Zeli de Oliveira 1º episódio

Recepção[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Após toda divulgação massiva por parte da Globo o programa estreou com 17 pontos no Ibope.[3] O segundo capítulo marcou a mesma média, 17, o terceiro e o quarto registraram uma queda de 5 pontos de média, conseguindo 12 pontos.[4]

Avaliação da crítica[editar | editar código-fonte]

O seriado não obteve críticas favoráveis: dentre as críticas mais frequentes, destacam-se o mal-aproveitamento do talento de Adnet e a qualidade do roteiro. Contudo, a performance de Taís Araújo foi muito elogiada.[5]

Cancelamento[editar | editar código-fonte]

Após uma única temporada de 12 episódios, O Dentista Mascarado foi cancelado pela baixa audiência. O episódio exibido no dia 7 de junho chegou a marcar 10 pontos, muito inferior à sua estreia, que foi de 17 pontos. Sobre o cancelamento, o diretor José Alvarenga Jr. falou: "Fomos mal de Ibope em São Paulo, os paulistas odiaram a gente. Faz parte do jogo, estamos felizes porque arriscamos". Depois ainda explicou mais: "Não é fácil contar a história de um babaca no país da malandragem".

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.