Raphael Véles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Raphael Véles
Nome completo Raphael Véles
Outros nomes Rapha Veles
Nascimento 10 de setembro de 1982 (36 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação ator, diretor, dublador e youtuber
Servidor(es) YouTube
Anos ativos 2004–presente
Inscritos + 25 mil
Visualizações + 383 mil
Website Canal de Raphael Véles no YouTube

Raphael Véles (São Paulo, 10 de setembro de 1982) é um ator, diretor, dublador e youtuber brasileiro. Formado pelo Teatro Escola Célia Helena em 2004, ele é um dos criadores do grupo teatral Óbvios.[1] É conhecido por interpretar Paulinho, um menino de 5 anos que fala o que pensa, e também por fazer covers da apresentadora Marília Gabriela e do ator Ney Latorraca.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Raphael Véles inciou sua carreira de ator no grupo teatral Óbvios, inspirado no também teatral Terça Insana, lançado em 2004, com os personagens Paulinho Pestinha e Tônia Abrão, este último cover da apresentadora Sônia Abrão.[3] O espetáculo com duração de uma hora e meia, conta com situações cômicas e imprevisíveis interpretada por quatro atores, dentre eles Raphael que também é diretor das peças produzidas pelo grupo.[4]

Com o personagem Tônia Abrão, ele estreou na televisão no programa Pânico na TV, exibido pela RedeTV!.[3] Em 2009, estreou no programa A Praça É Nossa, exibido pelo SBT, interpretando a jornalista Marília Gabriela e o ator Ney Latorraca, e papéis como o do garoto Paulinho.[5]

Em 2010, estreou a peça Zappiada com direção de Oscar Filho, e com participação de Fábio Silvestre.[2] Em 2011, foi contratado pela Rede Globo, estreando na primeira temporada da série Macho Man, em que dava vida a Cherry, namorado de Fréderic (Roney Facchini), dono do salão de beleza Frederic´s Coiffeur.[5] Um ano afastado da televisão, em 2013 entrou na novela Salve Jorge com o personagem Drica, um homossexual que é aliciado para o tráfico de pessoas por Rosângela (Paloma Bernardi), com a farsa de fazer shows na Itália.[6][7]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 2007 - Humor Eterno Amor
  • 2010 - Zappiada
  •  ? - Yerma[1]
  •  ? - Os Veranistas[1]
  •  ? - A Guerra[1]
  •  ? - A Viagem de Alice do Céu ao Apocalipse[4]

Referências

  1. a b c d «Espetáculo vai divertir sergipanos no TTB». Correio de Sergipe. 6 de julho de 2007. Consultado em 22 de março de 2013 
  2. a b «Zappiada em cartaz no Teatro Procópio Ferreira com direção de Oscar Filho». Jornal Cem Por Cento Bairro. 20 de setembro de 2010. Consultado em 22 de março de 2013. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  3. a b Muniz, Diógenes (22 de maio de 2007). «Estrelas de "Vai Tomar no C." e "Tapa na Pantera" disputam bilheteria nos palcos de SP». Folha de S. Paulo. Folha.com. Consultado em 22 de março de 2013 
  4. a b «Entrevista com Raphael Véles». InfoNet. 1 de março de 2007. Consultado em 22 de março de 2013 
  5. a b «Imitador de "A Praça é Nossa" assina com a Globo». NaTelinha. Universo Online. 13 de junho de 2011. Consultado em 22 de março de 2013 [ligação inativa]
  6. Oliveira, Fernando (14 de março de 2013). «'Salve Jorge': Famoso por fazer cover de Marília Gabriela, Raphael Veles entra na trama como gay traficado». NaTV. Internet Group. Consultado em 22 de março de 2013 
  7. «Salve Jorge: Rosângela vai aliciar homens gays para tráfico de pessoas». Noveleiro. clicRBS. 18 de março de 2013. Consultado em 22 de março de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]