A Turma do Didi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Turma do Didi
Logotipo usado nas duas últimas temporadas
Informação geral
Formato sitcom
Gênero Humor, situação
Duração 35 minutos
Criador(es) Renato Aragão
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Alexandre Boury
Paulo Aragão
Pedro Carvana
Guto Franco
Jayme Monjardim
Produtor(es) Jorge Fernando
Carlos Manga Jr.
Mário Meirelles
Elenco Renato Aragão

Debby Lagranha (1998–02)
Vanessa Bueno (1998–02)
Eliezer Motta (1998–02)
André Segatti (1998–02)
Tadeu Mello (2003–10)
Marcelo Augusto (2003–10)
Jacaré (2003–10)
Kléber Bambam (2003–05)
Daniel Del Sarto (2006–10)
Roberto Guilherme (1998–10)
Rodrigo Sant' Anna (2005–09)
Dedé Santana (2008–10)

Tema de abertura "A Turma do Didi", Instrumental
Tema de encerramento "A Turma do Didi", Instrumental
Exibição
Emissora original Brasil Rede Globo
Transmissão original 25 de outubro de 199828 de março de 2010
Temporadas 13
Episódios +500
Cronologia
Os Trapalhões
Aventuras do Didi

A Turma do Didi foi um sitcom humorístico brasileiro exibido aos domingos pela Rede Globo, entre 25 de outubro de 1998 a 28 de março de 2010, às 12h30. A atração contava com as peripécias do cearense Didi, que sempre aprontava com seus diversos amigos.

Nos primeiros anos de exibição, o programa exibia histórias de meia-hora vividas por Didi e seus amigos. Foi somente em 2003 que o programa ganhou o formato que manteve até o final de sua exibição. Além de Renato Aragão e diversos outros artistas que completavam o elenco, o programa recebia convidados especiais, como atores, cantores e ex-BBBs. Ao final do programa, era exibido o quadro Armações e Mancadas, onde eram exibidos os erros de gravações.

Em 2010, saiu do ar e deu lugar ao Aventuras do Didi, que contava com o mesmo formato e elenco principal da Turma.

Formato[editar | editar código-fonte]

Na fase inicial do programa, o elenco de apoio que contracenava com Renato Aragão era formado por Roberto Guilherme, em vários papéis, entre os quais o do Sargento Pincel, um oficial linha-dura do exército; Luís Salem (Lulu), Vanessa Bueno (Lili) e Pedro Kling (Pedrinho). Ainda em 1998, Eliezer Motta se juntou ao elenco na pele do ingênuo Batista, personagem oriundo do programa Viva o Gordo e que também havia participado da Escolinha do Professor Raimundo. O personagem voltou rebatizado de Babá.[1]

Em 1999, quando os esquetes soltos deram lugar a histórias curtas com início, meio e fim, o elenco ganhou outros dois nomes: o ator André Segatti e a menina Debby Lagranha, mascote da turma.[1]

A partir de 2003, o programa voltou a apresentar esquetes soltos, só que ambientados na mansão em que Didi morava com seus novos amigos: o cearense Tatá (Tadeu Mello), o cantor Marcelo Augusto, o dançarino Jacaré e Kléber Bambam, vencedor da primeira edição do Big Brother Brasil. A partir de 2006, o elenco ganhou a participação do modelo Daniel Del Sarto, Pedro Nercessian, Tony Tornado e Rodrigo Sant'Anna, como Dodô (Dorivaldo), um malandro carioca.[1]

O ano de 2008 foi marcante para o programa. Parceiro de linha data de Aragão em Os Trapalhões, Dedé Santana estreou no programa no dia 22 de junho.[2] Antes de voltar para a Rede Globo, ele estava no SBT onde protagonizava o Dedé e o Comando Maluco, que muitas vezes concorria com A Turma do Didi pela audiência do horário.[1]

Produção[editar | editar código-fonte]

Após o fim d' Os Trapalhões em 1995, Renato Aragão sentiu que havia encerrado sua carreira na televisão. [3] No entanto, o humorista mudou de ideia em 1997, após o lançamento de seu filme O Noviço Rebelde (1997). O considerável sucesso do filme, principalmente entre as crianças, estimulou em Aragão o desejo de fazer um programa de humor na TV que fosse totalmente voltado para o público infantil, criando A Turma do Didi.

Em 2009, o programa passou a ser apresentado em um palco de 360º graus com integração total da plateia com o elenco. O humorístico ganhou nova abertura e um novo cenário. Em 2010, o programa se despediu da TV Globo, sendo assim substituído por Aventuras do Didi, praticamente com o mesmo formato. [4]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem Temporadas
1
1998
2
1999
3
2000
4
2001
5
2002
6
2003
7
2004
8
2005
9
2006
10
2007
11
2008
12
2009
13
2010
Renato Aragão Didi
Debby Lagranha Debby
Vanessa Bueno Lili
Eliezer Motta Babá
André Segatti Andrezão
Luís Salem Lulu
Pedro Kling Pedrinho
Tadeu Mello Tatá
Marcelo Augusto Marcelo
Jacaré Jacaré
Kléber Bambam Bambam
Daniel Del Sarto Daniel
Rodrigo Sant' Anna Dodô
Pedro Nercessian Pedro
Dedé Santana Dedé
Karina Dohme Karina

Elenco de apoio[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem Temporadas
1
1998
2
1999
3
2000
4
2001
5
2002
6
2003
7
2004
8
2005
9
2006
10
2007
11
2008
12
2009
13
2010
Roberto Guilherme Sargento Pincel / Vários Personagens
Bahiaco Dublê do Didi
Livian Aragão Lili

Convidados[editar | editar código-fonte]

  • Aqui listados algumas das diversas participações que o programa teve, entre atores, cantores, bandas e ex-BBs:

Redação[editar | editar código-fonte]

  • Renato Aragão (1998–99)
  • Paulo Duarte (1998–99)
  • Roberto Silveira (1998–99)
  • Natália Grimberg (1998–99)
  • Péricles de Barros (1998–99)
  • Mu Chebabi (1998–99)
  • Paulo Cursino (1998–03)
  • Expedito Faggioni (2000–10)
  • Gilmar Rodrigues (2003–10)
  • Gilberto Fernandes (2003–10)
  • Alessandro Marson (2004)
  • Celso Taddei (2004)
  • Claudio Lisboa (2004)
  • Roberto Silveira (2004)
  • Ricardo Aragão (2004–05)
  • Chico Soares (2004–05)
  • Zé Dassilva (2005)
  • Paulo Andrade (2006–07)
  • Caxa (2006–10)
  • Tiza Lobo (2007–08)
  • Alberto Luiz (2007–10)
  • Alexandre Rossi (2007–10)
  • Claudio Longo (2007–10)
  • Cláudio Spritzer (2007–10)
  • Guto Franco (2007–10)
  • Duda Aragão (2010)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]