A Pedra do Tesouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Pedra do Tesouro
 Brasil
1965 •  cor •  
Produção Roberto Farias
Elenco Renato Aragão
Dedé Santana
Gênero comédia / curta-metragem
Idioma português

A Pedra do Tesouro é um filme brasileiro de 1965, produzido por Roberto Farias e estrelado por Renato Aragão e Dedé Santana. Trata-se de um curta-metragem que marcou a estreia do comediante Didi no cinema.[1]

Esse filme nunca foi lançado comercialmente, até que em 2005 foi lançado como um extra no DVD do filme/documentário O Mundo Mágico dos Trapalhões.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Didi e Dedé estão no Velho Oeste, em busca de um tesouro de enorme valor. Descobrem que o mesmo está escondido sob uma enorme pedra. Para proteger o local, matam qualquer um que se aproxima. Em seguida, tentam de todas as formas remover a pedra, mas não conseguem lograr êxito. Ao final, com a ajuda de uma turma de jovens hippies, conseguem remover a pedra e encontram o tesouro, mas o mesmo é repartido entre todos, não sobrando quase nada para ninguém.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. «A Pedra do Tesouro (1965)». Os Trapalhões. Consultado em 17 de março de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.