Adorável Trapalhão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adorável Trapalhão
Adorável Trapalhão.jpg
 Brasil
1967 •  p&b •  90 min 
Direção J. B. Tanko
Roteiro Karim Ainouz
Elenco Renato Aragão
Amilton Fernandes
Neide Aparecida
Paulo Aragão
Suely Nunes
Suzy Arruda
Género Comédia
Idioma Português
Cronologia
Na Onda do Iê-iê-iê (1966)
Dois na Lona (1968)
Página no IMDb (em inglês)

Adorável Trapalhão é um filme brasileiro de 1967 dirigido por J. B. Tanko e estrelado por Amilton Fernandes, Neide Aparecida e Renato Aragão. Terceiro filme estrelado por Renato Aragão.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Epitácio (Renato Aragão) é o empregado de um empresário musical, que perdeu a mulher e vive com os três filhos. Preocupado com a felicidade do patrão, Epitácio tenta arranjar uma esposa para ele. E a pretendente é Lúcia, a professora dos filhos do patrão, que sonha em se tornar cantora. Participações especiais da cantora Rosemary e dos irmãos Renato, Roberto e Ronaldo Correia, que junto do amigo Valdir Anunciação formavam o grupo musical Golden Boys.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.