Gibe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a subdivisão etíope, veja Gibe (Etiópia).
Gibe
Nome completo Gilberto Fernandes
Nascimento 10 de janeiro de 1935
São Paulo
Morte 16 de julho de 2010 (75 anos)
São Paulo
Ocupação Ator
Redator

Gilberto Fernandes (São Paulo, 10 de janeiro de 1935 — São Paulo, 16 de julho de 2010), mais conhecido como Gibe, foi um ator, comediante, produtor e redator brasileiro, conhecido por atuar em inúmeras pegadinhas (exibidas até hoje pelo SBT) e por interpretar o palhaço Papai Papudo no elenco do programa infantil Bozo, exibido pelo SBT na década de 1980. O famoso bordão do palhaço, "Cinco e sessenta", foi criado por Gibe e tinha grande apelo com as crianças.[1] Gibe era primo[2] dos também atores e humoristas Dedé Santana e Dino Santana.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

A partir da década de 1980, trabalhou como um dos redatores do programa Os Trapalhões. A partir da década de 1990, passou a trabalhar como redator e ator das câmeras escondidas, mais conhecidas como pegadinhas, do programa dominical Topa Tudo por Dinheiro de Silvio Santos sendo, juntamente com Ivo Holanda, Fernando Benini, Ruth Romcy e Carlinhos Aguiar, os mais lembrados pelo público.[1] Também foi um dos redatores do programa Os Trapalhões. Após sair do SBT em 2002, trabalhou como um dos redatores dos programas A Turma do Didi e Aventuras do Didi, da Rede Globo.[1]

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu em 16 de julho de 2010, aos 75 anos. Ele estava internado no Instituto do Coração, em São Paulo, desde o dia 1º do mesmo mês. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele foi submetido a uma cirurgia no coração no dia 7, mas não resistiu e morreu. Ele tinha estenose de válvula e morreu de falência múltipla dos órgãos. O velório ocorreu no Cemitério do Araçá, em São Paulo, e foi enterrado em Registro, no Vale do Ribeira.

Referências