Gibe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a subdivisão etíope, veja Gibe (Etiópia).
Gibe
Nome completo Gilberto Fernandes
Nascimento 10 de janeiro de 1935
São Paulo
Morte 16 de julho de 2010 (75 anos)
São Paulo
Ocupação Ator/redator

Gilberto Fernandes (São Paulo, 10 de janeiro de 1935 — São Paulo, 16 de julho de 2010), mais conhecido como Gibe, foi um ator, comediante, produtor e redator brasileiro, conhecido por atuar em inúmeras pegadinhas (exibidas até hoje do SBT) e por interpretar o palhaço Papai Papudo no elenco do programa infantil Bozo, exibido pelo SBT na década de 1980. O famoso bordão do palhaço, "Cinco e sessenta", foi criado por Gibe e tinha grande apelo com as crianças.[1] Gibe era primo[2] dos também atores e humoristas Dedé Santana e Dino Santana, também já falecido.[2]

A partir da década de 1980, trabalhou como um dos redatores do programa Os Trapalhões. A partir da década de 1990 passou a trabalhar como redator e ator das câmeras escondidas, mais conhecidas como pegadinhas, do programa dominical Topa Tudo por Dinheiro de Silvio Santos sendo, juntamente com Ivo Holanda, Fernando Benini, Ruth Romcy e Carlinhos Aguiar, os mais lembrados pelo público.[1] Também foi um dos redatores do programa Os Trapalhões. Após sair do SBT em 2002, trabalhou como um dos redatores dos programas A Turma do Didi e Aventuras do Didi, da Rede Globo.[1]

Morreu em 16 de julho de 2010, aos 75 anos. Ele estava internado no Instituto do Coração, em São Paulo, desde o dia 1º do mesmo mês. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele foi submetido a uma cirurgia no coração no dia 7, mas não resistiu e morreu. Ele tinha estenose de válvula e morreu de falência múltipla dos órgãos. O velório ocorreu no Cemitério do Araçá, em São Paulo, e foi enterrado em Registro, no Vale do Ribeira.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.