Regiane Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Regiane Alves
Regiane como Dóris em Mulheres Apaixonadas
Nome completo Regiane Kelly Lima Alves
Nascimento 31 de agosto de 1978 (40 anos)[1][2]
Santo André, SP
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1998–presente
Cônjuge Carlos Augusto (1996–1999)
André Felipe Binder (2000–2004)
Thiago Antunes (2005–2010)
João Gomez (2010–2018)
Página oficial
IMDb: (inglês)

Regiane Kelly Lima Alves (Santo André, 31 de agosto de 1978)[1][2] é uma atriz brasileira. Ficou conhecida por interpretar as personagens Clara de Laços de Família e Dóris de Mulheres Apaixonadas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Santo André, região metropolitana de São Paulo. É filha do supervisor de vendas José Monteiro Alves e da dona-de-casa Maria Aparecida Lima Alves. Desde cedo se interessou pela carreira artística.[3][4] Na infância participava de concursos de poesia e festivais de dança no colégio, estando sempre entre os primeiros lugares.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Seu sonho de trabalhar com arte começou aos treze anos, quando começou a investir na carreira e atuar como modelo e manequim. Nessa época já era estrela de campanhas publicitárias, comerciais de televisão e capas de revista. Entretanto, devido a sua baixa estatura, 1,66 m, percebeu que não teria êxito nessa profissão e decidiu parar de desfilar.[5]

Aos 17 anos, ainda querendo ter uma carreira artística, mesmo fazendo faculdade de comunicação, Regiane passou a frequentar um curso de teatro em São Caetano do Sul, cidade próxima a Santo André.

Em 1996, cursou a Oficina de Atores da Rede Globo e foi reprovada no teste para a novela Malhação, e mesmo triste, não desistiu de ser atriz. Voltou para Santo André e decidiu morar na cidade de São Paulo. Optou por parar com a faculdade de Comunicação, e passou a estudar Publicidade, porém continuou no curso de teatro para tentar entrar em alguma novela um dia. Nessa época, já viajava pelo país atuando em peças de teatro.[6]

Em 1998, Regiane passou em um teste, e fez sua primeira telenovela, Fascinação, com papel de protagonista, no SBT. Foi muito elogiada, convencendo os críticos televisivos de que ela poderia fazer outras novelas e teria chances de crescimento.[2] A atriz, ao passar no teste, ficou surpreendida, uma vez que a novela foi originalmente feita para ser exibida no México devido a um acordo entre o SBT e a Televisa, e Regiane achou que teria que morar no país enquanto gravava a novela. Porém, Silvio Santos decidiu exibi-la no Brasil, para concorrer com Torre de Babel da Rede Globo. Gravando em São Paulo, a atriz pôde ficar perto de sua casa e da de seus pais.[7]

Já no ano seguinte fez sucesso em Meu Pé de Laranja Lima, na Rede Bandeirantes.[8] Em 2000, fez parte do elenco da minissérie A Muralha.[2] Durante esse trabalho fez um ensaio sensual para o site The Girl, do Portal Terra.[9] Nesse mesmo ano fez sua primeira novela na emissora, Laços de Família, já com papel de destaque, interpretando a mimada vilã Clara, que infernizava a vida dos pombinhos Fred e Capitu. Em 2002, interpretou Letícia em Desejos de Mulher. Nesse mesmo ano, fez um ensaio fotográfico sensual para a revista VIP.[10]

Seu reconhecimento como atriz veio em Mulheres Apaixonadas, onde ela interpretou a personagem Dóris, uma menina arrogante e muito mimada que maltratava e humilhava os avós de todas as formas, interpretados por Carmem Silva e Oswaldo Louzada. A ação social da novela de Manoel Carlos, na denúncia contra a violência e o preconceito contra os idosos, juntamente com a Campanha da Fraternidade da Igreja Católica de 2003 (Fraternidade e Pessoas Idosas – Vida Dignidade e Esperança) seriam responsáveis pela mobilização nacional que ressuscitaria no Congresso Nacional o projeto de lei que criaria o Estatuto do Idoso que estava paralisado desde 1997.[11][12]

A elogiada atuação de Regiane, bem como a repercussão e a sensualidade de sua personagem Dóris, lhe rendeu a capa da edição brasileira da Playboy, na edição de aniversário de 28 anos da revista, em agosto de 2003.[13][14] Também aparece nua no filme Onde Anda Você de 2004. Na vida real, por outro lado, Regiane se diz "tímida", critica a superexposição e que tenta passar discretamente, sem mostrar ou estampar alardes na vida pessoal.[15]

Na novela Cabocla teve destaque com sua personagem Belinha, que fazia par com Neco, interpretado por Danton Mello.[16] Em 2006, Regiane atuou em Páginas da Vida, interpretando Alice, a sua terceira vilã, em mais uma novela do autor Manoel Carlos.[17] Em 2008 atuou na telenovela Beleza Pura onde interpretou a primeira protagonista na Globo, a órfã Joana, que comoveu o público.[18] Em 2010 interpretou a personagem Goretti na telenovela Tempos Modernos.[19] Além de atuar na televisão, passou a se dedicar ao teatro e ao cinema. Em 2011 integrou o elenco da novela A Vida da Gente, como a personal trainer Cris.[20][21]

Em 2013, atuou na novela Sangue Bom, no qual interpretou a jovem batalhadora e insegura Renata.[22] Em 2016, volta às novelas na pele da ambiciosa Beth, em A Lei do Amor.[23] Em 2017, interpreta a prostituta Marli na série Cidade Proibida.[24]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 1996 casou-se com seu primeiro namorado, Carlos Augusto. O casamento durou apenas três anos: Em 1999 o casal se divorciou.[25]

Em 2000, namorando há poucos meses, se casou com o assistente de direção André Felipe Binder,[26] esse casamento, porém durou até 2004, quando o casal se divorciou.[27]

Em 2005 iniciou um namoro com o músico Thiago Antunes e em 10 de outubro de 2009, após quatro anos juntos, a atriz se casou com ele na Barra da Tijuca, zona oeste da Cidade do Rio de Janeiro.[28][29] Em maio de 2010 a atriz confirmou seu divórcio do músico.[30]

É casada com o cineasta João Gomez, filho caçula de Regina Duarte.[31] Em 26 de abril de 2014, Regiane dá à luz seu primeiro filho, João Gabriel, que nasceu através de uma cesariana.[32] Em 26 de agosto de 2015, deu a luz ao seu segundo filho, Antônio.[33] Em Junho 2018 o casal se divorciou.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1998 Fascinação Ana Clara Gouveia da Silva Prates[34]
Meu Pé de Laranja Lima Liliane Silva (Lili)
2000 A Muralha Rosália Olinto[2]
Laços de Família Clara Lacerda Ferrari
2001 Brava Gente Gigi Episódio: "O Crime Imperfeito"[35]
Branca Luz Episódio: "Arioswaldo e o Casamento de Sua Mãe"[36]
Sítio do Picapau Amarelo Branca de Neve Temporada 1[37]
2002 Desejos de Mulher Letícia Miranda Moreno
2003 Mulheres Apaixonadas Dóris de Souza Duarte
2004 Cabocla Elizabeth Pereira Junqueira Caldas (Belinha)
2005 Retrato Falado Episódio: "Lycia"[38]
2006 Minha Nada Mole Vida Elizandra Peres Episódio: "Hipnose do Amor"[39]
Páginas da Vida Alice Miranda Silveira
2008 Beleza Pura Joana da Silva Amarante
Casos e Acasos Aline Episódio: "A Ciumenta, o Ciumento e o Ciúme"[40]
2009 Exagerados Bety Quadro do Fantástico[41]
A Turma do Didi Ela mesma Episódio: "12 de Julho de 2009"[42]
2010 Tempos Modernos Goretti Cordeiro ()[43]
2011 A Vida da Gente Cristiane Macedo (Cris)[21]
2012 Guerra dos Sexos Jennifer Episódios: "27–30 de outubro 2012"[44]
2013 Sangue Bom Renata Moretti [45]
2016 A Lei do Amor Elizabeth Alves Tavares (Beth) Episódios: "2 de dezembro 2016–10 de janeiro 2017"
2017 Cidade Proibida Marli
2018 O Tempo Não Para Maria Carla[46][47]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
2004 Onde Anda Você Estela da Luz
2005 Corpo Helena
2006 O Dono do Mar Germana
Zuzu Angel Hildegard Angel
2011 Retrato Falhado Pérola Curta-metragem
2014 O Menino no Espelho Odete
Isolados Renata[48][49]
2018 Uma Pitada de Sorte Margô[50]

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Cantor
2007 "Dia Branco" Thiago Antunes
"Velocidade da Luz" Rodrigo Moratto

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2002 Caminhos de José Brandão
2005 Dança Lenta no Local do Crime Rosie
2007 Ricardo III Lady Anna
2007 Mãos ao Alto São Paulo Flora
2008–11 Enfim Nós Fernanda
2010 A Garota do Biquíni Vermelho Sônia Mamede
2012 Festival Home Theatre Sandra, Emilia e Isabel
2014–15 Amor Perverso Amapola
2016–17 Para Tão Longo Amor Raquel

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
2003 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Desejos de Mulher Indicado [51]
2003 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Coadjuvante Mulheres Apaixonadas Indicado
2003 Melhores do Ano Melhor Atriz Coadjuvante Indicado [52]
2003 Meus Prêmios Nick Vilã Favorita Venceu [53]
2004 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Venceu [54]
2005 Prêmio Contigo! de TV Par Romântico (com Danton Mello) Cabocla Indicado
2004 FestNatal Melhor Atriz Coadjuvante Onde Anda Você Venceu [55]
2008 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Beleza Pura Indicado [56]
2013 Prêmio Quem de Televisão Melhor Atriz Coadjuvante Sangue Bom Indicado [57]
2016 Prêmio Shell Melhor Atriz Para Tão Longo Amor Indicado [58]

Referências

  1. a b Biografia da atriz Regiane Alves Página visitada em 22 de dezembro de 2011.
  2. a b c d e Regiane Alves fala sobre as agruras de interpretar uma vilã Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  3. Viviane Rosalem. «Muito além de um rostinho». Istoé Gente. Terra Networks. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  4. Carla Felícia. «Um doce de vilã». Istoé Gente. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  5. «Regiane Alves fala sobre televisão e sobre a peça "Mãos ao Alto, São Paulo" no BP UOL». UOL. 5 de outubro de 2007. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  6. Luís Edmundo Araújo. «Cara de lolita, carreira de gente grande». Istoé Gente. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  7. «Regiane Alves e seus 10 anos de carreira: "me curtem mais como vilãzinha"». 6 de setembro de 2008. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  8. «Para relembrar». Globo.com. 13 de março de 2011. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  9. André Bernardo. «Jovialidade tarimbada». Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  10. Redação Terra (27 de junho de 2002). «Regiane Alves posa de lolita em ensaio para a Vip». Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  11. «Mulheres Apaixonadas». Globo.com. Consultado em 22 de dezembro de 2011. 
  12. «Regiane Alves em Mulheres Apaixonadas». Consultado em 22 de dezembro de 2011. 
  13. «Regiane Alves será capa da Playboy de agosto». O Norte. 29 de junho de 2003. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  14. «De volta às manchetes». Veja. Abril.com. 6 de agosto de 2003. Consultado em 22 de dezembro de 2011. 
  15. «Regiane Alves». Tribuna do Norte. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  16. «Danton Mello e Regiane Alves gravam Cabocla». Terra Networks. 30 de abril de 2004. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  17. «Regiane Alves entra em "Páginas da Vida" como vilã Alice». Folha Ilustrada. 2 de outubro de 2006. Consultado em 31 de outubro de 2006. 
  18. «Regiane Alves está contente com papel de protagonista». Terra. 24 de novembro de 2007. Consultado em 31 de agosto de 2016. 
  19. «Regiane Alves interpreta a desorientada Goretti em 'Tempos Modernos'». Terra Networks. 23 de janeiro de 2010. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  20. «Regiane Alves conta como ganhou músculos para "A Vida da Gente"». Natelinha. UOL. 11 de setembro de 2011. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  21. a b Redação Rede Globo (31 de agosto de 2011). «A Vida da Gente: Malu Valle vive uma consultora de moda cheia de garra». Globo.com 
  22. «Sangue Bom: Regiane Alves vive triângulo amoroso na nova novela». Globo.com. 25 de março de 2013. Consultado em 15 de abril de 2013. 
  23. «Regiane Alves entra em 'A lei do amor' para atrapalhar romance». O Globo. 28 de novembro de 2016. Consultado em 31 de agosto de 2017. 
  24. Paulo Victor Mafrans (31 de agosto de 2017). «Regiane Alves volta à TV como prostituta em 'Cidade proibida'». Extra. Consultado em 31 de agosto de 2017. 
  25. [1]
  26. Juliana Ambold (6 de setembro de 2006). «Regiane Alves revela que já traiu e foi traída». O Fuxico. Terra Networks. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  27. «Regiane Alves está solteira». IG. 29 de novembro de 2004. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  28. «Regiane Alves curte lua de mel após casamento secreto». O Fuxico. Terra Networks. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  29. «REGIANE ALVES E THIAGO ANTUNES: INTIMIDADE MARCA O CASAMENTO». Caras. UOL. Consultado em 22 de dezembro de 2011. 
  30. Clarice Muniz (25 de maio de 2010). «Regiane Alves e Thiago Antunes: Fim do terceiro casamento». Contigo!. Abril.com. Consultado em 15 de dezembro de 2011. 
  31. «Regina Duarte festeja o quarto netinho, filho da nora Regiane Alves: 'Prêmio'». Extra. Globo.com. 24 de outubro de 2013. Consultado em 10 de janeiro de 2014. 
  32. Eliane Santos (26 de abril de 2014). «Regiane Alves dá à luz seu primeiro filho: 'Bem vindo, meu amor'». Ego. Globo.com. Consultado em 28 de abril de 2014. 
  33. «Regiane Alves dá à luz seu segundo filho». EGO. 26 de agosto de 2015. Consultado em 31 de outubro de 2016. 
  34. Rui Dantas; Reportagem Local/Folha (26 de julho de 1998). «SBT vai adotar ponto eletrônico/Clara se torna milionária». TVFolha. Folha de S.Paulo. 8 páginas. Consultado em 10 de novembro de 2011. 
  35. «Regiane Alves grava Brava Gente». Babado - Famosos. Ig.com.br. 15 de setembro de 2001. Consultado em 31 de julho de 2017. 
  36. «Arioswaldo e o Casamento de Sua Velha Mãe Centenária». Internet Movie Database. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  37. «REGIANE ALVES». Museudatv. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  38. «Retrato Falado volta em nova temporada ao Fantástico». Area Vip. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  39. «Minha Nada Mole Vida». Globo.com. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  40. «Regiane Alves: "Quando o homem começa a se sentir muito seguro acaba não dando muito valor à mulher"». Globo.com. 24 de novembro de 2008. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  41. «Exagerados: Regiane Alves e Melhem no Fantástico». Estrelando IG. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  42. «Para Regiane Alves, com amor da Turma do Didi». Globo.com. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  43. «Regiane Alves será uma perua em 'Tempos modernos'». Extra. Globo.com. 28 de dezembro de 2009. Consultado em 7 de janeiro de 2012. 
  44. «Cinco superatrizes chegam em Guerra dos Sexos para enlouquecer Edson Celulari» 
  45. Carla Bittencourt (13 de março de 2013). «Regiane Alves muda o visual para fazer 'Sangue bom'». Extra. Telinha. Consultado em 20 de setembro de 2014. 
  46. Redação (27 de março de 2018). «Regiane Alves comemora personagem em O Tempo Não Para». OplanetaTV. Consultado em 7 de abril de 2018. 
  47. Patrícia Kogut (7 de maio de 2018). «Regiane Alves muda os cabelos para 'O tempo não para'». O Globo. Consultado em 7 de maio de 2018. 
  48. O Globo; Michele Miranda. «Bruno Gagliasso e Regiane Alves apostam em filme de suspense que estreia em 2013». O Globo. Globo.com. Consultado em 10 de outubro de 2013. 
  49. Naiara Andrade (20 de setembro de 2014). «Regiane Alves adoeceu após filmagens de 'Isolados': 'Era muita tristeza em cena'». Extra. Consultado em 20 de setembro de 2014. 
  50. «Uma Pitada de Sorte - Fotos - Globo Filmes». Globo Filmes. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  51. «Prêmio Contigo :: TV - Premiações Artísticas». Premiações Artísticas. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  52. "Melhores do Ano: Confira todos os vencedores das 14 edições do prêmio". Globo. 2014. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  53. «Fábio Assunção e Márcio Garica causam frisson no Meus Prêmios Nick no Playcenter». Perfil News. 2003. Consultado em 9 de julho de 2010. 
  54. "Prêmio Contigo! consagra vilões de "Celebridade"". Terra. 2004. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  55. «No Brasil, participou do Fest. de Cinema de Natal onde recebeu o Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante para Regiane Alves». Morena Filme. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  56. «Categoria Televisão - 2008 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Qualidade Brasil. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  57. «Prêmio QUEM 2013: Conheça os finalistas na categoria TV». revistaquem.globo.com. Consultado em 8 de março de 2016. 
  58. «'O Grande Sucesso' vence Prêmio Shell; protestos marcam cerimônia». Folha Uol. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Regiane Alves