Letícia Sabatella

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Letícia Sabatella
Letícia em 2013.
Nascimento 8 de março de 1971 (47 anos)[1]
Belo Horizonte, MG
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz
Cantora
Atividade 1991–presente
Cônjuge Ângelo Antônio (1991-2003)
Fernando Alves Pinto (2013-presente)
IMDb: (inglês)

Letícia Sabatella (Belo Horizonte, 8 de março de 1971)[1][2][3] é uma atriz e cantora brasileira. Tornou-se conhecida por sua participação em telenovelas e filmes.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Letícia tinha dois anos de idade quando sua família se mudou de Belo Horizonte (MG) para a cidade mineira de Volta Grande, indo residir na vila da Usina Hidrelétrica de Volta Grande. Lá seu pai era engenheiro na usina. Ela conta que aprendeu a gostar da natureza nesse lugar cheio de verde e de pessoas de diferentes nacionalidades. Hoje, possui um sítio em Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, onde planta alimentos orgânicos em regime de cooperativismo com os empregados.

Mudando-se para Curitiba, viveu nessa cidade dos quatro aos vinte anos. Acreditando que os habitantes de Curitiba conseguem preservar suas raízes em grupos isolados, discorda até certo ponto da conhecida misantropia deles. Lá começou a se interessar por arte, tendo feito cursos de balé e teatro.

Letícia conta que seu amadurecimento custou caro e veio com três experiências dolorosas. A primeira foi a morte por leucemia de seu namorado de adolescência. A segunda foi o nascimento prematuro de sua filha Clara, que a obrigou a morar no hospital com o marido Ângelo Antônio por três meses. A terceira foi a separação conjugal em 2003, que a levou a procurar ajuda psicológica e espiritual.

Sua consciência política surgiu[4][5] cedo na vida e foi reforçada pela companhia de pessoas como Frei Beto e Herbert de Souza, que lhe mostraram a importância de usar sua celebridade para algo mais do que ganhar dinheiro. Seu engajamento se tornou tão forte que chegou a conviver com os índios[6] craós (no Tocantins), como se fosse um deles, e a acampar com integrantes do Movimento dos Sem Terra para entender sua proposta. Além disso, participa de várias entidades, é presença constante em fóruns, levanta a voz em defesa dos direitos humanos e do meio ambiente.

No dia 8 de dezembro de 2007, esteve[7] em Sobradinho, Bahia, visitando o bispo da cidade de Barra, Dom Luís Flávio Cappio, na igreja de São Francisco. O bispo fez greve de fome pela segunda vez, a primeira foi em Cabrobó, Pernambuco, em protesto contra a transposição do rio São Francisco. Letícia faz parte da organização não-governamental Movimento Humanos Direitos.

A mineira costuma dizer que a religião não precisa ser um ópio, pode ser libertadora, mobilizadora e transformadora. Acredita que seu envolvimento em causas sociais a fez ganhar humanidade e consciência e também que só com uma reforma agrária a violência urbana diminuirá. Defende o MST, diz que os seus membros procuram conter excessos e desenvolveram uma interessante educação rural para crianças. Acusa a imprensa de ocultar informações como o trabalho escravo no Brasil. É vegetariana.[8] Já foi convidada para muitos comerciais, mas recusou porque é contra o consumismo. Apesar de ser socialista, afirma que nunca foi discriminada na Rede Globo.

No dia 16 de dezembro de 2013, casou-se com o ator Fernando Alves Pinto em São Paulo, após dois anos de namoro, numa cerimônia intimista apenas para 350 convidados.[9]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Letícia no 26° Prêmio da Música Brasileira 2015, no Theatro Municipal, no Centro do Rio de Janeiro/RJ

Ingressou em uma escola de arte dramática, mas só ficou por dois anos porque foi convidada para participar do especial Os Homens Querem Paz, após ter feito um teste na TV Globo, em 1991.

Sua experiência com os índios a levou a iniciar uma carreira como cineasta. Em 2008, lançou o documentário Hotxuá.[10] "Foram os índios que me pediram esse registro. Daí veio a ideia de falar sobre o Hotxuá, o palhaço sagrado, que tem a função de manter a autoestima da tribo e fazê-la superar as dificuldades através do humor", explicou. A atriz chegou a ser batizada pelos índios craós e uma das mulheres da tribo a adotou como filha, conforme manda seu ritual de integração à comunidade.

Em 2009, interpretou sua primeira vilã em novelas, a cruel Yvone na telenovela Caminho das Índias de Glória Perez.[11][12] Em 2012, foi confirmada no filme The Mother War, filme estrangeiro que teria co-produção dos EUA e da Itália, no filme ela interpretaria a guerreira Anita Garibaldi.[13][14]

Em 2013, retorna às novelas em Sangue Bom, na qual interpreta a elegante casamenteira Verônica.[15] Em 2014, entra para o elenco de Sessão de Terapia, interpretando Bianca Cadore, uma professora de literatura que procura terapia para salvar seu casamento, com o marido, Tadeu, com quem vive uma relação doentia.[16][17]

Em 2017, retorna às novelas em Tempo de Amar, na qual interpreta Delfina, a ardilosa empregada doméstica de José Augusto (Tony Ramos).[18]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1991 O Dono do Mundo Taís Arruda Camargo
1991 Caso Especial Rita[19] Episódio: "Os Homens Querem Paz"
1993 Agosto Salete Matos
1993 Caso Especial Episódio: "O Besouro e a Rosa"
1994 74.5: Uma Onda no Ar Luiza
1995 Irmãos Coragem Maria de Lara Barros (Diana/Márcia)
1996 Caça Talentos Flora
1996 Você Decide Bárbara Episódio: "Testemunha de Acusação"
1998 Torre de Babel Celeste Rocha Toledo
1999 A Turma do Pererê
1999 Você Decide Episódio: "Trio em Lá Menor"
2000 A Muralha Ana Cardoso
2001 Os Maias
2001 Porto dos Milagres Arlete Palmeirão
2001 O Clone Latiffa El Adib Rachid
2004 Um Só Coração Maria Luísa Sousa Borba
2005 Hoje É Dia de Maria Maria (Adulta)
2005 Tecendo o Saber Marília Episódio: "A Cadeirante"
2005 Hoje É Dia de Maria: Segunda Jornada Alonsa / Rosicler / Asmodeia
2006 JK Marisa Soares
2006 Páginas da Vida Irmã Lavínia
2007 Desejo Proibido Ana de Castro Fernandes
2008 Som Brasil Apresentadora
2009 Caminho das Índias Yvone Magalhães Oliveira
2010 Afinal, o Que Querem as Mulheres? Flanneur
2011 Chico Xavier Maria
2012 As Brasileiras Monique Episódio: "A Apaixonada de Niterói"
2012 Guerra dos Sexos Angelina[20]
2013 Sangue Bom Verônica Vasquez / Palmira Valente
2014 Sessão de Terapia Bianca Cadore[21][22] Temporada 3
2015 Amorteamo Arlinda [23][24]
2015 Malhação: Seu Lugar no Mundo Maria Loyola [25] Episódio: "3–27 de novembro"
2016 Liberdade, Liberdade Antônia Maria do Espírito Santo[26] Episódio: "11–12 de abril"
2017 Tempo de Amar Delfina Leitão
2018 Carcereiros Érika Episódio:

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota
1994 Dente por Dente Júlia Curta-metragem
1997 Decisão Laura Curta-metragem
1998 Bela Donna Dona Benta
1999 O Tronco Anastácia
2001 O Xangô de Baker Street Esperidiana
2002 Durval Discos Célia
2006 Vestido de Noiva Lúcia/Mulher de véu
2007 Não por Acaso Lúcia
2008 Romance Ana
2008 Hotxuá Diretora
2009 Flordelis - Basta uma Palavra para Mudar Eliane
2010 Chico Xavier Maria
2011 Circular Cristina
2013 Eu Maior Ela mesma[27] Documentário
2014 O Balé da Chuva Eugênia[28] Curta-metragem
2014 Encantados Zezé
2015 Chatô, o Rei do Brasil Maria Eudóxia[29]
2015 Todas as Manhãs do Mundo Água[30] Dublagem
2017 Happy Hour Vera[31]
2017 Querida Mamãe Heloísa (Helô)[32]
2017 Pedro Sob a Cama Beth[33]
2017 O Colar de Coralina Jacinta[34]
2018 Legalidade Bianca[35]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1984 No Jardim da Terra
1985 Um Pouco Antes do Caos
1987 Coral Sinfônico do Paraná
1992 Não Flor nem Fera
1994 Zé, Uma Cerimônia Teatral
1999 Por um Novo Incêndio Romântico
2003 Memorial do Convento Blimunda
2011 Alma Boa de Lugar Nenhum Geni[36]
2014–17 Trágica 3 Antígona [37] [38]
2016 Haiti Somos Nós Ela[39]
2017 A Vida em Vermelho Édith Piaf[40]

Música[editar | editar código-fonte]

Ano Título Álbum
2008 "A Cigarra" (Elza Soares feat. Letícia Sabatella) Do Cóccix Até O Pescoço
2014–presente Caravana Tonteria [41]

Prêmios & indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado
1992 Troféu Imprensa[42] Melhor Revelação O Dono do Mundo Indicado
2002 Melhores do Ano Melhor Atriz Coadjuvante O Clone Venceu
Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Venceu
2007 Festival da Lapa[43] Troféu Tropeiro Homenagem Venceu
2009 Premio Tudo De Bom - Jornal O Dia Musa Caminho das índias Venceu
Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz Venceu
Prêmio Qualidade Brasil[44] Melhor Atriz Coadjuvante Indicado
Melhores do Ano Melhor Atriz Coadjuvante Indicado
2011 Prêmio Arte Qualidade Brasil[45] Melhor Atriz de Minissérie Chico Xavier Indicado
2013 Prêmio Contigo! de TV Atriz de Série ou Minissérie As Brasileiras Indicado
2013 Prêmio Quem de Televisão[46] Melhor Atriz Coadjuvante Sangue Bom Indicado
2014 Prêmio APCA[47] Melhor Atriz Sessão de Terapia Indicado
2014 Prêmio Shell[48] Melhor Trilha Sonora Trágica.3 Indicado
2016 Festicini[49] Melhor Atriz Coadjuvante O Balé da Chuva Indicado

Referências

  1. a b SABATELLA, Letícia. Letícia Sabatella – Trajetória. Publicado no site memóriaglobo.com. Página visitada em 22 de fevereiro de 2016.
  2. “Sempre luto pelo que acredito”, afirma a atriz Letícia Sabatella BemParaná - Cultura, 20 de março de 2012
  3. Letícia Sabatella lança filme ambientado em Curitiba Curitiba.pr.gov.br, 9 de outubro de 2012
  4. «Letícia Sabatella: Ao natural». Quem. Globo.com. Consultado em 26 de maio de 2012 
  5. «Uma nova Letícia Sabatella em cena». Istoé Gente. Terra Networks. Consultado em 26 de maio de 2012 
  6. «Poltrona TV». Poltrona TV. Consultado em 26 de maio de 2012 
  7. «Globo» 
  8. Manequim, Abril
  9. QUEM ACONTECE - Letícia Sabatella e Fernando Alves Pinto se casam em cerimônia intimista. Página visitada em 17 de dezembro de 2013.
  10. Débora Miranda (7 de agosto de 2009). «Letícia Sabatella dirige filme sobre índio-palhaço e afirma: 'o humor é universal'». G1. Globo.com. Consultado em 12 de abril de 2012 
  11. Redação Rede Globo (2008). «Caminho das Índias: Personagens - Yvone». Rede Globo. Consultado em 1 de julho de 2010 
  12. Lauriano, Carolina (21 de agosto de 2009). «Consultora de novela diz que psicopata é incurável e esquizofrênico tem cura». Portal G1. Consultado em 1 de julho de 2010 
  13. Neto Lucon (25 de maio de 2012). «Letícia Sabatella é confirmada para filme com Stephen Baldwin». Virgula. UOL. Consultado em 26 de maio de 2012 
  14. «Letícia Sabatella será Anita Garibaldi em filme internacional». Quem. UOL. 25 de maio de 2012. Consultado em 26 de maio de 2012 
  15. «Letícia Sabatella muda o visual para novela». Ego. Globo.com. 18 de janeiro de 2013. Consultado em 15 de abril de 2013 
  16. Thais Britto (2 de agosto de 2014). «Leticia Sabatella estreia série e relembra estresse em novela: 'Dormia 3 horas por dia'». O Globo. Consultado em 3 de agosto de 2014 
  17. Fernando Oliveira (12 de fevereiro de 2014). «Saiba quem é quem na terceira temporada de 'Sessão de Terapia' com a lista completa de atores e personagens da série». R7. Mundo da TV. Consultado em 3 de agosto de 2014 
  18. «Atores novatos e Tony Ramos estão em primeiras fotos de 'Tempo de Amar'» 
  19. «Paulo Betti relembra o especial 'Os Homens Querem Paz'». Ghow. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  20. «Cinco superatrizes chegam em Guerra dos Sexos para enlouquecer Edson Celulari» 
  21. «Letícia Sabatella fala sobre personagem da terceira temporada de 'Sessão de terapia'». Sessão de Terapia - GNT. Consultado em 27 de julho de 2014 
  22. Patrícia Kogut (15 de julho de 2014). «Veja a primeira foto de Letícia Sabatella em 'Sessão de terapia'». O Globo. Consultado em 27 de julho de 2014 
  23. Fabrício Falcheti (8 de abril de 2015). «Globo aposta nos 'mortos-vivos' em sua próxima minissérie, "Amorteamo"». UOL. NaTelinha. Consultado em 12 de abril de 2015 
  24. Regina Rito (27 de janeiro de 2015). «Salvador terá final feliz em 'Império' com direito a fama e casamento». O Dia. Consultado em 30 de abril de 2015. Veja o subtítulo Letícia adúltera em série da Globo. 
  25. Letícia Sabatella participa de 'Malhação': 'Energia revitalizante'
  26. 'Liberdade, liberdade', a nova novela das 11
  27. Documentário 'Eu Maior' reflete a busca pela felicidade
  28. Com a presença de Letícia Sabatella, RPC TV lança ‘O Balé da Chuva’, em Curitiba
  29. Chatô, o Rei do Brasil estreia após 20 anos
  30. «Crítica: 'Todas as Manhãs do Mundo' extrai beleza a partir de rigor». Folha Uol. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  31. «Happy Hour - Urca Filmes». Jornal Tradições. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  32. «41ª Mostra Internacional de Cinema - Filme - QUERIDA MAMÃE». 41ª Mostra Internacional de Cinema. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  33. «Longa "Pedro Sob a Cama": Rotina de gravações agita Pedro Osório». Jornal Tradições. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  34. «Mais uma vez, Cora Coralina - O Popular». O Popular. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  35. «APERS é cenário para filmagens do longa-metragem Legalidade». Arquivo Publico. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  36. «Veja a primeira foto de Letícia Sabatella em 'Sessão de terapia'». O Globo. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  37. Letícia Sabatella e elenco apresentam 'Trágica.3'
  38. Peça dão vida às icônicas personagens da tragédia grega: Medeia, Electra e Antígona
  39. «Letícia Sabatella e Maria Casadevall se juntam a imigrantes em peça». Estadão. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  40. «Letícia Sabatella interpreta Edith Piaf em peça com ares de cabaré». Folha Uol. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  41. «Letícia Sabatella celebra 25 anos de carreira com "Caravana Tonteria». Macaé. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  42. «Troféu Imprensa - Categoria Revelação do Ano - Chance de Gol». Chance Gol. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  43. «o Festival da Lapa 2007, homenageou a atriz Letícia Sabatella com o Troféu Tropeiro-Prêmio Especial Profissionais do Audiovisual Paranaense». Diário Indútria. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  44. «Categoria Televisão - 2009 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  45. «Categoria Televisão - 2011 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Qualidade Brasil. 2011. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  46. «Prêmio QUEM 2013: Conheça os finalistas na categoria TV». revistaquem.globo.com. Consultado em 8 de março de 2016 
  47. « APCA divulga nesta sexta lista de indicados a prêmio de Melhores da TV em 2014». Sidney Rezende. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  48. «Leticia Sabatella concorre a prêmio por trilha sonora de peça». O Globo. Consultado em 14 de fevereiro de 2018 
  49. «Sumaré promove o "1° Festival Internacional de Cinema». Campinas. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons