Vanessa Gerbelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde março de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Vanessa Gerbelli
Nome completo Vanessa Gerbelli Ceroni
Nascimento 6 de agosto de 1973 (43 anos)
São Bernardo do Campo, SP
Nacionalidade brasileira
Ocupação atriz
Atividade 1993–presente
IMDb: (inglês)

Vanessa Gerbelli Ceroni (São Bernardo do Campo, 6 de agosto de 1973) é uma atriz brasileira de televisão, teatro e cinema.

Carreira[editar | editar código-fonte]

É formada em pintura na Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Começou em 1992 como cantora, atuando em espetáculos musicais. Sua primeira peça profissional aconteceu no ano seguinte, em Quixote.[1] [2]

O primeiro trabalho de Gerbelli na televisão foi na telenovela O Cravo e a Rosa de Walcyr Carrasco, exibida em 2000 às 18 horas pela Rede Globo. Nesta novela viveu Lindinha, personagem que faz de tudo para evitar que os protagonistas (interpretados por Adriana Esteves e Eduardo Moscovis), ficassem juntos. Sua novela seguinte foi Desejos de Mulher, exibida de janeiro a agosto de 2002. Em 2003 foi escalada para viver Fernanda, em Mulheres Apaixonadas, novela de Manoel Carlos exibida de fevereiro a outubro de 2003 pela Globo às 20 horas. [1]

Seus trabalhos seguintes na Globo resumiram-se a participações especiais[carece de fontes?]. A primeira delas foi em Kubanacan, novela de Carlos Lombardi. Depois atuou em Da Cor do Pecado, telenovela de João Emanuel Carneiro também às 19 horas. Teve destaque na novela Cabocla como Rosa, filha dos personagens de Vera Holtz e Sebastião Vasconcelos.[1]

No ano seguinte, fez sua última participação na teledramaturgia da Globo como Rosa na minissérie Carandiru, Outras Histórias, baseada no livro homônimo de Dráuzio Varella. Também havia interpretado Rosa na adaptação cinematográfica do livro. Em 2005 começou a trabalhar para a teledramaturgia da Rede Record, na personagem da esquizofrênica Elza, na telenovela Prova de Amor de Tiago Santiago.

No cinema, seu primeiro filme foi Carandiru, de Hector Babenco, um dos maiores sucessos de público de toda a história do cinema brasileiro. Os outros dois foram Os desafinados de Walter Lima Jr. e Sem Controle de Cris D'Amato, ambos lançados em 2008.[1]

Logo em seguida estava escalada para atuar como a protagonista de Vidas Opostas, mas teve sua participação cancelada, pois descobriu que estava grávida de seu primeiro filho. Deu à luz em abril de 2007 e, no mesmo ano, começou a interpretar Alice, sua primeira protagonista de telenovelas, em Amor e Intrigas da autora novata Gisele Joras.

Em 2014, volta a fazer parte do quadro de atores da Rede Globo, atuando na telenovela Em Família, que foi ao ar no horário das 21h.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Vanessa foi casada com o diretor da Globo Vinícius Coimbra, tiveram seu primeiro filho (um menino chamado Tito) em 14 de abril de 2007. Os dois se conheceram durante as filmagens da telenovela Desejos de Mulher, dirigida por ele. É sobrinha da também atriz Noemi Gerbelli, a qual lhe incentivou a seguir carreira artística.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota
2000 O Cravo e a Rosa Lindinha de Oliveira
2001 Brava Gente Sucena Episódio: "A Quenga e o Delegado"[3]
2002 Desejos de Mulher Gonçala "Gongon
2003 Mulheres Apaixonadas Fernanda Machado
2003 Kubanacan Amapola
2004 Da Cor do Pecado Tancinha / Zuleide
2004 Cabocla Rosa Oliveira Adib
2004 A Diarista Iris Episódio: "Aquele das Termas"
2005 Carga Pesada Helena Episódio: "Homem de Família"
2005 Carandiru, Outras Histórias Célia[4]
2005 Prova de Amor Elza Socorro
2007–08 Amor e Intrigas Alice Pereira
2009 A Lei e o Crime Celeste Novaes Episódio: "23–30 de março de 2009"
2010 A História de Ester Zeres
2010 Nascemos para Cantar Araci Lima Especial de Fim de Ano
2011–12 Vidas em Jogo Divina Torres Bandeira
2014 Em Família Juliana Castro Proença [5][6]
2014 Dança dos Famosos Participante Temporada 11
2015 Sete Vidas Marina Bastos [7]
2015–16 Malhação Ana Lúcia Alcântara (Ana) [8] Temporada 23
2017 Novo Mundo Maria Amália

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2003 Carandiru Célia
2007 Sem Controle Dra. Márcia
2008 Os Desafinados Dora
2011 As Mães de Chico Xavier Elisa
2012 Paixão e Acaso Inês [9]
2015 A Hora e a Vez de Augusto Matraga Dionóra [10]
2017 Ela é O Cara [11]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1993 Quixote
1993 Hotel dos Amores Julieta [12]
1997–98 Pocket Broadway Vários Personagens
1999 Turandot Turandot
2000 Cazas de Cazuza Mia Barros
2001 Eles Não usam Black-Tie Maria
2001 A Luta Secreta de Maria da Encarnação . Maria da Encarnação (jovem)
2004 Tartufo Elmira
2004 Orlando Vários Personagens
2005 Pedro e Domitila Domitila
2006 Um Marido Ideal Lady Laura Cheveley
2009–10 As Meninas Consuelo
2011 Emilinha e Marlene – As Rainhas do Rádio Emilinha[13]
2012–13 Quase Normal Diana Goodman [14]
2016 A Paixão Segundo Nelson – Uma Farsa Musical Brasileira Vários[2]
2017 Forever Young Paciente[15]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
2003 Melhores do Ano Melhor Atriz Coadjuvante Mulheres Apaixonadas Venceu [16]
2004 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Indicado [17]
2010 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Coadjuvante de Minissérie A História de Ester Indicado [18]
2012 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Emilinha e Marlene – As Rainhas do Rádio Indicado [19]
2013 Maringa Film Festival Melhor Atriz Paixão e Acaso Venceu [20]
Festival Brasil de Cinema Internacional Melhor Atriz Principal Venceu [21]
Prêmio Bibi Ferreira Melhor Atriz Quase Normal Venceu [22]
Prêmio APTR Melhor Atriz Venceu [23]
Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz de Teatro Musical Venceu [24]
2014 Prêmio Extra de Televisão Melhor Atriz Coadjuvante Em Família Indicado [25]
Prêmio Quem de Televisão Melhor Atriz Coadjuvante Indicado [26]
2016 Troféu Nelson Rodrigues Referencia Nacional Homenagem Venceu [27]

Referências

  1. a b c d «Vanessa Gerbelli - feliz como mãe e atriz». Alo Bebe. 1 de junho de 2007. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  2. a b «Vanessa Gerbelli estreia A Paixão Segundo Nelson em São Paulo - O musical, que é baseado na obra de Nelson Rodrigues, entra em cartaz no Teatro Bradesco». De Olho na Cena. 2 de março de 2016. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  3. http://www.vanessagerbelli.vipvirtual.com.br/index.php?secoes=07
  4. http://www.vanessagerbelli.vipvirtual.com.br/index.php?secoes=07
  5. Filipe Insensee (23 de abril de 2014). «Vanessa Gerbelli torce para Juliana, de 'Em família', ter uma gravidez difícil: 'Quero que ela encontre em Jairo alguém que a apoie'». Extra. Consultado em 5 de janeiro de 2015 
  6. «Vanessa Gerbelli torce para Juliana, de 'Em família', ter uma gravidez difícil: 'Quero que ela encontre em Jairo alguém que a apoie'». O Globo. Consultado em 21 de abril de 2015 
  7. «Vanessa Gerbelli vai viver mulher traidora na novela Sete Vidas». Lucas Medeiros. 4 de agosto de 2014. Consultado em 11 de fevereiro de 2015 
  8. «Nicolas Prattes, Lívian Aragão, Lucas Lucco e elenco apresentam nova 'Malhação'». Gshow. 4 de agosto de 2015. Consultado em 6 de agosto de 2015 
  9. http://o2filmes.com.br/1527/FILME_DE_DOMINGOS_OLIVEIRA_COM_PEDRO_FURTADO
  10. "Prodigo Films - A Hora e a Vez de Augusto Matraga". Prodigo. 18/09/2015. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  11. "Vanessa Gerbelli fará o filme “Ela é o cara”, dirigido por Leandro Néri.". Kogut. 03/11/2016. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  12. http://www.vanessagerbelli.vipvirtual.com.br/index.php?secoes=07
  13. http://redeglobo.globo.com/globoteatro/reportagens/noticia/2013/09/vanessa-gerbelli-e-solange-badim-vivem-rainhas-do-radio.html
  14. http://howtobeafunnygirl.wordpress.com/2013/02/11/vanessa-gerbelli-e-diana-goodman-no-musical-quase-normal/
  15. "Comédia musical “Forever Young” estreia no Rio de Janeiro ". A Broadway é Aqui. 05/01/2017. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  16. "Melhores do Ano: Confira todos os vencedores das 14 edições do prêmio". Globo. 2014. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  17. "Prêmio Contigo! consagra vilões de "Celebridade"". Terra. 2004. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  18. "Categoria Televisão - 2010 - Prêmio Arte Qualidade Brasil". Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2010. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  19. "O musical "Emilinha e Marlene, as Rainhas do Rádio" foi indicado para os prêmios Qualidade Brasil, nas categorias Direção e Melhor Atriz, Vanessa Gerbelli". nhenhenhem. 05/04/2012. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  20. "Maringa Film Festival 2013. Won Feature Film Competition, Best Actress Vanessa Gerbelli". Papo de Cinema. 24/09/2015. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  21. "Lista dos Premiados com o TROFEU BRASILEIRINHO: ". Brasil festival. 24/09/2015. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  22. "Veja vencedores do Prêmio Bibi Ferreira". Caras. 2013. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  23. "premia profissionais do teatro em noite de homenagem à dama ". Jornal de Teatro. 26/03/2013. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  24. "Categoria Teatro - 2013 - Prêmio Arte Qualidade Brasil". Prêmio Arte Qualidade Brasil. 2013. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  25. "98.html Prêmio Extra de TV 2014: vote nos melhores da televisão". Extra. 2014. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  26. "Prêmio QUEM 2014: Conheça e vote nos finalistas da categoria TV". Revista Quem. 2014. Consultado em 18 de Fevereiro de 2017.
  27. "Famosos recebem Troféu Nelson Rodrigues no Rio da ANCEC". Miguel Arcanjo. 2016. Consultado em 18 de fevereiro de 2017.


Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.