Dalton Vigh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dalton Vigh
Em novembro de 2010
Nome completo Dalton Vigh de Sousa Vales
Nascimento 10 de julho de 1964 (55 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação ator
Atividade 1994–presente
Cônjuge Camila Czerkes (c. 2012)

Dalton Vigh de Sousa Vales (Rio de Janeiro, 10 de Julho de 1964) é um ator brasileiro. Iniciou sua carreira na Rede Manchete, com Tocaia Grande, onde fez também Xica da Silva. Conquistou seu primeiro protagonista no SBT, ao estrelar a novela Pérola Negra com Patrícia de Sabrit, com que também protagonizou Vidas Cruzadas da Rede Record.[1]Atualmente faz Sr. Pendleton em As Aventuras de Poliana.

Tornou-se conhecido no Brasil e no exterior ao interpretar Said Rachid, antagonista da telenovela O Clone da Rede Globo[2]. Na mesma emissora, foi também o vilão da novela O Profeta[3] além de protagonista em Duas Caras[4] e Fina Estampa.[5]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido no Rio de Janeiro, aos três anos de idade seus pais se separaram, e Dalton mudou-se com a mãe para Santos. Em entrevistas revelou que seu pai ficou morando no Rio mas não era muito próximo dele. Passou a viver com a mãe na casa da avó materna, mas como a mãe trabalhava o dia inteiro, ficava com a avó em casa. Pouco tempo depois sua mãe casou-se de novo. Ele morou alguns meses com a mãe e o padrasto, mas preferiu voltar a viver com a avó, que o criou.[6][7] Conhecido por sua altura de 1,92cm, Revelou que foi um adolescente muito tímido, que tinha dificuldade de relacionamento social, até que aos dezoito anos foi morar sozinho nos Estados Unidos, e lá estudava inglês e trabalhava como garçom. No país começou a lutar caratê, o que o fez ganhar um senso de independência e auto estima, voltando para o Brasil aos 21 anos, voltando a viver com a avó. Contou que nesta época passou a beber e sair com diversas garotas, e que nunca pretendia casar e ter filhos, revelando em entrevistas ter traído todas as suas namoradas, por pura imaturidade.[8][9]

Aos 22 anos, em 1986, mudou-se sozinho de Santos para São Paulo, onde teria maiores oportunidades de ajudar sua família. Lá, passou no vestibular, e começou a estudar publicidade pela Universidade Metodista de São Paulo, mas não concluiu o curso, pois não gostou da área.[10][11] Fora da universidade e só com o diploma do ensino médio, passou a trabalhar como vendedor de carro, corretor de imóveis e vendedor de loja, e posteriormente na parte administrativa de diversos escritórios. O ator contou que nesta época começou a fazer psicoterapia, tendo se tratado por mais de dez anos, buscando cuidar do seu lado emocional, e descobrir o que realmente queria para sua vida profissional. Na Capital Paulista começou a investir em cursos de interpretação. Formou-se no Centro de Artes e Educação Célia Helena, e a partir daí começou a fazer comercial, figuração e peças de teatro.[12]

Aos 26 anos a situação financeira de sua família piorou quando, em 1990, teve o confisco das poupanças pelo presidente Collor. Disse que nesta época a família vendeu tudo o que tinha, e a mãe e o padrasto mudaram-se para a Capital Paulista, para morar temporariamente com ele, pois ambos estavam em busca de trabalho.[13] Quando fez 29 anos, sua mãe e seu padrasto, já bem estruturados financeiramente, adotaram uma menina, a quem batizaram de Fernanda. Quando Dalton fez 30 anos, em 1994, seu padrasto faleceu repentinamente de problemas cardíacos. Em entrevistas revelou que a mãe ficou desestruturada, financeiramente e emocionalmente, pois perdeu o marido e o emprego. A mãe e a irmã voltaram para Santos para viver na casa da avó de Dalton. Nesta época, Dalton passou a ajudar mais ainda a mãe, por que agora precisavam cuidar de sua irmã.[14]

Sem perspectivas maiores, não queria voltar para a faculdade. Continuou a investir em cursos de atuação, e a fazer as peças de teatro, até que conseguiu seu primeiro papel na TV, em 1995, e não parou mais. Contou nas entrevistas ter tido muita sorte, pois nunca ficou sem trabalhos na televisão. O ator já trabalhou na Rede Manchete, SBT, Record e TV Globo. [15]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro trabalho na televisão brasileira foi na telenovela Tocaia Grande, de 1995.[16] Protagonizou com Patrícia de Sabrit as novelas Pérola Negra do SBT[17] e Vidas Cruzadas da Rede Record.[18] Dalton ganhou notoriedade ao apresentar o programa Top TV, em 2000. Foi também apresentador do canal de televisão a cabo People & Arts. Porém, o maior reconhecimento do público veio com a sua interpretação de Said Rachid na telenovela O Clone, de 2001.[19][20] Interpretou o personagem histórico Luigi Rossetti na minissérie A Casa das Sete Mulheres (2003).[21] Dalton voltou a brilhar como o grande vilão Clóvis Moura na telenovela O Profeta, de 2006.[22] O sucesso em O Profeta valeu-lhe um convite para interpretar no horário nobre o personagem título da telenovela Duas Caras (2007), escrita por Aguinaldo Silva, interpretando o vilão e protagonista da trama Marconi Ferraço, que se redime no decorrer da história.[23] Sua estreia no cinema foi em Por Trás do Pano, de 1999.[24]

No teatro atuou em várias peças, sobretudo em comédias. Em 2009 esteve no elenco do seriado Cinquentinha,[25] em 2010 participou das séries S.O.S. Emergência, Na Forma da Lei[26][27] e As Cariocas.[28] Em 2011, participou da minissérie Amor em Quatro Atos, inspirada em canções de Chico Buarque, estrelando o episódio "Meu único defeito foi não saber te amar",[29] esteve no seriado Lara com Z[30] e protagonizou Fina Estampa da Rede Globo, como Renê Velmont, um chef de cozinha disputado por uma dondoca e uma mulher batalhadora.[31][32] Entre 2012 e 2013 atuou na novela Salve Jorge de Glória Perez interpretando o advogado Carlos Flores Galvão.[33][34][35] Em 2015, interpreta o médico Tomás em I Love Paraisópolis.[36] Em 2016, atuou na telenovela Liberdade, Liberdade.[37] Em 2017 foi dispensado pela Rede Globo e realizou uma participação na série O Negócio da HBO.[38][39] Entre 2018 e 2019 atua em As Aventuras de Poliana.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

De 2000 a 2002 Dalton namorou a atriz Micaela Góes.[40] Entre 2003 e 2007 namorou a também atriz Bárbara Paz.[41] Em 2009 começou um relacionamento com a atriz Camila Czerkes, ficando noivo em 2011 e casou-se em 2012.[42][43] Em 16 de julho de 2016, em São Paulo, nasceram seus filhos gêmeos, Arthur e David.[44]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem / Cargo Notas
1995 Tocaia Grande Boaventura Andrade Filho (Venturinha)
1996 Xica da Silva Frei Inquisidor Expedito
1997 Os Ossos do Barão Luigi
1998 Estrela de Fogo Fernão Gomes de Oliveira
Pérola Negra Tomás Álvares Toledo
1999 Andando nas Nuvens Cícero Episódio: "Episódios: "11–13 de outubro"
Terra Nostra Aníbal Episódio: "18 de dezembro"[45]
2000–01 Top TV Apresentador
2000 Sãos & Salvos! Léo Episódio: "12 de outubro"
Vidas Cruzadas Lucas Teixeira
2001 O Clone Said Rachid
2002 Os Normais Corretor de imóveis Episódio: "O Normal a Ser Feito"
2003 A Casa das Sete Mulheres Luigi Rossetti
Retrato Falado Wálter Forster Episódio: "O Primeiro Beijo da TV"[46]
2004 Malhação Prof. Oscar Nunes Medeiros Temporada 11
2005 Começar de Novo Johnny Episódios: "16 de março–11 de abril"
Sob Nova Direção Dr. Maurício Episódio: "Massagem para Você"
Linha Direta Justiça Heinrich Himmler Episódio: "Justiça"
2006 Danilo Stevanovich Episódio: "Gran Circus Norte-Americano"
O Profeta Clóvis Moura
2007 Duas Caras Juvenaldo Ferreira / Marconi Ferraço
2008 Casos e Acasos Manoel Episódio: "Ele é Ela, Ela é Ele e Ela ou Eu"
2009 Negócio da China Dr. Otávio de La Riva Episódios: "16 de janeiro–13 de março"
Cinquentinha Claus Martinez
2010 S.O.S. Emergência Dr. Tiago Episódio: "Hora de Ir pra Cama"
Na Forma da Lei César Borges Episódio: "Olho por Olho"
Episódio: "Não Matarás"
As Cariocas Giuliano Episódio: "A Adúltera da Urca"
2011 Amor em Quatro Atos Lauro Episódio: "Meu Único Defeito"
Lara com Z Claus Martinez
Fina Estampa Renê Velmont
2012 As Brasileiras Fernando Episódio: "A Doméstica de Vitória"
Salve Jorge Carlos Flores Galvão
2015 I Love Paraisópolis Tomás Bezzera
2016 Liberdade, Liberdade Dom Raposo[47]
2018 O Negócio Rodolfo Sherman Episódio: "Resistência"[48]
2018-presente As Aventuras de Poliana Otto Monteiro / Sr. Pendleton
2019 A Divisão Deputado Venâncio Couto Série Globoplay

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1994 O Porão George Curta-metragem
1999 Por Trás do Pano Tony
2004 Vida de Menina Alexandre
2005 Mais uma Vez Amor Empresário
2006 Mulheres do Brasil Bernardo
2011 Corpos Celestes Francisco
2014 Jogo da Memória Antônio
2016 Meu Amigo Hindu Dr. Morris
2017 A Comédia Divina Mateus
2018 Nada a Perder Juiz Ramos
2019 Nada a perder - Parte 2
2019 Kardec: A História por Trás do Nome Sr. Dufaux

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título
1994 A Semente
1994–95 Ressuscita-me
1996 Futuro do Pretérito
1999 As Viúvas
1999 Camila Baker
2002–06 A Importância de ser Fiel
2004 Medeia
2005 Os Sete Gatinhos
2006 Nunca se Sábado
2009 Cloaca
2010 Vamos
2013–14 Azul Resplendor
2017–18 Uma Peça por Outra

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 2007: Indicado a Prêmio Contigo de melhor ator coadjuvante, novela O Profeta.[49]
  • 2008: Indicado a Prêmio Contigo de melhor ator, novela Duas Caras.[50]
  • 2008: Indicado a Prêmio Contigo de melhor par romântico, Duas Caras.[51]
  • 2010: Indicado a Prêmio Arte Qualidade Brasil de melhor ator coadjuvante, minissérie Cinquentinha.[52]
  • 2011: Ganhador do título de coroa mais sexi do ano pelo site Ohhtel.[53]
  • 2012: Indicado a Prêmio Contigo de melhor ator coadjuvante, série Lara com Z.[54][55]
  • 2012: Indicado a Prêmio Contigo de melhor ator, novela Fina Estampa.[55][56]

Referências

  1. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.otempo.com.br 
  2. «Título ainda não informado (favor adicionar)». memoriaglobo.globo.com 
  3. «Título ainda não informado (favor adicionar)». redeglobo.globo.com 
  4. «Título ainda não informado (favor adicionar)». exclusivo.terra.com.br 
  5. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.ofuxico.com.br 
  6. «Dalton Vigh». Contigo!. Editora Abril. Consultado em 26 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 10 de dezembro de 2011 
  7. «Dalton Vigh se sobressai na reta final de 'Negócio da China'». UOL. 9 de março de 2009. Consultado em 13 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 13 de abril de 2010 
  8. «Dalton Vigh». Contigo!. Editora Abril. Consultado em 26 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 10 de dezembro de 2011 
  9. «Dalton Vigh se sobressai na reta final de 'Negócio da China'». UOL. 9 de março de 2009. Consultado em 13 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 13 de abril de 2010 
  10. «Dalton Vigh». Contigo!. Editora Abril. Consultado em 26 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 10 de dezembro de 2011 
  11. «Dalton Vigh se sobressai na reta final de 'Negócio da China'». UOL. 9 de março de 2009. Consultado em 13 de fevereiro de 2012. Arquivado do original em 13 de abril de 2010 
  12. [[1]]
  13. [[2]]
  14. [[3]]
  15. «DALTON VIGH». museudatv. Consultado em 26 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 29 de outubro de 2013 
  16. «Dalton Vigh». Caras. UOL. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  17. Marcelle Carvalho (1 de julho de 2010). «SBT reprisa as novelas Pérola Negra, Esmeralda e Canavial de paixões». Extra. Globo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  18. «Dalton Vigh: um ator de muitas caras». M de Mulher. Abril.com. 31 de dezembro de 2009. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  19. «'O Clone' tira sossego de Dalton Vigh». Caras. UOL. 5 de agosto de 2011. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  20. «O Clone». Globo.com. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  21. «A Casa das Sete Mulheres». Contigo!. Editora Abril. Consultado em 10 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 14 de fevereiro de 2009 
  22. «Clóvis-Dalton Vigh». Globo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  23. «Marconi Ferraço». Globo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  24. «Por Trás do Pano». Enterplay. Consultado em 21 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 15 de junho de 2012 
  25. «Dalton Vigh viverá um mulherengo em 'Cinquentinha'; leia entrevista». Terra Networks. 20 de setembro de 2009. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  26. «Dalton Vigh e Maurício Mattar gravam minissérie no Rio». EGO. Globo.com. 19 de maio de 2010. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  27. «Dalton Vigh e Maurício Mattar gravam "Na Forma da Lei" no Rio de Janeiro». UOL. 20 de maio de 2010. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  28. «As Cariocas: Sônia Braga protagoniza o episódio 'A Adúltera da Urca'». Globo.com. 13 de setembro de 2010. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  29. «Título ainda não informado (favor adicionar)». redeglobo.globo.com 
  30. «Dalton Vigh e Thaís de Campos voltam ao elenco de Lara com Z». 3 de fevereiro de 2011. Consultado em 20 de dezembro de 2011 
  31. Redação Rede Globo (5 de julho de 2011). «Fina Estampa: Dalton Vigh vive o chef de cozinha Renê na nova novela». globo.com. Consultado em 6 de novembro de 2011 
  32. Redação EGO (14 de julho de 2011). «Christiane Torloni e Dalton Vigh gravam cenas de 'Fina Estampa' no Rio». globo.com. Consultado em 6 de novembro de 2011 
  33. «Dalton Vigh vai disputar herança em 'Salve Jorge'». Extra Globo. Consultado em 10 de dezembro de 2012 
  34. «Dalton Vigh faz rir em 'Salve Jorge'». O Diário. Consultado em 10 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 11 de dezembro de 2013 
  35. «Título ainda não informado (favor adicionar)». ofuxico.terra.com.br 
  36. Carla Bittencourt (28 de abril de 2015). «Dalton Vigh vive médico respeitado em "I love Paraisópolis"». Extra. Telinha. Consultado em 1 de maio de 2015 
  37. «Título ainda não informado (favor adicionar)». gshow.globo.com 
  38. «Título ainda não informado (favor adicionar)». rd1.com.br 
  39. «Título ainda não informado (favor adicionar)». blogs.correiobraziliense.com.br 
  40. «Quando o casamento acaba». Istoé Gente. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  41. «Acabou: Bárbara Paz e Dalton Vigh se separam». Estrelando. R7. 7 de junho de 2005. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  42. Marina Petrolli (3 de dezembro de 2011). «Dalton Vigh ficou noivo de Camila Czerkes em Nova York». O Fuxico. Terra Networks. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  43. «Título ainda não informado (favor adicionar)». gente.ig.com.br 
  44. «Título ainda não informado (favor adicionar)». observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br 
  45. «"Fico envergonhado com assédio", diz ator de 'Fina Estampa'». Diversão. Terra.com. 8 de setembro de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2017 
  46. «O primeiro beijo da TV é tema do Retrato Falado». Area Vip. 27 de julho de 2003. Consultado em 20 de fevereiro de 2018 
  47. «Liberdade, Liberdade» 
  48. «Dalton Vigh é escalado para o elenco da série O Negócio». noticiasdetv.com 
  49. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome estrelando.com.br
  50. «Globo domina indicações do 10º Prêmio Contigo!». 19 de março de 2008. Consultado em 24 de março de 2012 
  51. «Novela "Paraíso Tropical" vence em sete categorias do 10º Prêmio Contigo!». UOL. 29 de abril de 2008. Consultado em 24 de março de 2012 
  52. «PRÊMIO ARTE QUALIDADE 2010». Consultado em 24 de março de 2012 
  53. «Título ainda não informado (favor adicionar)». novoportal.caras.uol.com.br. Consultado em 8 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 12 de dezembro de 2013 
  54. «Título ainda não informado (favor adicionar)». contigo.abril.com.br. Consultado em 6 de agosto de 2012. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2012 
  55. a b «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.portaldofa.com.br [ligação inativa]
  56. «Título ainda não informado (favor adicionar)». contigo.abril.com.br. Consultado em 6 de agosto de 2012. Arquivado do original em 23 de julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]