Vidas Cruzadas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura a novela homônima da TV Excelsior, veja Vidas Cruzadas (1965).
Vidas Cruzadas
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 60 minutos
Criador(es) Marcos Lazarini
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Henrique Martins
Roteirista(s) Ecila Pedroso
Maurício Guarize
Elenco
Tema de abertura "Eternamente", Belo
Empresa(s) produtora(s) RecordTV
Localização São Paulo, SP
Exibição
Emissora original RecordTV
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 20 de novembro de 2000 – 16 de abril de 2001
Episódios 127

Vidas Cruzadas é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela RecordTV entre 20 de novembro de 2000 e 16 de abril de 2001, em 127 capítulos, substituindo Marcas da Paixão e sendo substituída por Roda da Vida.[1] Escrita por Marcos Lazarini com colaboração de Ecila Pedroso e Maurício Guarize, sob direção de Cláudio Cavalcanti e Fernando Leal e direção geral de Henrique Martins e direção de núcleo de Atílio Riccó. Foi o último trabalho de Atílio no Brasil antes de se mudar para Portugal em 2001.

Conta com Patrícia de Sabrit, Dalton Vigh, Alexandre Barillari, Sérgio Britto, Laura Cardoso, Gianfrancesco Guarnieri, Ângela Leal e Juca de Oliveira nos papéis principais.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Ao descobrir que sua filha, Beatriz (Ângela Leal), engravidou de um homem pobre, o milionário de Recife Teodoro Oliveira de Barros (Sérgio Britto) manda dar um fim no rapaz e faz um acordo com o Comendador Aquiles (Juca de Oliveira), que se dispõe a casar-se com ela e assumir o bebê desde que seja homem. Quando uma menina nasce, Teodoro a troca pelo menino recém-nascido de seu funcionário, Ambrósio (Mário Schoemberger), cuja esposa morreu no parto, mantendo a menina em um internato para que ninguém nunca desconfie.

Após 21 anos a doce Letícia (Patrícia de Sabrit) retorna à Recife e se apaixona por Aquiles (Alexandre Barillari), o falso filho de Beatriz, que se tornou um mulherengo arrogante e inconsequente. Ao descobrir, Teodoro decide matar a própria neta para encobrir a mentira, porém ela sobrevive ao ser salva pelo charmoso Lucas (Dalton Vigh), que a ajuda a investigar o que está por trás do atentado e se vingar dos Oliveira de Barros, enquanto vivem um intenso amor, atrapalhado por Rafaela (Valéria Alencar), que ela nem imagina ser sua irmã. A única que sabe da troca dos bebês, Natalia (Laura Cardoso) viu seu casamento com Teodoro ruir com o passar dos anos pelo peso de mentir para a própria filha.

No entanto ela redescobre o amor com Polocarpo (Gianfrancesco Guarnieri), namorado de juventude que nunca a esqueceu, tendo que enfrentar a fúria do marido. Amaro (Jayme Periard) parecia o homem dos sonhos, porém ao se casar com Leonor (Martha Mellinger) passa a agredi-la. Apaixonados um pelo outro, Zé Carlos (Petrônio Gontijo) e Janine (Ana Cecília Costa) nunca relevaram os sentimentos, contanto com ajuda dos amigos Renata (Karina Bacchi) e Luisinho (Sérgio Amorim) para desenrolar a situação. Ainda o cômico romance entre o tímido Douglas (Felipe Folgosi) e a fogosa Raquel (Micaela Góes).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Patrícia de Sabrit Letícia Ambrósio / Luísa
Dalton Vigh Lucas Teixeira
Alexandre Barillari Aquiles Oliveira de Barros Machado Júnior
Sérgio Britto Teodoro Oliveira de Barros
Laura Cardoso Natália Oliveira de Barros
Gianfrancesco Guarnieri Policarpo Quaresma
Ângela Leal Beatriz Oliveira de Barros
Valéria Alencar Rafaela Oliveira de Barros
Petrônio Gontijo José Carlos Coutinho ()
Ana Cecília Costa Janine
Jayme Periard Dr. Amaro
Martha Mellinger Leonor
Narjara Turetta Selma Duarte
Gésio Amadeu Josué Santiago
Felipe Folgosi Douglas
Micaela Góes Raquel
Ângela Correa Guiomar Santiago
Nill Marcondes Léo Santiago
Mário Schoemberger Ambrósio
Eduardo Lago Dr. Humberto
Karina Bacchi Renata
Sérgio Amorim Luisinho
Sônia Guedes Loreta
Gabriela Alves Josefa Quaresma
Lucimara Martins Manuela Santiago
Grace Gianoukas Cecilia
Ícaro Silva Cacá
Adelson Dornellas Baltazar
Fernando Levi Leonel
Ariel Borghi Martim Quaresma
Glória Portella Darcy
Leonardo Paes Leme Juvenal
Paulo Vasconcelos Paulo
Renato Rodriguez Fernando
Clenira Melo Cida
Ivanildo Silva Expedito
Desirée Vignolli Dorotéia

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Juca de Oliveira Comendador Aquiles Machado
Guadalupe Mendonça Rita Ambrósio

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Vidas Cruzadas
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 2001
Gênero(s) Trilha sonora
Idioma(s) Português
Formato(s)
Gravadora(s) Rds

Capa: Patrícia de Sabrit

N.º TítuloMúsicaPersonagem tema Duração
1. "Eternamente"  BeloTema de abertura 4:26
2. "Meus Sentimentos"  Harmonia do Samba  4:32
3. "Amor Demais"  Soweto  3:34
4. "Transas"  Fabio Jr.  3:16
5. "Abre Coração"  Guilherme & Santiago  3:29
6. "Teu Beijo"  Família Lima  4:16
7. "Olhos"  Leandro Lehart  4:50
8. "Alma Metade"  Marcelo Marcky  4:19
9. "Tudo Passa"  Adryana e a Rapaziada  3:57
10. "Intuição"  Netinho  3:42
11. "Gudibay"  Banda Eva  3:10
12. "1800 Colinas"  Paula Toller  3:48
13. "Berreco"  Cláudinho & Buxexa  3:45

Reprise[editar | editar código-fonte]

Foi reprisada pela Rede Família de 9 de novembro de 2020 a 30 de abril de 2021 às 19h30, com 125 capítulos, substituindo Pecado Mortal e sendo substituída por Cidadão Brasileiro, sendo essa a sua primeira reprise desde a sua estreia em 2000.[2]

Referências

  1. «Ilha de "Vidas Cruzadas" tem fama de assombrada». Folha Ilustrada. 20 de novembro de 2000. Consultado em 5 de junho de 2016 
  2. «NOVIDADE! Vidas Cruzadas estreia em novembro!». Rede Família. 9 de outubro de 2020. Consultado em 11 de outubro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]